Um blog do Travellerspoint

Destino: Panorama Route

sunny 18 °C
Visualizar 2018 Africa do Sul no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Energias renovadas depois de uma noite bem dormida. Acordei 6h30. Resolvi tomar uma ducha pra acordar e terminamos de arrumar aa coisas. Fizemos check out e a Teresa, motorista do Uber de ontem, veio buscar a gente. Pegamos o contrafluxo pro aeroporto e pronto. Chegamos cedo, depachamos as malas e bora tomar café.

ADE5C5A4-F4CA-4AB2-9723-29C4A6A35001.jpeg FE0115A5-965D-4A23-9374-37ECD9A5221F.jpeg

Partiu!

0BA9EA65-701E-461E-92D8-BF669B4F8905.jpeg

O aeroporto de Nelspruit é muito fofo. Pequeno mas super arranjadinho. Enquanto esperávamos as malas mudamos os planos de hoje, haha. Tipo, uns 50km do aeroporto ficam as Cavernas de Sudwala. A gente sai da rota de Hazyview um pouco mas vale a pena. Até pq o dia seria todo para Hazyview e dormir em Graskop. Agora tem mais um negócio legal. Ah, só pra constar a Africa do Sul é mão inglesa. Uma pequena emoção na viagem. Como o Junior era o motorista então a gente tava de boa, hehe.

1F22C8BF-4A5C-4D1D-8109-BD591C3FA7FD.jpeg507EED24-41C3-4573-AEBE-8AF5A36F244E.jpegEAB36D3B-74EB-4E1D-854F-902F24DFC301.jpeg9097EC0A-90C6-4957-BE00-ED97E702758E.jpeg

Alguns sites definem a visita às Cavernas Sudwala como uma viagem ao centro da terra. Sudwala Caves são as cavernas mais antigas que se tem conhecimento. Se formaram a cerca de 240 milhões de anos porém só ficaram acessíveis ao público a partir dos anos 1960. Antigos ancestrais humanos, os Homo Habilis, entretanto, viveram e trabalharam em parte das cavernas há cerca de 1,8 milhão de anos. Não é necessária nenhuma habilidade especial, exceto um pouco de fôlego pra subir as escadas da chegada. Tem um tour que chama Crystal Tour que tem que reservar pela internet, custa R450, são seis quilômetros no mod hard... haha. A entrada do tour guiado de uma hora paga lá em cima e custa R95 por adulto e senior paga R80.

As formações rochosas lá dentro são impressionantes. Estalactites e estalagnites que levaram até 150 milhões de anos pra se unir. Mas teve uma hora que a claustrofobia gritou. Tinha que passar quase engatinhando... sério! O trecho nem era tão absurdo, mas eu tenho fobia de lugar fechado. Eu transpirava mas não era de cansaço não, era de medo, ahahahaha. Enfim, passei! Passamos! Quando falaram que tinha que voltar eu voltei correndo. Mas a volta foi mais fácil. E a hora que a guia perguntou se a gente tinha medo de cobra? Rosana travou ali, hehe. Não que eu seja corajosa, mas qq coisa volta correndo, haha. A guia disse que era “uma píton boazinha, que não mordia”. Ela começou a chamar a cobra pelo nome e eu já imaginei uma píton gigante descendo uns degraus que tinha ali. Mas era só uma formação na rocha que parecia uma cobra, haha. Vaca! Teve uma hora que ela apagou as luzes pra gente ver como ficava a caverna e naquele breu ela começou a chamar a píton de novo... hahahaa. Idiota! Depois teve outro trecho pra passar bem baixinho, mas outro foi mais hard. Nessas horas eu queria ter 1,5m de altura. Todo mundo passou boas. Valeu a pena a parada. Acho uma boa pedida pra quem vai ao Kruger.

DCED5B42-DED7-4497-9679-8D596C4BC212.jpeg
323A0A9D-9722-457D-A81C-535B0E775D97.jpeg
DED2830C-7624-4CC1-BFF0-944CCC410A0E.jpeg
9710679D-1541-44C0-8AA7-9E6EBED32D1D.jpeg
B89C5042-F401-4D61-9179-2E7B3886F6BA.jpeg
A6D085FA-B983-417A-8CF5-65D35902ED05.jpeg
5E00C1A7-E503-490D-A1FB-34685161F54C.jpeg
F2128F97-A6A6-4CB3-BC63-4FB80A8A1169.jpeg

As fotos abaixo foram feitas pelo Junior. Só pra deixar registrado os direitos autorais, hehe.

5E00C1A7-E503-490D-A1FB-34685161F54C.jpeg
64248D42-4692-4176-97D6-9CB6B3E1D40E.jpeg
E0AAA9CF-B559-4948-AC39-FA14AB9ED11A.jpeg
C4F32347-1C4F-4D59-AC11-056B4223A862.jpeg

Um detalhe dessa última foto:
831C29DA-3183-4D0D-BD77-FA00943C1856.jpeg

Pegamos a estrada para Hazyview. Só pra registrar as estradas que nós pegamos até agora foram excelentes.

5E8D09EA-0F85-409B-8F0E-B1C2E477B112.jpeg

Não dá pra elogiar antes da hora. No caminho rolou umas partes da estrada que tinha que escolher qual buraco cair. Mas até que na maior parte pode-se dizer que são boas. Em Hazyview deu ruim, não achamos nada de especial. Mas o caminho até Graskop reservou boas paisagens.

8B5BF2EF-ADB1-4BF3-9E69-FD6576C432F1.jpegD55A8D4B-0207-48A2-B73D-2D3D02E0EB2E.jpeg07385522-87F5-4E68-9349-D0A07436CF9F.jpegB043D8BD-ECE6-4EB0-B7F5-CF6B6FEBCE0B.jpegDB61FECF-6731-4E33-B5C2-4E3AC8210BBC.jpeg30A00236-113C-4C4A-989B-7DC52E96BD03.jpegC8AD15DB-AC69-4359-BFFA-4D8A1F7E1232.jpegCBDAA70C-35BA-4BBB-B274-24447E2B4E1E.jpeg0B7E11D9-B457-4C56-99BC-A2A9DE412852.jpegE941C273-BF38-429D-B2BB-03FD938DD54F.jpeg

Chegamos no Hotel Havana Nights. Estava bem cotado nos sites. É tipo uma casinha com 3 quartos. Dormem até 6 pessoas. Esse eu achei legal. E uma quadra dali tinha um restaurante. A gente fez uma parada saindo de Sudwala onde compramos água e eu, mamãe e Rosana tomamos um sorvete. Quando chegamos em Graskop estava frio e o Junior não tinha comido nada, então fomos jantar pra depois que voltar tomar banho e não sair mais. Era um restaurante de cozinha sul africana mas o prato que a gente pediu não tinha nada de diferente, mas eu gostei. Não fosse a batata o Dr. Roger teria aprovado, hehe.

4AEA31D8-E6DE-4119-B91C-371CA1EB2C24.jpeg56D44764-FE0E-4B43-A3DA-2414EE364E0D.jpeg

Deu por hoje! Boa noite gente! Amanhã: Panorama Route.

A6B4E9AF-4D02-4135-BB2A-6462D7B36147.jpeg

Publicado por Akemi Nomura 12:17 Arquivado em África do Sul

Envie por email este textoFacebookStumbleUpon

Índice

Comentários

Muito lindo os comentários,as fotografias estão lindas .Como sempre Anomura está de parabéns 😘😘😘😘😘😘😘😘

por Roselia

Comments on this blog entry are now closed to non-Travellerspoint members. You can still leave a comment if you are a member of Travellerspoint.

Informe abaixo os detalhes da sua conta no Travellerspoint

( O que é isso? )

Se você não é ainda um membro do Travellerspoint, inscreva-se grátis.

Inscreva-se no Travellerspoint