Um blog do Travellerspoint

Austrália

Sydney, 21 de outubro de 2012

It's time to say good bye

sunny 23 °C
Visualizar 2012 Australia no mapa de viagens de Akemi Nomura.

stats.png

Parece estatística de Amazing Race. Bom, não deixa de ser. Foram 230mil km, e mais uma vez, estou indo pra casa. Conheci várias pessoas bacanas por aqui, me diverti pra caramba, dei muita risada, aprendi bastante, ensinei também. Ensinei aqui o que é saudade. Saudade do meu país, saudade desse país. Vontade de ir embora! Vontade de ficar mais um pouquinho! A gente aprende com as diferenças, e como aprende... Cada lugar diferente, cada pessoa diferente, cada cultura diferente, a gente nunca para de aprender.

2012-10-19_08_09_59.jpg

Muito mais do que a terra dos cangurus, a Australia é o segundo país na lista de IDH, só perde para Noruega. Com a grande vantagem do clima ser muito mais agradável do que em relação a Noruega. Tem seus pontos negativos, mas com certeza é o país que mais chega proximo da perfeição. Só tenho coisas boas a dizer desse lugar. Valeu Austrália! Valeu Sydney! Ate breve, muito breve se Deus quiser!!!!

It's time to say goodbye!!!

I had a really great time in Australia. I learned a lot, I laugh a lot, I sang a lot... I met amazing people that I will never forget. It was absolutely one of the most interesting experiences in my life. And I wish the best for all my new friends! And I want you to know that you can always count on me. If one day anyone of you decide to go to Brazil, let me know. I'll be glad to help you.

Saudade doesn't mean we are apart. It means that one day we were together.

Thanks Navitas! Thanks Sydney! Thanks Australia!

See you next time!!!

“Viajar é fatal para o preconceito, a intolerância e as idéias limitadas; só por isso, muitas pessoas precisam muito viajar. Não se pode ter uma visão ampla, abrangente e generosa dos homens e das coisas, vegetando num cantinho do mundo a vida inteira." (Mark Twain)

Publicado por Akemi Nomura 14:12 Arquivado em Austrália Comentários (0)

Melbourne - parte 2

Elegante Melbourne

semi-overcast
Visualizar 2012 Australia no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Melbourne é muito parecida e muito diferente de Sydney. Não sei dizer em quais aspectos seja parecida e em quais aspectos seja diferente. Gostei muito de conhecer essa cidade, não me arrependi de ter vindo. Recomendo que quem vier a Austrália, que conheça Melbourne. Mas, tenho que dizer, prefiro Sydney. Acho que o clima, o astral e as pessoas de Sydney se parecem mais comigo. Também entra na conta que o clima não ajudou, o que me atrapalhou de conhecer melhor a cidade. Mas o pouco que eu vi, valeu a pena.

Como já disse antes, Melbourne tem algo muito positivo, os dois serviços de shuttle gratuitos fornecidos aos turistas, o ônibus e o tram (uma espécie de bonde). Experimentei os dois, que funcionaram muito bem. Voluntários da terceira idade treinados para identificar um turista perdido, tipo eu, e dar as informações necessárias. Melbourne facilita muito a vida do turista despreparado, digamos assim. No Visitor Centre, que fica na Fed (Federation Square), tem mapas gratuitos disponíveis dos shuttles. Acho que foi a cidade mais receptiva de forma a facilitar a vida do turista que já fui. Venha pra Melbourne, a cidade merece essa visita!

485807_101..353685718_n.jpg

Tal como Sydney, Melbourne tem praças e parque lindíssimos. O verde dessas cidades é o destaque. Prédios modernos contrastando com antigos. Aliás, a arquitetura dos prédios modernos de Melbourne me impressionou bastante. Tem uns prédios muito doidos aqui. A cidade é limpa, com placas de identificação por todos os cantos, não tem como errar. Eu nunca tive problemas com mapas, mas pra quem tem, não tem como errar em Melbourne. E, tal como Sydney, a cidade transpira segurança. Pode abrir seu ipad na rua, andar com sua maquina digital mega poderosa pendurada no pescoço. Melbourne é segura, e essa sensação de liberdade dinheiro nenhum paga.

O ônibus tem 13 paradas definidas no mapa. E no mapa mostra-se o que tem por perto de cada parada. Perdeu o ônibus e não quer esperar, caminhe umas 3 quadras e já vai encontrar o tram. É muito fácil, no link a seguir tem o folheto com as indicações necessárias: http://www.thatsmelbourne.com.au/Documents/General/Tourist-shuttle.pdf

Essas são as paradas descritas no mapa:

Stop 1 Arts Precinct
É o distrito das artes. Região bonita, bacana, prédios modernos. A imensa National Galley of Victoria esta la. Pra quem gosta de arte, eh parada obrigatória.

Stop 2 Federation Square
208062_101..060118317_n.jpg
É uma praça modernérrima, com uns prédios bem malucos em volta. Fica em frente da estação de trem de Flinders, meu ponto de partida. Na praça fica o Visitor Centre. Há vários cafés e restaurantes. Tem wifi free na praça, o que me deixou muito feliz. No outro lado da praça fica a Catedral de St Paul. Catedral em estilo europeu. Ta aí, Melbourne é mais inglesa que Sydney.

Stop 3 Sports Precinct
Nao fui. Ficava um pouco mais afastado e o acesso do ônibus estava fechado por causa da maratona. Dava pra ir andando, mas, eu não quis, rsrs. Deve se bacana em época de Grand Slam, as quadras ficam pra aquele lado. Mas do Botanical Gardens dava pra ver um estádio super moderno, digno da arquitetura pra frente dessa idade.

Stop 4 Chinatown Precinct and Theatres District
Bacana, bem bacana essa região. A Little Bourke Street e uma ruela paralela a Bourke Street. Na Little Bourke fica uma concentração de lojinhas e cafes bem bonitinhos. Alem de algumas quadras serem a Chinatown de Melbourne. Tem vários teatros la, mas como eu não ia a peça nenhuma, passei batido.

Stop 5 Melbourne Museum and Carlton Gardens
306589_101..628473271_n.jpg
Essa é bem legal. Super recomendo! O Melbourne Museum é bem moderno, em contrapartida com o Royal Exhibition Building, que é um prédio histórico. Tem dois tipos de exibição, pra todos os tipos de gostos. E pra quem não gosta de exibição nenhuma, tem o lado de fora, que já vale muito a pena.

Stop 6 Lygon Street Precinct
É o bairro italiano. Super charmoso. Lojinhas, cafés, restaurantes. Isso aliado ao fato de opções de comida sem riscos. Comida italiana não tem erro! Não espere mais do que isso do bairro. É legal, mas nada de se surpreender.

Stop 7 University of Melbourne
Um pouco afastado. Os prédios da universidade são bem legais, mas, na boa, não valia a pena descer nesse ponto e ficar 30 min la, não tinha mais nada pra ver por ali. Vi do ônibus mesmo. Passei reto. Era meio forçar a barra descer ali.

Stop 8 Queen Victoria Market
Sem graça. Estava esperando um Mercado Municipal tipo de São Paulo, mas parecia mais uma feira livre, com direito a algumas barraquinhas vendendo quinquilharias pra turistas, nem desci. Era tipo o Victoria Market de Auckland, só que um pouco maior.

Stop 9 Waterfront City, Docklands
Essa região eu esperava mais. No mínimo uma Akker Brygde de Oslo, ou Pier do America's Cup de Auckland. Mas nada mais é do que um píer cercado de prédios residenciais. A arquitetura é moderna, bacana. Mas não tem nada demais. No final das docas tem um mega shopping centre. Não sei se estava mal humorada, mas não valeu a pena ter descido ali. Só parei para o café mesmo...

Stop 10 Docklands Stadium and Victoria Harbour
Victoria Harbour teria sido melhor se tivesse um dia ensolarado. O tempo não me ajudou muito. Mas o lugar é legal, eh uma parte super moderna da cidade. O estadio é o único com teto retrátil do hemisfério sul (pelo menos foi o que disse o guia). Aqui me aconteceu algo inusitado. Desci no ponto do estádio e um rapaz que desceu logo em seguida me chamou. Eu tinha esquecido minha câmera digital no banco e ele veio trazer para mim. Realmente, esse tipo de atitude me surpreende, o que é lamentável, pois reflete exatamente a forma que as coisas acontecem no meu país.

Stop 11 William Street
William Street, outra forçação de barra. Nada de muito especial ali. Se não tiver muito tempo, passe reto.

Stop 12 Southbank and Yarra River
400820_101..201534308_n.jpg
Cool! Bem legal, próximo à área dos museus. Arquitetura do lugar é fantástica. Daqui da pra ir caminhando a beira do rio Yarra. Muitos restaurantes, lojas, cafés, sorvetes, rs. Boa pedida para um fim de tarde. Parece a beira do rio Spree em Berlim, só que num ambiente mais moderno, menos histórico.

Stop 13 The Shrine and Royal Botanic Gardens
548241_101..406919803_n.jpg
Um dos meus lugares favoritos. O sol ajudou a melhorar meu humor. Shrine of Remembrance é um memorial aos homens e mulheres mortos em guerras. Fico pensando, esse povo briga, briga, briga, depois faz um memorial para se lamentar dos que se foram. Dizem que guerra é essencial para o equilíbrio da população, tanto quanto doenças, mas é um modo muito negativo de se ver a vida.

Em resumo:

Melbourne é uma cidade legal. Talvez mais legal no verão, talvez mais legal na época do Grand Slam, mas, independente de tudo, Melbourne é uma cidade que merece ser visitada. A Melbourne que eu conheci valeu muito a pena. Imagina então podendo ser melhor? Claro que o clima e a chuva atrapalham um pouco, mas dentro do possível, eu fiz o meu melhor. Valeu Melbourne! I'll see you soon!

Publicado por Akemi Nomura 16:35 Arquivado em Austrália Comentários (0)

Melbourne - parte 1

Informacoes basicas

overcast
Visualizar 2012 Australia no mapa de viagens de Akemi Nomura.

De Sydney a Melbourne

Aeroporto de Sydney

Saindo da escola no centro da cidade, fui pra Wynyard Station e pela bagatela de AU$16,80, fui de trem ate o aeroporto. O terminal doméstico do aeroporto de Sydney eh estranho. Quando desci do trem, passei a catraca (precisa do tiket pra sair), subi a escada rolante e estava no desembarque, onde ficam as esteiras. Tinha mala rolando na esteira sem mais ninguém. Eu acho muito estranho isso de todo mundo ter acesso as esteiras, mas... Bom, como ja tinha feito o check in, fui para o embarque. Ninguém me pediu a passagem ou um documento de identificação. Passei pelo raio x e fui para o meu portão. La imprimi meu cartão de embarque que estava no meu ipad e, no embarque, tambem, nenhuma identificação. Engracado isso!

Aeroporto de Melbourne - Avalon

Melbourne fica a mais de 1000 km de Sydney. Se nao quiser perder tempo, vá de avião. Consegui comprar uma passagem por AU$45, cada trecho. Com taxas, saiu AU$115 no total, ida e volta. Um barato que me deu um certo trabalho, vou explicar porque. Melbourne tem 2 aeroportos, Tullamarine e Avalon. Avalon fica a 55km de Melbourne CBD, e lá operam alguns voos low costs. E claro que pelo preco que eu paguei, onde mais que eu ia descer? Era longe pra caramba, estava super frio, o aeroporto eh uma porcariazinha, enfim.

Transporte Aeroporto/City

Se for pra optar fazer essa besteira, descendo em Avalon eh só procurar a placa de Airport Shuttle. Nao tem erro, vai quase todo mundo pra la. Tem duas opções, eu escolhi Sita Coaches, porque tinha mais gente, rs. O ônibus vai ate a Southern Cross Station, em Melbourne CBD. De lá da pra pegar trem fácil ou táxi. Como estava tarde eu optei pelo táxi. Ah, o ônibus custa AU$22. O táxi saiu por AU$25. Ta bom, estava cansada. Na volta vou de trem ate o centro onde eu pego o ônibus.

Em Melbourne

Hospedagem

Estou num hotel do tipo budget. Em outras palavras, hotel barato. Eu me arrisco a dizer que eh um dos piores hotéis que ja me hospedei na minha vida. Culpa da minha falta de planejamento. O hotel por fora parece muito bom, mas por dentro, parece moradia estudantil. Nao sou de muita frescura, da pra ficar aqui. Tendo meu quarto e nao precisando dividir banheiro, eu me viro. Mas que o hotel eh ruim, ah isso eh. Fica a 1km da estação de trem, que fica a 40 minutos do centro. Nao tem nada aqui perto. Pelo menos o retaurante do hotel da pro gasto e eu pude pedir uma pizza quentinha no quarto, o que coloca ele na frente do hotel de Oslo e de Paris. Eu nao aconselho ficar aqui nao, se puder planejar a vinda a Melbourne, com antecedência da pra conseguir um hotel mais proximo do centro. Mas se quiser ficar aqui assim mesmo, o nome do hotel eh Sleep and Go, fica no subúrbio de Preston. Por AU$70, a diaria, ta valendo.

Transporte na cidade

O subúrbio de Preston fica no limite da zona 1 de transporte da cidade, isso eh bom. Estou a cerca de 11km do centro e estou na zona 1. Em Sydney, estou a 7,5km do centro e estou na zona 3. Ponto pra Melbourne, passagem mais barata. Pra andar de trem aqui tem que ter um cartão que chamam de myki. Tive que comprar esse cartão, porque nao queria ir a pe pro centro, rsrs. Comprei o cartão diário, que posso usar a vontade por um valor fixo. Por exemplo, carreguei o myki com AU$10, e por AU$6,40 debitado do meu myki eu podia pegar o trem quantas vezes quisesse no mesmo dia na zona 1. No fim de semana, o valor a ser debitado, caso eu use (e vou usar), eh de AU$3,30 por dia. Tem que validar na entrada e na saída da estação. O rapaz da estação aqui de Bell Street foi bem bacana, saiu do guiche pra me explicar como eu devia usar.

Bom, ja chegando na cidade, um super ponto positivo pra Melboune. A cidade eh super preparada para o turismo. Pra quem nao se planejou, como eu, o ideal eh ir direto pra Federation Square. La esta a chave pra desvendar a cidade, o Tourist Information. Eles treinam varias pessoas da terceira idade pra trabalharem nas ruas dando informação aos turistas. Eu mesma fui interceptada por um senhor simpático devidamente paramentado com mapas, etc, e facilitou muito meu dia.

Dica de ouro: Melbourne tem dois serviços de Hop on Hop off absolutamente GRATUITOS. Um eh o ônibus e o outro eh o tram. O ônibus funciona a cada 20min, ate as 16h30, e o tram eh a cada 10min (na teoria, na pratica eh a cada 2 min), ate as 21h de quinta a sabado, e ate as 18h nos demais dias. Gente, nao eh demais, isso. Por isso que eu nao vi aqueles onibus vermelhos na cidade. Com um servico desse, nao tem pra concorrencia.

Publicado por Akemi Nomura 12:36 Arquivado em Austrália Comentários (0)

Sydney, 11 de outubro de 2012

Having the time of your life


Visualizar 2012 Australia no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Amazing! Essa quinta semana esta sendo muito boa. Eu que achava que ia ser um saco, estou adorando... Bom pela aula propriamente dita nao, estou sendo meio relapsa ate. Tem dois dias que eu nao apareco de manha. Mas mantenho o minimo de horas aulas definidos na portaria, sempre, rsrsrs.

Teve um dia que a gente saiu da aula e foi pra Darling Harbour. Escolhemos um pub e ficamos por la a tarde inteira ate terminar a noite, aonde? No Hard Rock Cafe. Ok, 3 vezes na mesma viagem eh o suficiente. Se bem que em 2010 eu acho que a gente foi 4 vezes, ne Cynthia? Ha em Darling Harbour uma churrascaria brasileira chamada Braza. Dizem que eh muito boa, mas muito cara. Bom, eu nao vim pra Sydney pra ir em churrascaria brasileira. E cara por cara, eu prefiro ir pro Brasil que a qualidade eh garantida. Mas, voltando ao assunto, foi bom sair da rotina turistica/estudantil pra ir pra algum lugar fora do kindergarden.

Outro dia era o chocolate day. Nao tomei cafe, almocei duas bolachinhas pra me dar o direito de ir no Max Brenner com o pessoal. Foi muito engracado. As vezes a gente nao se entende, mas 95% das vezes, a coisa funciona. A mesa esta ficando diferente, imagina a cena: brasileira, francesa, eslovaca, japonesa, sueca e chileno. Meu, a gente se entende. E ri muito.... A Domenika eh a eslovaca, ela eh muito engracada. Ela era a unica do nivel intermediario, e fala pelos cotovelos. Toda hora ela olhava pra ver se o Pedro ia corrigi-la. A Satoko continua nao falando nada, tadinha. Acho que ja fui assim um dia, ainda sou com grupos muito grandes. Achei engracado quando a Maeva virou pra mim e falou que sabia uma música em português. Adivinha? "Ai se eu te pago, ai, ai, se eu te pego". Logico que os demais da mesa tambem conheciam a musica, nao podiam ser diferente. Mas nos paises deles, porque aqui na Australia essa moda nao pegou. Acho que eh porque aqui eh longe de tudo, hehehe.

The Australian Heritage Hotel tambem foi um dos nossos destinos. La, os outros tomaram uma cerveja e a crianca que vos escreve tomou uma... coca zero! E depois de muito caminhar, e como caminhamos. Eu estava cansada pra caramba, ninguem decidia nada, meu humor mudou do modo happy pro modo unhappy. E quando eu fico unhappy eu fico irritada, e isso nao eh bom. Chegamos a uma regiao que eh uma especie de Chinatown de Sydney que tem varias opcoes noturnas. Passamos na frente do cafe que o estudante brasileiro foi morto pela policia. Estava lendo na internet que ele teria usado LSD naquele dia. Bom, tambem ja tinha lido que ele estava ilegal e era mentira. Da medo fazer pre julgamento, mas, se o cara realmente estava drogado, vamos combinar que ele fez besteira? Pra que fugir da policia daquele jeito? Claro que nada justifica a morte dele, mas que ele fez m***, ah ele fez. Bom, voltando ao assunto, paramos num Pub irlandes. A comida do pub irlandes? Schnitzel & chips. Acho que eu gosto mais da comida de boteco do Brasil. Mas tudo bem, por AU$7, estava otimo!

Eu fiquei meio frustrada na quarta. Fui ate a Apple Store, com dinheiro na mao pra comprar meu novo ipone, e descobri que nao da pra comprar sem antes faze uma resrva. Eu achava qe esse negocio de resserva era so antes do lancamento. Affff, disapointment! Mas eu vou continuar tentando. Nao acredito que o frenesi nao acabou ainda.... Voltei na Apple Store pra ter certeza da informacao e o cara disse que acha que em uns 3 ou 4 dias eu consigo. Espero que sim, meu tempo esta acabando.

Quer saber? Agora eu me arrependo de nao ter tentado ficar uns 3 meses. Agora que esta ficando legal, agora que estamos nos enturmando. Tudo bem que nem todos vao ficar, uns chegaram agora, outros estao indo embora. Mas esta legal, esta bem legal! Durante as aulas a gente esta rindo mais, talvez se entendendo melhor, ai as piadas fazem sentido... rsrsrs. O bom do avançado eh voce encontrar pessoas que falam bem a lingua, nao ha tantas barreiras. E quando aparecem algumas, a gente consegue desviar. Tenho conhecido varios brasileiros aqui tambem, as vezes a gente tenta falar ingles, as vezes a gente desencana. Tem uns desesperados tentando aprender o beaba, tem outros que falam super bem e estao aqui a passeio. Encontrei com o Leo no corredor (o cara de Brasilia, que esta em licença capacitação tambem) e estavamos falando em portugues ate a Sally passar e falar "Speak in english", rsrs. Ah ta! Com o Léo eu falo ate em aramaico.... Essa semana entrou uma brasileira na sala, eh a coisa mais estranha falar em ingles o tempo inteiro com uma pessoa que fala portugues. Percebi que ela fala muito parecido comigo, nao sei se eh bom ou eh ruim pra ela, rs.

Bom, chega de blablabla. To indo pra Melbourne! Quando as pessoas comecarem a trabalhar no Brasil nesta quarta, eu provavelmente ja estarei la!

P.S.1: E na torcida pelo Chile contra o Equador, senao o pedro vai matar o Frankie! #piadainterna
P.S.2: Sem fotos hoje,e stou com preguica...

Publicado por Akemi Nomura 21:41 Arquivado em Austrália Comentários (0)

Sydney, 08 de outubro de 2012

Fiesta

sunny 19 °C
Visualizar 2012 Australia no mapa de viagens de Akemi Nomura.

"Hoje o tempo voa amor, escorre pelas maos, mesmo sem se sentir. Nao há tempo que volte amor, vamos viver tudo que há pra viver, vamos nos permitir". Estou ficando marcada por ficar cantando toda hora. Às vezes coloco o fone no computerlab e começo a cantar sem perceber. Mas, e daí? Eh bom cantar.... Rs.

Quinta feira foi meu ultimo dia de aula com o Jeff. Uma lastima! O Jeff poderia ter sido nosso professor desde os primeiros dias. Adorava os desafios que ele me fazia, pra ver se eu ia cair num erro comum de brasileiros. Alguns eu cai, mas a maioria nao, hehe. Mas era bom porque ele ficava em cima da pronuncia. Fora que o cara eh super maluco e gente boa!!

Entao, a Beatriz foi embora. No final das contas, ela que era a mala, ficou sendo a legal. Mas tudo bem, eh a vida nesse vai e vem. Toda semana chega gente nova, toda semana vai gente embora. Demos uma volta pelo Botanical Garden, ultimo ice cream e bye bye. Fui encontrar com Sara no centro, mas como tinha tempo, passei na escola um pouco e encontrei com o Leo. Ficamos conversando ate a hora que eu tinha marcado com a Sara. Depois, fui correndo la pra Martin Place. Encontramos com o Glen no Queen Victoria Building e fomos andando ate o Hyde Park.

Botanical Gardens
Photo_04-10-12_07_37_11.jpg

No Hyde Park esta tendo um Festival Internacional de Comidas, mas basicamente eh um mercado de macarrão, com maioria asiática, claro! Estava bombando, nao tinha mesa, decidimos mudar. Sara sugeriu que fossemos ao Jamie's, restaurante italiano do famoso chefe inglês Jamie Oliver. Eu sempre quis ir num restaurante do Jamie Oliver. E adorei! Só que chegando lá a fila tava bombando, 1h30 de espera. Paciência, por esse eu espero. Deixamos e telefone e fomos para um pub. Meu, bebida aqui eh super tributada, ja falei? Uma garrafinha de Heinekein custa 9 dólares. Cigarro também eh, um maço de cigarro custa 20 dólares. Bom, eu nao fumo e nao bebo, entao, nao ligo.... Hehehe. Do pub, fomos ao restaurante e saboreei um delicioso macarrao a carbonara. E nem era tao caro assim, o prato normal de macarrão era cerca de AU$19. Para um restaurante do Jamie Oliver, ta barato!

Sexta feira, meu dia de folga. Sol rachando, nao tive outra outra escolha, fui pra praia. Decidi ir pra Manly, e la fui eu de busao pro ferry, e de ferry pra Manly. Tinha um casal de brasileiros tao toscos, mas tao toscos, que pareciam que esta am indo pro polo norte com o calor que estava fazendo na sexta feira em Sydney. Mas eles nao eram toscos por isso nao, eram toscos porque eram toscos e ponto final. Torci pro dia ficar mais quente ainda, e ficou.... Hehehe. Eu me joguei na areia e nao sei como aquele povo agüentava pisar na areia de tao quente. Teve uma hora que eu nao agüentei e pedi arrego, minha pressão caiu e fui pra sombra. Tomei agua, comi alguma coisa salgada (no gramado, na areia nao pode). E por la fiquei, ate tirei um cochilo, rs. Dormir na praia eh bom demais.

Quando olhei a praia de novo, estava bombando. E o calor estava infernal. Nossa, tava dando conta nao. E so chegava gente na praia, meio dia, 13h, cruzes. O lado bom eh que hoje nao tinha aparecido tubarão. Mas se aquele casal de brasileiro tivesse vestido pra ir pra praia ia torcer pra aparecer quando eles tivessem dentro d'agua, kkkkkkkkk. Bom, de sol e calor pra mim ja deu. Antes de ir embora, parei no Max Brenner e me dei o direito de ser feliz:

65BEA0592219AC68172442F63DB3BF65.jpg

Depois de um sábado melancólico, chuvoso e frio, o domingo amanheceu ensolarado. Friozinho, mas ensolarado. Tambem comecou no domingo o horario de verao. Isso significa que ja estou 14h na frente do Brasil. Mais um pouco eu passo... Rsrsrs. Ja dava pra ter disposicao pra sair. Festival Latino rolando em Darling Harbour, bora?

Photo_07-10-12_04_02_28.jpg

Era o 21 Festival Latino em Sydney. Nao sei se todos em Darling Harbour. Definitivamente Darling Harbour eh um dos meus lugares favoritos de Sydney, fica a dica. De dia ou de noite, sempre ha vida em Darling Harbour. E claro que nao ia faltar o balacobaco brasileiro. Outro dia descobri que uma musiquinha funk chule brasileira era conhecida nos Estados Unidos e no Chile (o Pedro e a Beatriz me falaram). Eu me recuso a escrever o nome, de tao baixo nivel que eh. Triste quando a gente tem tanta música boa, e exporta esses lixos. Maldita inclusão digital via Youtube!

Pois bem, ritmo latino eh ritmo latino. E as apresentações brasileiras nao deixaram nada a desejar. Estou pra dizer que foram as mais animadas e procuradas. Engraçado ver gringo tentando aprender a dançar lambada. Claro que nao podia faltar coxinha. Eu, que estava com o Glen e com a Sara, nao podia deixar de comprar. A apresentacao de capoeira foi bem legal. Legal ver como a Sara gosta da cultura brasileira. Lembrei do Jeff falando que parte a cultura brasileira e feijoada e guaraná, rs.

Photo_07-10-12_04_59_33.jpg

Domingo, dia de eleicao no Brasil. Ja vi o resultado do primeiro turno e fiquei muito satisfeita. Pela primeira vez desde que eu tirei o titulo eu votaria num candidato realmente acreditando. Que bom que vai ter segundo turno, as pesquisas estavam completamente distorcidas. Nao sei quando eh o segundo turno, espero que eu possa estar ai pra votar.

Quinta semana comecando, e eu que sempre fui uma fã do Visa Travel Money, talvez depois de hoje passe a nao ser mais. Hoje eu aprendi como sacar dinheiro direto da minha conta corrente. Tinha sacado dinheiro em Sao Petersburgo, mas so agora que eu entendi que na verdade la eu nao saquei da minha conta, e sim, do limite do meu cartão. Tudo bem que la estava literalmente tudo em russo, entao nao tinha certeza o que eu estava fazendo. Aqui eu fiz o mesmo procedimento de sacar do limite o cartão, porque fiz a opcao errada na tela. Ao inves de Cheque, escolhi Savings. De acordo com a maioria esmagadora dos blogs sobre o assunto, eu nao deveria fazer isso pois os juros sao exorbitantes. Bom, a principio eu discordo porque o saque que eu fiz na Russia me cobrou alem o valor do saque, um IOF irrisorio e um valor de R$12 por saque. Nao achei nada tao exorbitante assim.

Mas vamos la, pra sacar da conta corrente de um caixa cujas informacoes estejam em ingles: deve-se optar por withdraw e posteriormente por checking account ou cheque. O caixa do Commonwealth Bank me cobrou AU$3 pela operacao e ja foi debitado da minha conta o valor solicitado na cotacao do dia e o IOF de 0,38%. De duas uma, ou a cotacao do dia esta meio cara, ou tem mais coisa embutida ai. Achei meio alto o valor debitado. Mas quem sou eu pra discordar dos especialistas. Bom, nao estou muito a fim de ficar fazendo contas. Pode ser que seja vantajoso por nao oscilar o valor ate o fechamento da fatura, como seria o saque na opcao savings, que e o valor que sai do limite o cartao. Seja la o que for, nunca eh bom colocar todos os ovos na mesma cesta quando viajar, entao esta tudo dividido entre cartao de credito, cartao de debito, visa travel money e dinheiro.

Ah, eh bom deixar claro. Tinha lido num blog que eu precisaria ter um cartao de debito internacional. Isso me deixou confusa. Na verdade, a gente so precisa do cartão multiplo do banco, que tem a funcao credito e debito. Tem gente que nao usa a funcao credito, vai entender, rsrs. Mas serve assim mesmo, basta estar desloqueado para uso internacional. Na Australia o Commonwealth tem uma opcao de saque mais alta do que o St. George, caso seja necessario sacar um valor mais alto.

Bora la que ta acabando....

Publicado por Akemi Nomura 15:30 Arquivado em Austrália Comentários (1)

(Textos 1 - 5 de 23) Página [1] 2 3 4 5 » Próximo