Um blog do Travellerspoint

Boston 2

Freedom Trail

sunny
Visualizar 2015 Canadá e Estados Unidos no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Bom dia gente!!!! Vocês estão prontos pra um dia repleto de história dos Estados Unidos? Se você for como eu, que não fiz a lição de casa, vai aprender muito hoje. Pedi pra Rutilene me deixar no parque. Vou ver até onde eu consigo ir na Freedom Trail, ou trilha da Liberdade. É um caminho no centro da cidade com 16 paradas importantes da época da Revolução Americana que culminaria, mais tarde, no Independence Day. Sim, eu não fiz a lição de casa e não sabia, ou não lembrava, da importância histórica da região. Então, vamos aprender comigo.

Depois de dar um voltinha, arranjei um cantinho pra sentar na primeira parada da trilha, o Boston Common. Esse parque foi fundado em 1634. Como disse ontem, foi o primeiro parque público dos Estados Unidos. Esse parque, na época da Revolução, foi usado como campo de treinamento dos Redcoats (soldados britânicos). A partir daqui três brigadas sairiam para as batalhas de Lexington e Concord. O parque ficou marcado como palco para a liberdade de expressão. Aqui foi celebrado o fim da Guerra Revolucionária.

90_B520BC2BCE2B0D2C6C28786CD2FA981D.jpg90_B51FF8D6BCF6AD35B593F7AEA590896D.jpgB51F16EF9F88C987D0FE37C3847C417E.jpg90_B5214E409E1CE15395BC50373E19A9FC.jpg90_B522267DA8E793CF9E45679996E31538.jpg90_B52315A6A7FECE6C3F4F85EC398BD8C8.jpg

Vamos para o ponto dois: Massachussets State House. Pronto cheguei! Estava sentada pertinho. Passamos por aqui ontem, lembram? Esse edifício chama a atenção pela cúpula de ouro. Quando concluído, em 1798, era coberto de madeira. Mais tarde, Paul Revere cobriu com cobre. Em 1874 foi coberto com folhas de ouro. Na segunda guerra foi pintado de preto pra não ser alvo fácil de ataques aéreos. Hoje, como podem ver, brilha o ouro de volta. Existem visitas guiadas, mas eu só quero dar uma geral mesmo.... Rsrsrs. Hoje é um dos edifícios mais antigos da rua e sede do poder no estado de Massachussets.

90_B52A7EA2B9C18F738494BD786E6A79F4.jpg90_B52B566DAB899F3030C705957D2C17D3.jpg90_B52BF28EEFC5F18EE1B9B254CF79D5D1.jpgB52D2356901F6A3AB7DFC0A4536352B1.jpg90_B52DC36CA1B70A1B170FE20BC432E167.jpg90_B52E6378CA6CBCA85AEB3B88C323C0F6.jpg

Vamo que vamo!!!! Descendo a Park Street parei no stop 3: Park Street Church. Essa igreja é um dos locais históricos mais significativos na história da abolição dos escravos nos EUA. Desde 1823 sediava palestras "anto-escravidão". Teve um tal de William Lloyd Garrison que palestrava aqui na juventude e mais tarde fundou a sociedade americana anti-escravagista. Percebe-se a forte ligação que Boston tem com liberdade. A igreja é simples por dentro, mas enorme no sentido da importância que teve. Chamou minha atenção as bíblias dispostas em cada banco.

90_B52F412606D78E516C5202EAD9C950AE.jpg90_B53063E593C9BFD5E305763E02E912E1.jpg90_B539ADC7CBDF3CFDCEED1CBD81C9102B.jpg90_B53A55E6B5E34AE14D45E64CA80831BD.jpg90_B548C60CD3D3366732043AD163393E50.jpg90_B54A312ED8721F67236491A443FC31A5.jpg90_B54B33A207B11D1F9F89596D092DE0D5.jpg

Quarta parada: Granary Burynig Ground. Cemitério fundado em 1660, dizem que tem mais de 8000 pessoas enterradas, apesar de ter apenas 2345 lápides. Logo que vc entra, vê um obelisco do túmulo da família Franklin. Mas o Benjamin não está ali, está na Filadelfia, eu acho. Ali estão os pais deles. Tem uma galera importante pros yankees aqui. Três dos delegados que assinaram a declaração da Independência estão aqui. Um deles, Samuel Adams, mandou enterrar no túmulo de sua família as 5 vítimas do massacre de Boston. Explico no próximo parágrafo. Aqui está também Paul Revere, um patriota da época da revolução. Mais pra frente vou aprender mais sobre ele.

Já o Massacre de Boston em nada tem a ver com o atentado. Foi da época da revolução. O clima entre colonos e britânicos era tenso. A Inglaterra tomava medidas muito severas e impopulares na colônia. Aí no dia 5 de março de 1770 um grupo de pessoas se formou em frente a um sentinela britânico. Outros soldados vieram para ajudar, receberam ameaças e objetos foram atirados contra eles. Reagiram disparando contra a multidão, sem ordens prévias, e mataram cinco civis desarmados. Esse dia ficou marcado como o Massacre de Boston.

90_B553653CF14117C87F16C3686A4738D7.jpg90_B5553D52EA958A4FDC8950A1470B261A.jpg90_B556B8EFE69EB3FE348F7CD409E370F7.jpg90_B55EFBE10FB6DE773AAE431D7FF3C457.jpg90_B560D75FC2FA6A7807434F6A4061EA99.jpg

Descendo a Tremont Street, seguindo a trilha, chegamos na quinta parada: King's Chapel e King's Chapel burying ground. Foi fundada em 1688 pelo governador real. Era para os que ocuparam Boston fazer cumprir as leis britânicas. Construída na área do cemitério, que já estava lá. O cemitério é tão antigo quanto à fundação da cidade.

90_B562389C9A734AC39F60EE2491D11637.jpg90_B568D52EA02CCBEADFA94515E1DB300F.jpg90_B57002AC94C2B2012D5EA0B458666938.jpg90_B570C70C900895CA951D7B95D9D73F3F.jpg90_B57321E1E57E94DEECFDCC9A62DD8EDA.jpg90_B578B8CCB4F3552C24C303CCCAA65713.jpg90_B57E100896E23D71EB07A8206AC09428.jpg

Seguir o caminho é fácil, além das várias placas no caminho, a calçada tem o traçado com tijolinhos vermelhos que vão ao longo de toda trilha. E vamos descendo a rua para a sexta parada: Boston Latin School. Foi a primeira escola pública de Boston e parece que a primeira fundada no país, em 1635. Quatro signatários da Declaração da Independência estudaram lá. Os três que estão no cemitério Granary (quarta parada) e Benjamin Franklin. O prédio original foi demolido em 1745 para dar lugar a hoje Old City Hall. Na frente, a estátua de Benjamin Franklin com o destaque que merece.

90_B57FDA0909528F4F061698C43F9D52B8.jpg90_B5A47F1B02D732C8856CB75C3446C383.jpg90_B5A537ADA9E1F5EC681C70A5A24D8565.jpgB5A5FE74B5EAFF89E927C6E7528EF13C.jpg90_B5A6A0FA0806C6346F69F4C503225E71.jpgB5A75930FDB4562CE12CDB2D94A402E6.jpg

Pausa pra um café. Onde tem Starbucks, tem banheiro e tem wifi. Cerca de 1h (a fila do banheiro era grande) pra atualizar o que já fiz, tomar um café e curtir a vista, vam'bora?

90_B7262312B93A3016A5CABC7C7FFCAC23.jpg

Foi só descer em direção à Washington Ave que chegamos na Old Corner Bookstore, sétima parada. O prédio foi construído em 1711, quando era uma botica. Em 1825 virou livraria e gráfica, uma das mais antigas do país. Hoje? É um restaurante da rede Chipotle, acredita?

90_C1126E4C969D1F414BEF936C9161465B.jpg90_C1135AAD9371C1D993FD1343EAF11105.jpg90_C114077AD3B68F351897E1B766735DC4.jpg90_C11530C1D2919A61082F8854F9B2071D.jpg90_C115F095B63EFCA7385BC23F9C2A2B79.jpg

Seguindo a trilha de tijolos, chegamos na oitava parada: Old South Meeting House. Era um lugar de reuniões dos colonos principalmente para tratar do descontentamento em relação aos autos tributos cobrados pelos britânicos. Foi aqui que a festa do chá de Boston começou. Em uma reunião em 16 de dezembro de 1773, os colonos discutiam sobre 45 toneladas de chá aguardando pagamento de tributos nos porões de 3 navios ingleses. Samuel Adams, um dos patriotas enterrados no cemitério de Granary, teria se dirigido à multidão com um discurso que teria sido um sinal secreto para os Sons of Liberty. Naquela noite, homens disfarçados de índios Mohawk foram até o Wharf para destruir as 342 caixas de chá, atirando no mar. Esse episódio ficou conhecido como Boston Tea Party.

90_C12284D6DAE14D3A7FF951CEB5EACB51.jpg90_C124300BF53CDCFEA39EC68EAC988AA1.jpg

Nona parada: Old State House. Olha como eu estou indo bem... Rs. Foi sede do governo britânico antes da Revolução, claro! Após a revolução, passou a ser sede do Commonwealth de Massachussets. John Hancok, um dos signatários da declaração que está naquele cemitério e estudou naquela escola, foi o primeiro governador. Na varanda do prédio foi lida a Declaração de Independência para o povo de Boston em 1776. Sacou a importância de Boston para os Estados Unidos? Se americano já é patriota, imagina aqui.

90_C1274168E946AF1CCE8FB54E6ADA43FA.jpg
90_C1283ABEF7188A988D58BBD45A979E30.jpg90_C1291536E44E88CD33B93280A46D242A.jpg

Nem precisei me mexer pra chegar na décima parada. Lembram do Massacre de Boston que eu falei lá em cima? Pois é, foi bem aqui, na frente da sacada. Olha só esse círculo...

90_C1348493B1AB1E6D688B12147C7A98C8.jpg90_C138AE78F9C3C955E910D15A8AEE3BCB.jpg90_C139EE5F9FDF42EC92CA280D12906E86.jpg

Décima primeira... Tá acabando... Peter Faneuil era um cara rico. Ele construiu o Faneuil Hall como um centro comercial. Mas acabou sendo também mais um centro de discussão política, pois foi aqui que os americanos protestaram contra a lei do açúcar e a lei dos selos. Na frente está a estátua de Samuel Adams, um dos revolts que liderou a Revolução e um dos signatários da Declaração de Independência. Acho que eu já falei isso. Ele causou ali, inclusive, encenou o funeral para as vítimas do massacre de Boston. Entrei no Hall e tinha muitos souvenirs. Adivinha se a nerd aqui não comprou um imã de geladeira do MIT? Hehehe...

90_C13FA41791378ECBE7C90E4D3ECB271B.jpg

Ok, dando uma pausa na revolução, vamos no Quincy Market dar uma volta. Saindo dos trilhos da trilha, rodei pela região conhecida como Faneuil Hall Marketplace. Lugar bem agradável e bem movimentado, afinal, é verão e hora do almoço. O Quincy Market estava meio claustrofóbico, mas o path entre o Quincy Mall e o South Market estava agradabilíssimo.

90_C14D58A2C4DAE7B6DC91164960A233CD.jpg90_C14E70B7DF7492D4856FE5202719287B.jpgC150A9A0943264E6BA733850B734BE85.jpg90_C1523F3FF87A3F240F5FB742CCD3C7A3.jpg90_C153C5BFF706ED0710321803F112D8EC.jpgC1551F70E8479C3DCF509184728B2EC5.jpg90_C1563FDAC4032A2F138DCBE6817CE134.jpg90_C157FA2EE5BD14567E08177F580C01F0.jpg90_C158DC130B65D8C246A8E699D16FB03C.jpgC159F4C9F58C4460E440081FCB7485E7.jpg

Resolvi almoçar num lugar diferente. Aí achei esse restaurante aqui que parecia ser legal e bem diferente, hehe. Já são 13h30, tá na hora de parar mesmo...

90_C17A987DDA814DEDBF49EC6287AF6B1F.jpgC17BE90E9F0234B2108AC8F93EE45C2C.jpg

Alguém avisa o Levy que esse dólar a mais d R$3 tá tornando minhas viagens muito caras! Nem conto quanto saiu meu almocinho. Voltando pra trilha, passei por uns lugares fofinhos. Saca só:

90_C17D78C90A95120FC22C403ECAFF4B89.jpg90_C17E338BE061B8379E88214A4E6E9829.jpg90_C17F2C05D303D34879DDF8CE1043F801.jpg90_C18143CB9313E34DE39588BDE3E3757D.jpg

Inclusive passei pela tal Little Italy. O nome já diz, bairro italiano em Boston. Uma feira fechou o caminho da trilha. Tinha um parque fofo no caminho. O dia estava ótimo.

90_C18D28C1EE09FBFAC3DD928AAD46FDD3.jpg
90_C1943E4F0B23B4D4B00BC54CA3FA0DB2.jpg90_C18DCC7991E5F5E5C6F917C87F06C0B1.jpg90_C18F0627C3907DCC4F36F2F33A333410.jpg90_C18209B7993B1A090EB37A696ECC4CD8.jpg

Décima segunda parada, Paul Revere's House. Tive que vir aqui pra entender onde Paul Revere se encaixava na Revolução. Quando as tropas britânicas saíram de Boston Common em direção à Concord, foi Paul Revere que conseguiu comunicar aos patriotas que puderam se preparar para batalha. Explico melhor mais abaixo. Ele comprou essa casa em 1770. Ela contrasta bem com o resto da cidade. É o prédio mais antigo de Boston Downtown. Passamos ontem com o Duck Tour. Muitos homens que participaram da Boston Tea Party eram da vizinhaça de North Square também.

90_C18FFE84AF67D35DCF4A8D9268730F18.jpg90_C190DDEFDCD699FABA9B6FFEAD796AEA.jpg90_C19180030E4C9EE5DCD0E84D375397D0.jpg90_C19327F901EB5109482AAE0A95B10F7E.jpg

Décima terceira.... Vamos time!!!! Ops, o time sou só eu.... Tudo bem, vale o incentivo, hehe. Old North Church. Logo de cara, na praça, a estátua de Paul Revere. Lá no fundo, a igreja mais antiga em pé em Boston. Aberta em 1723, tem o campanário mais alto de Boston. E qual sua importância na Revolução? Não sei! Eo que o Paul Revere tá fazendo lá? Não sei também! Vou pesquisar...

90_C19DF8B0A0624F8EA72CDA49F1C5A012.jpg90_C19F3F3490B0559A2AFD2B3B898E31E4.jpg

Pesquisei! Seguinte, os ingleses queriam prender os patriotas, revolucionários, ou qualquer outro nome que apareça. Principalmente os cabeças como John Hancock e Samuel Adams. Os revolts estavam na região de Lexington e Concord cheios de munição. Os ingleses, liderados pelo general Thomas Gage, queriam surpreender os caras. Aí entra Paul Revere na jogada. Ele tinha bolado um sistema de alertas com lanternas. As lanternas seriam usadas pelos Sons of Liberty (Lembra do Boston Tea Party?) pra indicar se os britânicos iriam por mar, pelo Charles River por Cambridge, ou se iriam por terra, pelo Boston Neck. As lanternas foram usadas do alto da torre da igreja, a mais alta da cidade. Uma vez avisado o caminho que os ingleses tomavam, Paul Revere fez sua famosa "corrida noturna". Saiu às 22h do dia 18 de abril de 1775, a cavalo, claro, no sentido de Lexington/Concord, pra avisar da chegada dos britânicos. Assim, eles puderam se preparar. Essa corrida noturna ficou famosa. Foi quando deu início a Revolução americana.

180_C1A1FBE405D2372D7B5905BB061E8090.jpg90_C1A52E49E6C23501FAC11C8CC7D2DF04.jpg90_C1A77706E218F6C11A117583A2F64F47.jpg

Antes da entrada da igreja, tinha um pequeno monumento simbolizando os soldados mortos no Afeganistão e Iraque. Teve uma hora que a trilha de tijolinhos vermelhos se perdeu em outros tijolinhos vermelhos, tenso! Hahahaha... Só que não, a igreja estava na minha frente, qualquer coisa era seguir a multidão. Tinha uma fila enorme na entrada, nem me atrevi. Tô aprendendo bastante só andando.

C1B90B749B7B31B505552C6234AB75A6.jpg90_C1BA55E1B77784F9A281245343F6D010.jpg90_C1BB2A8BE791E886FE92FDF8DCC11217.jpg90_C1BEDB24EF07246C12FA4E4FA0FB54CE.jpg90_C1C37A3BB177A6421B4A220CBDD36278.jpg

Vamos time!!! Faltam 3!!!! Seguindo, Copp's Hill Burying Ground. Cemitério de 1659, no alto de uma colina, é o maior cemitério colonial de Boston. Aqui não tem nenhuma personalidade, apenas a curiosidade histórica que foi usado pelos ingleses, devido à altura do lugar, para alinhar os canhões para Charlestone, durante a batalha de Bunker Hill, em 1775. Esses cemitérios coloniais são realmente sinistros. A entrada estava fechada desse lado da rua, tinha que dar mó volta pra entrar. Animei não.

90_C1C89CC3E7F9B27E42996DA6E9555665.jpg90_C1C93470CB31C6A0A580FEF5BB1219CE.jpg

Descendo! Esse trecho vai ser longo... Ou melhor, foi longo. O sol resolveu rachar na minha cabeça agora. Em pensar que às dez horas achei que fosse sentir frio. A próxima parada é aquela que vc resolver fazer primeiro. Tive que atravessar o Charles River, inclusive passei pelo ginásio do Boston Celtics. Fui para o USS Constitution. Essa fragata da marinha é a mais antiga embarcação de guerra e, pelo que eu entendi, ainda está em operação. Ali do lado estava o navio USS Cassin Young. Esse navio lutou é da época da segunda guerra e é mais fácil de visitar do que o USS Constitution.

90_C1C9FBA9D95522CACBFB89A31498907E.jpg
90_C1CB8814A31866B106A4940BFAF5C845.jpg90_C1CC6921D1B74407083F4AF9FA136327.jpgC1D718A8FFC1A9006A3D1D18741578FE.jpg90_C1D99B09A2F3E71A66D56DD5F5EE9BD3.jpg90_C1DAEC12C77F7B8E0247C6CAA81AF29C.jpg90_C1DBDF21B433F1E29D24AA27B2EEDC16.jpg90_C1DC7772E1362E25ACB66CD0536359A4.jpg90_C1DD3519B3793C4C80C8E6D6F0BE1734.jpg
C1E6DCADE7BFD1BB6E36E4AD05485169.jpg90_C1E7ED6200581C5DE1F8ABD3B75B2837.jpg90_C1E9DFBE92CEF271999BFE4837C7D8E3.jpg

Ok galera, estou começando a entrar em estado de sofrimento. Alonga um pouquinho. Estou a uma parada de fechar a trilha, não vou desistir agora. Tem que ser muito coxa pra isso, hehe. Volta um pouco e pega a trilha, sol quente, sinal fechado pra pedestre. A última parada vai ser Bunker Hill. Hill do meu parco inglês ainda é colina. Eu já em estado de sofrimento, subindo a colina.... Affffff! Enquanto eu não chego lá, vou contar mais ou menos um pouquinho dessa história.

90_C1DE5692FA2F088FF0C93144F16D2BEC.jpg

O general americano William Prescott foi encarregado de apertar o cerco de Boston por Bunker Hill, levando canhões para lá. Ali ameaçaria as tropas inglesas. Mas parece que ele acabou se instalando em Breed Hill, outra colina. Só que o Gage ficou sabendo (já falei quem é o Gage lá em cima). Aí ele ordenou a dois generais ingleses que acabassem com a palhaçada. Foram lá com 3000 redcoats e levaram bordoadas. Os revolts estavam em posição estratégica e em menor número, botaram os britânicos pra correr por duas vezes. Na terceira vez Gage, com medo de pagar mico, subiu com força total e botou os revolts pra correr. Militarmente os americanos perderam o combate. Mas aprenderam a usar a estratégia pra vencer os ingleses e finalmente decretarem liberdade.

90_C1EBE53BB8F40B6ED908373751873E05.jpg90_C1ED35FADCEEC6CBF959926AD3261262.jpg
90_C2134BA0A1390D1244656DB4CAE1A2EC.jpg

Pronto, aprendida a história do lugar, com direito a um final emocionante, vamos à subida. Espera! Não acredito..... CHEGUEI!!!!!! UHUUUU!!!!!! Loosers, go home! I'm fucking awesome! Eu sou muito boa mesmo. Não sei como eu ainda me subestimo, ahahahaha. Terminei a Freedom Trial!!!!!! Yes! Yes! Yes! Happy!!!!! Vontade de cantar "We're the champions", ahahahahaha....

90_CEBB51BFBF57CE14FDF48FEE1D29808F.jpg
90_C20E9B4FF1F4CEEE62C71F3D46488EB2.jpg90_C20F7ADAD852958E7C3107C3C97D25B6.jpg90_C21015B7E44E8AB47D736AC47E706162.jpg90_C210A0ECE44C98EA6CA8AF0BD04E76D6.jpg90_C21183A8BC40BE6CA18B0C83FB5F0F1D.jpg90_C2124275E2184AC85B9CDDB8B1A8EBF6.jpg90_C212C574BE1DD5CDF2E16C35BF6EA734.jpg

Gente, vou falar uma coisa pra vocês. Já ouviram falar daquela bagaça "Um brinde à vida real"? Lembro de um outdoor em SP que estava escrito: "Aprendeu mais em viagens do que na umiversidade". É bem isso mesmo.... Eu nunca imaginei aprender tanto da história dos Estados Unidos como eu aprendi aqui. Até sei quem é Paul Revere, hahahaha. Esse post foi pra quem gosta de história. Quem não sabia muita coisa, ou mesmo nada, de história dos Estados Unidos, aprendeu junto comigo. Boston, I love you!!!!!

Agora que baixou a euforia por ter completado a Freedom Trial eu comecei a pensar: "Como é que eu vou voltar?". Pra não sofrer, eu resolvi parar numa sorveteria perto do USS Constitution. E tinha wifi... Eba! Fiquei ali, tomei um sorvetinho, fiz um uploads de fotos no Travellerspoint. Um tempinho depois minha prima me manda mensagem: "Cadê você?". No final, ela passou lá e me pegou e já voltamos. Eu já estava feliz com meu dia. Muito feliz, diga-se de passagem. Dali, fomos direto pra Marlborough. Hoje é aniversário da irmã do Mauro. Fomos lá parabenizá-la e comer brigadeiro, hehe. Que fofos todos eles! Estavam lá ralando, trabalhando bastante, mas deu tempo de dar os parabéns e conversar um pouco. Beleza de dia....

Publicado por Akemi Nomura 05:57 Arquivado em Estados Unidos

Envie por email este textoFacebookStumbleUpon

Índice

Seja o primeiro a incluir um comentário sobre este texto.

Comments on this blog entry are now closed to non-Travellerspoint members. You can still leave a comment if you are a member of Travellerspoint.

Login