Um blog do Travellerspoint

Roma, 19 de março de 2013

sunny 14 °C
Visualizar 2013 Itália no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Hoje resolvi ir à missa. Mas não era uma missa qualquer, era uma missa que marcava o início do papado de Francisco I, o Papa argentino. Peguei o trem e o metrô, onde já me deparei com as catracas abertas do segundo. Desci na estação Ottaviano e fui caminhando pela Via Ottaviano, claro. Muita gente na rua, turistas, fiéis, polícia... Cheguei ao Vaticano pelo lado do Museu, oposto de onde eu sempre vinha. A entrada lateral grande estava fechada. Dali dava para ouvir os cânticos da missa. Como não dava para chegar à Praça por ali, fiz como os italianos, fui rodeando o Vaticano por fora dos muros. Todas as ruas de acesso estavam fechadas, pensa numa pessoa se sentindo excluída? Pois bem, sou brasileira, não desisto nunca. Fui andando até a entrada da avenida principal, que leva até a Piazza San Pietro. Tinha muita gente parada por ali. Vi que algumas pessoas entravam e entrei junto. Ninguém me parou, fui indo. Já falei que hoje o dia está lindo? Parece que foi de propósito...

25DBF49F2219AC6817904540EF62BB41.jpg

Caminhei no meio da multidão pela avenida até alcançar a entrada da Piazza. E foi o máximo que eu consegui chegar perto do Santo Padre. Tinham vários telões espalhados pela avenida e Piazza. Achei bacana a ideia de comungar. Quando recebi a hóstia do padrinho (padre novinho), virei pra Basílica, fechei os olhos, um ventinho gelado batia no rosto. Aquilo me deu uma paz tão grande, não sei explicar... Fiquei até o fim, quando acabou, segui com a multidão e fui até a entrada do Castel Sant'Angelo. Aqui é uma continuação da minha rota "Anjos e Demônios". Claro que a Basílica de San Pietro também faz parte, mas, visitar a Basílica hoje ia ser impossível....

25E698DE2219AC68171C39A8517160B3.jpg

Explorar o Castel Sant'Angelo é um dos maiores prazeres que eu tenho ao voltar para Roma. Esse lugar é absolutamente FANTÁSTICO. Toda história que transborda nesse lugar... O ingresso subiu de 2009 pra cá. Hoje custa 10,5 euros. Mas vale, viu? Tem dia que é de graça depois das 18h, mas eu nunca sei quando é e ia estar muito frio. O Castel já foi o Mausoléu de Adriano e depois virou uma fortaleza. Quando o imperador Carlos, sobrinho de Catarina de Aragão, invadiu e saqueou Roma, o Papa Clemente VI se refugiou aqui no Castel. Graças à valente Guarda Suíça, que retardou a invasão ao Vaticano, o Papa pôde passar pela passagem secreta, o Borgo Passeto, e ficar em segurança na fortaleza. Do alto do passeto é possível ver a passagem. Continuando a subida, encarei mais uma vez a escadaria. Mas o problema maior eram as passarelas e o meu medo de altura. Mas, superei. E fui em busca do terraço, a vista mais bonita de Roma.

25EEF3682219AC68173310B8F00BBCCB.jpg

Eu literalmente dei uns perdidos no Castel. Subi escada, desci escada, me perdi, me achei, rodei, rodei, rodei, passei por salas que não tinha passado da outra vez, entrei em salas que não sabia sair. Mas, ufa, cheguei no terraço. Dia lindo, a cidade eterna fica mais esplêndida ainda. Daqui dá pra ver tudo: o Coliseu, o Altare della Patria, o Pantheon e mais duzentas igrejas e, principalmente, o Vaticano. Daqui dá pra ver a praça de volta aos turistas. Não sei se foi liberada a Basílica, tenho vontade de ir lá. Mas, por enquanto, fico mais um pouquinho aqui no terraço... Na saída, optei por uma rota da época do Mausoléu de Adriano. Digo isso porque essa rampa está do mesmo jeito que foi feita. Inclusive existem avisos para tomar cuidado com o piso, que está super irregular. Depois das subidas e descidas de escada do Castel, cheguei à conclusão que eu estou certa: viajar é para os fortes... Enquanto tiver saúde tenho mais é que fazer isso porque depois, não ia ser possível encarar isso tudo não...

Saindo do Castel eu me perdi. Entrei naquelas ruelas, rodei horrores tentando chegar próximo à Piazza Navona. Ia tentar encontrar o Bafetto, uma pizzaria aprovada pela Tati. Depois de rodar em tudo quanto é ruela, cheguei à Piazza, mas não achei o Bafetto.. :-(. Bom, mas achei um restaurante próximo bonitinho, com wifi e tudo e pronto, era ali mesmo. O menu era uma pizza margerita e uma coca por 8 euros, sem taxa de serviço ou taxa de mesa. Foi ali mesmo que eu fiquei...

25F4E8F92219AC6817C8E033DCD3EA53.jpg

Fim do almoço, já eram quase 15h. Estava na entrada da Piazza Navona, aproveitei para dar uma rápida volta. Estava bombando... Também, o sol voltou. Estava todo mundo lá. Uma beleza! Ontem parecia triste. Pois bem, peguei o caminho do Pantheon e parei na Piazza San Luigi dei Francesi, em busca da Igreja de mesmo nome. Ali tem 3 pinturas do Caravaggio, carinha bom esse. A Itália é o único país do mundo que me desperta o interesse pelas artes. Só de ver de longe já reconheci as obras. Tinha muita escola aqui hoje trazendo as crianças. Legal despertar esse interesse desde cedo, pra não virar adulto que nem eu... Hehehe...

25F9F9342219AC6817AF1262049045D1.jpg

Ok, próxima parada, próximo desejo: eu, um gelato e a Fontana di Trevi. Só que hoje os cretinos dos turistas resolveram sair da toca. Ontem, debaixo de chuva, com vento gelado, só tinha eu e a senhora que tirou a minha foto, hehe. Hoje tava bombando. Aliás, onde não estava bombando hoje em Roma? Tudo lotado! Mas, tive meu momento de prazer...

26086BCA2219AC681758562551490C61.jpg

Bom, dali, desci a Via del Corso e cheguei ao Altare della Patria na Piazza Venezia. Que trânsito confuso. Atravessar a rua ali era complicado. Bom, eu arriscava e ia com a multidão. Se eu seguisse a avenida à esquerda ia chegar no Coliseu, mas não, hoje não era dia de Coliseu. Nem cheguei perto pra não cair em tentação. Virei pro lados de umas ruínas no Foro di Traiano e dali subi uma escadaria pra voltar pra Via del Corso, porém... Eu me perdi! Pelo 2a ou 3a vez no dia. Rodei no meio daquelas ruelas até cair aonde? Na Fontana di Trevi! Pela enésima vez aqui...

Bom, dali eu sabia seguir meu rumo. Subi a Via del Corso até a Piazza de Spagna. Foi uma boa caminhada. Passei pela Piazza Collona, que é meio sem graça, mas parece que é ali que fica o presidente, ou primeiro ministro, sei lá... Andei horrores já bem cansada até chegar à Piazza di Spagna, onde fica a famosa Escadaria de Espanha. Famosa não sei porque, só se for pela Igreja que tem lá em cima, mas, depois do tanto de Igreja que já fui aqui, não ia subir aquela escada por nada nesse mundo. Dali para casa. Aprendi a pegar o trem dessa vez, é só pegar o trem urbano e apertar o botão para descer na estação certa. Quando a gente pega o trem errado isso não acontece, hehehe...

2601A2AC2219AC68175F1FED7FC7AA48.jpg

Publicado por Akemi Nomura 10:34 Arquivado em Itália

Envie por email este textoFacebookStumbleUpon

Índice

Comentários

Sis!!!! Que invejinha branca!!!!! Roma é demais mesmo!!! Se joga!!!!

por Harumi

Que aula de história. Não cansa não. Tem mais alguns dias ainda. Aproveita.

por Marcos Fracalossi

Comments on this blog entry are now closed to non-Travellerspoint members. You can still leave a comment if you are a member of Travellerspoint.

Informe abaixo os detalhes da sua conta no Travellerspoint

( O que é isso? )

Se você não é ainda um membro do Travellerspoint, inscreva-se grátis.

Inscreva-se no Travellerspoint