Um blog do Travellerspoint

Siena x Roma

sunny 28 °C

Bom dia! Essa noite foi mal dormida e isso significa um dia puxado. Hoje a gente sai cedo pra entregar o carro em Roma antes do meio dia. Cumpri minha missão de jogar o lixo descartável e já fui tomar banho. Pouco antes das oito estava todo mundo pronto. Entregamos o apartamento, abastecemos o carro e partiu Roma!

Quase 11h estávamos entregando o carro no Termini. O cara só olhou se o tanque estava cheio e pronto! Vi com um taxista o preço de uma corrida até o Campo de Fiori. Resolvemos entregar o carro porque preferimos ficar hospedados no centro histórico e ali o tráfego de veículos é limitado. O táxi eu sabia que conseguia entrar na muvuca. Dito e feito, nos deixou no meio do Campo de Fiori. A piazza estava como eu imaginava, um caos de gente, com uma feira pra deixar tudo mais movimentado. Procuramos a entrada do nosso prédio entre os restaurantes e aguardamos o amigo da hostess pro check in.

Roma estava fervendo de calor! Claro que nem tanto quanto um ou dois meses atrás. Mas estava bem quente. Deixamos as coisas no apartamento, levamos o que importava e partiu almoçar. Em Roma cedemos à pizza. Fomos no Emma, pizzaria recomendada pela Tati. Fica perto do hotel Smeraldo, que fiquei hospedada na primeira vez dez anos atrás. A pizza romana tem a massa fininha. Pedi o tradicional, margherita, só que com mussarela de búfala. Servidos?

B233C0F4-EB75-426A-A9B4-322CB17B4430.jpegFB70BDE9-6C52-4CC1-94ED-5553380314B3.jpeg

Saindo dali passamos na antiga padaria Roscioli. Essa padaria tem história em Roma e em 2008 a Tati e o Alessandro recomendaram ela pra gente. E continuam recomendando. Eu fui no apartamento porque tinha esquecido as havaianinhas das crianças e o povo parou na Roscioli pra comprar o lanche da tarde. Ela é pequena e caótica. Mas faz parte do processo. Encontrei com eles na rua e decidimos dali partir para o walking tour.

452B647C-BFD3-404C-88D3-096246DFA165.jpeg2EF649EA-A98B-4146-98FE-6B1F1C0DDDF7.jpeg487A1FFD-FE25-47AE-A348-C6573395BBC0.jpegE6A5AA5B-32A0-4965-A15F-0A40138E07CC.jpeg9FF71CF7-6F41-4317-85E1-7B64C10789B5.jpeg86DEE5C3-905C-4CC4-9C05-C393CAFAE450.jpeg

Olha só, essa é a terceira vez que eu venho em Roma. Já escrevi em posts anteriores sobre cada local que conheci nessa cidade. E foram vários. A minha ideia aqui era só andar sem compromisso pelo centro histórico de bobeira mesmo. E assim fomos passando por cantinhos famosos da cidade, no meu caso, já deve ser pela 478º vez porque nessas viagens passava várias vezes nesses lugares. E passarei sempre que vier aqui. Lembro que foi no Campo de Fiori meu primeiro gelato em Roma, de nutella, claro... minha paixão na época. Lembro de estar sentadinha em algum lugar ali no meio de frente pra estátua de Giordano Bruno.

90EF94C8-26F4-4D16-8804-7BB655357973.jpeg72CA48E5-8518-45DF-8805-6848479882F1.jpeg
3BDF1087-2A2E-4E12-9363-1F66571993F1.jpeg
853D9B2D-51E4-4C57-BF6C-5F32A10EFBFE.jpegCA195B88-A7FE-45A2-A0B2-6C01797A3075.jpeg

Seguimos pelas ruazinhas laterais e chegamos na minha piazza favorita de Roma: Piazza Navona. Lembro que antes de vir aqui em 2008 eu a Nanci fomos assistir Anjos e Demônios no cinema. Essa praça já nos era bastante familiar. Minhas memórias de Roma são sempre da viagem de 2008. Acho que é porque era a primeira vez, primeira viagem com amigas, viagem raiz (com mapa na mão), a responsa era meio que minha porque eu que falava melhor inglês. Eu tinha menos jogo de cintura e estava aprendendo a me virar e a resolver problemas. Mas deu tudo certo tanto que tenho uma memória bem viva desses dias, memória boa...

CA2C56A1-BFE8-4393-BCB1-2A59AB11A252.jpeg526CE920-5295-4929-A0B5-2C56ED8906B9.jpegD98F5704-0B86-41E6-9A04-AAD9023179C6.jpegED80FB48-CC4B-404E-A04C-325D9F072C49.jpeg5D68B4ED-B14C-4823-AE75-C14410C0D203.jpeg9724DDB7-8C84-45FC-9F22-5B00C94D08DF.jpeg61929D9A-89AE-4051-8035-E16C15C3B804.jpeg

Aqui nas ruas da cidade duas coisas me chamaram a atenção. Vimos vários carros daquele esquema “share and go”. São aqueles carros que você pega e deixa em qualquer lugar no esquema tipo aluguel de bicicleta. Só que se eu naome engano esse do carro não tem estações, você pode deixar em qualquer lugar da cidade. Outra coisa que eu vi. Já tinha ouvido falar de calendário de bombeiro de Nova Iorque. Mas calendário de padre é a primeira vez que eu vejo. Amém!

003F8862-7CE7-4533-BE70-4BB7E8CC2BAA.jpeg1FE4BC12-DAB1-41A5-A689-1155BC552471.jpeg

Da piazza Navona fomos andando e chegamos ruazinhas adentro no Pantheon. Aqui lembro de 2008 que eu estava com o mapa na mão procurando o caminho da Fontana di Trevi. Naquela época a gente via muita gente com mapa nessas ruas. Já em 2013 estava sozinha e tinha decidido que ia almoçar num restaurante na frente do Pantheon. Estava ciente que a comida não seria sensacional e pagaria o preço. O preço nem foi absurdo e a comida estava ok. Mas matei minha vontade de comer num restaurante de frente pro Pantheon. Acho que era influência daquele filme Comer, Rezar, Amar.

2150A238-CF72-4EB8-BB37-68DEDCDC5F5F.jpeg97ECDE6A-1E2D-4B8B-A8BC-06690486DBAA.jpeg6B1C0EFE-4552-4084-8E50-B94BA409B1DB.jpeg47DACD57-1F03-43A5-A56D-157999834E95.jpegB0902DC6-0491-4AAC-A3DC-87D89BC5E92E.jpegA2E3B550-757A-4B42-B6B7-CC647E4D0C39.jpeg533C6877-CE2B-4182-81CF-9939BDECA08C.jpegBDDA4F46-06BA-485B-A87E-DDADB0391A93.jpegD1E01BE0-AAD6-48A6-B5C0-395AA5487A98.jpeg

E fomos indo e passamos pela Igreja de Santo Inácio de Loyola. Lembro da Roberta, em 2010, se espremendo na parede pra fazer a igreja caber na foto.

B158DFBC-2461-42EA-AC9C-73FEBCACC04A.jpegEF0D5DFC-C834-47D6-9371-7E08539563AC.jpeg

Voltando às ruazinhas laterais chegamos na Fontana di Trevi. Fontana de La Dolce Vitta. Cenário de tantos filmes e caótica como sempre. Aí vem minha memória de 2013 num dia de chuva daquelas chatinhas estava eu andando no centro de Roma e chegando na Fontana me surpreendi com ela vazia. Meia dúzia de gato pingado. Mas dois dias depois abriu sol e o caos voltou a se instaurar. Mas o bacana desse dias foi que eu peguei um gelato, sentei no canto e fiquei só observando as pessoas se matarem por uma boa foto. A primeira vez que a gente conhece um lugar é mais encantador, sem dúvida. Mas quando a gente volta a gente consegue apreciar melhor o lugar sem estresse.

99715129-C0CE-4C18-8DEC-3925CFDC6C13.jpegBB766B06-4149-4A4A-A885-FFF4B0869AFF.jpegEDAAA9F2-BCAA-4EEA-84FB-D41723C942E6.jpeg11B7A261-9B3B-4724-A1A9-084D838F8CD4.jpeg2FE7EF8D-1C7F-4C57-9A09-6F2308C548B4.jpeg

Da Fontana paramos na gelateria Valentino, a número dez do Tripadvisor. Acho que gostar ou não gostar pode depender muito do sabor escolhido porque meu pistache estava divino. Já irmã não curtiu muito as opções dela.

380286DF-A62E-4776-AD04-5A0BEDC4E8B8.jpeg8DB53FD0-20E3-4432-9281-F0C795313801.jpeg

Hora de ir pra Ikea. Fomos pro ponto de ônibus mais perto, compramos os bilhetes e pronto. Esperamos o ônibus passar. Tem gente que fala que eu não ando de ônibus, só de carro. Olha nós no busão aê!

54715B3A-CAB6-4D4C-AA4D-0CC1165B5D3E.jpeg

Chegamos no shopping e passamos por Zara e H&M, depois fomos na Ikea. Lembra dos bagulhos que eles compraram na Roscioli? Pois é, paramos nas mesinhas da Ikea e por ali foi aberto os pacotinhos. Uma água porque o calor estava de matar. E entramos na Ikea. Pela primeira vez na história da humanidade minha irmã saiu da Ikea sem comprar nada. Fiquei preocupada, haha. Encontrei meus amigos da África do Sul.

403FBECF-8CB4-4861-B82F-914EECF499CB.jpegEBF6431F-67F7-4290-9B1F-C0509FD6922F.jpeg9BC1AB57-4B7F-4AFB-929D-AC892A47FF7C.jpeg

Dali fomos na Auchan, o hipermercado que tem dentro do Porta di Roma. Ali foi pra comprar coisinhas mais em conta que em loja de turista. E quando estávamos no supermercado a Tati ligou. Ela estava lá com as crianças. Que saudade da minha amiga, minha irmã italiana. Dessa vez minha visita foi rápida, ela ficou com a gente no supermercado e depois fomos tomar um gelato e bater papo. Mas o shopping era longe do centro e a gente acabou não conversando tanto quanto queríamos. Mas ela sabe que eu volto. E por mais que tenha sido rápido é sempre bom a gente reforçar as velhas amizades. A gente só vive essa vida povo.... não vamos perder as oportunidades de estar perto de quem a gente gosta.

B85E26B5-0B13-42F7-B1EC-03722A29E44B.jpeg9A7C7364-ACC8-440B-BE0D-8D6906E94C87.jpeg

Chegamos no centro já era tarde. O Campo de Fiori estava bombando de gente. Resolvemos jantar aqui mesmo. Ficamos no restaurante na porta do prédio. É bem interessante abrir a porta do prédio e já estar no fervo de Roma. Depois de um certo horário os restaurante viram bar e vão madrugada adentro. O problema de se hospedar aqui é o barulho, mas eu estava tão cansada que sabia que ia apagar. Quando terminamos de jantar até os garçons acharam engraçado a gente levantar e já entrar no prédio.

4EC238AE-0F8E-4191-9EB8-27E48D44B0D8.jpeg9FD98510-D14F-4EDA-940C-8C52FE02D994.jpeg6EF7CDFD-338B-478A-A6E1-E715320D7AD6.jpeg
D6E2E323-9CE0-4C65-8A18-E2A6E06210E6.jpeg

Mas o dia não acabou. E lá vou eu nas minhas memórias afetivas de 2008. Quando viemos a primeira vez fizemos aquele trajeto da manhã de dia e de noite. Dessa vez não ia ser diferente. Mas só mamãe me acompanhou na empreitada. Partimos do movimentado Campo de Fiori e seguimos pela Piazza Navona, Pantheon, Templo de Adriano (esse não passamos de manhã), Fontana di Trevi, Altare della Pátria e Coluna de Trajano. Ah, teve um pedacinho do Coliseu no final da avenida. As ruas estavam cheias, restaurantes abertos, Fontana di Trevi bombando quase meia noite. A cidade eterna nunca para!

8EDD5016-B290-4089-99EF-F72C2D519D07.jpegC4EFA0AC-DDC7-4B8F-B687-7524E521D48C.jpegDE1BBF1C-B9AC-4A28-89A0-F28AE0202568.jpegF8DB96FA-264F-4B48-8C9A-8D0ADF51E30D.jpegB4756593-441A-490E-8872-82AFDDCA85CB.jpeg2B71BC2F-FFA2-4132-8996-76B497538897.jpegD3CF05F6-7D62-44A1-9B08-E1586AAEFB19.jpeg6AD0B112-85EF-4445-88A5-6497120956C5.jpegA2AE5A40-A77E-4EE2-94AE-47C2C7C6CB07.jpegDC00D9DA-2D7A-4D75-B387-C65DB5A7732E.jpegC18DF613-FA7C-494C-ADE8-292BA24CBCFC.jpeg71A238ED-5C7E-4778-954A-57057488D184.jpeg2B239D8D-39A5-4529-AC5E-3DA9A93D559F.jpegA0459889-232C-4277-B4DA-13F6D7BB6B3F.jpeg813BBAFD-68B1-4C0A-98DF-97FD40ECF1BA.jpeg4D950323-5B05-4C87-9AEA-9136FD92C2F9.jpeg8A31595A-D1BF-44D9-8345-D3FF5878E9BE.jpeg1531FDED-EB60-4C0F-A0E2-49F3E3687FC3.jpeg501C43EE-32A9-4991-8D70-811BCB726585.jpegF2802B94-50D5-44B8-B284-B0A7DE4F537E.jpeg

Chegamos no apartamento mais de meia noite. Andamos pacas hoje. Sem culpa nenhuma das pizzas. Tudo valeu a pena. Vir pra Itália e não curtir esses pequenos prazeres não tem graça nenhuma.

Publicado por Akemi Nomura 10:28 Arquivado em Itália

Envie por email este textoFacebookStumbleUpon

Índice

Seja o primeiro a incluir um comentário sobre este texto.

Comentário com:

Os comentários precisam ser aprovados pelo dono do blog antes de serem mostrados.

Necessário
Não publicado. Necessário
Leave this field empty

Characters remaining:

Informe abaixo os detalhes da sua conta no Travellerspoint

( O que é isso? )

Se você não é ainda um membro do Travellerspoint, inscreva-se grátis.

Inscreva-se no Travellerspoint