Um blog do Travellerspoint

Maio 2014

Segovia

Me encanta!

sunny
Visualizar 2014 Espanha no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Ok! Hoje me dei uma chance de estar de férias. Acordei sem alarme. Tudo bem que foi às 7h30. Mas enrolei até às 8h30. Levantei, me arrumei com bastante calma, e fui tomar café. Tinha decidido meu destino do dia: Segóvia. Parei pra tomar café pela bagatela de €2,90. Depois, peguei o metrô em Puerta del Sol com destino a Chamartín. Ah, só uma coisa, existe uma estação chamada Pinar de Chamartín. Eu peguei o metrô crente que era pra lá que eu ia. Não é essa, são duas estações antes. Eu percebi já dentro do metrô. Sorte que era mesma linha. Repetindo, Chamartín, e não Atocha, ok?

Duas coisas sobre o metrô de Madri. Primeiro, comprei o bilhete na maquininha. Aqui, você seleciona a estação que você vai. Quanto mais longe, mais caro. Aí você pergunta se dá pra "dar um migué" e colocar uma estação perto indo pra longe, afinal, poderia ter fiscalização ou ter que colocar o bilhete na catraca pra sair (em Paris e Londres tem). Não vi uma coisa nem outra, mas, não é legal fazer essas coisas, né? Paguei direitinho, até Chamartín €1,90. Segundo, gostei do trocadilho que está escrito no metrô: "O que acontece em Lisboa, fica em Madri". Só os fortes entenderão, rsrsrs.

Cheguei em Chamartín e subi, subi, subi. A estação de trem fica bem no alto. Vá direto para a maquininha da Renfe. Comprei Madrid-Segovia-Madri por €10,30 cada trecho. Comprei ida e volta, sai mais barato, hehehe. Só me frustrei com o horário, eram 10h e o trem só saía 11h30. Paciência! Não ser overplanning dá nosso. Segovia é bem menor que Toledo, não vai dar problema. Só me restou ficar sentadinha, acompanhando o painel esperando sair a plataforma do meu trem.

A viagem durou 30 minutos. O trem comum leva 2h. Não tem nem dúvida quanto a que trem pegar, né? São 3h de percurso perdidas no trem comum, que, se for igual da Itália, é péssimo. Esse trem é o mesmo de Toledo, é o Avant. É um trem de alta velocidade, mas não é como o AVE. O Avant chega a 250 km/h, o AVE chega a 300 km/h. Descendo na estação, segui o fluxo. Primeiro desafio, como chegar no centro. É longe, já sabia que não dava pra tentar ir na raça. Eu já tinha lido nuns blogs sobre isso. Peraí, deixa eu procurar...

Achei! Ônibus 11 ou 12, vai mó galera pra lá, não tem erro. Eu ia no 11, mas todo mundo vai pra ele, estava cheio já. Aí saí da fila e fui no 12. Os horários coincidem com os trens. A passagem custa €1,03, e o último ponto dos 4 pontos da linha é o Aqueduto, rsrs. Como eu fui no 12, andei uns 100m até o Aqueduto. O Aqueduto é mesmo imponente. Mas não se empolgue, procure o centro de informação ao turista primeiro, pegue um mapa e umas dicas. Vai facilitar muito a vida. A menos que você seja um overplanning, aí não precisa. Eu bobeei, a galera pegou mapa na estação. Eu estava tão obcecada com o ônibus e nem vi.

Diz o guia que Segóvia fica numa região fantástica. Claro que a cidade antiga fica num pico, ou seja, já viu como vai ser o dia né. Aqui, como Toledo, existe uma mistura de judaísmo, cristianismo e islamismo. Dizem que a cidade, que é banhada por dois rios, é como um navio onde o Alcazar é a proa, as torres da Catedral os mastros e o Aqueduto o timão. Que viagem, hahahaha...

10A365E42219AC6817FD7192939AE2D0.jpg

Mapa na mão, aí sim, dei a atenção que o Aqueduto merecia. O Aqueduto foi construído no final do século 1º, depois de Cristo, e usado até o final do século XIX. É o grande marco de Segovia e da força que outrora teve o Império Romano. Para a visão dessa humilde engenheira que vos escreve é um espetáculo! Todas essas obras de engenharia romana são uns espetáculos. Isso tudo foi feito que nem lego, encaixando pedras. Sem cimento, sem cola, sem nada. Parece fácil, né? Só que não... Física pura! Newton nem era nascido e os romanos já sabiam que toda ação corresponde a uma reação de mesma intensidade e sentidos opostos, rs. Cara, é isso, tudo um esquema de contrapesos. E essas águas vinham de uma distância de 15km. Lá em São Paulo ia ser uma boa com a Cantareira secando. Imagino como eram as "faculdades de engenharia" daquela época, e sem HP... Como pode?

90_10ADC23C2219AC6817F125F243A96F88.jpg90_10B2D8182219AC681712D80920E0BF3F.jpg90_10B49D0B2219AC6817C3C95FFD3C402D.jpg

Ok, do lado do aqueduto tinha uma escada, tinha uma escada do lado do aqueduto. E o que eu faço quando vejo uma escada? Subo, oras! De um lado, a oponente vista do aqueduto, do outro, ele passa a ser aterrado. E até onde vai essa água? O antigo Palácio, claro! Antes de seguir, umas fotinhas de lá.

90_10C5EA7E2219AC6817C2AA0780DA56C2.jpg10C34DAB2219AC68175F6DBA38146CFB.jpg10C0EE052219AC681720C009F36A150D.jpg

Passei pela mega power top igreja, chamada San Martín. Mas, estava fechada. #xatiei. Do lado estava o Cárcere Real. #meda. Segui pela Calle de Juan Bravo. É "A" rua da Segovia turística. Lojas, restaurantes, quinquilharias pra turistas. Olho essas lojas hoje e acho engraçado. Tem gente que compra cada coisa. Eu já comprei bagulho nessas lojas de souvenir, admito. Mas hoje, nem consigo entrar, rs. Mas é gostoso caminhar por aqui. Tem o clima das ruas da Toscana. E não é tão cheio quanto Toledo, mas tem aqueles carros que insistem em passar naquelas ruas estreitas.

90_10D17D082219AC6817735287905F0639.jpg90_10D90D612219AC6817CD86F73944D74A.jpg10D4DDFA2219AC6817E590B3D91BFDB8.jpg

Enfim, segui em frente e saí na Plaza Mayor. É a praça principal de Segovia. E como toda praça principal nessas cidadezinhas européias, um lugar mega agradável pra descansar. Ali tem vários prédios mega bonitinhos. Aliás, uma coisa que eu super gostei aqui foram as paredes, as fachadas das casas. Não é uma coisa mega fofa?

90_10E2E0BB2219AC681756991C1EEF974E.jpg10E6246F2219AC6817889FA6AD214793.jpg10E8D5002219AC681702F14E9A81CC43.jpg10EE0D7C2219AC6817790DC9194DBE5F.jpg

Da praça, achei a igreja de São Miguel. De fechada simples, mas com uma grande história. Originalmente, esse igreja ficava no centro da Playa Mayor. Ali, Isabel foi proclamada rainha de Castela e Leão em 1474, e se tornou conhecida como a rainha católica. Em 1523 a igreja caiu, resultado das revoltas das cidades de Castela, e em 1525 começou a construção da Catedral. Nesse meio tempo, decidiram transladar os restos da antiga igreja para uma lateral da Plaza Mayor, e reproduziram fielmente com as pedras que sobraram, a fachada original da igreja. A igreja hoje é um misto de barroco, gótico e renascentista e alguns itens fizeram parte da igreja original. Créditos da explicação para senhora que ficava lá recolhendo donativos e explicou isso pra mim. Se tiver um erro histórico, é porque eu não entendo espanhol, rsrsrs.

10F6E1102219AC6817E6B989E52B1A54.jpg90_10F96F972219AC6817CA34E154878B26.jpg10FC7B8B2219AC6817BB1105020C029F.jpg90_10FFC3152219AC681735CA9C34E48429.jpg90_1102EF8B2219AC68173EB4D1A4CBB138.jpg

Um dos pontos altos de Segovia, sem dúvida, é a Catedral. A entrada custa €3. As abóbadas no teto são góticas, isso eu aprendi. O pé direito é gigante. No centro, onde fica o coral, tem uns livros que pareciam com as partituras antigas que eu não entendi (eu sei ler partitura, pra quem não sabe, rs). A Catedral original ficava de frente ao Alcazár, e foi incendiada em 1521, na Guerra das Comunidades. Sob ordens do rei Carlos V, foi dado inicio a construção do novo templo, que hoje mantém elementos da antiga Catedral como o coro, o claustro, a pia batismal, entre outros.

113688142219AC6817AE29C092975426.jpg1139261D2219AC6817C2DD0F03ECBF5F.jpg90_113BCB692219AC681704AB9C97C0F669.jpg90_113EA27D2219AC6817E2DDB91CCFB1BD.jpg90_11435FA22219AC68170A33F13F78DCB3.jpg1144E7BD2219AC6817EF574267456E89.jpg1147CA202219AC6817922C941A56E249.jpg114C519C2219AC68174357CD96D25FE6.jpg90_114F35562219AC6817CEA6BA6B5C8642.jpg90_11519F132219AC68173CC90BE404B9A0.jpg

Embrenhada nas ruelas, começou a descida. A caminho do Alcazar, passei pela Igreja de San Andres. Também herança do Império romano, também estava fechada! Aí lembrei que cheguei na cidade meio dia, tinha tomado café às 9h, sei lá que horas eram e eu precisava comer. Mas quem disse que eu achava um lugar "legal" pra isso? Fui indo, enquanto a pressão não caísse, estava bom.

Só que aí eu cheguei no mega super power Alcazar. Fui correndo comprar o ingresso na salinha que eu tinha desprezado. O ticket, custou €5 euros o Alcazar e €2 a torre. É, isso mesmo, a torre. Do lado tinha um café. E no café tinha wifi. Tentei não ser psicopata com a internet, comprei uma bobeira pra comer (definitivamente não tô ligando muito pra gastronomia local) e fui para o Alcazar.

117564FD2219AC68179BEBD43906A0AC.jpg

Mais um dos pontos altos de Segovia, o Alcazar desperta meus sonhos de menina. Tem todos os elementos que formam a imagem perfeita de um castelo de conto de fadas. Sem dúvida é o castelo que mais se aproximou do que eu imaginava de um castelo de conto de fadas. Ele passou por uma reconstrução depois de um incêndio em 1862. Como todo castelo, tem uma casa de armas e salões lindíssimamente decorados. Mas, se o conjunto é um sonho, os detalhes devem ser observados com calma.

119DC1D02219AC6817BDB23B2D164728.jpg119FA92B2219AC6817A63BC6CF5D769A.jpg118DB8D42219AC68173263F2668EB87C.jpg118AC6452219AC68174F84F106E81727.jpg

Com paredes todas trabalhadas, as janelas tem um "que" arabesco. Nas pontas das muralhas, torres de defesa com telhados pontiagudos. E a entrada, com aquele fosso enorme? O interior é mega medieval. Lembra o ambiente dos filmes do rei Arthur. A decoração até do teto é coisa de doido. A torre central no meio é, sei lá, como descreve isso?

90_119BD5F72219AC68178E214C1E275EF9.jpg90_11990A6E2219AC6817E5A0FACDD0B64C.jpg1194C7DE2219AC6817A0AE02C607B233.jpg1190F0C22219AC68172847D38E4D67A7.jpg90_118686E92219AC68178E82A543E297A2.jpg90_117CF92F2219AC6817B0C9FD799A40EB.jpg117A3DC62219AC6817EB47C36892428D.jpg270_1177D3FE2219AC6817F8AC43489C00F0.jpg117564FD2219AC68179BEBD43906A0AC.jpg

Super mega power amei esse lugar. São três os locais imprescindíveis de visitar: Aqueduto, Catedral e Alcazar. Por €20,30 de passagem no trem de alta velocidade, vale muito, mas muito a pena. Saí do Alcazar e voltei pela muralha sul. Dali, dá pra perceber como a cidade fica num ponto alto. O Vale dos Clamores (meio assustador esse nome, né?) cerca a cidade. Dava pra ter subido na muralha, mas dois medos me impediram, altura e horário. Logo na saída do Alcazar, dá pra ter uma geral da cidade também, se destacando as torres da Catedral e da igreja de San Andres.

116CC4192219AC68175EBDBA5447C89D.jpg

Segovia é menos movimentada que Toledo. Mas não quer dizer que uma visita seja dispensada. Ao contrário, Segovia é autêntica, merece uma visita. Mesmo chegando um pouco tarde, a cidade estava tranquila. Na volta do Alcazar, quando cheguei na Plaza Mayor, estava bombando. Acho que as excursões chegam mais tarde. Devem estar vindo de outra cidade. Mas, eu já tô de saída.

Voltei pela Calle de Juan Bravo. Estava super vazia, era a siesta. Muita coisa fechada. Engraçado isso, uma cidade minúscula, que precisa tanto do turismo... Enfim! Passei por mais um mirante e a Casa de los Picos. Fiquei pensando o porque uma cada teria esse nome, e, ao passar por lá, entendi.

11E221622219AC681771EE6AD9F25A9E.jpg90_11E508032219AC68174FF4A898EF6207.jpg11E74E282219AC68171B180E30881B65.jpg

Cheguei na Plaza de Azoguejo, onde tudo começou. Era um bom momento pra comprar um sorvetinho, afinal, está fazendo 18 °C, sentar pra praça, no sol, de preferência, e ficar babando no Aqueduto. O ônibus 11 saía bem dali perto, segui para lá num horário mais próximo pra esperar menos na estação. Hoje foi um dia bom, gastei pouquinho e ganhei muuuuuuuito! Valeu Segovia!

11FD95132219AC68176CF4FD4B669BD8.jpg90_120090EF2219AC68173A2A076E225CA4.jpg90_120326DA2219AC6817B85393D9B37C0B.jpg90_11F9EE8C2219AC6817EEFF64786ECBD3.jpg

Voltei pra Madri e terminei meu dia sentada num lugarzinho bem bacana no centro, perto da Plaza Mayor, vendo o movimento. É engraçado, tem um certo período que a cidade está morta, agora, já são quase 22h, o centro está bombando. Também, olha esse céu azul, dá pra acreditar que está tão tarde?

90_1217060D2219AC6817786825A8A1213D.jpg

Publicado por Akemi Nomura 12:32 Arquivado em Espanha Comentários (0)

Toledo

Espetacular!!!

sunny 27 °C
Visualizar 2014 Espanha no mapa de viagens de Akemi Nomura.

O alarme tocou às 6h30. Não acreditei que eu estava fazendo isso comigo. Por que eu fui comprar a passagem pra Toledo para às 7h50? E pra ajudar, estava fazendo 10 °C. Gezuis! Tudo isso porque li no blog do Ricardo Freire que esses trens lotam à tarde. Ok, levantei, me troquei, e parti para direção de Atocha. Essas escadas do metrô estão fazendo bem pros coxões, hahaha. Sinto todos os músculos possíveis... Fui andando até Puerta del Sol onde eu peguei a linha 2, sentido Valdecarros. Mais fácil, sem baldeação. O traçado de porta a porta foi de 30 minutos (rolou um perdido na estação, o trem pra Toledo não sai do piso um, e sim da planta baixa). Mesmo esquema, raio x, controle de passagem, tudo antes de embarcar. Eu não sei se a Espanha sempre foi assim, ou foi depois dos atentados que passaram a exigir isso. Nenhum lugar da Europa é assim, que eu me lembre. Faz sentido, o pior atentado foi em Atocha, na plataforma. Quer conhecer um pouco do trem?

E1E0302F2219AC68172058BCDE85715C.jpgE1E37FD02219AC68171459ED42C7B1F5.jpg

Chegamos em 30 minutos em Castela e La Mancha. A estação de trem já me deixou babando. Não sei dizer o estilo: gótico, rococó, art deco, etc. Eu sei que tem uma coisa meio árabe. Os negocinhos de comprar passagem (antigos), são um charme. A fachada é a coisa mais fofa do mundo. Já criei expectativas, aí ferrou.

DE8954432219AC6817D7CC7123C0A8F6.jpg90_DE8AC32A2219AC68175FB976525CD203.jpgDE8BEAE12219AC6817C7AFC9554A374C.jpg90_DE8CD3E42219AC6817536274108AB820.jpg

Tinha táxi na porta por €4,5, que levava a algum lugar, rsrs. Como eu queria "emoção", resolvi ir na raça. Táxi é pros fracos, hehe. O que vc faz quando chega num lugar sem mapa e sem saber pra onde ir? Eu sigo alguém munido de uma boa câmera e um guia na mão. Assim fiz! O problema é que quando eu parei pra olhar um mapa no meio do caminho, eles sumiram.... Putz! Só que aí passou um casal com um guia na mão, pensei "esses eu não perco". Aí, numa bifurcação, eu vi os dois que eu seguia primeiro indo por outro caminho. Resolvo seguir o casal loiro, e deu certo. Cheguei na Porta de Alcântara! Linda, linda, linda! Não tinha me tocado que ia ter que chegar lá em cima...

DEA38C2E2219AC681767A0C1C03F26B1.jpgDEA48B2E2219AC6817BCCB0D2915D656.jpg90_DEA52E2A2219AC6817D993F60486CC5C.jpg270_DEA5ED9F2219AC68174F698D797AC8E8.jpg

Quer dizer, deu certo mais ou menos. Depois da bela imagem inicial, atravessamos a porta, a rua, e depois a outra porta. Subi umas escadinhas lights até fazer a curva, aí.... Ohoh! Houston, I have a problem! Meopai! Olha pra isso! E o topo não era o fim...

90_DEB31BF12219AC6817278B9D7453F6B7.jpg90_DEB454382219AC6817E7410B082B12CE.jpg90_DEB5717C2219AC68179D533CFEBA1D94.jpg

Nossa, sério, no meio do caminho tive que parar para tirar uma das 3 blusas que eu estava usando. Eu falei do frio que estava em Madri? Pois é! Aos trancos e barrancos eu fui me aproximando do topo. Tipo assim, eu nunca mais vou reclamar de subir do terceiro pro sétimo andar de escada, ahahahaha.E eu nem tinha noção do quanto ia subir ainda...

Bom, cheguei numa praça que depois iria saber que era a praça Zocodover, a principal praça de Toledo. No tempo dos mouros, existia um mercado aqui com esse nome. É uma região com lojinhas, restaurantes e cafés muito agradável para sentar e tomar um café depois de subir 479 degraus, uahahaha. Por aqui fiquei, achei um wifi e procurei o que fazer na cidade, porque nem isso eu sabia, hehe. Tentei o centro de informação para o turista, mas, acredite, estava fechado. Só abria às 10h. Como eu tinha tirado a foto do mapa lá embaixo, descobri o Alcazar e o Museu Santa Cruz, dois importantes pontos para começar.

DEE9CA442219AC681739AF2FFAD7EAA6.jpg

O Alcazar foi um palácio fortificado de Carlos V já foi fortaleza romana, visigoda e moura. Hoje, abriga o museu do exército que veio de Madri. Estava fechado ainda. É um edifício que se ve quando se aproxima da cidade pela porta de Alcântara. Não sei se gostei, não visitei por dentro. Mas por fora é bem legal. E quem rondava a região? A excursão de japoneses, claro. Pior que não dá pra saber se é a mesma de Madri, porque são todos iguais, hehehe.

90_DF0655692219AC68176C74DA6EF636F9.jpg

Ok, visto o Alcazar, segui na direção do Museu de Santa Cruz. No meio do caminho, encontrei com o Cervantes. Gente boa. Havia lá uma exposição de El Greco. El Greco foi um cara que nasceu em Creta e mais tarde se estabeleceu em Toledo quando veio pintar um quadro pra uma igreja. Gostou e ficou. A cidade o idolatra. Como é uma exposicao temporária, os ingressos deveriam ter sido comprados com antecedência. Até dia 1º de junho está sold out. Ou seja, rodei. Não que eu tenha ficado triste, hehe. Tenho certeza de que Toledo ainda tem muita coisa pra fazer.

90_DF1BFBFA2219AC681710D71656D1AE19.jpg

Voltei pra praca Zocodover e fui no ponto de informacao ao turista. Consegui um mapa e umas dicas do que fazer em um dia. Meu trem sai as 17h25, sao 10h, entao, vam'bora! Confesso que o mapinha deles e bem dificil de se guiar. Tem tanta ruela entrelacada que era facil se perder. Mas foi de graca! Qualquer coisa, era so pegar o ipad e pronto, ja me achava. De cara, ja peguei uma ruela ali da praca e fiquei doida. Tem aqueles panos nas sacadas, aquelas bandeirinhas nas paredes, os lustres, tudo. Parecia que ia aparecer um cavaleiro com aquelas armaduras na sua frente. Sabe aquela sensacao de andar em Edimburgo e parece que o William Wallace vai aparecer? Pois e, eu tinha a sensacao que ia aparecer o Dom Quixote, hehe. Da uma olhada nisso...

90_E2060F302219AC681777A9E7E0EC2CFB.jpgE20949792219AC6817778C473BACB315.jpg90_E207DAEF2219AC681706F886A5DA0436.jpg

Fui me desviando dos carros naquelas ruas estreitas e cheguei no primeiro ponto do mapa, (terceiro se contar os que já fui), a Mesquita do Cristo da Luz. É um dos dois edifícios muçulmanos que restou na cidade. É um lugar pequeno, com os traços da arquitetura árabe. Dali, dá pra ver mais uma porta, a Porta do Sol. Mas meu medo de altura não permitiu tirar uma foto decente, rsrs.

DF5083312219AC6817E803A94DFF5A68.jpg

Saí dali me desviando da excursão de crianças. Crianças sortudas! É muito mais fácil aprender historia assim. As ruas daqui me lembram um pouco de Siena. Depois de um perdido, apelei mais uma vez pro GPS do ipad como guia, cheguei na Catedral. Meu Deus que p*** lugar lindo! Sério! Amei muito. É muito mais bonita do que a de Siena. Eu interpretei mal a indicação da mulher de informação ao turista e achei que estava fechada. Estranho! Segui em frente. Do outro lado da rua está o prédio da Prefeitura.

90_DF7FDBBA2219AC68178B960BADD36073.jpgDF80B9C92219AC6817BB3A4D935D2853.jpg

Ai, segui nas ruas estreitas, me perdendo e me achando. A temperatura estava subindo. Parei para um sorvetinho. Num mirante, deu pra ver a parte do bairro judeu. Eu ia ter que descer... Sabe o que significa? Que depois eu ia ter que subir!!!! É hoje o dia...

DF8CC6392219AC6817BBB2D04777BC3D.jpgDF8EF0592219AC6817B9BF3E5B94FDE4.jpgDF90FBA62219AC68175722C87E037C55.jpg

Fiz o caminho por cima e cheguei na Igreja de São Tomé. Pra entrar nessa Igreja, eu usei a pulseirinha turística que eu comprei na Mesquita. Serve para 6 atrações. As entradas dessas atrações são baratinhas, entre €2,5 e €3 . Mas por €8, eu entro em todas. Então, lá estava eu de pulseirinha. A Igreja em si eu não vi, hehe. Você entra, olha pra direita e tem um quadro. Chama "O enterro do Conde de Orgaz". O quadro é uma homenagem póstuma ao Conde, que financiou a construção do prédio. Viu o quadro? Vire a direita e é só sair, rs.

90_DFBCE5CA2219AC6817A2552CA477F629.jpg

Dali, desci para o bairro judeu. Parada seguinte, Museu del Greco. Perdoem-me os críticos, mas eu não entrei. Sei lá, não deu vontade. Segui em frente e entrei na Sinagoga del Transito. Essa área judaica eles chamam a arquitetura de mudéjar. Nunca ouvi falar, hehe. Ali conta um pouco da história do povo judaico na Espanha.

90_DFD465072219AC6817960A622CE159AF.jpgDFD68BE82219AC68179CEA40D509BCD7.jpg

Proxima parada, Sinagoga de Santa Maria la Blanca. Essa eu posos usar a pulseirinha. Ja foi palco de um massacre de judeus em 1391 e e a mais antiga e maior sinagoga da cidade.

90_DFF2D6FC2219AC6817C9B5FAED592A28.jpg90_DFF55D902219AC68176CE3295A0A52E2.jpg90_DFF86E142219AC6817F27470DCCA9F8B.jpg

Vamos porque o tempo ruge e a Sapucaí é grande. Não vou ficar detalhando muito os lugares, senão fica muito chato. A última parada do bairro judeu foi no Mosteiro de San Juan de los Reyes (misturei português com espanhol, rs). Meu, super mega master gostei desse lugar. Sério, seríssimo. Super recomendo! Pra mim, parece o esquema da Catedral de Barcelona, uma parada do lado da igreja assim, quadrada, com um jardim no meio. Mas não é uma catedral, é uma igreja. E linda e peaceful! O engraçado foi que eu estava parada ali na frente, tirando selfies antes de entrar, de repente, me aparece uma excursão de adolescentes franceses. Saí correndo pra não ficar atrás deles, ahahaha. Tá vendo como excursão atrapalha... #saco #fobiadepinguim.

90_E03620F72219AC681750468492A7655F.jpg90_E038ACA62219AC68177CD72C78A10FAF.jpgE03B8D372219AC6817BA7F86CA8ACAE2.jpg90_E03E84B42219AC68170224DDBDF51B88.jpgE04118A92219AC6817C2AC04806DC859.jpgE03250FF2219AC681708D12E43485190.jpg90_E046FE3D2219AC68172AEBA3DFDECFE4.jpgE043AC8C2219AC68172DE88D6083713D.jpg

Afffff, cansei. Tá bom pra parar pro almoço, né? Achou que tinha acabado o dia? Nada, são 13h30 e eu tô com bastante fome. O problema é que os restaurantes aqui são meio cartel. Tem a refeição por €15. Meu, não tava a fim de comer aquilo. Achei um canto e comi uma... salada!!!! Sério, uma salada por €3,95.Pra aquele momento, estava ótimo. Lembra da temperatura que estava de manhã? Pois é, adivinha quanto está agora? 27 °C! Delícia né? Vem andar aqui pra ver se é! Rsrsrs.

E092A1E72219AC681725C95338FD2992.jpg

Ali pertinho era a Igreja de São Salvador. Também usei a pulseirinha para entrar. Essa igreja é pequenininha, e já foi uma mesquita. Reza a lenda que durante uma tempestade, a rainha sei lá o que se abrigou ali. Ela prometeu que, se a chuva parasse, ela ia converter a mesquita ao cristianismo. E assim foi feito. Em 1159 a mesquita se tornou uma igreja cristã. Aqui foi batizada Joana, uma das filhas dos reis católicos. Vocês sabem quem foram os reis católicos, ne? Pelamordedeus, hein... Hahahaha...

270_E09413942219AC6817ADCF30FBD75E2F.jpg90_E0951DD12219AC6817F5E62E4A23247D.jpg

Dali, fui pra uma exposição meio bizarra, mas coerente com o local. Era uma mostra de instrumentos de tortura. Os instrumentos ali usados eram da Inquisição Espanhola. Esse é meu lado mórbido, hehe. Quer dizer, mais ou menos, porque ver os instrumentos eu via, mas na hora que eu lia o que faziam com eles, ui, não conseguia ler até o final.

E0C780812219AC68179110EA919BCD4E.jpg

Aproveitei o ingresso, ah, paguei €6 pras duas exposições, fui visitar uma exposição dos Templários. Eu confesso que não entendo muito sobre isso, era uma confraria mega secreta, não é isso, pai? Acho massa! A exposição ficava no Mosteiro de São Clemente. O Mosteiro mesmo eu não vi, só por fora uma construção mega legal. Mas a exposição dos templários vale a pena. Esse é o lado bom de Toledo, tudo baratinho e legal (menos o almoço, rs).

90_E0EB6D5A2219AC681736A689B1D57D82.jpg

Ok, eu confesso que não sentia mais meus pés. Nem dor, nem nada. Mentira, doía pra caramba, haha. Mas, fazer o quê? Ainda tinha coisa pra fazer. Andando na saída do Mosteiro, cheguei na Igreja de San Ildefonso. Último lugar que eu usaria minha pulseirinha. Parece que aqui era a casa natal de San Ildefonso. É uma bela igreja. O problema é que é sempre um ligar apertado, difícil sair na foto, rsrs.

90_E0FC0C8D2219AC6817922120D2386430.jpg

Aí o cara me informa que o acesso a torre era à esquerda. Eu não me entendo, viu? Depois eu me pergunto porque eu faço isso comigo. Hello, eu tenho medo de altura!!!!! E digo mais, depois de subir 479 degraus na chegada, andar pra cima e pra baixo literalmente, o que me aguarda pra chegar na torre? Escadas!!!!!!! Aí eu vou fazer o quê? Voltar, sentar na igreja e chorar? Eu tô cansada? Tô! Eu tenho medo de altura? Tenho! Adivinha o que eu fiz?

E11D11262219AC68172BAA7AD3546F2E.jpgE11EFF742219AC68174973D15D9098D7.jpg90_E1219C8F2219AC68177B8174768E9044.jpg270_E123D4462219AC6817D98DD4614644B1.jpgE1209E212219AC6817B7C2CF8F273A82.jpg

Confesso que sempre fico feliz quando eu encaro meus medos. Era a melhor vista da cidade, não podia sair de lá sem ver. Sim, morri de medo de atravessar de uma torre pra outra. Eu lembrei dos filmes e não olhei pra baixo. Eu falei que era vazada a ponte? Não? Ahahahahaha. Eu me apeguei no personagem, como diria a Laura (no meu caso, sou Carmen Sandiego, hehehehe). Essa da Carmen Sandiego não é qualquer um que vai entender, rsrsrs. Enfim, eu não só fui, subi na ponte, parei para tirar foto (pra mim e pros outros) e cheguei na outra torre. Na descida, consegui pisar em falso e senti todo o tendão se esticar. A marroquina pra quem eu tirei foto já veio em meu socorro. Mas não foi nada grave, segui em frente me agarrando no corrimão, claro! Ahahahaha.

Faltava uma coisa ainda pra eu sair feliz. Não me conformando em não entrar na Catedral, voltei lá. Resolvi dar uma volta inteira nela, vai que tinha outra porta? E não é que tinha? Realmente, eu apanhei do mapa de Toledo. Tinha certeza de que a entrada marcada no mapa era outra. Fiquei tão feliz que até quebrei meus principios e paguei para entrar na igreja. €8 com áudio guia. Pena que eu não tinha pé, paciência e tempo pra ouvir todos os pontos. Aliás, acho que nunca tive paciência pra ouvir explicações muito longas, não só de guias, mas de áudio guias também. A vantageme do áudio guia é que, quando já deu, vc pára a conversa e vai pra frente.

A Catedral é super mega master power top. Fiquei feliz de sair de Toledo tendo visto este espetáculo. Sério mesmo. Sabe aquele estilo gótico barroco rococó mudéjar contemporâneo? Não? Nem eu! Enfim, era uma igreja monumental. Adoro ver essas coisas. Ficaria ali mais tempo se meu trem fosse mais tarde. Mas fiquei satisfeita. Sensação de missao cumprida! Vê se não valia a pena:

90_E19BF5AC2219AC681721721AEA59271B.jpgE19D97322219AC6817B573759FFB2EF2.jpg90_E19EC3FA2219AC68171AA6A6BE57C223.jpg90_E1A04E1E2219AC68172D5751A84C3296.jpg270_E1A1C7942219AC681756058D5192966F.jpg90_E1A3F3452219AC6817CB37D6FF7110AB.jpgE1A5C3CF2219AC68179E0FC786BCAEF4.jpg90_E1A993592219AC6817B97E2A060B5328.jpg90_E1AB6E362219AC681784DA2A1CEE174F.jpg90_E1ACD9532219AC6817BE7D20CC589E96.jpg90_E1A830942219AC68178CCCC5789D0AD7.jpg

Faltou, pelo guia da Folha, a Igreja de Santiago del Arrabal e a Puerta Vieja de Bisagra. Mas a gente não ganha todas. Nem vou por a culpa no cansaço. Fiz tudo o que quis sem correria. Se tivesse mais 1h, eu arranjava energia e ia até lá (era meio longe). Mas não deu, paciência! Quatro coisas fizeram Toledo valer MUITO a pena: 1) Mosteiro San Juan de los Reyes; 2) Torre de San Ildefonso; 3) Catedral; 4) as ruas da cidade.

Terminei meu dia por volta das 16h na praca Zocodover pra comer uma porcaria porque só a saladinha não dava mais. Dali, segui em frente por onde vim, só que desci de escada rolante. Eu me perdi um pouquinho, mas um simpático espanhol me salvou no meio do caminho e eu achei meu rumo pra estação. Notei que pra esses lados eles são mais receptivos pro meu "portunhol".

Cheguei às 18h em Madri, fui tomar um café no Starbucks e ficar de bobeira vendo as pessoas passarem pra cima e pra baixo na Arenal. Resolvi já pegar uma saladinha e uma bebida pra jantar no hotel. Eu me subestimo, tenho mais força do que eu imagino. Adorei meu dia. Agora amanhã, desculpem, mas amanhã eu não vou acordar com alarme. Já até sei o que fazer, mas alarme não, né? Rs.

P.S.1: esse post é pra quem não gosta de ler, tem mais figura que tudo, hehe
P.S.2: ficou bom meu dente novo, né? Hehehe...

Publicado por Akemi Nomura 14:04 Arquivado em Espanha Comentários (1)

Madri - dia 1

semi-overcast
Visualizar 2014 Espanha no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Quarta feira, novo destino. Acordei antes do alarme, foi bom ter dormido mais cedo um pouco! Terminei de arrumar minhas coisas e fui fazer o check out. Faltavam 15 minutos pro café da manhã, mas o cara falou que eu podia ir tomar o café. Oba! Eu ia embora sem, mas já que estava livre....

Resolvi ir de táxi ate a estação de Sants. Dava pra ir de metrô, mas, como eu tenho horário marcado, resolvi ir de táxi pra não ter correria. O táxi até a estação custou 8 euros.

É. uma estação meio "burocrática", digamos assim. O embarque parece de aeroporto. Depois que conferem sua passagem só fica passageiro daquele lado. Em Estação de trem a gente tem que sempre ter mais cuidado. E ainda passa por um raio x a bagagem. Acho que é a primeira vez que eu passo a bagagem no raio x pra embarcar no trem. Antes de descer pra plataforma, tem que passar por uma espécie de controle de passagem. Não é aquele samba do afro-brasileiro doido que entre quem quer a hora que quer no trem. Confesso que no começo achei meio chato, complicado. Mas depois achei bom, por mais segurança, tá valendo.

BA0F69D22219AC681720C184CF8710FB.jpg

Comprei a passagem de trem com antecedência pelo site da Rail Europe mesmo. Dada experiências anteriores, a passagem em trem de alta velocidade (ou trem bala, como alguns preferem dizer) fica muito cara em cima da hora. Já cheguei a economizar €60 no trecho Milão-Roma e €100 no trecho Munique-Paris. Nesse caso eu confesso que nem olhei quanto esta, mas com certeza esta mais caro. Eu paguei cerca de €40 cada trecho. O bom da mala ser média, é que coube em cima do assento.

O trem de alta velocidade espanhol é mais ou menos o mesmo nível dos demais que eu conheço. O melhor com certeza é o Thallys, o trem belga. Super mega power confortável em relação aos demais, e tem wifi. Mas este trem está satisfatoriamente bom, dá pra tirar um cochilo tranquilo, tem restaurante, tem televisão (mas eu assisti um filme no ipad mesmo) e leva 2h45 de Barcelona ate Madri. Chegou a atingir em alguns trechos 300km/h. Mas é aquela coisa, nem dá pra sentir que está numa velocidade tão alta. Enquanto não chega, eu aproveito pra escrever...

90_BA2B7DA62219AC68170F6DD692ABB047.jpg

Chegamos 5 minutos antes, olha que absurdo. Gostei desse esquema tipo aeroporto na estação de trem, viu. Mas aí veio o primeiro "problema", a sinalização para o metrô é fraquinha. Quem chega pela estação de Puerta de Atocha tem que seguir as placas do trem de Cercanías. Nesse caminho uma hora aparece a placa do metrô. Comprei meu bilhete, €1,50, e segui para a estação Ópera. Só não contava com as escadas. Vou te falar, subir escada com mala não é legal.

Enfim, cheguei. Já tinha visto no Google Maps o que eu tinha que fazer pra chegar na Calle del Arenal. Enfim, um espanhol de verdade. É super perto. O hostel fica nesse calçadão. É super movimentado, mas tem mais cara de movimentado normal, sabe? Tipo, Las Ramblas lembra turista, aqui é mais local. Tá cheio de restaurante. Achei o hostel, a numeração na Espanha não se refere a distâncias, é tipo assim: casa 1, casa 2, etc. Esse hostel é mais barato que Barcelona, fica bem localizado, é simples mas é limpinho, rs. Chama-se Hostal Ivo, fica na Calle del Arenal, 24. Recomendo pra quem quer algo simples e barato. Um pouco de barulho, é verdade.

Pronto, deixei as coisas e fui pro metrô. Fui andando pela Arenal e cheguei até a Puerta del Sol. É uma importante praça de Madri e eu só conseguia lembrar do Lerário falando pra eu ter cuidado lá, rs. A Plaza Puerta del Sol já foi o portão leste de entrada da cidade, já teve um palácio e um portão ali, hoje, é uma praça barulhenta, bem centrão mesmo. Uma plaquinha lá me fez lembrar que andar de metrô em Madri pode dar medo. Falava do atentado em 2004. God bless me!

BA0E1A0B2219AC68179CC38470AFB8FC.jpg

Cheguei no Santiago Bernabéu. É, eu realmente gosto de futebol. É contagiante entrar num estádio de um grande time. Não posso esperar conhecer a Arena de Itaquera, rsrsrs. A entrada custa €19, e começa pela torre B. Várias escadas rolantes levam ao topo, primeira parada pra ver o campo de várias que viriam.

BA4EB1622219AC681791F459130CC6B5.jpgBA5284A92219AC6817ED50D802C52468.jpg

O museu é daquele jeito, eles começam se intitulando o "melhor time de futebol do mundo". Vai saber, né? Mas a coleção de troféus é de respeito. A interatividade do museu é bem bacana, melhor que do Barcelona. E lá estão elas, a primeira taça conquistada pelo Real e a última, a taça de atual campeão da Champions League. Literamente, o campeão dos campeões.

BA12D1B82219AC68178DA78165844E52.jpg

Vale escrever um pouco pra falar sobre um certo título de Real, o torneio Intercontinental. O Real Madri venceu esse torneio 3 vezes, e o engraçado é que o Real não tem nenhum título mundial. Ao contrário de outros clubes brasileiros que chamam amistoso de mundial, uahahahaha.

BA150C1C2219AC6817361E3919F0B0B9.jpg

Aí vc para no segundo ponto intermediário para ver o gramado.

BA500C5E2219AC6817CAB5DEBE30348E.jpg

Depois, vc desce umas escadas e, pelas arquibancadas, vai pro lado das tribunas de honra. Sabe aquele prazer que algumas pessoas tem em ficar olhando um quadro no museu? Eu tenho em ficar olhando um gramado de um campo famoso. Especialmente estando bem acomodada nas cadeiras da tribuna de honra do estádio. Em todos os ângulos você percebe como esse estádio é um caldeirão.

BA51863C2219AC68173FED827AD5B416.jpgBA53D2F52219AC6817D21B11E0C16A68.jpg

Dali, vai pro vestiário do Real, e por fim, pro gramado. Acho muito legal a experiência de ir até o gramado, inclusive deu pra sentar nas cadeirinhas do banco de reserva. Claro, termina na lojinha. Super mega blaster gostei dessa visita.

BA16C0412219AC681714A648957BDD72.jpgBA1915CF2219AC68174ECEDBC19670DE.jpg

Acho que se tiver que escolher 10 motivos para gostar mais dessa visita do que a do Barcelona, seriam:

1) Custa €4 mais barato a visita;
2) Tem escada rolante até o topo, rs (no Barcelona foi na raça mesmo);
3) Na visita vc dá uma volta no estádio todo;
4) Você visita o vestiário do Real e não do visitante;
5) Assume que não tem título Mundial, ahahaha;
6) Você pode sentar no banco de reservas;
7) O metro e mais barato;
8) A interatividade do museu torna a visita mais divertida;
9) É o atual campeão da Champions;
10) Cristiano Ronaldo é muuuuito mais bonito que o Messi. Ahahaha....

Saí na Plaza de España. Ou melhor, saí em algum lugar, rolou um perdido, peguei o ipad e me localizei pelo google maps. E ainda querem me vender um mapinha por 4,5 euros. Oi? Pra quê? A praça tem cara de centro de cidade. Ja teve em seu arredor prédios militares, uma vez que fica perto do palácio. No período que governou Franco, ela tomou essa cara.

BA114C842219AC6817BDC29C6FBE2F9B.jpg

Caminhando, cheguei nos Jardins de Sabatines. Já eram 17h. São chamados de Jardins de Sabatini porque estão no lugar destinado às cavalariças construídas por Sabatini para o Palácio Real. São jardins que tem a cara de Palácio. Muito bonitos, vale a pena visitar.

BA1F616B2219AC68175FED07F8B5224E.jpg

Dali pro Palácio e Catedral de la Almudena. Confesso que o Palácio superou minhas expectativas. Imaginava algo sem graça, mas é gigante e com cara de palácio mesmo. Fui lá ver qual era da parada, e fiquei sabendo que a partir das 18h era de graça. Por que não? Hehehe... Fui tomar um café e descansar, volto depois. Vou gastar esses €10 em outro lugar...

BAAF35652219AC681788787F3D5F94B0.jpgBAAE6AB82219AC6817E54B9788F7699D.jpg

Sem perceber eu acabei conhecendo a Praça de Oriente. Fica do lado do Palácio, no caminho da Ópera. Parece que essa arte foi aberta por Jose Bonaparte, pa criar um espaco perto do Palácio. Tem uma sacada onde reis ja saudaram seus suditos dali. Tem algumas estátuas de reis que eram pra ser pro teto do Palácio, mas eram pesadas demais para colocar la. No centro da praça tem uma estatua equestre de Felipe IV.

BA1BE9432219AC68172F06688280C6FD.jpg

18h, a fila tinha sextuplicado, óbvio. Fui para o lado da Catedral de La Almudena, dedicada a padroeira da cidade. Foi aqui que em 22 de maio de 2004 se casou o Príncipe Felipe de Borbón, herdeiro do trono espanhol, com a jornalista Letizia Ortiz. Estava fechada, mas dali tinha uma vista bacana do Palácio. A fila começou a andar, fui pra lá e a chuva começou a cair. Ok, quem gosta de castelo/palácio e gosta de entrada gratuita, tem que aproveitar. E lá fui eu!

BAAD5DC92219AC68178B0C62A3077459.jpg

A fila andou rápido, passei por um raio x e estava dentro do palácio. Meu, adoro palácio!!! Super acho lindo o pátio, a sacada, parece que via os reis ali acenando... eu e meus devaneios de adolescente, uahahahaha... Entrei pelo portão principal e começou o show: uma escadaria de mármore, ao lado da estátua de Carlos III. Foi daqui que saiu o cortejo real para o casamento em 2004. Imaginei a família real descendo essas escadas, hehe. Eu e meus devaneios...

90_BAB083852219AC681722BAD9FAED8B0A.jpg

Daqui em diante, não podia tirar foto. Vou ser objetiva nas partes que eu mais gostei do Palácio, alem da escadaria: Salão Gasparini, onde o rei se vestia na presença da corte; Sala de Porcelana, onde inclusive as paredes são de porcelana; A sala de Jantar, com sua mesa comprida e seus 376 talheres por convidados; A capela, que e mega linda; A sala do trono e sua tapeçaria de babar; A Sala das Armas, que quebrou o paradigma de que espanhol era alto, né nada, tudo baixinho.Ah, gostei também por ter sido de graça. Não sei se e todo dia ou se foi só hoje, mas, fica a dica.

Eu gostei do pátio interno. Reportando a imagem de pátio interno pra Inglaterra, parece que dava para ver Catarina de Aragão olhando pela janela, vendo Henrique VIII sair pra "passear" a cavalo com Ana Bolena, rsrs. Deve ter acontecido muito com os Borbons também, hehe. Ah, tem um quarto, acho que é o anti-quarto da rainha Maria Cristina, que tem quatro Stradivarius. Não é um, são QUATRO Stradivarius. Sabe o que é isso? Eu nunca tinha visto um Stradivarius antes. Super gostei da parada!

Ok, sai de la tirando forças para ir a Plaza Mayor. Mas São Pedro me ajudou, começou a chover, hehe. Já eram quase 20h mesmo, tenho a sensação que fiz pouca coisa hoje. AI eu lembro que meu dia útil aqui em Madri comecou as 13h. Então, pra metade de um dia ta bom, né? Amanhã acordo cedo, preciso descansar. Voltei 20h pro hostel, ja são quase 22h e eu estou terminando esse post. Tá bom por hoje, boa noite!

Publicado por Akemi Nomura 19:50 Arquivado em Espanha Comentários (0)

Barcelona - dia 3

Top dos tops

sunny 18 °C
Visualizar 2014 Espanha no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Bom dia Barcelona!!! Ontem eu levei mais de 2h pra fazer o post porque eu não escrevi nada durante o dia. Fui dormir mais de 2h30. Nossa, dois dias assim e já tô acabada. Pior que hoje tenho que sair mais cedo pra tentar ir no Picasso antes da Sagrada Família. Vou terminar esses 10 dias um caco, rs. O alarme tocou às 7h30. Claro que eu preciso de um tempo, então, meia hora enrolando antes de eu começar a me movimentar. Eu estava me arrumando e percebi que o banheiro é maior que o quarto, hahaha. Cada coisa.

Se eu fosse dar uma nota pra paciência que o catalão tem com meu portunhol, eu daria nota 6. Ganham dos chilenos e perdem dos argentinos e colombianos. Isso por causa do pessoal do hotel e da moça da Pans & Company das Ramblas. Os demais, vendo minha dificuldade, já perguntam se eu falo inglês. Aí já era, óbvio que eu vou pra minha zona de conforto. :-(

Partiu Museu Picasso. Estava na fila pra comprar o ingresso, quando eu olho pra dentro eu vejo chegando ela, a onipresente excursão de japoneses. Realmente, esse lado japonês eu não tenho aguçado. Odeio excursão, odeio guia. Desde 2010 quando a vagaba daquela guia quis passar com toda sua excursão (não era japa) na frente da gente, no elevador da torre da Prefeitura de Praga, e ainda teve a pachorra de falar para a gente ir de escada. Fora lá em cima ela entrando na minha frente falando pra eu comprar o ingresso e eu já tinha. Afff! Ali eu me irritei. Ontem no Camp Nou uma outra idiota tentou fazer a mesma coisa com seu bando de pinguins (eles parecem pinguins andando junto, hehe). Fora aquele de Munique, ah, como eu odeio aquele cara e suas piadinhas imbecis. Pronto, desabafei, hahaha.

761564DB2219AC68174A9CAF0E60F36F.jpg

A entrada para ver a coleção permanente do Museu Picasso custa €11. Olha só, tá certo que eu não entendo lhufas de arte, mas eu nunca vou entender essas pessoas que param na frente de um quadro e ficam 479h olhando pra ele. Eu achava que era só olhar, ler a plaquinha do lado e seguir, rsrs. Continuo achando, hehe. Lá dentro, passei a excursão de japas. Vamos ao que eu gostei: 1) descobri que Picasso não pintava só aqueles rostos quadrados (como chama essa fase? Cubismo? Impressionismo? Vanguardismo?), tem quadro de gente normal também; 2) na exposição tem aqueles bloquinhos com rascunhos de desenhos, sei lá, achei legal, que nem a gente vê nos filmes; 3) a forma que a exposição é feita é bem legal, vc vê como Picasso era um cara que oscilava, mudava muito seu estilo, assim, meio "polipolar"; 4) apesar de boa parte da exposição ser em sala moderna, em algumas partes dava pra ver que era um palácio, que eu super adoro. Inclusive, uma das salas tinha uma exposição não sei do que, porque eu só via a sala. Tipo sala de palácio, toda rebuscada. Depois eu fui me informar e fiquei sabendo que o museu ocupa 5 palácios medievais: Meca, Berenguer d'Aguilar, Baró de Castelet, Finestres e Mauri. Enfim, valeu!

90_760518F72219AC6817F930142F838169.jpg

Quando eu saía do Picasso, quem é que chegava? Mais uma excursão de japoneses seguindo o guia. Ah, mas excursão de japoneses é bonitinha, rsrs. Saí pela Carrer Montcada. É uma rua medieval da Cidade Velha que consta no guia da Folha. Dizem ser a rua mais medieval de Barcelona. Bom, os palácios do Museu Picasso estão ali, então deve ser mesmo.

90_7604ADE82219AC6817224F7BB8BE05CD.jpg

Dali, parti para o lado das praias. Parece que, até as Olimpíadas, Barcelona não ligava para as praias, eram áreas decadentes. Aí, vieram os jogos, reconstruíram a área e se tornou um lugar atraente, especialmente à noite. A praia em si não tem nada de especial. Mas dois lugares vale destacar. Primeiro, a Barceloneta. Aqui foi uma vila de pescadores muito pobrinhos. A praia, como eu disse, não tem nada de especial. Parece que tem muito restaurante, bar e pub, então à noite deve ser legal. Balada então, deve ter aos montes, mas a idade não me permite mais, hahaha. Segundo, o Porto Olímpico. Construído para os Jogos Olímpicos em 1992, essa área ficou parecida com o Píer do America's Cup em Auckland. Ou Darling Harbour, em Sydney. Ficou show de bola. Tem os píers com 37697 barcos, e por fora, uma penca de restaurante, balada, cassino. Vale dar uma passadinha. Aqui ficava a Vila Olímpica também.

760585742219AC68175E5E744350C75E.jpg7605F4FB2219AC6817520CBFF374F13E.jpg

Seguindo o caminho, depois de passar pela Barcelona moderna, passamos pela Torre Agbar. Que além da arquitetura moderna, não tem importância nenhuma, hahaha.

90_764E31EC2219AC681700F5CE9B95E282.jpg

Próxima parada, a mais esperada. Sabe quando vc diz que algo vale por mil? Pois é, a Sagrada Família vale por mil. Só passando pela fachada da Natividade (a que tem menos obras), já é de arrepiar. Desci pela rua de trás, a fachada da Paixão. Meu amigo, a fila pra comprar ingresso era escatológica (existe isso)? Ainda bem que eu comprei on line. Falando nisso, o ingresso para a igreja e uma torre custou €19,30. Compra no site visit.sagradafamilia.cat. Escolhi a torre da Natividade, pois vi na internet que é a mais legal. Ah, se vc escolher fazer uma torre, tem que combinar horários. Por exemplo, eu comprei a entrada da igreja para às 11h45, e a torre para 13h30. Aí posso ver tudo com calma, sem correria. Esse é o ponto alto de Barcelona, oras.

270_760665502219AC68170064E767287814.jpg

Não tinha dado meu horário, fui no Carrefour comprar algo pra comer, almocei por €3, haha. Subi as escadas e tinha 1,5 milhão de pessoas tirando fotos da fachada. Meu, baixa a guarde e aproveita um pouco, né? Veja com os olhos, não pela tela da câmera. Esse recado serve pra mim, uahahaha. Sem guia, sem audio guia. Só eu e Deus! Vamos? Antes, olha aí a Sagrada Família na entrada pra me receber:

90_7606D3542219AC68174189CD63EBBC21.jpg

A Igreja é super mega power mais legal por fora do que por dentro. Não que por dentro seja sem graça, muito pelo contrário. É diferente! Diferente de tudo quando é igreja que eu já vi na vida. E olha que mundo afora eu já vi várias. Por exemplo, Catedral de São Vito, em Praga. É de babar por fora e por dentro é bege. Só baba se for de sono. Aqui não, ela tem uns troços muito doidos. Não vou dar uma explicação técnica que eu não sei. Tem uns vitrais meio, sei lá, haha. Difícil explicar, viu. Não tem forma de nada, mas fazem um jogo de luzes fantástico. Eu sei que dentro não tem nada em obra, se tinha, acabou.

90_764FCDEA2219AC681705C7AD57198D79.jpg90_765056652219AC681714CD5BE8037B4F.jpg

A fachada da Natividade é por onde entrei. É a mais conhecida, e não tem obra nela. Se vc comprar o ingresso pela internet, vá direto para o lado da fachada da Natividade. É a completa, não tem erro. As esculturas lembram um pouco as das igrejas italianas. Eu imaginava algo diferente nessas partes das torres, sei lá, parecia algo derretido, hahaha, mas não tem nada a ver. É mais legal do que eu achava. Também não pergunta porque eu não sei explicar. Olha a foto, oras... Hehehehe...

90_764EE5272219AC68175D5009D5053D3C.jpg

A fachada da Paixão está em obras. Essa parte foi concluída por Josep Maria Subirachs, discípulo de Gaudí, que chegou a fixar moradia aqui. É uma fachada mais moderna, meio, como posso dizer, caricaturada. Ali está contada a história do nascimento, morte e renascimento de Cristo. Por isso o nome Paixão.

90_764F4B122219AC6817EE8C7518F4540D.jpg

Dali, desci para o Museu, embaixo da nave. Ali está contada um pouco da história da construção da Catedral, mas parece que hoje ela é considerada Basílica também. Tem uma oficina de réplicas da fachada e tem os rascunhos, que eu acho mega legal. Claro, como ponto principal da cidade, estava infestada de excursões. Hoje é meu dia de esbarrar com elas. Nesse exato momento, eu estou cercada por uma. Socorro!!!! Ufa, se afastaram. Acho que estou com pânico de multidão... Rsrs... Eu tô é impaciente com excursão hoje, acho que descobri mais uma fobia, rsrs. Olha como um excursão é engraçada, todo mundo paradinho olhando pro mesmo lado, ouvindo o que o guia tá falando...

7689A5712219AC6817D6145A3A09888C.jpg768A3DCE2219AC68171CB8383710A986.jpg

Entrei na nave de novo em busca de uma chance de ver a cripta. Não vai rolar, só por baixo do altar deu pra ver uma "capela", onde está enterrado Gaudí. Nada mais justo pro homem que criou uma obra tão doida como essa. Só que o cara morreu atropelado por um bonde. Seria cômico se não fosse trágico. Ok, 13h30, hora de subir na torre. Vam'bora?

769169E22219AC68176CB584EDBF2BF9.jpg

Subi com mais 4 pessoas, sendo duas japinhas. Japa é engraçado, quando eles veem algo bonito eles falam: "Ohhhhhh", rsrsrs. Chegamos! E eu não entendo porque eu me desafio assim. Tenho fobia de altura assumida e vou num lugar alto, hellooooo. A vista nem é super power up assim. Até porque o legal é ver a Catedral, e não ver da Catedral. By the way, valeu pela emoção. Atravessei a ponte que liga as duas torres e comecei a descer pelo outro lado. Pensa numa escada estreita, super claustrofóbica. Olha outra fobia aí... Aí teve duas sacadas, mas a primeira eu não tive coragem de ir, na segunda eu fui. Meda!!!!! Tirei a fotinha e vazei, fui descendo os 364 degraus. É, a brincadeira era séria. E a hora que sumiu todo mundo e eu não tinha certeza se estava no caminho certo, ahahahaha. Cheguei! Ufa! Olha só a escada...

7607BA0F2219AC6817EFBFA4596D2CE7.jpg
760748FF2219AC6817FCD05D28FC82BC.jpg

Saí mega feliz e satisfeita. Encarei meus medos e visitei essa catedral show de bola. Eu só não sei de onde eu tirei que foi aqui que se casou a Infanta Cristina. Lembro que assisti a boda pela Sky em 1997, hahaha. Ah, os devaneios da adolescência, hehe. Corri pro busão, já eram 14h, eu marquei com a Fernanda às 15h na casa Batlló. No busão, passei pelo Parque Güell, passei pela Montanha de Tibidabo (adoro esse nome), e fui para o Quarteirão da Discórdia. Já falei sobre ele ontem, mas, vamos detalhar.

No nº 35 fica a casa Lléo Morera e foi o primeiro trabalho residencial de Lluís Domènech. O interior ainda é modernista. Não entramos.

270_76A269AF2219AC6817A5BF54A772AE8C.jpg

Passa-se duas casas, e vem a Casa Amatller, projetada por Puig i Cadaflch. É uma mescla de estilos. Entramos no térreo, era de graça, rs.

90_76A3B8AD2219AC6817A40BDBC75A01AF.jpg

Logo ao lado, a famosa Casa Batlló, obra de Gaudí, posso resumir como muito doida. Entramos e ficamos quase duas horas lá. Tem uns negócios que parece espinha de peixe nas sacadas, o telhado parece a coluna de um dragão, o interior foi inspirado no mar. Difícil encontrar linha reta ali. Coitado do engenheiro que colocou isso em pé, rs. Desafiei meus medos mais uma vez naquele telhado. Foi engraçado a Fernanda perguntando se eu não estava com medo, hahaha. Até ela já conhece minha fobia, rsrs. A entrada custa €21,50, mas consegui um desconto de €3. Sim, recomendo! Gostei mais do que La Pedrera.

7608435C2219AC68173294DC3E96E125.jpg
90_76A31B532219AC6817AD6211EFB9FF41.jpg

Depois de quase duas horas na Casa Batlló, seguimos para Casa Milà, mais conhecida como La Pedrera. A entrada era €16,50. Não tinha fila, foi tranquilo. Já falei da frustração da fachada estar coberta com um toldo pela reforma? Pois é, paciência. A visita começou pelo telhado, depois fomos pro atrium e por fim para um apartamento mobiliado.

76091D0C2219AC6817314B7B34A2EBD6.jpg7608A6982219AC6817F1C8D8A034871A.jpg

Pensa nos pés explodindo... A Fer não aguentou e foi embora depois, e eu? Eu também. Precisava de um banho antes de sair de novo, hehe. Dia claro, e eu no hotel? Oi? Saí eram umas 21h30. Claro, a rua tava bombando, dia claro ainda. Fui até a Plaça Catalunya. Até entrei no Hard Rock, mas voltei atrás, não tava a fim de gastar quase €20 numa salada e uma bebida. Na verdade eu queria um arroz com feijão. Desisto, voltei pelas Ramblas, entrei numa rua diferente, saí na Igreja de Santa Maria del Pi, me perdi (literal,ente), me achei (saí nas Ramblas de novo), parei num lugar, peguei uma salada e um franguinho pra take out e voltei pro hotel. Eram mais de 22h e eu confesso que estou cansada. Já são 3 noites dormindo mal, na quarta eu entro em colapso. Não vou me despedir de Barcelona ainda... Eu simplesmente vou ali e já volto!

P.S.: não vou ficar escrevendo tudo, senão os posts vão ficar mais mega super powers que já estão.
P.S.2: hoje teve folhado de alho poró no terceiro, droga. E eu aqui dando bobeira em Barcelona, droga. Pior que semana que vem não tem, na outra não vou trabalhar, só na outra. Droga, droga, droga! :-p

Publicado por Akemi Nomura 14:23 Arquivado em Espanha Comentários (1)

Barcelona - dia 2

Barça, Barça, Baaaaarça...

semi-overcast 18 °C
Visualizar 2014 Espanha no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Bom dia!!! Hoje o alarme tocou e eu não conseguia lembrar onde eu estava, rs. Isso é bom! Acordei com um barulhinho de.... CHUVA!!!!! Não!!!!! Já sabia que ia chover, mas... Chuva é um saco, atrapalha muito. Droga!!! Mas como diz a sabedoria popular, quem tá na chuva, é pra se molhar. Deixar de fazer algo por causa disso, acho que não, né? Pra isso eu trouxe guarda chuva e capa. Só preciso escolher bem os lugares onde ir hoje. Como o dia é longo, escurece só às 22h, dá pra pensar bem aproveitar o máximo!

Desci pra tomar café. É simples, como o lugar. Quem quer café pomposo não encontra aqui. Por mim, se tiver torrada e suco tá valendo. Então, vamos pra chuva. Lembrei de falar uma coisa, ontem, andando nas ruelas, nos deparamos com alguns artistas de rua. Atrás da Catedral de Barcelona tinham dois caras cantando Ópera. Puta show de graça, ou melhor, mais ou menos. Eles cantavam muito, então, foi inevitável deixar umas moedinhas ali.

4C27110E2219AC6817E41DFBFBB4251C.jpg

Ok, enrolei um pouco depois do café e saí já eram quase 10h. Parece tarde, mas a cidade estava morta. Muita loja fechada. E lá fui eu, de guarda chuva, subindo a La Rambla na direção da Plaça Catalunya. De lá, fui direto pro Camp Nou. Bom, falar o quê de um dos maiores times do mundo? De novidade pra mim é que foi fundado por um alemão. De resto, não que eu saiba tudo, mas sei o suficiente pra ter um respeito enorme por esse time. Paguei €23 pra entrar no museu e pro Camp Nou Experience. A visita no estádio é meio parecida com a do Maracanã. Você vai na arquibancada, depois desce pros vestiários, depois vai pro campo, aí vai pra tribuna de imprensa e termina na lojinha, claro. Mas são atmosferas diferentes. Torcer pra seleção não é a mesma paixão de torcer por um clube. Eu sei bem isso! Meu, o que foi aquela subida do campo até a Tribuna de Imprensa? Ahahaha... O bom de viajar é que vc testa seus limites. Sabe que pode muito mais, hehehe.

4AB5783F2219AC6817E90A038F3CCBD5.jpg

Ah, mas não saí sem antes passar pelo museu que eu tinha passado reto pra ir pro campo. Os diversos troféus do Barça estão lá. Desde chuteira de couro à chuteira de ouro. As bolas de ouro do Messi (o cara é phoda). Desfrutei do jeito que eu gosto, com calma, sem correria. Tem ambientes interativos, tem objetos de outros esportistas que torcem pelo Barça, tudo muito organizado.

4AC13A222219AC6817DFD6312DC5DFB7.jpg

A parte mais legal sem dúvida é a mesma do Maracanã, entrar no campo pelo caminho que os jogadores passam. Eles colocam um som como se fosse o canto da torcida, é bem legal. Até ajudei um palmeirense, olha só como eu estava de boa. Tirei umas fotos bem bacanas pra ele. Agora, eu vou dizer, sou meio patriota pra algumas (poucas) coisas. Ver a foto do Neymar gigante em uma das faces do estádio e ver os vários brasileiros que já passaram por lá dá um puta orgulho. Pra quem gosta de futebol é imperdível, pra quem não liga, é dinheiro jogado fora. Eu super adorei.

4AB6A6182219AC6817A6310BD82D7589.jpg

Saí, almocei por ali mesmo e estava um calor. Voltei pro hotel, tirei uma das três blusas que eu estava usando, peguei meu óculos e deixei o guarda chuva. Céu azul, vam'bora. Aí, pra me sacanear, começou a chover... Parecia praga! E eu estava indo pro Montjuïc, lugar aberto, que beleza. Mas aí papai do céu falou: "não, ela é legal", e parou de chover, rs. No caminho até Montjuïc, passei pelo Port Vell, Aduana, estátua de Colombo, tudo que vou falar mais tarde.

90_4B34427E2219AC68179CCC5655D09685.jpg4B33D9152219AC6817A1FA16C2B6E940.jpg4B334A932219AC6817679C82BE86DEA4.jpg

O Montjuïc tem esse nome porque havia ali um cemitério judeu. Hoje ele tem diversos atrativos, fato que começou a ocorrer a partir de uma Feira Internacional que teve ali em 1929. Lá no alto, está o Castelo, construído originalmente em 1640, destruído por Filipe V em 1705 e reconstruído para a família Borbón como uma Fortaleza. O funicular custa €10,80 ida e volta. A entrada do Castelo/Fortaleza custa €5. Além da construção maneira, lá têm-se uma visão da cidade de Barcelona bem legal.

4AD1E04D2219AC6817B749F1447A6BF5.jpg4AD264BC2219AC68173E7848C0D61D80.jpg

Lá de cima dá pra ver o Monte Tibidabo. Pra quem gosta de Friends, é impossível não lembrar da "cantada" infalível do Joey. Vou colocar um link pra ajudar lembrar quem não lembra, e informar quem vivia em outro planeta e não sabe, hehe.

http://friendstvshow.wikia.com/wiki/When_I_went_Backpacking_across_Eastern_Europe...

Subi de funicular com duas coreanas, acho que só uma falava inglês, e ela me explicou que se eu não comprasse a Sagrada Família pela internet, ia passar umas 3h na fila. Oi? Se eu sair daqui sem ver a Sagrada Família minha mãe me mata, hehe. Vou dar um jeito de fazer isso à noite. Isso que dá não querer planejar. Ah, subi morrendo de medo. Tenho pavor de altura. Tentei ir na Fundação Miró, mas estava fechada. Ufa! Rsrsrs... Mas tirei uma fotinha poética pra mostrar que eu vim.

4B1FA99D2219AC681709118D2198B3D4.jpg

Dali, fui para o estádio Olímpico. Esse estádio foi construído em 1936, foi ampliado em 1992 para os jogos Olímpicos e teve sua fachada neoclássica mantida. Lembra da abertura das Olimpíadas de Barcelona? Lembra que foi um arqueiro que acendeu a pira? Pois é, dizem que ele errou na verdade. Lá de fora você vê a pira. Meu, 22 anos é muito tempo mesmo. Achei aquela pira tão sem graça, rs. Logo atrás estava o Palau de Saint Jordi, lembra? Eu lembro. Foi ali que a seleção masculina de vôlei ganhou o primeiro ouro em esporte coletivo da história do Brasil. Ah, a pré adolescência, que saudade! Ahahahah...

4B11683F2219AC6817F1FCBDEC745B88.jpg4B11ED742219AC68171B18DEEE09FE28.jpg

Eu ia passar no Poble Espanyol (ah, esse catalão), mas aí eu percebi que esse negócio era tipo o Skansen. Tipo, conhece o Skansen? Não? Fica em Estocolmo! Não mesmo? Tá bom, eu explico. O Skansen é um museu a céu aberto que mostra as diversas formas que se vive ou viveu o povo sueco, tipo, casas, roupas, rotinas. O Poble Espanyol mostra como são várias partes do país. Por exemplo, a entrada é uma réplica reduzida das muralhas de Ávila. Aí eu pensei, pra quê ver réplica se eu posso ver o original. Aí desisti!

4B435E672219AC6817338ADEF95AAA2C.jpg

Outro lugar que eu passei foi pela Plaça Espanya (as pessoas vão achar que eu estou escrevendo espanhol errado) onde tem uma fonte, obra de um discípulo de Gaudí. Sabe o que é engraçado? Eu não entendo nada de arte, mas consigo ver diferenças entre as fontes italianas e espanholas, por exemplo. São estilos bem diferentes e meio parecidos, entende? Ahahahaha. Da Plaça têm-se uma vista show de bola do MNAC, Museu Nacional de Arte da Catalunha (em português dessa vez). Não entrei nesse museu porque eu sou xucra, mas achei super linda a arquitetura do prédio.

4B6261062219AC681777C1C0890B19B7.jpg4B62FDFE2219AC6817EF0AE6460578E6.jpg

Ainda na Plaça Espanya, tem um lugar chamado Arenas. Ali já foi uma arena de touros, que antes ficava na Barceloneta. Parece que os catalães não são muito chegados nas touradas (bom, eles nem se consideram espanhóis). Hoje é usado pra outras coisas, tipo, shows. O interessante é que, para reformar o lugar, eles precisaram levantar a fachada. Dá uma olhada na foto. Dá pra ver direitinho o concreto segurando a fachada mais alta. Que doido!

4B636FC62219AC6817FD3DD52382000E.jpg

Quando eu passava pelo exclusivo bairro de Pedralbes (onde morou a Infanta Cristina), a Fernanda me mandou uma mensagem me chamando para jantar. Eram 17h30 ainda, aí a gente combinou 19h30. Ainda deu pra passar pela La Pedrera e pelo calçadão da Discórdia. La Pedrera, ou Casa Milà, é uma obra de Gaudí. Explico melhor amanhã. Mas já deixo minha indignação, está sendo restaurada e tem um toldo cobrindo toda sua facha. Oi? A fachada que é um mega power atrativo. Fiquei frustrada! Tá certo que dá pra entrar, tá certo que dá pra ir no telhado, mas... Já o quarteirão da Discórdia, ou Illa de la Discòrdia, ou Mansanas de la Discordia, tem esse nome pela chocante discussão visual entre as casas Lléo Morera, Amatller e Batlló. Explico melhor amanhã, depois de visitar essa última.

4AB61EC12219AC6817EDA7B805F64DBE.jpg

Eu cheguei na Plaça Catalunya eram umas 18h30 e ainda parei num Carrefour pra comprar umas coisas pra mim e aproveitei e comprei o Lindt do Vini, já que ele está ameaçando me representar, ahahahahaha. Meu, no free shop custa uns US$22 o de 400gr, aqui sai €10,50. Oi? Já comprei! Vou ter que carregar pra Madri, mas tudo bem, rsrsrs. Nem sei se vou fazer free shop, viu.

Cheguei no local marcado 2 minutos atrasada, isso porque era do lado do meu hostel. Meu, esse hostel é super mega power bem localizado. Fui com a Fer na Plaça Reial, e erramos de novo. Comemos mal, rsrs. E tava bem frio e começou a chover, eita, rsrsrs. Terminamos de comer já eram 21h30. Apesar de estar claro ainda, ela tinha que ir porque o bairro dela não é tão movimentado, então, vai saber... Já falei que a Plaça Reial é bem legal à noite, né?

4BA99DE42219AC6817EA7857009A9C1C.jpg

Eu, bem, eu fui andar no frio da La Rambla. Fui pra baixo, dessa vez, na direção do Port Vell. Esse extremo da Rambla acaba na estátua de Colon, ou Colombo, feita em homenagem ao retorno de sua viagem em 1492. Aquela mesma dos livros de história e que eu falei ontem. Lembra? Ali está o prédio da Aduana, muito bonito, diga-se de passagem. O prédio do Porto de Barcelona também era muito bonito.

4BAB223F2219AC68174EE9636528AD46.jpg4BAB9F592219AC6817E3E6CD8E8F0A6C.jpg4BAC33B92219AC681722F6AE35C0BABD.jpg4BACAA3A2219AC681754424D615581AD.jpg4BAD2A3F2219AC6817AC1ADCC0F61F8B.jpg4BAD93A92219AC6817A8DC1235292176.jpg

Foram fotos de Barcelona by night, apesar de ser uma noite clara. Mas aí acabou a bateria da câmera, não sem antes de eu tirar umas fotinhas do Port Vell. Lá eu sei que tem bastante coisa, viu. Tem o terminal de passageiros de navios, tem a entrada de iate-clubes, lá no fim tem um lugar que eles chamam de Maremàgnum, onde tem restaurantes, bares, Imax, aquário. Meu, deve ser legal, mas já eram 22h e estava frio. Se eu burra tivesse achado a outra bateria da máquina que estava na bolsa, até arriscava ir, mas não achei. E usei o vento como desculpa.

Ah, antes de terminar. Já falei várias vezes da La Rambla, ou Las Ramblas. Até agora eu não sei se é singular ou plural. Só vejo escrito na rua no singular e nos guias no plural. BTW, esse lugar é o canal. Mega blaster legal! Tem gente toda hora, até quando não tem gente, tem gente. Tem cerca de 1km, vai desde a Plaça Catalunya até o Port Vell. Eu estou a 100m dela. Tem uma pá de restaurantes, baladas, bancas, souvenirs e gente. Como tem gente! Varia de 874.376 a 659.365 pessoas, normalmente. Tudo quanto é língua. Tem umas paradas legais ali que eu não vi, mas é que andar ali é uma delícia. Diz meu guia de turismo que ali corria um rio sazonal, quando a cidade chamava Barcino ainda, e era romana. Com o tempo, "secaram" o rio. Mega adorei ficar perto daqui.

4BBFB4DE2219AC681706F3DE813DF4CB.jpg4BC038412219AC68174BF77324D64732.jpg4BC0DBAF2219AC68175C03EE797081DE.jpg

Aliás, falando no hostel, já que recomendei, preciso falar duas coisas. Uma é que eles dão a chave na recepção do cofre, mas quando você sai a chave fica lá embaixo. Outra é que, como a Carrer Ferran tem muito bar e pub, tem sempre um bêbado gritando. Meu sono é pesado, então, não me incomoda. Mas pra quem tem sono leve....

Olha, eu tentei fazer um post resumido. Ontem eu escrevi demais. Mas foi por causa do voo. Tem um detalhes que eu nem coloquei pra não me estender demais. Tenho mais 1,5 dia em Barcelona, amanhã tem bastante coisa legal. Ah, consegui comprar o ingresso da Sagrada Família pela internet. Nada como um bom dispositivo e uma boa conexão na mão.

Hoje o tempo oscilou na mesma temperatura. De dia, fez 18 graus e eu estava com calor, de noite, fez 18 graus e eu estava com frio, rsrs. Acho que Barcelona é assim, imprevisível. Cheguei aqui sem criar muitas expectativas e estava achando ok. Hoje, estou terminando o dia encantada com essa cidade. E não acabou ainda...

P.S.: fiquei o dia inteiro com a música do RHCP na cabeça...

Publicado por Akemi Nomura 16:03 Arquivado em Espanha Comentários (0)

(Textos 1 - 5 de 6) Página [1] 2 » Próximo