Um blog do Travellerspoint

Toronto

Partiu Canadá!

sunny 24 °C

"Fechei os olhos e pedi um favor ao vento...
Leve tudo o que for desnecessário.
Ando cansada de bagagens pesadas...
Daqui pra frente apenas o que couber no bolso e no coração."
(Cora Coralina)

Mais um check no mapa do Tripadvisor. E como o Canadá entrou no roteiro? Pra começar, não tinha expectativa de ir tão cedo no Canadá. Sei lá, nunca me seduziu. Mas aí ...

ie-tourlogo.jpg

8DF5DAA9C844F4338DF05446CF01032D.jpg

Aí ferrou.... Saiu a turnê 2015 do U2!!!!! Se eu não tivesse planejado a viagem de maio eu teria ido pra Los Angeles. Cancelaria tudo se estivesse indo sozinha pra ir pra "Califa". Mas, palavra dada eu não volto atrás. Enfim, olha a lista inteira da turnê, a ideia inicial eu nem lembro qual quer era (NY, talvez...), mas aí a Fla falou que animava ir pra Toronto. Pronto, fechou Toronto! Pra quê complicar? Só que no meio do caminho minha prima de Boston me chamou pra ir no show em Boston. Sim, geograficamente era possível. Sim, eu tenho uma prima em Boston também. E porque não conhecer Boston? E porque não ir a mais um show? Se a turnê 360 eu vi 3 vezes.... Fechado o roteiro, uns dias em Toronto, e uns dias em Boston. E começou assim.

8EA8C36CF3FC7C6B7A671457015BA22F.jpg

Bora começar de novo. Vai ser um voo cata-jeca. Primeira perna: VIX - GIG. O Galeão passou por várias reformas. Está sendo construído outro terminal. A área de check in está nos padrões dos aeroportos internacionais, como o Terminal 3 de Guarulhos. Em nada lembra aquele aeroporto que eu conheci quando era criança. Só achei fraca a parte de alimentação. Falta uns lugares sem ser padrão praça de alimentação de shopping. O melhor parece que é o Spoletto. Fui experimentar o Piola. Que decepção! Saudade do Pizza Hut. Sério mesmo... A parte depois do raio x precisa melhorar muito ainda.

Segunda perna: GIG - GRU. Eu cheguei a pensar em pegar esse voo em SP direto. Mas era mais caro. Olha que doido! Aí tô eu aqui. Começou mal. Descemos do avião e o finger estava trancado. Sério... Ah Brasil! Mas no geral Guarulhos tá bem bonito. E olha que eu desci no terminal 2. Vai ser uma espera relativamente longa. Mas eu tenho um plano. Vamos ver se dá certo....

Pausa dramática!

Deu certo! Ebaaa! Mas foi uma coisa meio lusitana que eu fiz. Desci no Terminal 2, tinha que embarcar no Terminal 3. Fui andando... É um chãozinho, mas nada grave. Embarquei no Terminal 3 e, depois do raio x, voltei pro Terminal 2... Hahahaha... E o pior, vou ter que voltar pro Terminal 3 ainda.... Hehehehe... Mas eu explico, como falei antes, a espera ia ser longa e, ao invés de ficar sentada no saguão 3 horas, aqui no 2 eu tenho acesso à sala Vip da Gol. Tirei meu Diners da cartola. Tá na hora de usar.... E cá estou eu, sendo bem tratada como eu mereço....

8E0994AA938893C30C43346C4767FE74.jpg

Vamos lá, terceira perna: GRU - JFK. Aqui, agora deixa eu contar uma burrada que eu fiz. A essa altura do campeonato eu ainda faço essas coisas, uahahaha. Seguinte, eu já contei que cheguei pelo terminal 2, fui pro terminal 3 embarcar e voltei pro terminal 2 pra ficar na sala Vip da Gol, certo? Pois é, aí, olha o que aconteceu: saí da sala Vip com tempo hábil pra voltar pro terminal 3. Afinal, se me mandaram ir pro terminal 3, eu ia embarcar lá, certo? Errado!!!!! Chegando lá, eu olho no painel o portão 22. Só que na placa do terminal 3 os portões começavam em 28!!!! Oi????? Sério que eu caí nessa? Caí!!!! Volta eu pro terminal 2. Ok, contabilizando 15 minutos cada trecho foi 1h de caminhada no aeroporto, hahahaha... Como me chamaram outro dia: "Lerda". Kkkkkkkkk...

Aí, depois de andar pra lá e pra cá, cheguei às 20h35 no embarque e o que acontece? São 22h15 e não embarquei ainda. Poderia ter ficado na sala Vip. Raivinha de você, Tam... Overbooking! Dessa vez sem chance de upgrade, pq eu tinha conexão. Enfim, alguém desistiu! Ufa! São 23h e ainda embarcam passageiros. Aí, depois daquela saga toda, embarcamos no portão 14, pegamos o ônibus e.... adivinha? Terminal 3!!!!!! Pelo menos foi de ônibus dessa vez...

Cheguei no meu lugar, daí me chega um americano do meu lado. O cara todo vestido de "Brasil". Falava pelos cotovelos. Ficou no Brasil um ano fazendo intercâmbio em Bauru. Explicou melhor, na região de Bauru mas não é Piratininga, haha. Se eu entendi bem ele morou em Pederneiras. Existe essa cidade pai? Papai conhece tudo do interior de SP. Disse que adorou a experiência e quer morar no Brasil. Pai, perdoai-o, ele não sabe o que diz, hehe. Mas confesso que achei fofo ele traduzindo o verbo "work" como "trabalhar" quando na frase o sentido é "funcionar". Agora deixa eu por o fone senão esse moço não vai me deixar em paz. Ele conversa com o avião inteiro. Com gente 3 fileiras na frente, 5 fileiras atrás. Socorro!!!! Rsrsrsrs...

Nem deu tempo tempo de comemorar o embarque, outro overbooking. Gente, que desorganização. Pior, dessa vez foi na executiva. Sabe o que é engraçado? Eles alegam problemas operacionais na sobrevenda de assentos. Caracas, ainda tenho que ouvir isso. Se não tivesse conexão para Toronto eu tinha desistido de viajar hoje e ia no de amanhã. Estressaria menos e ainda embolsava os US$300. Saco viu!!!! Bom, partiu terceira perna GRU x JFK. O filminho de partida vai ser Snipper Americano com o lindo do Bradley Cooper.

Ok, quase chegando em NY, meu amigo americano cantando do meu lado, com fone de ouvido que nem o povo que ouve funk no busão. Quando eu olho pra tela dele, estava ouvindo sertanejo. Ok, ele morou um ano no interior. Mas Luan Santana????? Sério????? Pode isso produção???? Só falta ele conhecer o tal do Cristiano Araújo que eu nunca tinha ouvido falar. Tudo bem, amigo, ouça Luan Santana. Mas não precisa cantar, hehe....

Chegamos em NY... Já tô cansada... E tem gente que acha que minha vida é fácil. Saca só o que os yankees fazem a gente fazer. É o mesmíssimo voo de NY para Toronto, mesmo avião e tudo mais. O que é praxe por aí, descer na área de embarque e reembarcar. O que vc tem que fazer aqui nos Estados Unidos? Preencher o formulário da imigração, passar pelo controle de passaporte, passar pela aduana, despachar a mala de novo (antes de sair pro terminal), subir até o terceiro andar, passar pelo controle de embarque e embarcar de novo. Simples! Mas pra quem não tem as manhas pode ser que reembarque e esqueça de pegar as malas pra despachar de novo. Aí, chegando no destino, já viu né? Viajar não é coisa pra amador.

Bom, pelo menos saímos de NY sem (muito) atraso. Vou falar duas coisas: 1) Depois de conhecer o banheiro do aeroporto de NY eu nunca mais falo mal de banheiro de aeroporto no Brasil. Não que seja péssimo, mas eu esperava mais... 2) Quero conhecer NY. É muito estranho pousar aqui e não descer. Ok, bora pra última perna, NY - Toronto. Essa é rápida, 1h30, parece... Acho que eu escrevo muito nesse primeiro post pela falta do que fazer no avião... Hehe...

Cheguei, finalmente... O avião não pousou, despencou... Rsrsrs. 12h35! Formulário, imigração, perguntinhas... Pausa pra comer um chicken Teriyaki no Subway. Como é fraquinho esse aeroporto de restaurante. Tenho que pegar o carro. Olha que lindo nosso carro!

CAACCBE5C5553D8D9C88BEBD317DE0E0.jpg

Mentira, é esse aqui. Um Toyota Camry. E olha que tá bom demais, porque eu pedi um compacto e levei um upgrade.

CAAD4954018AB4E5D97E29ABE74005B5.jpgCAADEAE0DB9D1A86C964BBA9204D1E0F.jpg

Nossa, não via a hora de tomar um banho. Cheguei no centro eram quase 15h30. Tinha um supermercadinho aqui perto, fui comprar umas coisas pro café de amanhã. Voltei 16h, o horário que eu tinha combinado com a Jessica do apartamento. Prédio moderno. Controle de acesso a tudo, bem legal. Apê pequeno, mas ajeitadinho. Gostei viu? Hotel realmente é muito ruim.

CAD4C4D4EEA20FA36E355C38EC74C461.jpgCAD565CAD811C48E0EB5BE9244048CA7.jpg90_CAD60502E664BA5D239737CE383879F8.jpg

Tomei banho, renovei o desodorante, hehe, e fui ver o que dava pra ver hoje ainda em Toronto. Não tinha grandes planos nem GPS, hahaha. Coisa de amador. Fui na raça mesmo, e vi muito mais do que eu esperava, viu....

Como toda metrópole que se preze, sempre existe uma CHINATOWN. Aqui em Toronto fica na região da Spadina Avenue e ao longo da rua Dundas. Tem todas as coisinhas diferentes que só se encontra nesses lugares. É uma espécie de Liberdade. Como fica em avenida larga, eu não achei tão receptivo quanto à Liberdade.

C9F5944A909B78E0EFB2CABD2DFB89AB.jpg

Fui indo! Vai reto, vira à direita, depois à esquerda. Ah como eu adoro essa minha versão sem planos. Olha onde eu parei sem querer? Conservatório de Música Real. Não tenho a menor ideia a importância desse lugar, só sei que achei o prédio bem bacana. Aliás, estilo inglês que se vê em vários prédios de Toronto, aqueles tijolinhos vermelhos...

C9F63945D7B62DE7C75496242DB370CE.jpg

Exatamente do lado estava o ROYAL ONTARIO MUSEUM está na lista dos dez maiores museus do mundo. Dizem que sua fachada não agradou muito os moradores de Toronto quando da sua inauguração, mas, se a idéia era chamar a atenção, conseguiram. As exposições são das mais variadas possíveis, de arte à História.

C9F6EA31D74BE6A72B47D7B5E5063443.jpg

Tentei ir na região conhecida como YORKVILLE. Éum bairro “fofo”. Sério, não encontrei outra definição para ele. Além da arquitetura charmosérrima, saca as lojas que se encontram por lá: Burberry, Prada, Gucci, MAC Cosmetics, Hugo Boss, Chanel, Hermès, Louis Vuitton, Holt Renfrew, Tiffany & Co., Escada, Ermenegildo Zegna, Cartier, Harry Rosen, Calvin Klein, Cole Haan, Vera Wang, Lacoste, Ferrari, Maserati, Rolls-Royce Motor Cars, Williams-Sonoma, Bang and Olufsen, Betsey Johnson, Max Mara, Montblanc, Bulgari, Birks, Coach, Guerlain, Swarovski. Ta bom? É duro gostar de coisa boa e não ter dinheiro, uahahahaha. Outro ponto bacana é o corredor BLOOR-YORKVILLE. Pena que estava em obras...

90_CB3DFAECB2DDF4CA85C6ED060CC738E8.jpg

Continuei.... indo! Indo, indo, indo, cheguei no King's College. Não fiz o dever de casa direito, porque não lembro de ter lido sobre esse lugar. Parece que faz parte da Universidade de Toronto, mas eu não sei. Só sei que é legal. Puta prédio imponente estilo vitoriano (isso foi chute). Merece destaque.

C9F79E47C2DB4322ADDD0EBB27654C3C.jpg

O King's College fica no QUEEN'S PARK. Vou definir o Queen's Park da forma mais ridícula, é um parque. Isso aí, nada de especial, senão um parque com gramado verdinho, canadenses jogados, casais, cachorros e donos, bebês e mães...e esqulinhos fofos correndo pra todos os lados. Esse é o Queen's Park.

C9F855D7BCE4DF62CB7722709EB85866.jpg

A UNIVERSIDADE DE TORONTO fica na região também, bem legal, viu? Curti aqueles prédios de paredes escuras. Legal a imagem da CN Tower que se tem dali. Falo mais sobre ela amanhã. Chamou a atenção o número de noivas que tem tirando foto por aqui. E o glamour por baixo do vestido, hahahaha.

C9F92A69B66328D179CFC4F8180A16C8.jpgC9FA02240305F2AC1E6A58DB36ED5109.jpgCA07F210C590A1A0D8E5B70F5626691A.jpg
CA06D5C8F3194B8E5C85C815E1A0CAAA.jpgCA0766089E6BE5DDC4EEE6D4E349A0B5.jpg
90_CC01C2C3F151DB64FAEB86F8D36C2C15.jpg

Saí dali dirigindo meio sem rumo, literalmente. Dirigir sem GPS no exterior é muito doido. Sem querer passeio pela Igreja Metropolitana de Toronto. Isso mesmo, igreja, e não catedral. Só não gostei das pessoas estranhas ali, tirei uma fotinha e vazei...

90_CA31D48EC33B2593AA4908CDB7EA0E52.jpg

Numa outra rua eu me senti transportada pra Inglaterra. No interior ainda. Casinhas iguais de tijolinhos vermelhos. Voltei pra Newcastle e nem percebi....

CA2FFF3F9CEDD538C69656653BDAE753.jpgCA30EA5EAC3018F3DE857FA902D7B8F1.jpg

Começou a bater uma fominha. Destino? Comer!!!!! Fui pro centro financeiro de Toronto, no cruzamento das ruas Dundas e YONGE STREET, a rua mais longa do mundo. Muitos a consideram como a rua mais longa do mundo. Outros contestam devidos às “quebras” ao longo. Com quebra ou sem quebra, são 1896 quilômetros de uma rua em grande parte comercial, com várias das atrações da cidade. Estava tendo uma feirinha com coisas alternativas. No meu ver, até demais.

90_CA367F67EEE091F1923AC8EC96E20488.jpg90_CA35C7C0C8026B8ED0AF972C8F8D73C0.jpg90_CA34EBCDF494857EE424BAB196FD17CF.jpg

Deixei o carro no Eaton Center. Eu me arrependeria depois com o valor do estacionamento. Ô loco! Aberto desde 1977, o EATON CENTER é mais velho que eu, hahaha. Tinha um quarteirão de lojas na Yonge que foi demolido para construção do shopping, o que deixou a galera meio p da vida. Foi construído pra ser o QG do grupo Eaton´s. Depois de 22 anos, o grupo Eaton´s faliu e foi comprado pela Sears Canadá. O Eaton Center é apenas um shopping como outro qualquer... Tô fica do rigorosa nas avaliações, haha.

90_CA32AA58B6C4CF45F25A51D5B784B07A.jpg90_CA3418B3BDC55244BDCD626AA386837C.jpg

Fui pra DUNDAS SQUARE. Fica bem no centro financeiro de Toronto, na esquina da Yonge com a Dundas Street, do lado do Eaton Centre. Estava tendo um evento, com feirinha na rua, gente alternativa, mega movimentado. E eu achando que ia achar a praça vazia de domingo, hahaha. Tava bombando. Um povo meio esquisito... Mas tava bombando... A praça em si não tem muito de especial, mas sim o que se concentra em torno dela. Adivinha se não ia ter... HARD ROCK BEBÊ!

90_CA44EBFBB2114B250648C91A64F56E10.jpg90_CA459561D5016C3583201B4E0EB3B6C4.jpg90_CA4639D09DFE666F6C5A6B50E2379DD1.jpg
large_CA73664CF5F6E939890679BCA687A459.jpg

Ok, cansei, mas cansei mesmo. Esgotamento total depois de 24h viajando. Preciso de uma pausa senão eu pifo. Por hoje tá bom.... Eu sei que foi longo demais. Amanhã vai ser mais tranquilo. Essa vista do 42º andar é ótima pra minha fobia de altura, hehe. Agora só quero por os pés pra cima um pouco e tirar um cochilo, até dar hora de ir buscar as meninas...

CFF73EF7CF3C3F3C5CEED845B814D4D8.jpg90_CFF61483936FCB193265A665EA0C2005.jpg

Bom, depois de alguns aborrecimentos nessa última semana, nada como uma viagem pra deixar tudo pra trás e reenergizar. Passeio, compras, show, amigas, risadas... Tudo de bom que a vida pode oferecer.... O que não me mata me fortalece...

Publicado por Akemi Nomura 23:33 Arquivado em Canadá Comentários (0)

Dubai 2

You should be here...

sunny 45 °C
Visualizar 2015 Grécia e Dubai no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Dando uma trégua pro cansaço, marcamos de sair às 10h hoje. Aproveitei o máximo a cama. Tomamos café e saímos em busca da Grand Mesquita de Dubai. Chegamos na mesquita....errada! Tudo bem, nada grave, o cara explicou que não era ali, blabla. Fomos indo, seguindo o google maps e a explicação do moço. O caminho pela Jumeirah Road é bem legal. E sim, tem pontos de ônibus fechados, com ar condicionado. Nesse calorzinho de 44 °C, 45 °C a sombra, não deve ser fácil.

90_ED2BDCFADF70A40ED00BC6BCC86CD977.jpg90_ED2CB1AED0F6F88F10F8FC21B765A7BB.jpg90_ED2D65160E930816E78ABEB928F6AA5A.jpgED2E28E1076646EE23621CEDA60BBED2.jpgED2EB1D802918E6F36F69DA28C91C900.jpg

A Grand Mesquita fica na própria Jumeirah Road, pra lá do Zoo. Como hoje é sexta, é o único dia que não tinha visita. Pelo que eu entendi, hoje é como se fosse o nosso sábado. O bom foi que os estacionamentos estavam gratuitos. A mesquita estava fechada para visitas pois eles estavam rezando. Mas se estivesse aberta, tinha que chegar, se registrar e a visita dura 75 minutos. Foram apenas fotos externas.

ED3975C301E822E0D82859266CD1DA8A.jpg90_ED38B829A0032EA96AC2E80AD0D6F4E9.jpg

Fomos então em busca do famoso mercado de ouro, ou Gold Souk. Fica lá na região conhecida como Deira, do outro lado do rio Creek. Aquela região não é tão megalomaníaca. É mais simples. É antiga. A região é toda relacionada a ouro. Diversas lojas e o mercado lá no meio. Parece uma 25 de março, sério mesmo. Mas, estava quase tudo fechado. Estavam todos rezando, parece.

ED462EF4A711817C4E403E6EF18C4E4E.jpg90_ED46DCE9D1F0951B179DB1A021107C18.jpg90_ED47793CA226321C3F9CB8339AD80EC9.jpg

Logo ali perto fica outra região que vende especiarias. Tinha um mercado tradicional de especiarias e tal. Também tudo fechado. Ou quase tudo. As ruas estavam vazias.

Dali, partiu Jumeirah Beach. O normal é a gente ouvir no Brasil: "Que calor, vontade de ir pra praia". Aqui é ao contrário, é quente demais (nessa época) para ir pra praia. Apesar de que tinha bastante maluco por lá. Aqui é um emirado liberal, ou seja, shorts e biquinis são bem vindos. Fizemos duas paradas, mas cinco minutos fora do carro era o máximo que a gente aguentava. Da praia tem a vista do Burj Al Arab, o famoso hotel construído no mar.

ED483812C107F846A8B096E0600B7953.jpgED48C01FE65F17B2C86661D3D23EB80B.jpgED494515998C1B1E38E0AE2876A74CEF.jpgED49ECCEAA9BE92A0EB52DF779B14B43.jpg180_ED4B0C31ECA19C50C4FDBC92D7CCF209.jpg90_ED4A84889B460B4199F7A793E9D875B8.jpg

Ok, hora de almoçar. As meninas iam fazer o passeio no deserto. Eu não animei. Explico porque. Li vários blogs, uns aprovando outros desaprovando esse passeio. Já disse que não gosto muito desse tipo de passeio. Li que as melhores partes do passeio são o rali e o deserto em si. Quanto ao rali, já fiz em Aruba e detestei esse negócio de ficar pulando dentro do carro. Quanto ao deserto, esse sim deve ser bonito, mas não tenho vontade de fazer esses passeios de 6h pra ver o deserto. Aí desertei. Fiquei na cidade mesmo.

No almoço a Rosana achou a latinha de Coca com o nome dela, olha que legal:

90_ED519A0BCF6C3A427992AD71600A446C.jpg

Depois de almoçar fui com a Rosana no Mall of the Emirates. Ela conseguiu achar o presente pro sobrinho, que bom. Aí ela voltou e eu fiquei. Adivinha se eu não me dei outro charm da Pandora de presente. Vou mostrar:

90_EDA15048C03D58669885AE12C95B7CBB.jpg

Dei uma volta no Mall, vi duas cenas interessantes. A primeira, dois homens aparentemente indianos andando de dedinhos dados. Isso mesmo. Dedinho de um entrelaçado com dedinho de outro. De acordo com a Renata, isso significa que eles são melhores amigos. Não homossexuais. A outra foi uma mulher de burca comendo. Ela levantava o lenço do rosto delicadamente e abaixava a cabeça. Não, eu não tirei foto de nenhuma das cenas. Lá também tem uma rampa de esqui fantástica. Não é pista de patinação não, é esqui mesmo. Tem que vestir aquelas roupas pra neve, tem teleférico pra subir, muito legal.

ED525559FCD788204EC789D79168ACF1.jpg90_ED530A63F3A375A826DC18FF9132D94B.jpgED53CCC4B5801342D6B0CB6FF4852236.jpg

Aí fui dar uma de local e fui no supermercado. Mais precisamente no Carrefour. Comprei o chocolate pro Nupei, já tô ligada que lá é regra, haha. Aí quando fui sair fui amadora total. Sério, foi ridículo, mas eu não conseguia achar o carro. Rodei uns 15 minutos no estacionamento, um calor dos infernos, a ansiedade aumentando. Todo mundo tem carro branco nesse lugar, pra aumentar meu pânico. Miolinhos torrando, a cara de pena das pessoas quando me viam com aquela cara de perdida... Resolvi respirar e pensar. Óbvio que tinha mais um andar e eu estava no andar errado. Vergonha!!!!!! Amadora total... Shame on me!

Fui no hotel deixar as compras, afinal, não tem chocolate que resista a esse calor. Confesso que meu objetivo inicial era fazer um bate e volta em Abu Dhabi, na Grande Mesquita de lá. Parece que é a maior do mundo. As fotos são legais demais. Mas esse negócio de sexta feira todo mundo rezando me tirou o ânimo. Dirigir 120km e chegar lá e está fechado seria frustrante. Não, vou ficar por aqui mesmo. Fui tentar os mercados de hoje de manhã. O mercado de Ouro, quase tudo fechado, nem desci, mas estacionei pra ir no Mercado de Especiarias de Deira. Odiei! Sério, queriam até me vender Louis Vuitton, falsificada, claro. Ah, fala com a minha mão. Mas eu não gostei mesmo das abordagens, foram muito grosseiras. Não sei se era porque eu estava sozinha, mas, enfim, não gostei. O tratamento opressor às mulheres árabes era bem oposto ao tratamento dado às estrangeiras. Só comprei um envelopinho de açafrão caaaaro. Achei que tinham me passado a perna. Mas pelo menos saí com uma "especiaria". Já sem paciência com aquelas abordagens, vi uma saída pequena e vazei.

ED6ABA3EF18FE243DAFB8E2C0ACD2C5C.jpg90_ED6B750E9B3D600DB02667A168180A9E.jpgED6C32FBE16CCA6B61D184CB6B57A64F.jpgED6D15A3B97D085448439354738360C8.jpg90_ED6DF354C6A0CF28569D7CA2CD521A8A.jpgED6EAEECDB68AA34973432BF3CCC3770.jpgED6F4866FED4290D2E42BEE29D0F8CFF.jpgED700726E8C811D9B67EF2D544EB0477.jpgED70A963DA95A4386EC520218A5DD7F6.jpg

Aí fui em outro Mall. Acho que o nome era Dubai Festival City Mall. Não lembro. São 4h30 da manhã e eu quase não dormi, desculpa aí. Lá tinha uma mega super power loja da Ferrari e, claro, um Hard Rock. A minha avaliação desses shoppings é que a maior atração são as baias e burcas usadas pelos árabes. De resto, são shoppings apenas. Imensos, é verdade, mas shoppings. Muitas marcas conhecidas como H&M, Marks Spencer, Bath and Body Works, além das alas de luxo com marcas famosas como Louis Vuitton, Rolex, Cartier, Gucci, Prada, etc.

90_ED69E45A9B33C9C459CC074C591EAF83.jpg
ED7E9CA6DC2C03B1F39A159F8A55B52E.jpg90_ED7F57E0F52527529B04895C7D80D734.jpgED804650DF32971EDA9AA8B3933745DD.jpgED810363A1EB8DF227350C5F9E33354C.jpgED81ADECDD1BA75B70AC345E35DC0114.jpgED8339B0D5E3B69F21E30973BDCFEF41.jpg90_ED83DD340B87097EE4CAAF076C6F0A24.jpg

Resolvi que iria molhar o pé na praia. Peguei o carro e fui pra Jumeirah de novo. Antes, uma curiosidade sobre o gps aqui. Aparece um desenho de alguns prédios como referência, e funciona. A praia estava bombando. Foi difícil parar. A areia não é iluminada, mas estava cheia. Na água também tinha muita gente. Eu deixei o tênis no carro e fui de chinelo. Que delícia estava a água. Perfeita, nem que te nem fria. Vontade de entrar, viu. Mas aí teria que me trocar, mó trampo. Fora que não vi ninguém de roupa de banho. Mas foi bom matar essa curiosidade. O Burj Al Arab estava lindo ali.

ED84BD0CBCC0A5BF52F8AEE37D2E2995.jpgED85527FF0BC472AE0407CE29401E42E.jpg90_ED9A3DCCFFDBFA50ADBFA1822C6EBE81.jpg90_EE74837EC3D6668B1223EA974D3703AD.jpgEE74FD5B063FC5BEA4C3F9F52B0A8049.jpgEE761B6A0AB7851AC6A2158D7D8FA4AF.jpgEE77556E9C8FB4D528573E5536F34ABE.jpg

Abasteci o carro e resolvi ir ver a Grand Mesquita. Que trânsito que eu peguei, caramba. No caminho, algumas excentricidades ou aberrações. Saca só esse Mitsubishi Eclipse. Pouco exagerado, não?

EE77DA60E7C362BD1B6A30681344687E.jpgEE740C41B59D9E16EC500BC6C775467B.jpg

Cheguei na Mesquita. Fiquei um pouco fora só pra tirar umas fotinhas. Estava linda. Nem vou falar do calor pra não ser repetitiva, mas tava muito quente, rs.

EE7897B8903ACA8CF070DFC65809604A.jpg90_ED9ACE19FA09B293CF229C1A7EE59024.jpg180_ED9B7A54B4F3C5468B068882BAA308C0.jpg

Aí peguei outro puta trânsito pro hotel. Tentava fugir do trânsito e só arranjava problema maior. Aqui em Dubai o segredo é a E11. Uma espécie de Marginal, pista expressa que cruza a cidade. Na dúvida, vá pela E11. Lembrei do "Petróleo" dando as indicações pra sair do aeroporto. Petróleo é o cara da Europcar que entregou o carro. Petróleo foi o que a gente entendeu do nome dele. Aí ele veio com aquele inglês que ninguém merece falando pra pegar a estrada "djebeleli". Que porcaria é essa Petróleo? Fiz cara de conteúdo no dia. Na estrada vi a placa "Jebel Ali". Ah, entendi, hahahaha... A E11 é a estrada Jebel Ali - Abu Dhabi. Não sei até onde vai a E11, mas dá pra ir até Abu Dhabi com certeza. Enquanto espero o trânsito andar, selfie no retrovisor, hehe.

90_ED9C970ADE0F565036A2DA9CF7A11B70.jpg

Cheguei no hotel e comecei a arrumar minhas coisas. As meninas chegaram logo depois. Tomei meu banho e esperei elas pra já colocar as malas no carro. Depois, fomos no shopping. Eu fui comer algo, elas jantaram no passeio e foram no shopping olhar coisas de mala pra comprar. Quando saímos que eu fui perceber que estava com traje inapropriado. O solicitado é que não se mostre ombros e joelhos. Os ombros estavam à mostra. Já era, hehe. De quebra Rosana pisou na burca de uma mulher, íamos as duas pra prisão sem ar condicionado. Bora pro aeroporto, haha. Brincadeira!

90_ED9D4989D90040C5911C8BCD813ECAB3.jpg90_ED9DFCD5FD91F4C5DBC06F9E6422CD0B.jpg90_ED9F1680C344AB019922A1759ED9066F.jpg90_ED9FE469D8C000975960620B0ED701F6.jpg

Depois, foi só voltar pro hotel pra descansar um pouco porque teríamos que sair no meio da madrugada. O aeroporto é imenso. Só tem que prestar atenção na hora de entregar o carro, se entrar no parking errado não tem como voltar. E não tem tolerância, tem que pagar. Nem precisa dizer que foi isso que aconteceu, né? Rsrsrsrs. Agora o aeroporto de Dubai é beeeeem legal.

90_EDA0A9B3C7169FDF1165626DF6ADC8DB.jpgEDA205E5EBD848AC01C6DE263C494025.jpg90_EDA29CA7A03C2AEF36A8DAFF0C318105.jpg90_EDA3F562A2C7612E736B4584C955651D.jpg90_EDA4E76BF97F219098B6DD53BE1AF376.jpg

Os vídeos abaixo são dos dois dias. Abstrai da parte inicial do último que tem minha voz cantando, haha. Gostei de conhecer Dubai melhor. E sim, eu super voltaria. Aliás, já quero voltar. Não nessa época, mas, eu vou voltar. Alguém quer vir comigo? Hehehe...

Renata, obrigada por tornar nossa vida mais fácil em Dubai. Rosana, Gabi, Perola, minhas "friendas" cariocas, adorei viajar com vocês. Normalmente é tão difícil conciliar quatro personalidades, mas aqui a mistura deu certo. Sem frescura, foi tudo muito fácil. De quebra ainda fizemos novas amizades, além de roubar as amigas da Rosana que a gente conheceu no mundo, né? Na vida networking é tudo. Valeu demais! Quero mais! Até a próxima....

large_estat_sticas.jpg

Publicado por Akemi Nomura 2:38 Arquivado em Emiratos Árabes Unidos Comentários (2)

Dubai 1

sunny 44 °C

Dubai, chegamos... Dessa vez é pra te desbravar, pelo menos um pouco. Já passei por aqui no seu auge, por volta de 2008. Faz 7 anos já, que horror... Depois teve um declínio, um princípio de crise, depois parece que a coisa estabilizou. Teve uma época que falavam que Dubai foi construída porque, sendo o petróleo um bem finito, teria como viver de turismo. Não sei, só sei que virou um símbolo de riqueza, poder e ostentação.

Nossa, está cada dia mais difícil acordar. Sério, foi muita força pra levantar hoje. O café da manhã aqui no hotel é divino. Muito bom mesmo. Já arrumamos as coisas e fomos esperar a Renata, uma amiga da Rosana. Ela é casada com um piloto da Emirates e mora em Dubai a cinco anos. Tem muito brasileiro na Emirates aqui em Dubai. Hoje ela foi nossa cicerone. Uma dica legal, ela faz parte da equipe que escreve o site Dubai em Cena. Bem legal pra quem quer informação do local.

O céu estava "empoeirado" hoje. E estava quente, muito quente. A Renata chegou no hotel um pouco depois das 10h. Já estava mais de 40 °C. Uma delícia! Ahaha... Fomos todas no carro dela. Nossa primeira parada, Madinat. Pelo que eu entendi é um complexo hoteleiro, tem um shopping e vários restaurantes. Tem mais informações na página que eu falei antes, a Dubai em Cena. O Madinat tem uma arquitetura arabesca, e na parte de fora um lago com uma vista fenomenal pro Burj Al Arab, né não?

949829FD9D2BC1EF2EBC728DE6F81646.jpg
90_94973010A48BBFCA35050DBA1196D430.jpg90_94992C880783568A00AC594165A2F522.jpg90_949A4CF994B15B9F602D020887584B47.jpg949B413995A3F58ACE80D86D14D50696.jpg949C5B5B9B2DBF5902EED95C1AE9D00D.jpg949D4759A9297AB214AAEFE6797B41D8.jpg94A2190F00D8D9557B92210528DF0186.jpg94A34BCAC68DD43AD7C6CE14A2F50E5F.jpg94A492CBF310EA751D9374EF9C2DA571.jpg94A57DE1BAD831819EF8DD241622D85E.jpg94A688CDF9B5666F96873B3704E59334.jpg94C6F6D50790C022AA5FC02E85C0DFA4.jpg94C7C2599E9CA2158D40E07618F35CFF.jpg

Saindo de lá, passamos por uma avenida repleta de casas da família real. A Renata estava explicando que o Sheik é casado com 4 esposas. Cada uma vive em uma casa, uma mais luxuosa que a outra. A primeira, aparentemente, vive em um isolamento. As duas seguintes são relações meramente formais. A quarta e última esposa é a que o Sheik é verdadeiramente apaixonado.

90_94B56519B10B103E8FD98E3B316B5AB1.jpg90_94BB9066E8B98760218B52638FC04745.jpg

Ela explicou também da a respeito da forma visionário que o pai do atual Sheik planejou a Dubai de hoje. Dubai teria sido muito pobre, vivia basicamente da pesca. Era apenas um ponto de passagem. Mais tarde, descobriram o petróleo e, já prevendo o esgotamento do petróleo, ele teve a ideia de construir uma cidade que atraísse o turismo. O filho deu continuidade ao projeto criando a cidade que é hoje. O objetivo é transformar a cidade num ponto de parada atraente ao turismo.

A Renata nos mostrou um prédio bem legal, porém não finalizado. Tinha tipo umas hastes em cima, não sei explicar direito. Parece que o Sheik queria que fosse feito um heliponto ali de forma que o helicóptero descesse entre as hastes. Não teve um arquiteto ou engenheiro que bancasse esse projeto até então. Rico não é louco, é excêntrico, rs.

90_94ECACFFA19FF8790A02AC7D08500DCF.jpg

Quanto à divisão geo-política, é mais ou menos o seguinte. São sete Emirados. O Sheik de Abu Dahbi seria como se fosse o presidente do país Emirados Árabes. Abu Dahbi é o emirado mais rico, com petróleo abundante pra uma penca de ano. Cada Emirado tem seu Sheik, que é uma espécie de governador.

Depois fomos na região conhecida como The Palm. A palmeira é uma marca registrada de Dubai. É um bairro construído em forma de Palmeira. Passear por ali não é tão chamativo, o interessante é ver de cima. Mas como tínhamos tempo, não só passamos pelo "tronco" da Palmeira, como chegamos no final, onde fica o Resort Atlantis. Outro ponto interessante de Dubai. Parece que nessa época é mais barato (não sei quanto) porque o calor é insuportável. Estranho falar isso, mas aqui essa época é quente demais pra ir pra piscina, rsrsrs. Pra chegar no Atlantis passamos por um túnel que chega a 50m abaixo do nível do mar. Entramos no resort pra dar uma volta. A forma que a gente entrou? Não conto! Ahahaha... Na saída, esperamos o carro num calorzinho de 44 °C.

90_94BC9E1ED3772CA32B0657057D127C4B.jpg90_94BE172BD1C35126DDCC72F3DDC761B6.jpg94BF4852AD3D498679D41DD03DD0F1D6.jpg90_94C0F74DB39FDD404B28E74C401D9D35.jpg90_94C29EE3C7D7D1843C789BE3618C7886.jpg90_94C3CD18C7E40FF604313272B3C09811.jpg90_94C531C7CD295BBC81293CC91DFEF256.jpg90_94C6155EC7A0B31EC7A4D09B394C56FC.jpg94E2C7C10A4B86FBF815E45FE40130B6.jpg90_94E3BA9FE8FBC00FFCC0BCBD58E35BD4.jpg90_94E4C6DBC65055F2D6BB38A636445A2B.jpg94E73361E2CC6824E0DA99225AEEC5AD.jpg180_94E84745F25F3AFD7D502BC852D08D96.jpg

Outra coisa que a Renata estava contando é a respeito das roupas. Os homens usam a baia branca, mas é opcional. As mulheres vai depender dos homens da família. Enquanto solteira, o pai decide. Depois de casada, o marido decide. Em geral, a vestimenta da mulher é toda preta. A maioria com o rosto de fora do lenço, uma outra parte com os olhos apenas e umas poucas com um lenço no rosto. A Renata disse que em geral as mulheres de Dubai usam o rosto de fora. As que cobrem o rosto são da Arábia Saudita.

Ela também falou da segurança. Ela se adaptou bem aqui principalmente porque a cidade é super segura. As leis são bem rígidas, e as prisões não tem ar condicionado, haha. Essa época não deve ser bom não. O Marcos já tinha falado dessa questão da segurança. Dubai é um Emirado liberal, você vê gente de burca a mini saia. Tudo é válido. Abu Dahbi é mais conservador, ali um cuidado com as roupas é fundamental.

Chegamos em outra região chamada Marina. Paramos em um shopping pra trocar dinheiro. Ali tem uma vista fenomenal. Um lago artificial entre os prédios tem a cara de Dubai. A ideia era irmos andando até outra região conhecida como JBR. Mas aí a Renata lembrou que tinha outro shopping pequeno mais perto. Economizaríamos passos debaixo de um calor de 50 °C. Não é fácil não.

94E99A1CDD7770420AB0C9D41CAEC367.jpg94EAB530A47DAE415CD1F3B8AC2A3D90.jpg180_94EBAA81EAFE77635BC3A1D9EF5EE1D8.jpg

Chegamos na região conhecida como JBR. É a orla de uma praia pública com uma espécie de shopping a céu aberto. A distância do lugar que a gente estacionou até os restaurantes nem era longa, mas aquele sol, ahhhh, acabou comigo. Caracas.... Coisa complicada viver aqui nessa época. E nos estacionamentos dos shoppings não é climatizado e a área é fechada, um bafo somado com um calor infernal. Tô fazendo um pouco de drama aqui, mas que é quente é... Almoçamos no Cheesecake Factory. Já eram 15h, tínhamos que dar essa parada. Parece que o tempo está nublado, mas não está não. É empoeirado mesmo.

94FA1BEDF885E4DD55BB2A2D9F3F71C1.jpg94FAEC3FFB055F60239009156804E4DC.jpg94FBED91C7B7C8FB4E2755A28C4AEE46.jpg94FCC0ECC59CE6AB3ED44D33C313FD30.jpg180_94FDAC6CB86FA103C228C35CBBE8FAB2.jpg90_94FEA24C9AD6A96223BA062F7368EE79.jpg9507AEB6BDC663420C0982932F4F67A7.jpg9508B5BF94FC7D1DA74D2A955F53A23B.jpg9509CE04BDC0ADD48C80312060CF8503.jpg950ACC5CC944A963E71EE4B279936DD3.jpg950BC325B9DB8170B94212B5B5C22DAF.jpg90_950DC9FD04FEE5EA4647F56A9FC3ED02.jpg

Sai do dali, enfrentamos o calor até o carro e fomos no hotel buscar o outro carro, pra liberar a Renata depois. Rosana e Perola ficaram com a Renata, e eu fui com Gabi no outro carro. É bem legal dirigir aqui. Estamos com um Kia Sportage, super macio. E as ruas são bem largas. As placas estão em árabe e inglês. Super gostei. Fiquei impressionada com a poeira no ar. Não dava pra ver muito longe. Agora, chegando no Dubai Mall, a presença do Burj Khalifa impressiona.

90_950EA666B1A29246370E51A234BACAFB.jpg9518809BCA57B00CBDA782637FB5D6C7.jpg95195D71B383DF862479173BBD07959B.jpg90_951A1AC20FF14E3B9C799FD8D361424C.jpg90_951B0D589A8C9F4A357672139B2B82F5.jpg

Paramos o carro e fomos direto pegar o ticket pra subir no prédio. O Dubai Mall é o maior shopping do mundo. Esse realmente é grande. Depois que pegamos o ticket, paramos pra um sorvetinho porque ninguém é de ferro. Enquanto isso, a Renata contava umas histórias de uma princesa da Arábia Saudita que escreveu um livro sobre o lado obscuro da realeza árabe. Histórias muito fortes do nível que a coisa pode chegar, principalmente em relação às mulheres. Ela contou muita história, e tinha muita história pra contar. Pena que não tínhamos tempo pra ouvir. O papo estava bem interessante.

90_951C19C9FD2CEA005E501213E9B838C3.jpg90_951CFE16FB9A6C79B0B9570B60B9AC48.jpg90_951DE313001748F3406193F51341D376.jpg951E9E81DE1AB173490D2689D66F81D8.jpg951F6DBAA2CCA958F04F6ADFB9EDAEDA.jpg90_95206B33C56012B8CA22EC225BF81CE5.jpg

Deu a hora de subir no Burj. Nossa visita era até o andar 125. Custou 125 dinheiros, e estava agendada para às 19h, já que das 17h30 às 18h30 era mais caro, horário do pôr do sol. Na subida, umas imagens no elevador nos dá a ideia de quanto estamos subindo, ultrapassando alturas como as pirâmides, Torre Eiffel, etc. Então, vocês estão lembrando de como eu disse que estava o dia? Tipo, empoeirado? Adivinha o que a gente viu lá de cima? Quase nada! Uma pena! Não demos sorte no dia. Mas, paciência, não se ganha todas.

90_9521D8D5E7162FD3CE8D99573A89C8F1.jpg90_9522FAF5C78EC7EAB6670B843312F6B4.jpg952C1A5705B16A4FE328101E08349782.jpg90_952CD13D06ED1C49F897B13C389D9A92.jpg952DE601FD00E60FE7282A6DA6E2DE0F.jpg952EFFC2E2E49DF644F27641913FCD06.jpg180_952FDF56A55DEF3C72C0BEB50BBB7604.jpg9531B48CF2E20E9B274EF6B29283B2EB.jpg9532D750D13803B9682226AD293FC18F.jpg90_9533E15EB80DACFC5A44C9D9778EC1C7.jpg180_9530B143992604A057135D848BDF72B1.jpg96C49606DE10ADA149B3D5D2E878D069.jpg96C57516E920524BE6699276C46074F9.jpg

Desci sozinha, dei um perdido e me perdi literalmente das meninas. Mandei uma mensagem pra Renata pra saber se ela estava no shopping. Ela chegou junto das meninas. Aí fomos andar. Pqp, que shopping grande. Meu calcanhar não existia mais. Estava na hora de vermos o show das águas dançantes. A partir das 18h30, rola a cada 30 minutos. Um espetáculo.

270_96C8A286ABCC406CCA621644E9BFB2BA.jpg96C70D62D1978CA76106E45534DE14C6.jpg96C651B30EAE550B10D1BBAFC44F8D43.jpg96C7D0309CC83A53D2E3675FABD51711.jpg
90_9540B3439F7138C81F1CA05604B5636F.jpg9541A3460C52EAF11D4BCE361CC7446F.jpg9542CA8498B3CE21371AF4A0B43FAA1F.jpg90_9543CBF198AC0FD6382798651AAE8F2C.jpg

Anda daqui, anda dali... Passamos por uma área carérrima, e andamos mais um pouco. No caminho, perguntei pra Renata se o Ramadã afetava os estrangeiros. Ela disse que sim, que durante esse período não podia comer ou beber fora de casa, só dentro de casa. E isso valia inclusive para os turistas. E o Ramadã começa dia 18/6, esse ano. Quase...

Esse shopping é gigante. Tem uma pista de patinação, um mega aquário e pessoas com roupas locais, o que, a meu ver, é a maior atração do lugar. Não é legal ficar batendo foto ou olhando, eles não são atração de circo pra isso. Mas que é interessante é... Só fiquei curiosa se quando um homem se perde da mulher ele a acha fácil... Tão todas iguais, hehe.

9544E79FBC420949A46215D267CAD30C.jpg90_95465693D494230E1498A6B52CC5CF2F.jpg9547D263D26720A2E81B644C0F7CB260.jpg180_9548E3FE0C383CB28F7535AA98DB587E.jpg

Nos despedimos da Renata pois ela tinha que buscar a filha. Pouco depois fomos embora também, tava todo mundo cansada. O ar do estacionamento estava irrespirável. Um calor absurdo. Demos uma paradinha no Mall of the Emirates pra Rosana olhar um presente pro sobrinho, mas não tinha. Depois, deixamos o carro no hotel e ainda fomos comer. Tinha um restaurante turco perto do hotel aberto ainda. Voltamos nos arrastando, um bom banho e cama.

96CA2A24EB4FB54A0F9D7F5183424B0A.jpg96C98963EE82E088D35B08E31A638BC7.jpg

Talvez eu tenha esquecida alguma história, ou me equivocado na hora de escrever. Mas fica a dica do blog Dubai em Cena, lá tem muita informação interessante e importante pro turista.

P.S.: Atrasei de novo D. Roselia, desculpa.... Bjs

Publicado por Akemi Nomura 11:18 Arquivado em Emiratos Árabes Unidos Comentários (0)

Ελλάδα

Μου αρέσεις

sunny 25 °C

"Está chegando a hora
É hora de partir
Me dá uma dor no peito ter que ir embora e te deixar aqui."

Quase não dormi essa noite. Quando olhei o relógio eram 6h30. Fiquei com preguiça de levantar. Fui levantar só às 8h. Troquei de roupa rapidinho e fui tomar café. Gabi e Rosana chegaram logo depois. Aí, rolou um incentivo pro crime. Sim, saí do restaurante carregando duas geléias pequenas, haha. Sou muito má mesmo. Perola veio depois que eu desci. Aí fomos meio que encerrar Atenas. Na frente do hotel fica o Templo de Zeus Olímpico. Lá no fundo, a Acrópole. Já que ontem eu falei um pouco, hoje eu vou falar outro pouco.

large_53C4B005D1BB65B3ACCDA131C742D3A0.jpg90_53C5AE27DDF3CF0566C570327568BC01.jpg53C82818C6EE258770E84EF3E8166117.jpg
62076D0FB8D205F5DC792B023EA5BD38.jpg

Em 515 aC, Pisistratos o mais novo, começou a construção de um templo monumental em honra a Zeus, que originalmente tinha 104 colunas, mas nunca foi concluído por causa da queda da tirania em Atenas. Aí, tentaram concluir algumas vezes mas quem conseguiu mesmo foi o imperador romano Adriano, em 124/125 dC.

61E5EF5EE485E896A3657337BD238002.jpg61E52A349BB4032C8511642CAD67AACA.jpg61E41C6FE33686C197652AD8E17D669B.jpg61E30B9CA0322EE3C9EBD62AC356E43E.jpg61E25B0C0CF3AA5F6433C43A1291E33D.jpg

Dentro do templo havia uma estátua colossal de ouro e marfim de Zeus. Muitas partes da parede do circuito do santuário foram reconstruídas. Seções da antiga muralha foram preservadas apenas no canto do sudeste e do lado norte. Outros tempos menores faziam parte do grande templo. Abre às 8h e você entra com o ticket comprado no dia anterior na Acrópole.

61F85207E4ADC2BF86C886B092C97333.jpg61F90025033035C5F8277CDACD0E0991.jpg61F9DDA2B7ED09A802C9C0CA367CBFBD.jpg61FAFE89A32DC5DAF92670906F028E5D.jpg61FBFE53E8A1373F6ED92C90C5B12AA0.jpg

Pra não atrasar e não ter correria, voltamos pro hotel pra um banho e finalizar as coisas pra ir pro aeroporto. No final, saímos 1h antes do programado, o que foi melhor, porque chegamos sem correria. Pegamos o metro até Syntagma, de lá pegamos a linha azul até o aeroporto. É chão, mas chegamos. No caminho, estava lembrando do moço pedindo dinheiro na rua. Ele não tinha as duas mãos, e tinha o rosto queimado, bem como o couro cabeludo. Parecia que eram cicatrizes de uma explosão, ou incêndio. Até demos um dinheirinho pra ele. Nessas horas nós vemos como nossos problemas são pequenininhos, e, como disse a Pérola, passam.

Chegamos no aeroporto sem afobação. Eu acho isso ótimo. Fizemos check in com calma, almoçamos e embarcamos pra nosso próximo destino. Parece que a seleção de vôlei grega ia pra alguma competição, mas não era um Dubai. Que pena!

Nosso saldo da Grécia foi super positivo! Cara, rimos muuuuuuito. Fizemos tudo que queríamos, num ritmo bacana. Foi cansativo? Foi! Mas quem disse que esse tipo de viagem pra descansar? Tudo que vimos, experimentamos, conversamos quando o wifi não funcionava, hehe, foi tudo muito válido. Desde o dia de rainha na praia em Paradise, até a subida camelando pra chegar na Acrópole, tudo foi motivo de risada. Conviver com pessoas que eu não conhecia e ter uma afinidade tão grande foi bom demais...

large_635B1AD7EF1F90546C5C1501F46C118C.jpg

Tá achando que acabou? Ainda falta um destino. E são mais 4h30 de voo. E que voo chato. O cara de trás pedia pra eu não abaixar a cadeira. A mulher da janela queria que eu usasse máscara. Esse povo queria me tirar do sério. Chegamos em Dubai às 21h30, aqui tem uma hora a mais de fuso. Passamos pela imigração tranquilo. Aí fomos pegar o carro. Alugamos um Sportage pra caber as malas e tudo. E fomos com GPS até o hotel. Gente, não tá fácil entender esse inglês de árabe não. Tem que rolar uma concentração absurda. Não sei se é por causa do cansaço também. Deixamos as coisas no quarto e fomos comer no restaurante do hotel. Se arrependimento matasse. Foram 52 dinheiros numa Caesar Salad e 16 dinheiros numa Pepsi. Dinheiro é como eu chamo o dirham, a moeda local. Faz a conversão aê pra sentir o assalto.... Mas até isso foi motivo pra rir, rir muito....

620DE313AD456ED7465DAB72F7493D6C.jpg620E7DC099689858898064138E8FE727.jpg

Publicado por Akemi Nomura 23:12 Arquivado em Grécia Comentários (0)

Atenas

sunny 24 °C
Visualizar 2015 Grécia e Dubai no mapa de viagens de Akemi Nomura.

FDB0C0C402F8AD1D5E3CDCB02E7FC767.jpg

Ah, Atenas.... Chegou seu dia!!!! É como a Disney para os amantes de história. Junto com Roma, unem-se dois centros mega importantes do mundo antigo. Eu sei que a expectativa tem que ser baixa, uma vez que a crise econômica meio que devastou um pouco o que poderia ser uma bela cidade. Mas a Acrópole está ali, então, isso basta... E quando eu falo ali, é ali mesmo. Saca a vista do café da manhã.

FD5BA5E7B8B9A29CF8BA8AE3B220722B.jpgFD61246CC551475E5AF1E075B1FF2ADB.jpg

Vou citar aqui duas fontes bacanas pra Atenas. Uma é o clássico Melhores Destinos. Sim, eles não ficam só procurando passagens baratas, eles tem ótimas dicas de viagem. Site simples, claro e com bastante conteúdo. O outro é o blog Viajando Bem e Barato que parece ser bem interessante, porque a moça morou em Atenas por 7 anos, inclusive conhecendo bem a cidade antes e depois da crise, o que dá um parecer real pra não passarmos por ciladas.

Bom, vou começar falando de onde se hospedar aqui. Ontem não estava muito a fim de falar, tava cansadaça... A Rita, do blog Viajando Bem e Barato, alertou pra um fato importante. A Atenas pós crise é bem diferente da anterior. Algumas regiões da cidade, como Omônia e Praça Karaiskáki, por exemplo, não são recomendadas. A policial ontem também falou pra tomar cuidado em Omônia. Por lá, encheu de imigrantes ilegais o que deixa o ambiente meio pesado. Lembro que em Oslo ficamos numa região assim e eu não gostei não. Inclusive a Rita alerta que um 4* nessas regiões são atualmente bem baratos, mas é melhor gastar mais num 3* no bairro de Plaka, por exemplo, que além de ser mais agradável, bem localizado, é seguro. Pra quem quer algo mais econômico, tem a região de Monastiráki. Como a gente viaja pra relaxar um pouco e aproveitar o máximo, o bairro escolhido foi Plaka. E Nosso Hotel foi o Athens Gate.

large_mapa_atenas.jpg

Pelo visto o que interessa está dentro desses limites do mapa acima.

Vamos começar o dia do hotel mesmo. Lá do terraço a gente vê o templo de Zeus Olímpico e os Arcos de Adriano. O templo de Zeus foi o maior da Grécia Antiga. Sócrates costumava encontrar com seus discípulos aqui. Hoje, restam algumas colunas. O Arco de Adriano é um portão de entrada do templo que foi construído em mármore do monte Pentélico. Tem 18 metros de altura.

FDBE2461A067E3347F380C7BF3E47DA9.jpg
177AADB2C8265F86C7E6960F3E3F1DE7.jpg

Lá do hotel também, começamos nossa visita à Acrópole. Existiam várias acrópoles na Grécia antiga, mas a de Atenas era a mais imponente. O nome Acrópole já diz, cidade alta, de onde era mais fácil ser defendida. A Acrópole de Atenas custa 12 euros, mas tem direito a acesso em vários lugares. É uma boa subida, entre escadas e rampas. Quer uma dica? Leve água. Até chegar lá em cima tinham uns míseros bebedouros e nenhum lugar pra comprar. E se tiver sol a pino, como a gente pegou... Vai ser tenso!

1799A3A1FCBCBD6901093A3FB1265AEF.jpg17DC3BD3BC82B49515921FF68D75B659.jpg

A gente começa a visita pelo Teatro de Dionísio. O Teatro de Dionísio, o mais antigo do mundo, foi fundado no fim do século VI a.C. No século IV a.C. o auditorium foi totalmente reconstruído à base de pedra e adquiriu a forma que pode ser vista até os dias de hoje, apesar dos efeitos do tempo. O Teatro Dionísio, berço da dramaturgia ocidental, foi palco para a apresentação de tragédias escritas por dramaturgos muito importantes para a história do teatro, como Ésquilo, Sófocles e Eurípedes.

17DFEBE6F2E3743C77B1057E88CD4A87.jpg17E61C17D01EF65F913F2BDF86E11EEE.jpg17F380F4C8612BBEC4B4834C0A8F6EB8.jpg180_17F8BC9304D470E071372054180019AF.jpg
90_189365F4B97B189E6F8198119048E25E.jpg

Próxima parada, e curta, o Odeão de Herodes. Foi construído a mando de Tiberius Claudius Atticus Herodes. Não sei quem é, mas gostei do nome. A foto foi tirada da Acropole.

1A0FCC93F6E3CAB48A3E60346210E3AD.jpg

Subindo mais um pouquinho, mentira, mais um poucão, chegamos no Templo de Atena Nike e no Propileu. Ao final da construção do Partenon, Péricles determinou que fosse feita uma entrada que estivesse à altura da beleza e da imponência dos templos construídos no local. O Propileu, então, foi erguido pelo arquiteto Mnesikles, todo em mármore branco do monte Pentélico, e até os dias de hoje continua sendo o ponto de partida dos visitantes até a parte mais alta da Acrópole. Em uma torre a sudoeste do Propileu está o charmoso Templo da Atena Niké (Niké é o mesmo que vitória), assim como o Partenon e o Propileu, todo feito em mármore do monte Pentélico. Segundo registros, no interior desse templo havia uma estátua da deusa Atena desprovida de asas, conhecida como Nike Apteros.

180_17FFFE04AC15C2732566A2DCDFAB5E48.jpg90_180812EAD632D9C35B80959392575799.jpg18158006DF1D6C7EECA83763D110243A.jpg
1CF2FB01CEE9F159650A2B8DB93ABCF4.jpg

Passando pelo Propileu, vem a parte mais marcante de Atenas, o Partenon. Fica no ponto mais alto e visível da Acrópole esse famoso templo dedicado à Deusa Atena, padroeira da cidade.ma construção do local, cuja estrutura é toda em mármore branco do Monte Pentélico, teve início em 447 AC, durante o comando de Péricles. É sem dúvida o ponto alto da Acrópole. O Partenon está para Atenas assim como o Coliseu pra Roma. Valeu o esforço da subida.

90_183F96179B92F67B0F23F154F5F2C663.jpg187FDB29D145655D82671631BA85A803.jpg180_1881C840E8DE58ADCA80872F0872398C.jpg1882DC2CE882A3D7A69E59AF56DC473D.jpg188A49C00371CC48DF73075EE528542F.jpg189C868CF1ED73B4B483234ADE45699B.jpg19D8CE9BE94A0160CB2BEAC63F5DCA40.jpg19DAD774C4C2B7802A89A1384B74F591.jpg90_19DC8DB1D370E38484345F1054587F84.jpg

Durante a ocupação turca uma bomba Veneziana caiu no Parthenon e causou uma tremenda explosão que destruiu uma grande parte do monumento que tinha sido preservado em bom estado até então. O desastre foi concluído no início do século 19, quando o embaixador Britânico em Constantinopla, Lord Elgin, roubou a maior parte da decoração escultórica do monumento (frisos, métopas, frontões) transferindo os para a Inglaterra e os vendeu para o Museu Inglês, onde ainda estão expostos, sendo uma das mais significativas coleções do museu. Sempre me lembro de minha professora de inglês falando que nenhuma visita na Grécia e Egito são completas sem visitar o museu de Londres.

90_184AECA7F38425770C07EAE163B229BD.jpg

Do lado esquerdo, está o Erecteion. Espaço mais sagrado da Acrópole. O nome é em homenagem a Erecteu, rei mítico de Atenas. O templo é todo em mármore do Monte Pentélico (gostei, haha). A sensação são as Cariátides. São seis colunas em forma de mulheres que sustentam o peso da cobertura.

1812B7E9EC3548C1A327A5260234B89B.jpg18282465F06FB7DEF0123EC5B96E23E5.jpg1845875DDA050DA384E1EB2432E6098C.jpg
1CE6A36FC1424048960455D2502EE326.jpg1CE2762B9E83402D1B5B1AA4F24C8597.jpg

Lá de cima da Acrópole, ainda deu pra ver o Parlamento, os Jardins e a região da Praça Syntagma, que passamos no primeiro dia, lembram? E bem atrás do templo de Zeus está o Estádio Panatinaikos, sede dos primeiros Jogos Olímpicos da era moderna, em 1896.

90_1833E799F4E6489FE468B230FC80690C.jpg1870DCB291B67F6FBE05BB24369FD408.jpg1877C13B9002BE3A5A6844AD3A0F6064.jpg1A113626E6189AC9AA7911FF425D2783.jpg

Na saída, descemos e passamos pela Ágora Antiga. Era o centro financeiro, cultural, econômico, etc, da Grécia Antiga. Não tem muita coisa marcante ali, como no Palatino em Roma, por exemplo. Talvez de mais marcante sejam o Templo de Hefesto e a Livraria de Adriano. O templo de Hefesto é o templo grego antigo mais conservado, porém, pouco conhecido. Principalmente por ter seu vizinho Partenon logo ali. Reza a lenda da época do Império Bizantino que os restos mortais do herói Teseu (aquele que matou o Minotauro, lembra?) estariam enterrados ali. Quanto à Livraria de Adriano, bem, Adriano foi o cara da Roma Antiga, tinha que aparecer na Grécia também. Foi o próprio imperador que doou. Tem todas aquelas paradas romanas.

90_19DE24130C72F6E1DC3A06AA0609AB89.jpg1A12BD83F29731EF1A37092732AB7877.jpg1A145CFE06479A002BC014E067386C7B.jpg270_1A1585D7B3EE04CAAA954AE3403E6569.jpg1A1696CC93B5B032A2DBABE0FAE88848.jpg1A17BB349C40089B5EF7ACB3A37FB5BC.jpg1A205883CE3A269C30AAD5DAE3E05200.jpg1A214D00B455C67D4855B5E35D8D0940.jpg270_1A22A0D5E9F8F24F53ADEDC1DF60B6ED.jpg
1A2517D5CBF75F5EFCA64C1E1062A4DA.jpg90_1A265E1BC1FA6ED2F946262984EB1402.jpg

Saímos dali direto em Monastiraki. Esse bairro é como Plaka, super receptivo ao turismo. Lojas, restaurantes, compras, oba. Tipo, comprei azeite grego, ouzo, temperos, camiseta pro papai e um chocolate grego. É, tem neguinho que ficou sambando na minha cara no whatsapp por causa de um Lindt, vai receber um chocolate grego. Não sei como vai chegar, mas vai. Já cheias de sacolas, já quase cinco horas, voltamos pro hotel pra deixar tudo e fazer uma volta com o ônibus hop on hop off pra dar uma geral.

1A23FBA2E4FA12F956FFCAC17E54E9CF.jpg90_19E3594DDF049E14628BEE74D9A8A087.jpg90_19E457D10C13C4DDCE15091E0405A34C.jpg90_19E57071C61468445C34841F35DFF1BD.jpg90_19DFA3DB96ECE4B8C6BEDFE7822120CD.jpg

Passamos por vários lugares que conhecemos, passamos por praças que não passaríamos sem o ônibus por questão de segurança, passamos por universidades, prédios públicos, pelo estádio Panatinaikos. Vimos a Atenas real, vimos a Atenas antiga, vimos a Atenas bonita, vimos a Atenas feia. Sim, Atenas é uma cidade legal, sim Atenas não precisa de muito tempo, sim, Atenas tem que ser conhecida.

90_19E24542C2EE08BA968036727105F9F8.jpg1A290DD905A48B2CE69F597EEF21445D.jpg1A2A38D5E85EE93FFDF30EFDEF1C0838.jpg1A33E33DFB8A32A793F90237983FD395.jpg1A35D7B3A773081A66F15A72EBE62E9A.jpg270_1A384B94E8EACAC630B34D86F12AC163.jpg1A3977150D6CA49225005C65CC54022D.jpg1A3A68BBB3AB4F5356DDAD571AEE96FD.jpg1A3C783E0AC31D6220AAA4ABB4F1F57A.jpg1A3D70A6FBF54F44BD5BCB5096B80B57.jpg1A3EE0930100F599FDD417A7BC510391.jpg1A401EC5AB1110B14FF436527CA3BA0C.jpg1A41747BDD9929C9E6027A17C8C66D77.jpg270_1A42FAB4CD8D98F8ADA546C8631919AA.jpg90_1A43EF74B6579C3AE5F061BE882973AF.jpg

Última noite em Atenas, última noite na Grécia. Cansei de escrever por hoje, bjs...

1C3872D9D68DE784277B39BE1F77966C.jpg1C3E11C2B76C8E8BE75C497813F27D88.jpg1C404F2CB17F9A695232402CB0277398.jpg

"Eu não espero por nada.
Eu não tenho medo de nada.
Eu sou livre."

NIKOS KAZANTZAKIS

Publicado por Akemi Nomura 14:27 Arquivado em Grécia Comentários (0)

(Textos 1 - 5 de 204) Página [1] 2 3 4 5 6 7 8 9 10 .. »