Um blog do Travellerspoint

México

Playa del Carmen

sunny 27 °C
Visualizar 2021 Mexico no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Playa del Carmen era um povoado chamado Xaman ha no período pré-hispânico. O lugarejo era um ponto de passagem para os maias que se dirigiam ao templo de Ixchel, em Cozumel. Mesmo com a tomada pelos hispânicos, Playa del Carmen nunca chegou a ser um povoado espanhol. No princípio do século XX, uma vila de pescadores foi criada no local. Em meados dos anos 80 a cidade contava com cerca de 1500 habitantes apenas. Hoje, 2021, Playa del Carmen tem pouco mais de 300 mil habitantes. A cidade transpira turismo.

Playa del Carmen tem diversos resorts nas imediações. Mas o coração de Playa é o Centro, região próxima à quinta avenida, entre as calles 2 e 12, especialmente. A quinta avenida tem diversos bares, restaurantes e baladas. Todas as baladas famosas de Cancun também estão presentes em Playa. O fervo fica na altura da calle 12. Eu não recomendo se hospedar na quinta avenida devido ao barulho. Especialmente de vc dorme cedo. Aprendi da outra vez que vim aqui. Então resolvi gastar mais um pouquinho num hotel pé na areia. Tranquilidade pra dormir, estrutura na praia e próximo à quinta avenida. Recomendo!

Hoje acordei às 4h15. Parece cedo mas no Brasil já são 6h15, então pra mim isso é tarde. Enrolei bastante, até rearrumei minha mala, até porque o café era só às 8h. Resolvi descer com as coisas pra já pegar uma cadeira na praia. O café da manhã é simples e não é buffet. Mas atende muito bem.

0E206F92-7734-4B81-AF5C-70202AFA368E.jpeg

Depois era só curtir a praia na preguiça. O dia só começa a ficar movimentado por volta das 11h. A praia ficou bem tranquila até esse horário. Não que tenha lotado, mas já tinha mais gente. Acho que como Playa é bem central, as pessoas se dividem indo pros cenotes, pra Tulum, pra Cancun, pra Akumal, enfim, no fim do dia todo mundo se encontra na quinta avenida.

FF284CE6-A376-43E0-A51C-E4CF5EA1470F.jpegB211BD65-3001-476D-B8F2-2A5461FFB4AD.jpegB1072124-A8B9-49C0-88CB-8ACB933C4D20.jpeg0D048912-8FFB-4F76-8C28-9A7789814AB0.jpeg87A0E952-C633-47E0-925E-61FA0D8A1A36.jpeg

Aqui no hotel mesmo pedimos uns tacos. A guacamole me desapontou, esperava algo mais gostoso. A da minha irmã é bem melhor. Mas os tacos estavam muito bom. Agora é cochilar, tomar banho de mar, tostar no sol mais um pouquinho…. Tô de férias!!!!

E533090B-3129-4914-8944-04F84B29E930.jpegEDE9EDAE-1992-4CC6-B988-9E6E1D6EA238.jpeg060BE094-22E0-4D68-96F3-A62D28786B02.jpeg

Por volta de 16h eu já parecia um maracujá de gaveta, toda enrugada…. O sol estava entre nuvens e com o vento cheguei a ficar com frio, acredita? Saí da água, deitei um pouquinho na espreguiçadeira e depois fui tomar banho. Nossa, que preguiça master! Quase não saímos do quarto. Fomos até o Walmart porém não fomos bem sucedidas nas compras. Retornamos para quinta avenida e resolvemos jantar. O pedido agora foi quesadilla. É cedo ainda mas é bom que os restaurantes estão vazios. E a gente está bem cansada desse dia puxado, hehe. A noite em Playa se estende pela quinta avenida. Boa noite!

3107EED9-BD55-42D6-A9CA-74A664849813.jpeg51C8C67C-E9D2-4679-B442-1CC54A9004B0.jpegB427B79A-CF9A-4C25-B060-1F444D44E856.jpeg88AE2D58-0B77-4E97-81CD-D0E27566361C.jpeg

Publicado por Akemi Nomura 22:45 Arquivado em México Comentários (0)

É um prazer estar de volta, México

Dois anos depois, devagar e com os devidos cuidados, estou de volta!


Visualizar 2021 Mexico no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Mais de 2 anos depois da ultima viagem internacional, estou de volta! Num momento em que a pandemia se encaminhava para um cenário mais seguro, não hesitei, precisava do Caribe! Chegando final de novembro veio a incerteza: variante ômicron! Aguardei mais informações e as notícias não eram tão assustadoras assim. Então resolvi seguir em frente com a viagem!

Confesso que estava um bocado ansiosa com medo de estar esquecendo algo. Minha viagem estava agendada para dia 08/12/2021. As notícias eram de que o Mexico começaria a exigir visto a partir de 11/12. Qual não foi minha surpresa ao chegar no aeroporto e ser indagada se eu tinha preenchido os formulários on line. Oi? Que formulários? Eu só sabia do questionário de saúde que já tinha preenchido. Quais seriam os demais? Mais surpresa ainda eu fiquei quando me foi falado do visto. Mas gente, como assim? Preenchi voando o formulário do visto, o formulário da aduana e finalizei o questionário de saúde. Ainda tive que ir na loja da Gol imprimir. Misericórdia! Sério, foi tenso! Quase perdi o voo. Estava aguardando a impressão dos formulários já aceitando na minha cabeça que a gente ia perder o voo. Surreal! Mas no final dei tempo. Tinham outras pessoas na mesma situação, então seguraram o check in mais uns minutos. Despachei a bagagem e o moço falou pra ir direto pro portão de embarque. Foi uma mega correria pq o portão era longe pacas! Cheguei lá nem tinham começado a chamar ainda…. Fala sério!

Vamos aos links:

Visto online
https://www.inm.gob.mx/sae/publico/pt/solicitud.html
22CB6EFB-496F-461D-B9CD-FD7B099D8982.jpeg

FMM
https://www.inm.gob.mx/fmme/publico/solicitud.html
BB2E652B-42DF-4E6B-9614-87445B09F986.jpeg

Questionário de saúde
https://www.vuelaseguro.com/home
FB854347-EBF3-4868-902A-EA019820FCE5.jpeg

O voo até Brasília foi tranquilo. Naquele esquema pandemia, sem serviço de bordo e desembarque feito por fileira. Em Brasília mais uma emoçãozinha, o leitor de passagem deu problema na entrada da conexão internacional e ficamos um tempinho aguardando resolver. Mas não demorou muito e entramos. Mas logo depois parece que falhou de novo. Enfim, não deu tempo de sofrer dessa vez. Ainda consegui comprar os três únicos pães de queijo que a única cafeteria que tinha estava assando. Deixei um rim pra pagar, claro. Hahahaha….

Sobre o trecho internacional. Bom o voo é direto Brasília x Cancun. O avião é um 737 Max 8. O voo é péssimo, não vou mentir. É uma aeronave pra viajar um ou duas horas. Agora oito horas é tenso! O avião não tem business, tem apenas a opção economy premium que nada mais é do que aquele assento conforto com a cadeira do meio bloqueada. Tirando o fato de ser voo direto, não recomendo não. A Aeromexico vai abrir um período com voo direto. Fica a sugestão.

Pousamos às 15h, horário mexicano. Tudo tranquilo na imigração, o rapaz mal olhou pro visto eletrônico. O único papel que interessava podia ser preenchido no avião. Nem pediu o questionário de saúde. Enfim, se eu não trouxesse certeza que ia dar problema. Então melhor fazer tudo certinho, né? As malas demoraram um pouquinho mas no fim deu tudo certo.

17F1F49B-0BC5-46CA-B685-E394F21F0191.jpeg

Saindo no salão fomos no guichê da ADO. ADO é uma linha de ônibus que atende bem a região aqui, viu? O ônibus do aeroporto até a rodoviária de Playa del Carmen custou MSX216 por pessoa. Algo em torno de 12 dólares.

2E6800C3-6941-42B1-9BA4-F93615C7EE4F.jpeg

A conversão do comércio em geral é 18 pesos por dólar. Na casa de câmbio a gente consegue trocar por 19,80 aqui em Playa num rápido rolê que vi por aí. A viagem até Playa foi em torno de 1h. Mais três quadras arrastando mala e pronto! Ah não, esqueci de dizer, tinha um trecho na areia também. Coisa pouca, mas tinha. O hotel é pé na areia e não tem outro caminho pra chegar. Eu até pensei em mudar, mas a localização estava tão boa, o preço estava pagável, então desisti. Um pedacinho de areia não é nada.

O hotel chama Playa Maya by MIJ. Fica entre as calles 6 e 8. Quem conhece Playa sabe como funcionam as ruas aqui. Estamos perto da quinta avenida mas podemos dormir com vista pro mar sem a barulho das baladas da região. Já fiquei na Quinta Avenida uma vez e foi bem ruim pra dormir, viu? O quarto do hotel é bom, bem espaçoso e com uma sacada com vista pro mar. O atendimento é muito bom, tem uma estrutura de praia, acho que vai funcionar direitinho.

Banho tomado, descansei um pouquinho e fomos dar uma volta na quinta avenida. Como de costume estava bem movimentada. Compramos uns remedinhos que faltavam e pronto! Paramos num restaurante pra comer uns nachos, olha, barato viu? Tipo, por 140 pesos comiam duas pessoas. Muito bom!!! Hoje por mim já deu. Depois que caminhei, comi direito e me hidratei, minha dor de cabeça passou. Agora só falta dormir pra fechar bem o dia. Amanhã? Amanhã eu decido o que fazer…. Antes de ir preciso deixar registrada a minha alegria em ver que o Hard Rock veio pra Playa. Preciso de nada de Cancun mais não…. Haha.

6C09D1A1-B55B-414E-84F2-19A3C9FC7875.jpeg

Publicado por Akemi Nomura 01:32 Arquivado em México Comentários (1)

Allure of the Seas 5/6

Costa Maya - Mahahual

sunny 30 °C
Visualizar 2018 CARIBE e EUA no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Última parada: Costa Maya! O dia amanheceu com aquele barulhinho delicioso do mar. Cabine com janela tem dessas, a gente evitava o ar condicionado, era melhor deixar a porta um pouquinho aberta. Eu já logo ia ver se dava pra ver o sol nascer. O café da manhã foi no Solarium, nosso favorito. Dali mesmo a gente observou a lenta chegada do navio. Eu sinceramente acho que quem dirige esse negócio é muito phoda. Esses portos são super pequenos, não tem margem pra erro. O Allure é gigante! Até 2014 era, junto com seu irmão gêmeos Oasis, o maior navio de cruzeiro do mundo. O mar era um verde esmeralda transparente. Ancorado o navio, hora de pegar as coisas e ir pra terra.

EWII2547.JPGIBGG9040.JPG
IMG_1137.JPGIMG_1136.JPG

Logo no porto tem uma área muito boa pra quem desce do navio. Várias piscinas, lojas, lugar pra comer, uma mega estrutura. Mas descer do navio e ficar ali? Sério mesmo? Não né? Pesquisei um pouco e vi que tem umas ruínas por ali. Mas a praia era num lugar chamado Mahahual. Essa região do México, bem ao sul da Riviera Maya quase em Belize, ainda é um local meio rústico. O turismo em massa de Cancún aparentemente não descobriu ainda. Acredito que o grande movimento acontece quando ancora algum navio ali, o que no verão parece ser constante. As orientações que recebi foi pegar o táxi amarelo logo na saída do porto. O problema foi sair do porto, hahaha. Demos uma puta volta até conseguir achar a saída. Acho que é proposital pra você desistir, hehe. Conforme eu tinha lido em blogs o preço do táxi é fechado em $8 por pessoa cada trecho. O México é um lugar em que eu não me preocupo em ser trapaceada, pelo menos nunca li relatos parecidos. Aqui eu sinto que eles exploram bem o turismo e não o turista. E com um litoral desse, comida boa e história riquíssima burros seriam se não explorassem.

IMG_1201.JPGIMG_1198.JPG
IMG_1200.JPGIMG_1138.JPG
IMG_1139.JPGIMG_1140.JPG
IMG_1194.JPG7db4ebb0-1806-11e9-994d-a523d6247a92.JPG

Enfim, pegamos o táxi e fomos até Mahahual. O taxista chegou a oferecer um passeio nas ruínas mas nossos objetivos eram um só: praia. Chegamos no Beach Club que eu tinha reservado e chamava Yaya Beach. Tive um pequeno probleminha porque parece que eu passei a data errada para eles a moça disse que tudo bem. Nos deu a pulseirinha e o Lucas nos acomodou. Como somos early birds, chegamos cedo nos locais, pudemos escolher o lugar de sombra o dia inteiro. Por enquanto o café da manhã ainda estava rondando e não tínhamos fome.

REKN7067.JPGIMG_1151.JPG
IMG_1172.JPGIMG_1142.JPG
IMG_1188.JPGIMG_1141.JPG
IMG_1174.JPG

O negócio foi explorar um pouquinho o lugar. Mahahual é uma vila pequena, tem um calçadão entre as lojas, hotéis, restaurantes, etc, e as cadeiras de praia. É um ambiente simples e bem gostoso.

IMG_1144.JPGIMG_1147.JPG
IMG_1143.JPGIMG_1148.JPG
IMG_1145.JPG

Agora preciso confessar uma coisa. Parece que essa região tem um problema de alga na praia. Parece ser muita alga. Eles colocam umas redes bem próximo da areia. Deu uma sensação estranha, confesso. Depois de ter passado por Cozumel meu nível de exigência aumentou. Deu uma impressão ruim sabe? Acho que isso acabou me fazendo procurar defeitos, por exemplo, eu achei a água com mais suspensão, ou seja, pouco transparente. Roatán também foi um lugar que eu gostei muito, com as peculiaridades de Honduras, claro, mas a praia era divina. Confesso que aqui ficou um pouco a desejar. Mas, paciência, bora aproveitar.

IMG_1178.JPGIMG_1181.JPGIMG_1176.JPGIMG_1180.JPGIMG_1182.JPGIMG_1179.JPG

O pacote que eu peguei no beach club me dava direito a bebidas sem álcool e um combo mexicano. Os smoothies estavam bem gostosos. No calor que fazia experimentei um de cada, haha. No combo mexicano tinha fajitas, taco e outras coisas que eu não sei o nome. Estava bom mas nada espetacular. Tenho que ser franca né? Eu acho que vale a pena mais pagar o a la carte. A opção a la carte você usa a estrutura do lugar e paga $25 que pode usar de consumação. Aí você tem mais liberdade de escolher o que vai comer porque quem vem de navio normalmente não tem tanta fome assim. E nem vai ficar bebendo tanto. Os preços do cardápio a la carte são justos. O atendimento ali é muito bom, o Lucas estava sempre atento. E o fator servir lá na sua cadeira/cama de praia, ah meu amigo, isso é muito bom. Tivemos a companhia dos cachorros malandrinhos que se aproximaram fofamente mas queriam mesmo era comida, haha.

IMG_1171.JPGIMG_1189.JPGIMG_1150.JPGIMG_1183.JPGaef2b490-1807-11e9-a826-0f6fec752da3.JPG

Depois de pedir a comida bateu uma preguiça. Aliás, essa combinação de praia, sol, smoothie, dá uma preguiça. Fui na lojinha de mergulho que tinha do lado ver se tinha snorkel. Já tinha visto sair dois barcos pra quem ia fazer mergulho. Mas eu tava com preguiça de mergulho e fui de snorkel mesmo. O guia era argentino gente boa. Deram nadadeira mas era mandatório usar colete... bom, eu usei, mas não necessariamente cheio, hehe. Não estava vazio mas cheio cheio também não estava. Que graça tem fazer snorkel sem dar uns mergulhos na apneia me fala? Lá em Roatan era legal que não precisava de barco, de guia, de nada, era só ir nadando. O barco nem andava muito e chegamos no local. Não era fundo, variava de 1 a 3 metros. Pra entrar na água era só pular do barco. A água estava com uma boa visibilidade, melhor que da praia. No começo senti falta de vida marinha mas quando apareciam uns corais apareciam peixinhos e foi ficando mais divertido. Mas o auge veio com as tartarugas... nosso guia conseguiu achar algumas tartarugas tão lindinhas. Não eram pequenininhas não, tinham cerca de um metro. Respeitamos o espaço dela, afinal, nós éramos os intrusos. Sem chance de tocar, nadar atrás, nada disso. Era só observar de uma certa distância sem atrapalhar a rotina da tartaruga. Eu gosto muito desse tipo de passeio que envolve animais, com consciência e respeito.

e4d9afa0-1807-11e9-a826-0f6fec752da3.JPGGNPK4661.JPGHTDR2306.JPGSREX9185.JPGMGJG9534.JPGAAVW8139.JPGOPLE4178.JPGGIOI4906.JPGXWCB3832.JPGIMG_1483.PNGIMG_1484.PNGWNHK2135.JPGWKZG5987.JPGIMG_1476.PNGIMG_1477.PNGIMG_1480.PNGIMG_1478.PNGIMG_1479.PNG

Depois das 14h o povo começava a ir embora. Achava estranho isso e dava uma sensação ruim do tipo "vou perder o navio", haha. Em todos os lugares foi assim. E em todos dava pra ficar mais um pouquinho. Mas como essa foi a praia que menos nos empolgou foi só ficar na água mais um pouquinho com mamãe, ensinar ela a boiar e deixar ela curtir bastante a praia, algo que me surpreendeu porque ela não queria sair da água.

EDPM8785.JPG350cff40-1808-11e9-994d-a523d6247a92.JPGIMG_1187.JPG

Bom, essas duas fotos merecem um parágrafo exclusivo. Elas ficaram lindas.

QQOME4020.JPGKYAW2468.JPG

Hora de recolher a trouxinha e voltar pro navio. Pegamos um táxi e lá se foram mais $32 na volta, tabelado e sem tentar dar golpe. Por isso eu gosto tanto do México. Entramos no porto e tava lotado aquela estrutura que eu falei quando saímos do navio. Dava pra ficar aqui mais um pouco pra quem quer. Tem lojas, bares, piscinas, muito boa a estrutura.

IMG_1203.JPG6ae37f90-1808-11e9-994d-a523d6247a92.JPGIMG_1199.JPGIMG_1209.JPGIMG_1190.JPG

Mas nós tínhamos um foco que era a academia. Ontem nós descansamos e hoje era dia de voltar pra rotina. E foi o tempo de tomar uma ducha pra tirar a água salgada e partiu academia. Era o momento de relaxar e exercício físico me relaxa... quem diria... Bora voltar pra cabine, tomar aquele banhozinho porque a gente merece. Rolou uma preguicinha mas ainda deu tempo de aproveitar o por do sol, mais um magnifíco por do sol.

IMG_E1240.JPGIMG_1239.JPGIMG_1243.JPGIMG_E1241.JPGIMG_1241.JPGIMG_1237.JPG

Publicado por Akemi Nomura 06:07 Arquivado em México Comentários (0)

Playa del Carmen - dia 4

Hasta la vista, baby!

sunny 26 °C
Visualizar 2014 México no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Estou quebrada! Não tenho mais idade pra essas coisas... Minha alma tem 80 anos, credo! Ai gente, acabou! Detesto último dia, detesto! Tudo bem que eu adoro voltar pra casa, mas eu detesto me despedir. Ainda mais do paraíso! Mas eu ainda tenho tempo, tempo de um último mergulho. O dia amanheceu ensolarado. Playa queria me torturar...

Dia de um desayuno decente! Um café da manhã típico italiano, capuccino e cornetto (croissant). A 5ª Avenida estava começando a se movimentar. Foi dali pro Fusion. Adorei aquele lugar. Peguei uma cadeira na sombra e logo veio o garçom:
Garçom: "Quieres algo?"
Eu: "Hmmmm" (pensando)
Garçom: "Limonada, sin azucar, helo e splenda"
Hahahaha, que fantástico! O cara decorou o que eu pedia todos os dias. Parece quando eu chego no Outback do Villa Lobos e a moça do bar já sabe o que eu quero. Pouco metódica, hahaha...

Hoje o mar estava mais calmo. Com ondas, mas mais calmo. O sol dava uma tonalidade mais suave. O cachorro estava lá. Não estava tão quente quanto ontem, mas estava bom. Rolou vários mergulhos pra despedir do Caribe. Nada como um bom banho de mar pra tirar a zica e aproveitar pra começar as mudanças. Uma coisa importante,mcuidado ao tomar sol com óculos, hehe. Ainda aproveitei um sorvetinho no Fusion, dei meu último mergulho e pronto. Valeu Playa del Carmen!

1FE25B74ED9CECCE5126554AB36E28B9.jpg1FE40DCA9BF28473AF47B24CC45E709B.jpg1FE58E4CE059F38573A2274AFCE5D623.jpg1FE74383E7BDDC15410D934D7F2F9028.jpg1FE93901F05EDE52CEB711DBF7A1056A.jpg

Sério, não me perguntem de onde eu gosto mais. Eu gosto de quase todo Caribe. Do que eu fui até hoje só descartaria o Caribe Colombiano, o mais fraco até agora. A Riviera Maia é uma mistura de tudo, cultura e lazer para todas as idades. Evitei ir aos parques, preferi ir para as praias. Ficar em Playa é ótimo porque a atmosfera do lugar é sensacional. Achei o mar azul e a areia branca de Cancun mais bonitos, o mar calmo e transparente de Tulum e Cozumel mais gostoso, mas não troco Playa por hospedagem em outro lugar. Eu volto fácil! É só chamar...

O ônibus saiu às 12h10. Foi 1h de viagem até o aeroporto. No aeroporto em Cancun comemos no Friday's. Que decepção! Fazia tempo que eu não comia no Friday's, mas a qualidade parece que caiu. Ou o Outback que ganha longe em qualidade. Sei lá! Passei no tax back ainda, mas não consegui pegar meus US$15 de imposto do óculos de volta. O idiota do caixa da loja colocou o nome da mamãe e a retardada aqui não percebeu. Bom, mas fica a dica, compras acima de MN$1200 até MN$3000 tem direito a tax back.

Chegando no portão de embarque percebi que estava chovendo. É, São Pedro guardou um restinho de sol que tinha pra última impressão ser das melhores. E foi! Foi legal, foi sem compromisso, foi sem planejamento, foi barato, foi divertido... Azar de quem não veio, hehehehe...

1FC7F6460D1B285C4913EFBD89E887E2.jpg1FCB34B4E1C727D6D100A68C97760EA7.jpg1FD03454AE5FC5C78180FE88A1BD130B.jpg1FD33316C074A86FF9852EBB87AB4BE5.jpg1FD58342C7C6F14C3C635599888840E5.jpg1FD7A640B4D20020E0FC3F708B02E37C.jpg

Publicado por Akemi Nomura 17:37 Arquivado em México Comentários (1)

Playa del Carmen - dia 3

semi-overcast 24 °C
Visualizar 2014 México no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Bom dia, gente!!!! Hoje eu troquei uma manhã de praia no Caribe pra curtir uma preguiça. Isso por uma razão, estava bem fechado o tempo. Então, só desci pra tomar café na 5ª Avenida e voltar a curtir preguiça. Era cedo, não tinha quase ninguém na rua. Até pensei em ir em Akumal, mas com esse tempo, ia lá ficar em baixo de palapa, tava a fim não. E falta conhecer tanta coisa que eu vou ter que fazer o sacrifício em voltar. Então pra que o desespero? Nem reclamo do tempo, afinal, o que é um dia perto de tudo que já foi feito?

Já eram quase 10h quando resolvemos sair da toca. Até cheguei a ir no El Taj, mas a maré estava tão alta lá que mal tinha areia. Deu até dó de ver aqueles barcos cheios de água dentro. Um deles estava metade afundado com um cara dentro tentando reverter a situação. Ele deve saber o que fazer, espero que dê certo. Voltei pro Fusion, olha a diferença entre segunda e quarta:

F0EB1F88F320E1C0C5F7C94F5DEAE404.jpg

Hoje o mar está bravo. Até troquei umas ideias como garçom sobre furacão. Ele disse que o último grande foi o Wilma, mas atingiu mais Cancún. Perguntei o que eles faziam quando passava furacão, ele responde o óbvio: "a gente se esconde", rsrsrs. Tinha bastante onda, não tão grandes, mas uma atrás da outra. A faixa de areia na frente do Fusion mal existia. Poucos se arriscaram a entrar na água. Com o tempo nublado estava meio frio pra entrar na água. Na areia estava gostoso (areia dentro do Fusion). Tava perfeito pra tirar um bom cochilo ao som das ondas. Eu simplesmente amo isso! Deitei numa das camas e por ali fiquei, entre petiscos, um bom cochilo e um cachorro...

F1001733D5293281BA9C3C77F26F2B3F.jpg90_F10768D59CB604D12E41C88C52209FAF.jpg
F1063133F0CC0D28A18D77791B3957D7.jpg

Num desses "dorme e acorda", duas ondas quebraram próximas uma da outra, somando energia. Aí o que aconteceu? A água subiu o morro, passou pelo monte de areia, caiaque e planta que separa o Fusion do resto da praia, e foi só o tempo de pegar a bolsa que estava no chão e pronto, estava ilhada por uns segundos... Rsrsrsrs... Foi o suficiente pra psicopata aqui lembrar do filme que conta a história real de uma família espanhola que sobreviveu ao tsunami na Tailândia. Chama "O impossível". É tenso! Pra quem gosta de história verídica eu recomendo. Aí veio a imagem daquela onda quebrando... Eu olhava pro mar e já pensava no mar recuando. Olha que louca!!!! Hahahaha....

F10ABB6A0B23961929C80830F13EB31F.jpg

A diversão do dia foi ver a galera que vem de tênis pra areia correr da água quando subia. Tênis na praia, deve ser paulista, hehehehe... Como diria minha amiga pernambucana, se tiver de bermuda, tênis e meia branca na praia, pode apostar, é paulista! Hahahaha.... Uma hora vieram duas gringas e sentaram na areia na frente do Fusion. Uma terceira gringa foi tirar uma foto delas. Ela conseguiu tirar a foto, mas foi uma questão de segundos de até uma onda quebrar e a água chegar nelas. Eu, como sou má, além de sair sorrindo no fundo da foto ainda ri da situação... Hahaha...

E o tempo passou... Tava bom de dar uma caminhada. Tira o chinelo, pé na água que estava surpreendentemente quente, e bora até a quebrada no sentido norte que eu quero ver o que tem pra lá. Perto do píer que tem na ponta, o mar estava forte o suficiente pra pegar onda. Dava pra entrar também, não era nada do outro mundo. Mas só tinha surfista na água, e do outro lado do píer estava mais forte ainda. Daquele lado ficam os beach clubs famosinhos de Playa. São mais sofisticados, pagam pra entrar, coisas e tal. Ali se concentram mais hotéis "alta renda" da cidade. E ali termina a Avenida Constituintes.

F114B8F3F84092113778C7D41D7C67B4.jpgF1194677E60AB281A6B922D18BBB2B58.jpgF11BD031BAD32555515D40E743315A32.jpgF11E586F91515B9E2C82711F9EAB8D69.jpgF1262220CAB7546ACBCDCB9014BFFF13.jpgF12FB3839E7DDA283951A3F7974E2587.jpgF1322674DA580C93D404114719BA4ECD.jpg

A 5ª Avenida estava bombando! Vendo de uma parte mais alta parecia a 25 de março de gringos. É engraçado ver os contrastes, tem gente de bermuda e chinelo e tem gente todo encasacado.

F13E8A60AF70C76E9A01D2A68E523216.jpgF1368A35FE9001AED8AED3C975BD7240.jpg

Hora de um bom banho, logo logo o sol se põe. No início da 5ª Avenida tem o Playa Plaza. Uma área do comércio de Playa del Carmen mais "arranjadinha"... Uma parada no Starbucks para um Mocha e uma nova grafia do meu nome. Quanta criatividade!

F16C3144A639BBE4B6FCBC49F04B8507.jpgF140C35BE3C5142BE9C0CF41DDE7ABCB.jpg

Aquela paradinha básica pra ver o grupo de Street Dance. Meu, eles dançam pra caramba...

F14716900CB7A283509CA098C92A9303.jpg

Aí a idéia era caminhar, caminhar, caminhar... Tem lojinhas bem legais aqui. Comprei meus imãs de geladeira, a camiseta do papai e outras cositas más. E a 5ª Avenida bombando. Era bom dar uma parada no Fusion pra um aperitivo antes de voltar pro hotel. Finalmente consegui um lugar na areia. Vamos combinar, da areia fica muito mais agradável...

F15BAEBDA6A0B7687213673264AEF2B9.jpgF15DEE46B15C42931D4C1BF16CD5F6AF.jpgF1604C96F42B943FCE36BF0DFA2F164D.jpgF1674AFAB60CA304603596FE363E286D.jpgF16412EEFB67412C49AF865B57513F6B.jpg

Agora bora dar uma descansadinha pra ver o que que tem essa tal de...

F14DDD01DA2C8BC5C94E6A598134D4BE.jpg

"Eu sou brasileira
Eu sou do litoral
Eu sou do mundo inteiro
Eu sou do carnaval"

Publicado por Akemi Nomura 20:15 Arquivado em México Comentários (0)

(Textos 6 - 10 de 21) Anterior « Página 1 [2] 3 4 5 » Próximo