Um blog do Travellerspoint

Destino: Africa do Sul

semi-overcast 20 °C
Visualizar 2018 Africa do Sul no mapa de viagens de Akemi Nomura.

large_Estatisticasss.jpg

E vamos começar mais uma jornada no continente que faltava: África!

Objetivo atingido: 40 antes dos 40! Quarenta países antes dos quarenta anos!

É, o tempo voa.... lembro quando vi na TV uma reportagem de um artista da Globo falando que conhecia 22/23 países e eu pensava se um dia ia chegar a tanto. Chegue! Cheguei e repeti vários. E segue o baile! O baile agora é o continente africano. E já vou querendo voltar pra conhecer outros países. Mas, pra começar, e começar bem, Africa do Sul. Confesso que a expectativa não é das maiores (o que nem sempre é ruim), mas estou achando incrível os relatos que vem de lá. Todos voltam absolutamente encantados com o país. Acho que esse confronto entre expectativa e realidade está me dando um friozinho na barriga que não tinha faz tempo. Uma ansiedade boa, sensação de que é a primeira viagem... rs.

Vam’bora aproveitar a sala vip da Mastercard Black já que pra isso que ele serve, as outras coisas não tem preço, já dizia a propaganda. Tá, eu não estava com fome mas aquele escondidinho de carne estava uma delícia, tive que repetir. E que meu médico me perdoe mas brigadeiro é algo com o que eu não tenho maturidade.... rs.

B8D60760-204E-458A-A36F-2B36C5AF57A9.jpeg

Voo de dez horas entre São Paulo e Joanesburgo. Foram 10h congelando no ar condicionado. Gente, que frio! Pousamos, imigração, nada a declarar e pronto, estávamos no saguão. O trem do aeroporto até a praça Nelson Mandela era 160 rands. Tipo, divide por 3 pra ter uma noção do valor em real. Só que o Uber saiu 537 rands, e era uma van. Ou seja, mais barato, confortável, da porta do aeroporto pra porta do hotel. Cada situação é bom avaliar. A primeira impressão de Joanesburgo foi boa. Arborizada, casinhas fofas, limpa, ruas boas... Acredito eu que seja uma realidade paralela uma vez que Joanesburgo é uma cidade com altos indices de roubos e estupros e recomendado evitar andar de noite. Mas, enfim, vamos viver nossa ilha da fantasia.

CFFE2FF9-7318-4027-827D-B2F6D67EFDAB.jpeg

O hotel não é lá essas coisas mas se contar que estamos no distrito de Sandton está ok. Pra chegar na Nelson Mandela Square era cerca de 1km. O clima estava gostoso e andando com calma foi tranquilo. Sandton é o distrito mais recomendado para se hospedar em Joanesburgo. Parece uma área nova, muitos prédios modernos, tudo muito limpo, organizado e o mais importante, seguro (e caro). O apartamento já estava disponivel, deixamos nossas coisas e fomos andar.

FD0F39A6-D48A-45C8-9F72-B8C6C6866FB2.jpeg
9673F378-5075-4BB7-AE33-F2911CFFB1A5.jpeg
FD0F39A6-D48A-45C8-9F72-B8C6C6866FB2.jpeg

Nessa região recomendam conhecer a Nelson Mandela Square e Sandton City. Na real, são dois shopping. A Nelson Mandela Square tem esse nome porque tem uma praça no meio com uma estátua de Mandela. A gente procurava uma praça mas tem que pegar um elevador pra chegar nela. A primeira coisa que fizemos foi ir numa loja da Vodacom. A gente comprou um chip e abasteceu ele com 3Gb. Saiu por R299. Sempre que dá eu compro o chip. Facilita muito a viagem. E como são 3 semanas achei razoável. Peguei um pra mamãe também porque ela curte ficar “ligada nas notícias”. É um ambiente agradável, vários restaurantes. Gostei do ambiente mas não deixa de ser um shopping, blz? Sandton City fica do lado mas tem uma passarela que liga os dois shoppings. Não tem o charme do outro mas é maior, tem lojas conhecidas (Tommy, Loccitane, The Body Shop, etc), tem dois supermercados, mas é um shopping, blz? Não crie expectativas diferentes quando ler por aí que é uma região “movimentada, com bastante comércio e restaurantes”. São apenas shoppings! Com exceção da Nelson Mandela Square que tem um charme a mais por conta da praça.
DE9585EC-15C2-4C01-B581-0E57B5E5074F.jpeg
EF8E0485-D263-4016-BF49-1762E0AEBC2A.jpeg

CE44D7EC-49F2-439B-A4EB-407881BF1B1F.jpeg

B87DFC2D-C274-4A7F-8C19-60A13FD3DBB6.jpeg
63602039-BA5C-49E5-B59E-E361DFA36EAD.jpeg

Pronto, pt geral. Todo mundo cansado. Tinha um supermercado mais ou menos perto do hotel, tipo, andamos um quilômetro a mais, estava no google que funcionava até 20h. Deu ruim! Hoje especificamente fechou 7 minutos antes. Mano, o universo estava de sacanagem com a gente! Voltando pro hotel vamos apelar pra delivery. Todo mundo cansado, melhor descansar. Mas no caminho tinha um posto Shell e uma lojinha Select. Daí compramos o essencial: água! E mais umas coisinhas. E voltamos pro hotel.

Depois de um banho eu sou outra pessoa. Deitei um pouquinho, flertei com Morfeu mas começou um bate papo legal. Decidimos usar o Uber Eats. Funciona bem viu? Até Hard Rock entrega. Mas optamos por wrap de frango porque de noite não tem necessidade de comer muito né? Cerca de 30 minutos a comida chegou! Bora jantar e descansar porque a rotina vai ser bem agitada.

AEBDB303-1A7D-4F85-96A5-BD37FFD6D583.jpeg

Publicado por Akemi Nomura 12:05 Arquivado em África do Sul

Envie por email este textoFacebookStumbleUpon

Índice

Seja o primeiro a incluir um comentário sobre este texto.

Comentário com:

Os comentários precisam ser aprovados pelo dono do blog antes de serem mostrados.

Necessário
Não publicado. Necessário
Leave this field empty

Characters remaining:

Informe abaixo os detalhes da sua conta no Travellerspoint

( O que é isso? )

Se você não é ainda um membro do Travellerspoint, inscreva-se grátis.

Inscreva-se no Travellerspoint