Um blog do Travellerspoint

Jalapão - dia 02

Expedição no cerrado brasileiro

sunny 35 °C
Visualizar 2022 - Expedição Jalapão no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Acordei 4h da manhã achando que eram 6h. Consegui dormir um pouquinho mas acordei de novo eram quase 6h. Curti um pouquinho de preguiça e levantamos pro café da manhã. Estava combinado da gente sair 8h30, então foi tranquilo. Agora, duas horas de estrada. Bora?

Hoje tinha bastante estrada de chão mas tava muito boa. Chegamos na “base” pouco depois das 10h. Ficamos aguardando a chegada do outro grupo. A descida é com horário agendado e não pode atrasar. Fazem um briefing antes e depois cada grupo com seu guia.

Cânion Encantado é uma fenda gigante que forma paredões com 74 metros de altura. Não é todo o ano que pode fazer visita à fenda. Após o acidente de Capitólio algumas mudanças foram feitas em razão da segurança. É recomendado pesquisar bem a época da visita pq quando chove os rios sobem e a região fica perigosa.

A trilha começou até fácil, mas, vou te falar, isso é por pouco tempo. Não é nada fácil não. Mas como estávamos num grupo exclusivo, ou seja, era o nosso guia e nós três, nós fomos no nosso ritmo. Mas mesmo assim não foi fácil. É muito cansativo, muito sobe e desce, eu classificaria o nível de dificuldade entre moderado e difícil. Tipo, tem que estar com um preparo razoável, pelo menos, senão vai ser sofrido. Enfim, fomos! Tem um trecho que a gente passa dentro da água, ou seja, vá de sapatilha ou tênis que pode molhar pq molha até o joelho. Ah, a gente tem que usar caneleira, capacete e bastão. E sim, tem que usar, não é opcional, é obrigatório. Na volta a gente para no Mirante do Cânion pra ter uma real da região. Vale a pena? Vale, vale muito!

NTYF1889.JPGIMG_4813.JPGIMG_7201.JPGIMG_4739.JPGIMG_7204.JPGIMG_7182.JPGIMG_7209.JPGVWNZ6112.JPGIMG_7208.JPGIMG_4823.JPGIMG_4792.JPG

A volta eu confesso que foi mais fácil do que eu imaginava. Ou melhor, menos difícil. Fomos até o mirante apreciar a vista de um outro ângulo antes de voltar pra base.

Chegando na base, devolvi capacete e bastão que não ia precisar na outra trilha. Depois fomos almoçar no restaurante que tem ali mesmo e descansar um pouco. A saída pra segunda trilha foi às 15h. Era uma trilha bem mais fácil, sem dúvida. O destino era a Cidade de Pedra e a Cachoeira dos Pelados. A Cachoeira tem esse nome pois foi onde foi gravado o programa Largados e Pelados. Acabamos não indo na Cachoeira pq minha amiga estava exausta. O guia deu uma boa sugestão, irmos até a Cidade de Pedra pq cachoeira a gente ia ver várias, agora a Cidade de Pedra era única. Seguimos mais uns 400m e chegamos lá.

A cidade de Pedra são formações rochosas esculpidas pelo tempo que lembra a formação de uma cidade. Localizada na comunidade Serra Negra, distante em média 70 km da cidade de Almas. A região começou a ser explorada a cerca de dois anos. A vista lá de cima é algo espetacular. Tipo, é uma imensidão de pedras. Gostei muito desse lugar.

IMG_7227.JPGIMG_7264.JPGIMG_7232.JPGIMG_7256.JPGIMG_4745.JPGIMG_7228.JPGIMG_7219.JPG

O sol judiou um pouquinho da gente. Mas cumprimos a missão. O retorno pra Ponte Alta do Tocantins levou duas horas. Chegamos o pó da rabiola. Foi difícil mas foi um dia top demais! Venham pro Jalapão gente!

Publicado por Akemi Nomura 16:29 Arquivado em Brasil

Envie por email este textoFacebookStumbleUpon

Índice

Seja o primeiro a incluir um comentário sobre este texto.

Comments on this blog entry are now closed to non-Travellerspoint members. You can still leave a comment if you are a member of Travellerspoint.

Login