Um blog do Travellerspoint

Varadero

O balneário mais famoso de Cuba

semi-overcast 26 °C
Visualizar 2022 Cuba no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Varadero, o balneário mais famoso de Cuba. Vamos ficar quatro dias aqui então o objetivo desse post é resumir esses dias, afinal, a rotina em um resort all inclusive pode ser cansativa, hehe. Varadero é uma península na província de Matanzas e fica a cerca de 42km da cidade de mesmo nome e 145 km de Havana. A região começou a ser procurada por cubanos endinheirados no século XIX. Nos anos de 1950 americanos passaram a frequentar a região no período de Fulgêncio Batista.

Existem várias formas de ir de Havana para Varadero. Você pode fechar um táxi privado, táxi compartilhado, alugar carro ou ônibus. Não sei dizer se tem voo nesse trecho. Optamos pelo ônibus da Via Azul, como falei ontem. Cada trecho custa US$9 por pessoa. O ônibus é bom, confortável, tem ar condicionado, enfim, atende bem. Essa linha só pode ser usada por turista. Até a sala de espera é separada. Comprei pela internet no site da Via Azul. O site é um pouco instável, tem dia que funciona, tem dia que não funciona. Paciência! Se não der certo tenta no dia seguinte. Em último caso compra assim que chegar em Havana. Deixar pra comprar no dia eu acho arriscado. O ideal é comprar pela internet porque o terminal é muito fora de mão em Havana. Aí você não perde tempo e dinheiro durante sua estada em Havana pra ir lá comprar. A viagem leva em torno de 3h com uma parada no caminho para usar banheiro e lanche, tudo bem limpinho. A estrada é boa e a viagem foi muito tranquila. Ah, se tiver com a passagem comprada pela internet tem que chegar com pelo menos uma hora de antecedência tá? Pra não levar bronca que nem eu…. Kkkkkk.

343F3E76-2162-4022-BB74-77219A8D3E32.jpegB937F1D0-7C5C-44B2-91BB-51B811CFD5DF.jpeg4C670347-2534-4FC8-98CA-C610B094D31A.jpeg0BEF3877-FBEC-4E3D-8E4D-6B1660CDB342.jpeg

Ficamos no Meliá Varadero. Essa gigante rede de hotéis tem no mundo inteiro, e aqui não é diferente, conta com várias unidades ao longo da costa. Esses resorts all inclusive pra mim são todos iguais. Tendo um bom quarto, refeições ok e estrutura de praia tá ótima. E o Meliá Varadero atendeu bem. O serviço aqui é ótimo. Em Havana achei algumas coisas meio ruins de serviço mas aqui não tenho nada a reclamar.

30679A58-E749-47AD-9C42-EE4F407CFD33.jpeg5A44BC5F-7B4F-49BD-85C1-38CA49CA57DC.jpeg

Uma coisa que me chamou a atenção aqui foi a falta de brasileiros. Brasileiro tá em tudo quanto é lugar mas aqui ainda não achei. E curioso que sempre que ouvem a gente falando português perguntam se somos de Portugal, nunca do Brasil. O taxista de Havana disse que não tinham muitos brasileiros em Cuba ultimamente mas que achava que com a eleição do Lula iria aumentar. Sério que tem alguma relação? Não consigo ver isso.

Achei curioso também a quantidade de europeu, russos em especial. Muito russo por aqui. A última vez que vi tanto russo foi em São Petersburgo, kkkkkk. O centro de mergulho aqui está marcado como centro de mergulho Russia-Cuba. Parece que vieram aquelas excursões da Russia pra cá, sabe? Eram vários grupos de russos mas parecia que eles se conheciam. Tinha uma que, nossa, eu queria matar. No restaurante tinha uma placa falando que era proibido levar comida e a bonita pegou pra ela e pro boy dela 12 fatias de pão e fez quatro sanduíches na maior cara dura. A criatura pegou 5 donuts, CINCO, comeu dois e beliscou os outros três, o resto tudo pro lixo. Um prato de frutas também pro lixo. Desculpa, mas desperdício de comida é um trem que me irrita muito. Ainda mais num país que falta tudo, que as pessoas estão sofrendo pra colocar alimento na mesa. A comida não vai fugir dali, é só se servir aos poucos. Bom senso mandou lembranças.

Falando em mergulho, não rolou aqui. O mar estaca agitado demais. A proposta do centro era tipo uma saída pro outro lado da ilha, porém vira tipo um passeio de dia inteiro, sabe? Aí eu não animei não. Gosto daqueles lugares que nem Cozumel, Akumal, que o centro fica na praia, em 1h30 você sai, faz o mergulho e volta.

Ao lado do Meliá Varadero fica o Meliá Las Americas. Entre os dois Melias foi construído um centro comercial que pertence à gigante rede hoteleira. É um mini shopping claramente construído para atender o turista. Os preços não são muito acessíveis pro cubano normal. Tem um supermercado lá, gente, assustador, não tem quase nada. Vários freezers vazios. Poucos produtos e os que tem são da mesma marca. Quase nada de comida, fiquei impressionada. O mercadinho que entramos era pequeno e já me assustou. O daqui parece meio chique, sabe? E tinha tão pouca coisa. Que coisa triste gente. E eu ainda fico aperreada dos preços serem todos em dólares.

02A72842-AA62-43D9-B56E-CDD017FDC9BB.jpeg67C6FC35-5947-429A-A9B9-A1D5A0075C75.jpegB6304697-0BC2-4218-BD7E-5E95A3867FAF.jpeg60F2F89A-B7B5-4355-86A2-5A799F952922.jpeg

Varadero tem algumas opções de passeio. O único que eu queria fazer era Cayo Largo mas não estão fazendo. De acordo com a moça da agência os voos não estavam operando, só não entendi o porquê. Eles oferecem outros passeios mas não me atraiu muito, pareceu meio pega turista. Inclusive o mar agitado me desanimou de fazer um passeio alternativo que seria Cayo Coco. Não estava a fim de pagar caro pra chegar lá e não aproveitar o mar. Melhor ficar aqui mesmo.

10009265-79B5-4196-88FA-8885D7F762B2.jpeg6EA1DD80-F163-41E2-884A-8299AE86850B.jpeg26BACFC5-A59C-473B-ADBF-8C3E1F55E2BE.jpeg422F042C-68FC-4440-91E2-A52334161412.jpeg

A praia é uma delícia, como disse antes, mas tem dia que estava em bandeira vermelha, aí era só molhar as canelas mesmo. Tinha gente que entrava e o salva vidas apitava mandando sair. Eles ignoravam o salva vidas e eu acho isso uma falta de respeito. Nos dias de bandeiras amarela dava pra entrar mas estava agitado. O resort tem algumas atividades aquáticas incluídas porém só dava pra fazer com bandeiras verde, algo que não tivemos sorte. Pegamos dias de muito vento, mas muito vento mesmo. Mas nos dias de sol tava gostoso o tempo. Teve um dia que não teve jeito, era mais nublado e vento, estava sentindo frio. Além de chuvas intermitentes o dia todo, dava nem pra sair pra fazer passeio. A gente também ficou na esperança do tempo abrir porque mudava muito. Mas de resto foi tudo bem, ainda abriu um belo dia de sol antes da gente partir.

1B4EC12E-6682-4B6B-8C49-4BEAE212B38B.jpeg0DE98A7A-9991-4115-855D-AE72C1877ABF.jpeg0E3AB721-C102-4ECA-B9CD-83CCE7C8FD99.jpegE1E362BE-80A8-424D-9C00-50B02ABA5824.jpeg1A1203EB-96B2-4ABF-B7FB-BA84970CDD85.jpeg8D7380FB-FFDA-4437-A1F5-1AF142892179.jpeg

Na praia conhecemos um senhor que trabalha aqui. Ele confirmou o que a cubana de Havana nos falou. Fidel tinha mais jogo de cintura e sempre conseguia abastecer a ilha. Atualmente os supermercados são do jeito que vimos, muita falta de produtos. Não adianta ter dinheiro porque não tem o que comprar. Ele diz que às vezes não tem sabão pra lavar a roupa. A situação é crítica. Mas mesmo assim ele trabalha com cuidado e carinho com os turistas. Nessa hora a gente vê o quanto somos privilegiados. Não somos ricos mas temos um pouco pra compartilhar e amenizar dele. Não vamos salvar o mundo, mas se cada um ajudar o próximo, a gente torna as coisas mais fáceis (ou menos difícil).

O que aconteceu aqui em pleno novembro? Ventava muito nos primeiros dias, mas muito mesmo. Entre as cidades destacadas na previsão do tempo do celular estava Miami. Quando eu vejo apareceu "formação de tempestade tropical com potencial formação de furacão". Gente, Varadero está muito perto da Florida. Tá explicado porque o coqueiro estava beijando o chão. Curioso que após a passagem no dia seguinte amanheceu sem vento, então só pode ter sido isso.

Foram quatro dias Mas aos trancos e barrancos conseguimos dar uns mergulhos, pegar um solzinho, curtir um mar maravilhoso e descansar um pouco do caos que se encontra o Brasil. Achei a praia de Havana mais bonita, mais transparente, mais Caribe. Aqui estava bonito também porém era aquele mar com tom mais opaco. Varadero merece sim uma visita de quem vem a Cuba. Se seu perfil for praia, pelo menos uns quatro dias. O povo cubano é acolhedor em todos os cantos e Varadero talvez seja o lugar mais preparado em Cuba para receber o turista.

FA1E9C00-FF11-4AD3-A508-A38DC1FF8993.jpeg346A8DC3-3FE5-43A3-A6D3-818448173C67.jpeg
37DB5BAF-755A-43C0-B735-709B352A4278.jpegC71C664E-550A-4153-8919-0F787E7A7EB8.jpeg

Publicado por Akemi Nomura 11:27 Arquivado em Cuba

Envie por email este textoFacebookStumbleUpon

Índice

Seja o primeiro a incluir um comentário sobre este texto.

Comentário com:

Os comentários precisam ser aprovados pelo dono do blog antes de serem mostrados.

Necessário
Não publicado. Necessário
Leave this field empty

Characters remaining: