Um blog do Travellerspoint

Londres

LEMBRANÇAS DAS TERRAS DA RAINHA

sunny 29 °C
Visualizar 2001 Inglaterra e Escocia no mapa de viagens de anomura.

It´s London Baby!!!!!!

Londres é uma das minhas cidades favoritas. Multicultural, você encontra gente de tudo quanto é canto. É a cidade de conto de fadas da vida moderna. Equilibra bem passado e presente. Do alto da London Eye é fácil entender o que eu estou falando. Num lugar com tantos contrastes, é impossível ficar indiferente ao que acontece a sua volta.

large_Big_Ban_03.jpg

POVO

Os ingleses são um pouco frios sim, mas de vez em quando você encontra um simpático. Mas como em Londres tem gente do mundo inteiro, a probabilidade de vocês encontrarem um brasileiro em cada esquina é muito grande. Então se joga a aproveita.

SEGURANÇA

Londres é uma cidade grande, bem policiada, mas cuidado com os batedores de carteira. É ladrão de galinha perto do que a gente está acostumada no Brasil, mas, como a gente às vezes baixa a guarda nas viagens, é bom manter o sinal amarelo sempre aceso. Como é uma cidade alvo de terrorismo, eles estão sempre em alerta. Se acontecer algum atentado a rotina da cidade muda. Trens, metrôs e ônibus param. Três dias depois que estive lá teve uma bomba em um metrô, então, acontece. Uma coisa que eu me lembro bem foi de ver poucas latas de lixo. Explicaram que a razão era o terrorismo, bombas nas latas de lixo, sei lá. Mas isso foi em 2001, não sei como é agora. Bom, qualquer coisa vocês podem recorrer àqueles táxis pretos famosos, os cabs. Tem um que é pintado com a bandeira do Brasil. Lembro de ter visto um todo rosa também.

GASTRONOMIA

Outra coisa, Londres não é uma cidade de gastronomia famosa. O prato típico inglês é o fish and chipps (peixe frito e batata frita). Honestamente, não é nada de outro mundo que valha a pena engordar. Então segue meu conselho, entre em qualquer fast food para não perder tempo. Eu lembro que lá trabalham muitos estrangeiros (indianos na maioria), que falam um inglês macarrônico. Se entrar no Mc Donalds e falar “Number One”, não tem erro, você já sabe o que vai encontrar. Se não quiser fast food, vá para as comidas chinesas ou pubs que são relativamente bons.

CLÁSSICO

Procurem tirar uma foto na famosa cabine vermelha porque elas estão sumindo nessa época dos celulares. Se derem sorte de encontrar alguma sem pornografia melhor ainda. Eu andei muito até achar uma perto de Trafalgar Square.

RUAS E COMPRAS

A rua das compras é Oxford Street, sem dúvidas. Porém, deve-se tomar muito cuidado com os batedores de carteira. Nas ruas existem muitas bancas vendendo bugingangas, lembro que paramos em uma que o cara era inglês e tinha morado no Brasil. Reconheceu a gente como brasileiros rapidinho. Por isso não é difícil sobreviver em Londres. E isso foi em 2001, imagina agora...

Pode parecer bobagem, mas cuidado ao atravessar a rua. A mão inglesa confunde muito a gente. É força do hábito olhar para esquerda, depois direita. Mas lá isso pode ter sérias conseqüências... Eu lembro que ao atravessar a rua do British Museum, tinha uma faixa de pedestre e dos dois lados tinha um poste com uma luz piscando. Pode atravessar sossegado porque ali o motorista é obrigado a parar, nas outras, eu não garanto...

O TRANSPORTE

O transporte é muito bom. Como Londres é grande usem o metrô (Tube, como chamam os londrinos). O problema é que em algumas estações você anda muito lá embaixo pra chegar ao trem. E vão ser apresentados aos famosos ratos do metrô de Londres. É mais um ponto turístico, os bichinhos ficaram famosos. Quando estiverem esperando o trem, tem painéis falando os horários dos trens seguintes. Mas nem precisa porque enquanto você aguarda, os ratinhos ficam andando nos trilhos. Quando eles sumirem é porque o trem este chegando. Pelo menos uma vez peguem o ônibus de 2 andares, um clássico londrino e já incluso no preço do metrô (dependendo do ticket que vocês comprarem).

Andem sempre com um mapa de metrô, que vira e mexe a linha pára pra manutenção e você fica perdidinho, então é bom ver as alternativas. Se eu não me engano nas estações tem disponíveis. As linhas são bem fáceis de pegar, fiquem com o bilhete na mão para entrada e saída do metrô. Ah, outra coisa importante, nos túneis do metrô eles obedeciam religiosamente o famoso “ir pela direita e voltar pela esquerda” (apesar de dirigirem ao contrário). Tem sempre uma plaquinha de “Keep right”. E nas escadas rolantes deixem o lado esquerdo livre para quem for subir correndo, senão eles passam por cima mesmo. Vocês vão cansar de ouvir a famosa frase do metrô de Londres “MIND THE GAP”, essa é clássica... há camisetas espalhadas por toda a cidade com o símbolo do metrô e essa frase.

CLIMA E ROTEIRO

Bom, eu fui à Londres em julho e peguei 30 graus. É bom estudar o tempo antes de viajar. Tempo nublado é normal, terão sorte se encontrarem um dia aberto. Independente da época é Londres, então um guarda chuva ou uma capa tem que estar sempre à mão.

O roteiro pré definido ajuda a não perder tempo. Como a Europa tem as estações bem definidas, algumas atrações têm horários diferentes dependendo da época do ano. Tem dias que alguns museus fecham também. Então verifique o funcionamento dos lugares e qualquer coisa inverta os dias. #ficaadica

Sugestão de roteiro segue em outro post:
http://anomura.travellerspoint.com/19/
Changing_Guard_04.jpg London_Bridge_02.jpg Saint_James_Park_07.jpg

Publicado por anomura 29.01.2011 11:57 Arquivado em Inglaterra Tagged londres inglaterra

Envie por email este textoFacebookStumbleUponRedditDel.icio.usIloho

Índice

Seja o primeiro a incluir um comentário sobre este texto.

Comments on this blog entry are now closed to non-Travellerspoint members. You can still leave a comment if you are a member of Travellerspoint.

Informe abaixo os detalhes da sua conta no Travellerspoint

( O que é isso? )

Se você não é ainda um membro do Travellerspoint, inscreva-se grátis.

Inscreva-se no Travellerspoint