Um blog do Travellerspoint

Austrália

Sydney, 21 de setembro de 2012

Day off

semi-overcast 18 °C
Visualizar 2012 Australia no mapa de viagens de Akemi Nomura.

E o tempo esta voando... Essa experiência esta sendo interessante. Confesso que nao tenho mais paciência de ir pra escola, estudar gramática, blablabla, mas conhecer outras pessoas de toda parte do mundo da forma que eu estou conhecendo esta valendo muito a pena. Acho que eh a vantagem de estar sozinha, acabo tendo que conversar com outras pessoas fora da minha "zona de conforto", como disse a Sally. Tudo bem que tem hora que eu me confundo toda. Na quarta feira no pub eu fui fazer o pedido no bar e virei pra Maeva e falei alguma coisa em português. A Maeva eh francesa, helloooooo.... Acho que eu pensei que estava numa viagem e tinha virado pra falar com a Cynthia ou a Regina, sei la, hehe. Outro dia no elevador eu ja ia falando em português com a Nicola, que eh alemã, tsc, tsc. Confesso que eu sinto falta de falar português de vez em quando, nesse ponto o Ricardo eh minha tábua de salvação na escola e a Junia em casa.

As aulas, bem, estao indo. Como sou part time, sexta feira eh meu day off. Nao tenho aulas. Quinta feira depois da aula fui andando com a Nicola e a Beatriz ate a Sydney Tower. Andamos bastante procurando algo que nao existe: uma forma de subir na torre sem ter que pagar. Pura inocência.... Pra subir na torre tinha que pagar AU$25. Besteira, depois da vista que a gente teve do Pilar da Torre, era chover no molhado. O bom eh que fizemos uma boa caminhada no shopping de cerca de 1h ou mais. Mas nao quis continuar andando sem rumo. Decidi voltar e acabou que as duas se dispersaram tambem. Voltei pra escola, atualizei minha vida on line, assisti uns videos de Gabriela... Sai da escola por volta das 17h e fiz uma parada estrategica no Max Brenner. Ja comprei os copos do Suckao que D. Neuza pediu, mais duas caixinhas de chocolate 100% para Sr. Mikio, e dois saquinhos de chocolate para o Suckao. A conta? Deixa pra la... So posso dizer que me fez achar a Kopenhagen barata.... Rsrsrsrs.

Agora, pensa numa pessoa viciada nas musicas do Abba. Aquela apresentacao da Orquestra Sinfonica de Sydney semana passada foi demais. Eu acordo cantando Abba, vou dormir cantando Abba. Procurei no youtube e achei um video da apresentacao do Abba aqui em Sydney em 1977 (nusss, nem tinha nascido, hehe). Minha musica favorita, tema da temporada 2012 na Australia:

Hoje eh sexta feira. Fiquei deitada ate umas 9h. Tomei coragem pra vir pro centro porque ue tinha combinado com a Nicola de almocar com ela, ja qu ehoje eh o ultimo dia dela. A previsao do tempo prometia sol e 26 graus. Eu acreditei nisso... tolinha!!!! Chuva e frio. Pro frio nem to ligando, mas pra chuva. Tinha planos de dar uma volta por Circular Quay, Hyde Park, tirar umas fotos com um dia ensolarado no fundo. Nananinanao. Nao vai ser hoje. Amanha tenho planos de ir ao Featherdale Wildlife Park (http://www.featherdale.com.au/). Algo parecido com o Koala Park. Acho que eh ate um pouco melhor. Amanah havera outra manifestacao aqui no centro, entao vamos para fora da cidade que eh mais seguro. A ultima foi meio violenta, algo sobre um filme que insulta o islamismo. Nao sei, to meio por fora. A Beatriz tem passaporte americano, deve deixar no apartamento amanha. O sentimento anti-americano paira no ar.

Acho que o sol esta saindo la fora... vou dar uma volta!!!!

Bjs e boa sexta que ainda nem comecou pra vcs...

Publicado por Akemi Nomura 20:20 Arquivado em Austrália Comentários (0)

Sydney, 20 de setembro de 2012

Harbour Bridge Day

sunny 19 °C
Visualizar 2012 Australia no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Que dia agradavel foi ontem. Eu acordei com preguiça de levantar, admito! O jet lag ja nao me afeta mais. Estou dormindo em horario normal e nao conseguindo acordar quando deveria, rs. Perdi o onibus das 7h15 pela primeira vez. Peguei o das 7h30. Tranquilo, cheguei 10 minutos antes ainda. Na calcada encontrei com a Nicola. Subimos juntas, deixei minhas coisas e fui para o computer lab. Pra enrolar, eh verdade. Toda aula a professora comeca fazendo perguntas, cansei, resolvi fugir. Cheguei atrasada e sai ilesa disso, hehe.

Acho que estou entendendo melhor quando as pessoas falam comigo. Mas nao acho que esteja falando melhor. As aulas de gramatica eu admito, detesto!!! Sempre detestei e sempre vou detestar, seja ingles, portugues, aramaico, nao importa. Confesso que elas ja estao me cansando. Beatriz entao... Ate a Nicola ja esta ficando incomodada com o tanto que ela reclama. A cara que ela faz a cada vez que a professora propoe um jogo ou um exercicio de gramatica/vocabulario. Eu nao sei se eu me irrito ou dou risada. Bom, com 7 bilhoes de pessoas no mundo eu nao vou deixar apenas uma estragar meu dia...

Ontem a escola promoveu um pequeno coffe break. Parece que um aluno japones caiu de uma sacada, nao sei de qual andar, e ficou paralisado do pescoco pra baixo. Eles fizeram uma rifa de um ipad e convidaram os alunos a participar. Eu comprei 5 tickets, por 2 dolares cada um. Encontrei o Ricardo no coffe break. Ele falou pra eu vender pra ele o ipad por AU$2, caso eu ganhasse. Aham, vai sonhando Ricardo.... Hehehe...

Essa historia do estudante japones eh muito triste. A Sally, nossa professora estava contando sobre um brasileiro que foi mergulhar no mar, porem tinha um banco de areia e ele bateu a cabeca, quebrou o pescoco tambem ficou paralisado. Gente, que coisa horrivel. No minimo deve ser um garoto de uns 17 ou 18 anos. Muito triste isso, saiu pra estudar, cheio de sonhos... Fui pro computer lab procurar alguma coisa sobre essa historia e acabei descobrindo que aquele estudante brasileiro assassinado aqui em Sydney estudava ingles na mesma escola que eu, a Navitas, so que na unidade de Bondi. E mais, ele foi morto pela policia na Pitt Street, que eh uma paralela da York Street, onde eu estudo. Tipo a segunda paralela depois da George Street. Putz, essa historia sim foi estranha. Nem sei como terminou, parece que ficou dito pelo nao dito.

Bom, chega de historia triste e de falar da Beatriz que nao para de relamar. Saindo da aula, fui com a Nicola, Beatriz e Maeva no museu no pilar da ponte. Na verdade, fomos ao deck de observação. Fomos andando ate Circular Quay e seguimos beirando a baia. Fomos tirando varias fotos pelo caminho e chegamos no pilar da ponte. Mas cade o diabo do museu? Pois eh, tivemos que dar a volta por The Rocks ate alcançarmos uma escadaria pra subirmos na ponte. Ate chegar na ponte ja se foi 1h de caminhada e uns 100 degraus. Depois mais uns minutos andando, adivinha? Mais 200 degraus ate o deck.... Hehehehe. Ainda bem que eles avisam antes. Mas depois de tantas voltas, ja eram 16h15, ou seja, foram 1h30 andando, tirando fotos, subindo escada. Nao íamos desistir agora.

Subimos uns 50 degraus e chegamos no local em que tínhamos que pagar. A entrada custa AU$15, porém a Nicola perguntou se tinha desconto pra um pequeno grupo de estudante. O cara nos concedeu e nós pagamos AU$8,50 cada. Bom ne? E fomos subir os 150 degraus restantes. Foi fácil, cansativo, mas fácil. Nada como os 306 degraus de Peterkirche. Esses sim foram de arrepiar....

Chegamos la em cima e o dia estava incrível. 360 graus de uma bela vista da cidade. Rodamos todo pilar, juntas, separadas, ate encontramos um rapaz alemão que nos brindou com a foto abaixo. Bela recordação!

330950_101..44347_o.jpg

The Rocks eh uma regiao antiga da cidade, com varios restaurantes e pubs, além de ser um ambiente super agradável pra uma caminhada. Foi aqui em The Rocks que Sydney começou. Descemos e nos permitimos parar num pub por aqui, comer uma pizza (pequena) e um refrigerante. E continuamos batendo papo no fim da tarde. Uma brasileira, uma francesa, uma alemã e uma colombiana. Cara, isso eh uma troca de experiencia fantástica. Nenhuma eh nativa da lingua inglesa. Por mais dificuldade que a gente tenha, a gente sempre se entende. Acho que hoje foi uma das mais agradáveis tardes desde que cheguei.

large_340896_101..34548_o.jpg

Hoje sao 20 de setembro. Ja tem 12 dias que estou aqui, dos 44 que vou ficar. O tempo esta melhorando, frio de manha, friozinho de tarde e frio de noite. Parece que domingo a temperatura cai de novo! Aiaiai, where is the sunny Australia? Rsrsrsrs. Ta bom, nao chovendo eh o que importa. Parece que no Brasil esta quente pra caramba. Entao prefiro ficar aqui no meu friozinho gostoso, mergulhando embaixo do edredom todas as noites...

Hoje eu acordei com muita preguiça, cada dia mais. Parecia criança que nao quer levantar e ir pra escola. Mas levantei, digo mais, peguei o onibus das 7h05. Cheguei super cedo na escola, mas vou tentar evitar as perguntas da Sally. Ja sao 8h36 e eu ainda nao subi. A aula comecou ha 16 minutos, rs. Mas enfim, ja atualizei as fotos no facebook, algo realmente importante na minha vida, hehe, e ja vim aqui colocar meu querido diario em dia. No Brasil ainda eh ontem, em Amsterdam acho que ja eh hoje (certo, Karin?). Esse fuso me enlouquece as vezes. Ficar on line quando as pessoas estao off line eh muito esquisito. Por isso que eu me atraso na primeira aula, eh a unica hora que os horarios batem.

Bom, deixa eu ir porque eu preciso de ao menos 12h/aula por semana, vai que ela me da falta pela manha toda. Nao, a Sally nao faz essas coisas, com isso eu nao preciso me preocupar.

Boa noite pra quem fica!!!!

Publicado por Akemi Nomura 15:23 Arquivado em Austrália Comentários (0)

Sydney, 17 de setembro de 2012

Monday...

semi-overcast 15 °C
Visualizar 2012 Australia no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Um ponto importante a destacar. Michel Telo NAO CONSEGUIU atravessar o Pacifico!!!!!!!!! Isso mesmo, aqui na Australia ninguem conhece o hit "Ai se eu te pego". Fiquei pasma, um pouco desapontada, eu diria. Estava crente que ia chegar aqui pra ensinar a letra pros gringos (quero dizer, aqui eu sou a gringa). Pois eh, eu tambem nao fui no Brazilian Day domingo, passei o dia com os primos. Nao acredito que nao tenha tocado la. Devia ter ido, deve ter sido legal.

Outro ponto importante a ser destacado. Desde que eu cheguei aqui, dia 08 de setembro, eu ja vi 3, isso mesmo, TRES, homeless (sem teto). A situacao da Australia deve estar piorando, pois da ultima vez, em 2008 eu vi apenas 1, e dessa vez em apenas 10 dias eu ja vi 3. Caramba, ate o fim da viagem eu terei visto uns 12. E eh uma coisa louca porque eles dormem nas ruas, mexem no lixo, seguram cartazes com pedido de ajuda. Nunca vi algo parecido. Eh muito triste ver o ser humano chegar nesse estado deploravel. A economia aqui nao deve estar indo bem nao. Ainda bem que no Brasil as coisas vao indo de vento em popa, ne nao? #ironicfeelings

Domingo eu almocei com meus primos. Fiquei boiando quando o John falava comigo. Mas o Glen estava la pra me salvar, hehehe. Thanks Primo! Com a Sarah eu nao tenho dificuldade nao, as vezes eu nao entendo mas ela me explica de outra forma e fica tudo certo. Bom, domingo foi um dia quieto, como diria meu colega espanhol Fran. Acho que a pessoa que mais leva a serio as aulas, tipo, ele veio com a familia tentar a vida na Australia, precisa aprender bem pois pra ter um bom emprego ele depende disso. Juntando o Fran com o trio asiatico (a japonesa Satoko, e as koreanas Hanna e Leah), o silencio eh completo. Karina, a brasileira, se foi. Pedro, o chileno, eh bem tranquilo, mas acho que ele acha que sabe demais. Parece sempre estar entediado. O arabe eu nem sei o nome, so o vi uma vez e o filho dele nasceu, entao so Ala sabe quando ele vai aparecer de novo. De resto sobraram eu, a Nicola, a Beatriz e a Maeva. Eu so nao falei da Maeva. Eh a nossa mascotinha. Tem 18 anos e veio sozinha pra Australia estudar e passear. Vai ficar 10 meses. Como esse povo eh desapegado, rs. Mas ela eh uma graca, vamos eu, ela e Beatriz no Koala Park no sabado.

A aula de segunda foi legal. Teve uns joguinhos que fizeram as coisas ficarem menos com cara de aula de ingles. Na hora do almoco fui com a Nicola no banco, ela estava na duvida de como sacar dinheiro. Depois almocamos na Food court de Margareth Street e voltamos pra aula. Depois da aula fui pro computer lab fazer um pouco de Lyrics Training com musicas do Abba. Estou viciando. La conheci o Ricardo. Ele sentou do meu lado e viu eu rindo sozinha da derrota do Palmeiras. Ricardo eh brasileiro, de Sao Paulo. Veio com o filho de 19 anos pra Australia e vai ficar aqui 4 meses com ele, depois ele volta e o filho fica ate completar 1 ano. Acabou que ficamos batendo papo ate umas 18h.

Hoje a Junia (minha prima) vai trabalhar ate mais tarde. Cheguei em casa com fome, e ela tinha deixado a janta pronta. Que fofa! Claro que lavei tudo depois, deixei a cozinha organizada e limpa, viu mae? Rsrsrs. O povo ta acordando no Brasil, e eu ja estou comecando a bocejar aqui. Hora de tomar banho e pensar em ir dormir. Estou comecando a ter dificuldade de acordar as 6h. Entao melhor eu dormir cedo....

Apagando as luzes, saudacoes corinthianas e boa noite!!!

Publicado por Akemi Nomura 02:57 Arquivado em Austrália Comentários (1)

Sydney, 15 de setembro de 2012

Taronga zoo

sunny 16 °C
Visualizar 2012 Australia no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Gente, o que foi aquela apresentacao com a Orquestra Sinfônica de Sydney e o grupo finlandês Rajaton?? Aquele final tocando Dancing Queen foi demais. Eu estava de pe, de olhos fechados, cantando sem saber quase nada da letra.... Hehehe... Nao tem problema porque a parte mais importante eu sabia: "You can dance, you can jive, having the time of your life....". Bom, sai de la feliz da vida. No Circular Quay eu me despedi da Nicola e fui andando pro meu ponto.

Parei no McDonald's porque eu estava morrendo de fome. Comprei uma caixinha com 6 nuggets e fui pro ponto de ônibus. Imagina a cena, eu comendo Mcnuggets com molho barbecue no ponto de onibus no centro da cidade as 23h. Pois eh, aconteceu. Sei que alguns irao duvidar, mas aconteceu. Como estava tarde, o onibus ia demorar um pouco, fiquei fuçando meus emails e facebook, ja que tinha achado uma rede wifi de graca nas redondezas. Quando que no Brasil eu estaria as 23h no ponto de onibus no centro de uma cidade grande como Sydney mexendo na internet do meu celular? Putz, nessa hora eh dificil ser brasileira... Olha so, tem lugares em Sydney que sao meio esquisitos, que eu nao andaria a noite sozinha, claro. Mas estar no centro a essa hora esperando onibus sem ter medo me da uma sensacao de liberdade tao grande...

Acordei cedo no sabado, 6h20. No Brasil ainda era sexta as 17h20. Nossa, eh tao estranho isso, rsrsrs. Quando eu estou on line no ta todo mundo dormindo, quando eu estou dormindo, esta todo mundo online. Quero dizer, menos a Cynthia que nao dorme mais e a Karin que esta 5h mais perto de mim, rsrsrs. Cheguei as 9h no wharf 2. Como se traduz wharf? Eu nao sei, acho que eh pier, ou algo parecido. Ja comprei meu ticket do ferry e fui dar umas voltas. Pouco depois ja encontrei Beatriz, a colombiana que ja tinha falado antes.

Beatriz esta de mal com a vida. Tudo esta dando errado pra ela, eu entendo, mas ela nao faz nada para mudar. O lugar que ela esta hospedada eh ruim, o curso nao agrega muito para ela, blablabla. Ela sabe falar, mas tem um sotaque latino muito forte. E estar numa sala com outras pessoas que nao tem uma boa fluência nao ajuda muito. Bom, estou tentando dar uma forca pra ela, mas se ela nao se ajudar, fica difícil.

Bom, o grupo se formou com um certo atraso e fomos para o Taronga Zoo. Eu ja tinha vindo aqui em 2008, mas ia aproveitar a visita com outros alunos pra conversar. So que o grupo foi se dividindo e quem acabou me acompanhando no zoo foi...Beatriz. Tudo bem, nao foi de todo um mal. No fundo eu tenho pena dela, nao deve estar sendo facil. Seguindo em frente, nos concentramos na parte da Australia Selvagem, que era o que interessava. Fui ver equidnas, ornitorrincos, cangurus, coalas... Nada de elefantes, girafas, macacos, etc. A parte dos cangurus foi meio decepcionante porque estaa em reforma a area dos Red Cangurus, que sao grandes, e so vimos mesmo os wallabies, que sao pequenininhos. Os coalas estavam dormindo, pra variar. Uma hora um deles acordou, acho que queria dar uma volta porque ficava andando entre uma porta e outra. Ah, e pra tirar foto com o coala de perto tem que pagar 19,90 dolares para ate 4 pessoas. Em 2008 eu paguei porque nao conhecia o Koala Park, conheci depois. Sobre o Koala Park eu calo depois. Nao quis pagar e Beatriz achou muito caro.

A parte mais legal sem duvida foi o Diabo da Tasmania. Como eh engracado ver o bichinho. Nao se parece em nada com o Tas da Disney exceto pelo som que emite e por ser meio maluquinho. Eles estavam brigando por comida e ficava um corre do atras do outro, tomando a comida. Ora um, ora outro tentava se esconder. A briga so parou quando um que estava correndo atras percebeu que tinha outro pedaço de carne jogado la dentro. Mas ate isso acontecer, foi bem engracado.

Photo_15-0..3_36_26.jpg

Bom, fomos em busca de algo pra almocar porque o interessante ja tinha sido visto. Pensa numa pessoa culpada pelo almoco ter sido frango assado com batata frita. Tinha muita batata frita... Estou seguindo os ensinamentos do Ze Mario: "Abusou? Salada Matrix". To pensando na salada matrix, hehehe. Como aqui nao tem essas coisas, minha janta vai ser uma maca ou banana mesmo. Ta valendo, Ze?

Bom, voltamos para Circular Quay. O sol esta uma delicia, acho que esta a uns 16 graus, mas no sol estava muito bom. Chamei Beatriz para caminhar no outro lado de Circular Quay, ate os "pes" da ponte. Paramos em alguns lugares pra descansar e fomos ate a area verde perto da Harbour Bridge. Bom, foi uma boa caminhada, na volta, pra dar mais uma surra na minha consciencia, 2 bolas de sorvete!!! Pronto, acabou meu dia. Comida agora, so amanha no almoco, rs. Dai fui andando com ela pela Pitt Street ate meu ponto e ela seguiu em frente ate Martin's Place. Decidi voltar para Circular Quay, achei um solzinho no gramado, estendi minha canga com a bandeira do Brasil e ali me joguei por cerr a de 1h, onde escrevi algumas linhas desse post. Foi um fim de tarde agradavel ate o sol sumir e eu comecar a sentir muito frio. Levantei acampamento e fui pro ponto pegar o meu querido 343.

Acabou o dia? Nao!!! Fui lavar roupa.... Ehhhh, acreditem se quiser!!! Bom, estou pront pro domingo, dia mundial do tedio!

Publicado por Akemi Nomura 17:56 Arquivado em Austrália Comentários (1)

Sydney, 14 de setembro de 2012

"You can dance, you can jive, having the time of your life"

sunny 12 °C
Visualizar 2012 Australia no mapa de viagens de Akemi Nomura.

E a semana acabou!!!! Passou muito rapido. 7 dias atras a essa hora eu ja estava voando sobre o Atlantico a caminho de Joanesburgo para a nao mais longa, mas com certeza a mais cansativa viagem que ja fiz. Minha sexta feira ja foi, no Brasil ainda esta comecando, ou melhor, nem comecou. Aqui sao 16h16, no Brasil sao 3h16 da madrugada. Todo mundo dormindo o soninho dos justos e eu aqui ja escrevendo. Quero dizer, talvez a Cynthia esteja acordada, vai saber... rs.

Esse blog esta com muita cara de um "querido diario", ne? Minha ideia inicial era colocar informacao sobre o lugar que eu estou visitando, dicas de viagens, enfim... Acho que como ja vim aqui, nao tenho muita coisa a acrescentar nao. E como estou viajando sozinha, com outro escopo alem do turismo, acaba que eu nao tenho mesmo muito a acrescentar de dicas. Entao, pra eu nao ficar com a consciencia pesada, vou tentar separar melhor os assuntos. Como eu ja tinha escrito sobre Sydney da vez que eu tinha vindo aqui em 2008, vou colocar o link pra quem quiser ler:
http://anomura.travellerspoint.com/37/

E complementando as informacoes sobre a cidade:

Transporte publico
Eu so falo dos onibus porque eh a principal forma de transporte por toda a cidade. Existem os trens tambem, pra quem vai ficar nos suburbios mais distantes do centro. Nao ha metros na cidade, algo que me faz muita falta. Sydney eh uma cidade muito "espalhada". Nao ha grandes concentracoes de predios residenciais na cidade, ha sim muitas casas. Entao a cidade de uns 4 milhoes de habitantes ocupa uma area muito grande, o que dificulta qualquer tentativa de caminhar entre um ponto e outro e ir toda hora pro ponto de onibus, vamos combinar, eh um saco. Voce tem que ficar indo atras de informacao de qual onibus pegar, onde descer, etc. Como uma cidade entrecortada pelo mar, um dos meios de transportes muito usados eh o ferry. Claro que nao eh muito barato. Por exemplo, se voce esta a turismo, por favor, nao va se hospedar em Manly. Eh longe e caro o transporte todo dia. Ah ta, deixa eu falar antes que eu esqueca. Existem onibus que, apesar de nao estarem sinalizados como pre-pagos, o ponto d eonibus esta sinalizado. Entao, na hora do rush, ou peak time, nesses pontos no centro da cidade so embarca quem tiver o cartao. E o cartao eh facil comprar, tem em tudo quanto eh canto.

Mao inglesa
Essa maldita mao inglesa vai acabar me matando. Parece a coisa mais idiota do mundo, mas os carros trafegarem em mao invertida pode ser muito perigoso. Portanto naqueles cruzamentos em que ha sinal de pedestre eh realmente aconselhavel que se respeite, porque a gente se perde totalmente e nao sabe de onde podem vir os carros. Nas ruas que nao tem sinal de pedestre, eu redobro a atencao. As vezes tem gente que atravessa com o sinal vermelho pro pedestre, mas, como disse minha amiga Nicola, da Alemanha, "eles sao residentes, nos somos estrangeiras, vamos esperar". Hoje manha fui fazer uma caminhada e num cruzamento sem sinal de pedestre cheguei a por o pe na rua e levei um baita susto. Olha que era uma rua pequena, sem muito movimento....

Hospedagem
Eu sei que os hoteis aqui em Sydney sao bem caros. Nao tenho muita ideia porque sempre fico em casa de parente. Tambem sei que a maioria nao tem wifi, voce tem que pagar a parte e eh bem caro. Nao posos dar muitas dicas de hospedagem ams de localizacai, isso eu posso. Se puder ficar nas redondezas do Hyde Park ia ser perfeito, apesar de eu achar que deve ser bem caro. Se puder ficar perto de Martin's Place entao, melhor ainda, porque ali esta perto da estacao de trem, da Elizabeth Street e de Circular Quay. Para mortais ficar do lado de Circular Quay deve ser meio impossivel. Pela localizacao, deve ser caro pra caramba. Se bem que Martin's Place tambem deve ser. Bom, fica de dica entao o lado oposto do Hyde Park. Acho que a Nicola esta hospedada por aqueles lados, entao, deve ser algo acessivel para viajantes.

Agora vamos para o meu querido diario de novo:

Estou dormindo horrores, Ontem eu dormi as 20h e acordei as 6h. Ja nao posso ficar colocando a culpa no jet lag porque ja faz uma semana. Tudo bem que dizem que a gente precisa de uma noite pra cada hora de fuso, como estou 13h na frente do fuso do Brasil... A minha ideia era lavar roupa, mas quem falou que eu conseguia levantar da cama. Fazia 8 graus la fora (ca estou eu falando do clima de novo, Cynthia, rsrs). Eu vi na internet que no Brasil esta quente pra caramba. Entao deixa eu com meus 8 graus e bastante cobertor que ta tudo certo, rsrs.

Eu tambem nao me entendi muito com a maquina de lavar roupa, pra variar. Pra usar essas coisas precisa fazer faculdade, muito dificil, nao consigo! Hehehehe. Como a Junia tinha ido trabalhar, resolvi deixar para domingo mesmo. Entao so me restou fazer uma coisa: Supermercado. E la fui eu, de mochila nas costas, a caminho do Woolworth. Adoro falar esse nome. Mais legal que esse eh falar Aurora meio "inglesado". Separando em silabas para ficar mais facil seria o seguinte (primeiro "o" com acento agudo, nao tenho acento no teclado aqui, e ultimo "r" com o som de "fora"): OR-ROR-RA.

Depois do supermercado, voltei pra casa, deixei as coisas, almocei e sai de novo. Fui na News Agency comprar outro cartao de novo e percebi que na minha ultima viagem de ontem a maquina do onibus nao tinha marcado no cartao. Nao tinha visto. Fiquei ate pensando como seria quando eu usasse o cartao de novo e ainda bem que nao deu problema nenhum. De la fui fazer uma caminhada e cheguei numa avenida cheia de lojas de carros e "motos" de luxo. Ate entrei numa delas pra ver se dava pra comprar alguma coisa, tipo, souvenir, camiseta, whatever. Ate que dava, mas...

Bom, meu almoco foi meio mixuruca, tipo um pratinho de nada de macarrao, acho que tinha uns 100 gr, com frango, congelado. Imagina que beleza. Deu 15h eu ja estava com fome de novo. Tambem eu almocei eram 11h. Depois da minha caminhada, voltei pra casa, tomei um banho e sai de novo. Peguei o 343, meu querido busao, e vim pro centro da cidade. Ja com fome, cheguei umas 16h, entrei numa food court que eu venho almocando constantemente e achei a XEPA do almoco. Isso mesmo. Na hora do almoco eles deixam aqueles PF que vendem por 9 dolares, e no meio da tarde, pra acabar com o estoque eles vendem por 5 dolares. Acho que la pelas 14h ja comeca a xepa. Vou levar uma fruta e almocar mais tarde, hehehe.

Hoje a noite eu vou na apresentacao da Symphonic Abba, comprei meu ingresso na terca. Vai ser na Opera House, legal, nunca estive la dentro. Espero nao morrer de sono ate la, comeca as 20h e eu ja estou com os olhos pesando, hehe. Ja sao 17h10, quase 1h escrevendo. E no Brasil nada de ninguem acordar, ne? Vou parar por aqui pra treinar um pouco de ingles num site bem bacana, pra quem gosta de musica, eu recomendo:
http://www.lyricstraining.com/.

Acho que vou fazer umas 20 vezes essa musica ate decorar, ela eh perfeita. Eh aquela historia: "Stop existing and start living". Deixa eu aproveitar porque eu nao vou viver pra sempre. Enjoy the song!

It's My Life

Bon Jovi

Publicado por Akemi Nomura 23:14 Arquivado em Austrália Comentários (1)

(Textos 11 - 15 de 23) Anterior « Página 1 2 [3] 4 5 » Próximo