Um blog do Travellerspoint

Destino: Kruger National Park

sunny 28 °C
Visualizar 2018 Africa do Sul no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Bom dia gente! Hoje eu não perdi a hora. Tomei um banho cedo e cheguei a ficar na varanda um pouco, estava friozinho mas nada grave. Um pouco depois o sol já estava esquentando e começou uma horda de macacos passar pelos chalés. Tinha um que parecia um gorila, hahahaha. Teve uma hora que ele estava na garagem do chalé conjugado ao nosso e veio andando na direção da nossa garagem. Cara, eu tomei um susto de um lado e o macaco do outro, hahaha. Fomos tomar café no restaurante perto do chalé.

E44B96D0-4C1F-40F5-8CA3-A83FCF5D4DDF.jpegA6E92C2B-0CA1-4E28-AD85-ED2C68975654.jpegFCABA334-415F-4F66-BF5E-ACD42F85FE45.png

Partiu Kruger! Uns cento e poucos quilômetros chegamos no Orpen Gate. Como a gente estava no Blyde River resolvemos entrar um pouco mais pra cima e chegar no camp fazendo self drive. Na primeira parada perguntam se a gente tem arma de fogo e nos dão um papelzinho pra preencher. Uns 7km depois tem uma recepção onde todo mundo faz uma espécie de check in pra entrar no parque. É meio demoradinho e tinha uns gringos folgados querendo furar fila. Mas no fim deu tudo certo!

965ABCEE-EAED-4429-8872-B78EBABBFF20.jpeg0F864685-7B33-4737-8C48-4C92414356DA.jpegB37D1482-F639-4EED-892B-520532E611F5.jpeg61024AA2-8503-4A7F-B602-02B352406B0A.jpeg16C98C61-862B-4B7B-AB62-C35E4731C7C5.jpeg

Completamos o tanque pra não correr risco de pane seca dentro do parque, haha. Bom, daí tem um portão de controle onde verificam o pagamento e a bagagem. Vem um centrinho com lojinha e outras paradas e, enfim, entramos no parque. Regra fundamental: não saia do carro.

3F7D8A3E-7912-4DCA-AF47-4800EA825812.jpeg

São 138km até o camp dentro do parque e a velocidade máxima é 50km/h. Ou seja, quase 3h pra chegar. Partiu Self Drive! Logo de cara um elefante pertinho do carro. Foi massa! Cara, ver os animais no habitat deles, na rotina deles, numa região preservada, sem trata-los mal, muito legal. Depois vimos vários outros tipo zebra, girafa, e outros também que não sei o nome. Alguns fotografamos outros não deu porque correram. Enfim, mais importante que a foto é estar aqui e poder ver essa maravilha chamada Kruger!

3C9BA426-A114-4857-8BEC-B6F079901A95.jpeg416AD9E9-7868-4550-8349-E094890288CF.jpeg20305E2C-9F7C-49D5-9EA3-F0BA252ECAB5.jpegD7EE4BFC-6F82-4005-B219-A31BB4A51DE9.jpeg63F8E4BE-F4DB-45C3-B235-C00F23D40F5F.jpeg7E6FE3DE-1DC9-4E64-B51B-9B058D745634.jpegB770DA06-9507-4ECD-AD4F-84968B82110E.jpegBDCBE9CC-6A96-413F-B3E8-5281398EFF35.jpegA521E370-5585-4C54-97C2-082939EE92AC.jpeg

Acho que o ponto máximo foi pararmos ao lado de uma manada de elefantes. Até aí tudo bem, já tínhamos passado por outras. O Junior perguntou qual sinal de que um elefante está irritado e eu respondi que ouvi um ranger falar que é quando ele fica mexendo as orelhas. Tinha um elefante da manada bem perto do carro. Esse elefante não mexia as orelhas mas elas estavam bem alertas. Tiramos foto, tudo muito legal! Meu amigo, o elefante que estava mais perto começou a subir pra estrada. Eu e Rosana que tínhamos visto videos de elefante virando carro entramos em pânico. Ahahaha. Foi só nós duas falando pro Junior sair dali... kkkkk... tenso! O Junior tranquilo tirando foto e a gente quase enfartando!!!! Kkkkkkkk... Foi só ele chegar pra frente e a manada veio atravessando a pista!!! Meu, muito doido!!!! Nosso primeiro dos Big Five cumprido com louvor.

176C91A1-70B0-42B9-BA6B-6058FB91AE23.jpegC6892218-4CEC-4529-8C06-2CE715F6CE22.jpeg32DA777E-6054-41D7-863E-FB7F944784E7.jpegA2E1D8EF-2687-4C45-A949-424B6D7743E3.jpeg6E1524D5-681E-4FFE-822F-3379A43DB4D7.jpeg75CCD2F8-CEAB-453D-8BB7-229008B42C59.jpegEB8017D6-16B8-4DCF-AD01-A86508F357AE.jpeg

Nosso segundo Big Five encontramos numa das fontes de água. Está um pouco seco então essas “poças” são onde eles aparecem. Dessa vez foi o Búfalo. Mais ao fundo na arvore tinha uma galera de Búfalo na sombra e depois veio outra galera gigante passando mais ao fundo ainda.

451B1ABC-D0E9-40BD-B2F7-9195FFD914B4.jpeg882E8420-02AC-443C-A126-8742CDF3F4BF.jpeg0A2846F0-C406-4579-A529-B7F96E26393B.jpeg7FC03681-AFF1-4AF0-AAAC-54B0C0421DCE.jpeg74A44BCA-2AB5-4D27-9588-A2B031F49110.jpegAFB49F1A-0584-4D79-BE74-227BA61B9CF4.jpegE66CC698-925A-4538-9BCE-B1D8DFD3F534.jpeg

Gente, esse parque é gigante. Acho que não vamos passar por nem 10% do parque. Eu não tinha noção de quão grande é o Kruger. E o legal é ver os animais no ambiente deles, na rotina deles, e como é tudo tão bem preservado. E o legal desse self drive é que é uma experiência única. Seguindo na estrada paramos num lugar que tinha uma lojinha pra ir no banheiro, tomar um sorvetinho, e seguimos. Mais bichinhos no caminho.

33CA12A9-9BCA-47D1-83D2-4338C35C57E4.jpegAC43D978-92C8-4388-8A0A-A499BFD776CA.jpegD31C251A-577F-4C3E-9B88-FC8A7DC99466.jpegA5633D73-6851-4BCB-8DC2-E29F0BD50495.jpegFE68DC8C-9074-46E3-A9F6-490B00AC99FB.jpeg7273EBCE-9AF0-4B08-8586-88CAB2857730.jpeg5D1A2219-FD54-4205-B81C-1F058FC54F85.jpegD676AA28-9787-41CB-BEBD-F8FD4ABB6917.jpeg5A4F465B-9FCF-4B59-8D71-5F0112C56A40.jpegD923FC3F-D6E8-44D8-B20E-0E0E7485727D.jpegFD5B209C-D273-4216-A0FF-B8E340196ECC.jpeg9DCD36B4-682B-4304-911F-145CB2B75365.jpeg

Mais pra frente um pouquinho carros parados na estrada, tem alguém ali. Nosso terceiro Big Five, o leopardo!!!! Nem acredito que já vimos 3 dos big five no self drive. Tem gente que não consegue ver os big five e no nosso primeiro drive já vimos três: elefante, búfalo e leopardo. Só falta leão e rinoceronte. O universo está conspirando a nosso favor. Valeu Kruger!

8ED34FBB-C071-4205-A804-6652A88B46EB.jpeg0AC4A9C7-3CC9-4D24-8DC7-775E96A85971.jpegC80720CD-365A-4A31-A0C2-319F3E343B07.jpegFF28908A-5B4E-4669-AD03-9724620939C1.jpeg

Rodamos mais um pouco e uns bichinhos depois chegamos no camp. Rosana tinha pesquisado que esse camp era bom pra quem ia pela primeira vez. O camp é grande, tem boa estrutura e fica perto do aeroporto que a gente vai embora. Ah, chama Skukuza Rest Camp. A taxa diária de uso do parque sai por R331 por dia, por pessoa. É bom trazer rands pra gastar aqui no norte pq os rands evaporam. Enfim, quem tá na chuva... bora tomar nossas acomodações pq de noite tem nosso primeiro game drive. Logo de cara aquele aviso básico pra não deixar nada aberto por conta dos macacos. Só que a foto aqui não era nada amigável, haha.

0CD30C21-65BB-40DA-B0A4-4FF4C0D3781F.jpegAFF0FEE2-7AB0-45DB-9AD6-BB9BE628AA79.jpegFEB48ABA-8835-4F12-B560-FE70BFA05D4D.jpeg

Fomos “almoçar” no restaurante do camp. Minha cabeça doía um pouco, acho que precisava comer. Optamos por sentar na parte externa do restaurante. O aviso antes de entrar na parte externa era de que era por nossa conta e risco... hahahaha... Tem que lembrar que estamos dentro do Kruger né? Mas, cara, que delícia sentar ali com aquela mata toda no fundo. Uma vista sensacional! E a comida estava ótima. Saímos dali e passamos na lojinha porque a tomada daqui é bizarra. Eu nunca tinha visto. E ficar sem carregar nossos aparelhinhos nem pensar.

9CC0A223-5F54-4458-951A-124D314B3344.jpeg32DB58B6-DC1D-41C6-BA29-4C6916C5D200.jpegB139F6A0-EC7A-4956-831B-DB677FC12E66.jpeg

Ah, antes eu preciso falar do termo de responsabilidade que a gente assina. Eu assinei e depois eu fui ler. Eu ri! Resumindo: tem risco então se morrer, morreu! Perdeu playboy! Ahahahaha...!

8A05D22F-69D9-4CC8-B2B2-DC5FEB2D913E.jpeg

Voltamos pro chalé porque tinha tempo. Já deixei as coisas de amanhã separadas porque amanhã o game drive é às 5h da manhã. Deu 19h30 partimos pro meeting point do night drive. Era um grupo grande. Lanternas acesas nas laterais e saímos parque adentro em busca dos animais. Qualquer drive é uma questão de sorte, você pode ver os animais ou não. Por isso no nosso self drive podemos dizer que nós tivemos sorte. Fizemos algumas paradas para ver aves, leopardo, veado (que não é veado, tem outro nome que eu esqueci). Passamos por outros sem parar. O leopardo logo no começo já fez valer o drive. Na volta conseguimos ver também elefantes, hienas, cachorro selvagem (que é muito raro), vários coelhinhos e, claro, 478 mil veadinhos (ou algo parecido).

523AA0E4-31C6-4A51-908C-63932DBF13E1.jpeg8F23CF81-7F60-4934-8160-C612B9DCCA79.jpegC6DE1F22-0102-46F1-8D45-75698BC5ECE6.jpeg301B8199-2162-427D-A7BD-A48391D34EDB.jpeg

Voltamos pro chalé porque, afinal, amanhã tem o morning drive que sai 5h30. Eu não dei descrever pra vocês o quão mágico é conhecer o Kruger. Gratidão por ver tão de pertinho essa natureza tão perfeita, ora tão suave, ora tão bruta. É um privilégio estar aqui e eu sou grata por isso! Muito grata!

Boa noite!

Publicado por Akemi Nomura 8:39 Arquivado em África do Sul

Envie por email este textoFacebookStumbleUpon

Índice

Seja o primeiro a incluir um comentário sobre este texto.

Comments on this blog entry are now closed to non-Travellerspoint members. You can still leave a comment if you are a member of Travellerspoint.

Informe abaixo os detalhes da sua conta no Travellerspoint

( O que é isso? )

Se você não é ainda um membro do Travellerspoint, inscreva-se grátis.

Inscreva-se no Travellerspoint