Um blog do Travellerspoint

Portugal

Do Porto pra casa

sunny 27 °C
Visualizar 2016 Portugal e França no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Segunda feira com cara de domingo! Hoje o dia está sem compromisso! Cada um acorda a hora que quer, faz o que quer, explora Matosinhos... Eu até que acordei cedo, fui pra sala papai já estava lá no sofá dele. Eu me joguei lá e fiquei de bobeira. Hoje eu estava com mega preguiça. Aos poucos o movimento foi aumentando. Mamãe, Lindaura e o Imperador estavam querendo ir pra rua. Foram explorar as lojinhas da região. E eu.... Continuei de bobeira.... E ficou naquilo: "vamos andar de bicicleta na praia"... E ficou esse vai, não vai, deu a hora do almoço.

Escolhemos um restaurante aqui no bairro. Estava super bem cotado no Tripadvisor mas.... O clima é bem agradável. A Maria que atende lá é super simpaticíssima. A comida... Bem, a comida não é lá essas coisas. Mas foi nosso último almoço, fica registrado!

4379D282E28A638CE8F2751321DB4530.jpeg

Bom, foi um almoço que pesou. Resultado? Capotamos! Ou melhor, quase todos capotamos! Mamãe e Lindaura ficaram no titititi uma ensinando a outra joguinhos no ipad. Acordamos já eram 16h e tralalá. Ainda tinha que devolver a cadeira de rodas e levar papai na diálise. Saímos e irmã estava apagada no sofá ainda. Quando voltei ela já tinha despertado do sono profundo. Aí voltou o papo da manhã: "vamos andar de bicicleta na praia". Já eram 18h30, achei que não ia dar, mas foi no impulso e fomos.

Gente, essa lojinha fica na rua de trás da praia, perto do Pingo Doce. Custa 2 euros a hora e a bike é super boa e o cara era mó gente boa. Disse que ia ficar até 20h pra dar tempo da gente pedalar 1h. Tenho um pouco de trauma de bike porque depois de muitos anos sem andar fui no Villa Lobos em São Paulo e foi um experiência meio desastrosa, hahaha. Bike horrorosa, parque lotado, crianças assassinas e eu desastrada! Ahahahahahaha... Depois desse dia comecei a achar que esse papo que nunca se esquece como andar de bicicleta era mentira, hahaha. Lesada demais! Falei pro cara da loja que eu só sabia andar de bicicleta ergométrica, hehe. Ok, depois de muito incentivo eu topei. Pior que esse horário a praia estava cheia de gente caminhando. Um monte de criança, velhinho, mulher com cachorro, tudo suicida.... E a hora que tinha uma descidona? Gezuis! Mas eu sobrevivi. Uma pena a gente não ter feito isso antes.... Fomos até a Foz do rio Douro. Dava pra ver a primeira ponte (acho que é Arrábida que chama), de um lado Porto e do outro Gaia. Batia um vento bem frio no píer que a gente parou por último! Mas.... Foi massa! Com direio a fotos "poéticas" do último, e belíssimo, pôr do sol lusitano...

43958B1895504DA32860863E21A9F1C2.jpeg4397C331E4CBA4023F739C0E7C11422A.jpeg4399C555A1C171F249F59507787C90AC.jpeg439C0B69CEA1FA582CD9AB2666507132.jpeg439E3EF4DFAE05171E586F57DD1A4F12.jpeg43A00700F45DA4913CE4CD7A16ACCEFE.jpeg43A1CB5DBEA54B9B835FBF83171D530B.jpeg

Na volta, banho tomado, um destacamento foi buscar daddy na diálise. Hoje tava todo mundo disposto a dormir mais cedo. Quem ia jantar jantou, quem não ia dormiu. Amanhã é dia de entregar o apartamento e voltar pra casa.... Adoro viajar as amo voltar pra casa. Porém detesto despedidas e amanhã a gente volta a se separar em dois grupos. Irmã e Okis voltam direto pra Guarulhos e nós vamos pegar nosso voo em Barcelona. A viagem foi massa! Juntar 7 pessoas com ritmos e gostos diferentes não é fácil, mas deu pra fazer bastante coisa. Braga, Guimarães, Porto, Vila Nova de Gaia, Viana do Castelo, Aveiro, Carcassonne... Foi legal demais!

Dia seguinte, desembarcamos a galera no aeroporto e fomos entregar o carro e já pagamos o pedágio (63 euros) e voltamos pro aeroporto encontrar com a galera. Assistência pedida até Barcelona, irmã conseguiu despachar o tapete dela, tudo certo.... Despedidas, cada um pra um lado, pegamos nosso voo até Barcelona.

Até aqui tudo bem. No trecho da Ponte Aérea teve até Hagen Daz (é assim que escreve?). Bom, na descida em Barcelona tava tudo certo, fomos até o check in. Conseguimos despachar as malas e pegamos a assistência. Mommy e daddy foram pela assistência e nós fomos pela entrada normal. Passamos pelo controle de passaporte e fomos pra sala vip (bem mequetrefe a parte da comida, por sinal). Ainda bem que eu comi uma saladinha antes de entrar, estava sem fome. Bom, cadê os dois? Nada de chegar. Estava ficando bem ansiosa e um bom tempo depois eu olho na fila e me aparece os dois e papai a pé? Oi? Como assim produção? A assistência simplesmente foi até o controle de passaporte e depois "se vira". Sorte que o trecho é curto, mas é um absurdo isso. Se fosse um trecho longo ia ser tenso, ele não ia conseguir. Fui na recepção e pedi assistência, uma vez que depois de abandonados eu não ia saber se iam vir ou não. A moça da sala vip era simpática e prestativa, mas a assistência em Barcelona deixou muito a desejar, viu? Mas foi só embarcar na exec da Latam e tudo voltou a dar certo. O duro vai ser voltar pra chicken class depois, hahahaha. Mas enquanto isso deixa eu desfrutar um pouquinho, né? Afinal, trabalho pra isso! Até a próxima viagem!

43468D30DD4F808089FCAD67E3612A4C.jpeg90_4341748BE26C42595524BAB26EC3BF05.jpeg

Estatísticas atualizadas:

4332CEED9B98945B7022FD28C1B7EED4.jpeg

Publicado por Akemi Nomura 15:22 Arquivado em Portugal Comentários (0)

Viana do Castelo

semi-overcast 23 °C
Visualizar 2016 Portugal e França no mapa de viagens de Akemi Nomura.

3D828C1B906BBCA7B00BA3FCED0F4D72.jpeg

Bom dia gente! Nossa, que diferença de dia. Vocês lembram como estava ontem? Dia lindo, boa visibilidade... Agora hoje...

3D8DD7B2C92F79ED0993E1755BA9F0ED.jpeg

Ontem ficamos na sessão vinho e queijo, estava tão animado que papai tinha ido dormir e resolveu voltar. E foi aquele festival de risada e lembranças da infância. No outro dia tava todo mundo quebrado, mas pra conseguir fazer o programa hoje tinha que levantar mais cedo um pouquinho, senão a opção era ir pro Porto. Como a galera correspondeu, pegamos o carro pouco depois das 10h e fomos para o destino do dia: Viana do Castelo.

Viana do Castelo fica na região mais ao norte de Portugal, o Minho. Essa região é o berço da natação portuguesa. Viana do Castelo remonta ao século XIII, ganhou importância no século XIV com a pesca e no século XVI foi quando partiram os navios de grandes descobertas portuguesas. Certeza que boa parte do ouro do Brasil veio pra cá...

3DD5AFC3D45D68C65F420BD7279E6C8F.jpeg
3D9D2269B2BA5ADD2D244FE95BA70C67.jpeg3DA004C1B0BE256ACD8068C6C7B762AA.jpeg3DA33EDF0DAD3E4010A75C34F3AB6DAC.jpeg3DA5CE35A73CE4D4B8C1BCAD1463C1B6.jpeg3DB094AF00A21D160F667494C866A040.jpeg3DB3A89D9E8A2F9F6B634C6CCD2C0271.jpeg

Chegamos e fomos direto no Monte de Santa Luzia. Era fácil avistar a catedral ao longe. Parece que é uma réplica de Sacré Couer. É uma bela igreja, mais bonita por fora do que por dentro.

3DC737349851074212BF9F7C44CB73F7.jpeg3DC977B8E2B8E395F79BB9C63E98D529.jpeg270_3DCB82E0F6B59216A63201F61432DDCA.jpeg3DCE45F6B90E56744ABEB26BD56BC9D2.jpeg3DD09318D9D79C1A8632B9C5123800CA.jpeg3DD2C6DC0A115E21CD77A1170AAC27BA.jpeg3DDC212C0904251EA24A086FD2AFE4AE.jpeg3DE56857D1A7EDEBD31E848D326D62D9.jpeg3DEF66C8F94351D5BC0FDB0CE7D91C36.jpeg3DF659CF061550F1767DF9E19006518B.jpeg

E como toda boa igreja na Europa tem cúpulas em que é possível subir. Primeiro fomos numa torre que tem elevador. Pagava um euro pra subir. Chegamos lá em cima e pra nossa surpresa não da a pra chegar lá em cimão... Mas deu pra registrar...

3E0CE9B2A093DF585BEF8B5BAACDC510.jpeg270_3E1102ECBFB5A007F5972641A5B07D3F.jpeg3E141D67B62128256248A8FDBFE14060.jpeg3E191086EBA8C8D3534DA773E7FE8B3B.jpeg

Pensa numa mãe insistente em subir na cúpula? Pois é, insistimos um pouco e achamos o outro elevador. Ali também pagava um euro. E não chegava até o topo, tinha um trechinho de escada. Era só 80 degraus, sossegado. Ou melhor, seria sossegado se não fosse um trechinho extremamente apertado, claustrofóbico. Sim, eu sofri pra kct pra subir. A última escada assim que eu subi foi na torre de Londres, antes da claustrofobia me afetar. Eu sofri, Lindaura sofreu, somos claustrofóbicas. Mas vencemos! Chegamos no topo! Valeu a pena!

3E296135D08913B9DE6A17BF0CAEDC62.jpeg3E2C03ABB8B60E9731CC019CB981D405.jpeg3E2E871EF6B8826E8C265BC0FF79BCE8.jpeg3E3344E7EFFBBDEED30BB704C2BD4710.jpeg3E35BB18052BA2B0A87449AB2AA8CA3F.jpeg3E37FACEBFB478BFE15D6602E5131714.jpeg3E3D91F5E8774B1204EC81459DE19F9A.jpeg3E4365B8AB7EDDE5667EA1F8BCB6795D.jpeg

Ó nóis lá em cima...

41C5B736C978A81B3A061228EA624A6A.jpeg

Ao chegarmos lá embaixo encontramos com aqueles que ficaram lá embaixo e ficamos uns minutinhos ali de bobeira antes de partirmos pro centro histórico.

41871E6DEBDD1625FECD37D4523615C2.jpeg41894EE39099620D6D0FE8ED2E401C09.jpeg418F7CA8C186885F878A32D05D44922B.jpeg41995ECBC264646A8874C7FA2F4868E2.jpeg
90_41C07910BBD4909C1B1FCA83D724B01B.jpeg
4239F9D4BE32834777B5DC05A5216D78.jpeg

Primeiro a gente se embrenhou naquelas ruazinhas. Não tinha grande movimento, mas ok, era uma ruazinha legal. Saímos em busca da Praça da República e no caminho encontramos com a Sé de Viana do Castelo, uma construção em estilo gótico do século XVI.

41A63F17A072B4CEA45FE3728515567D.jpeg41A84345BE8E8265856B09BEBB56578A.jpeg90_41AA7FB5A53ED18E33552ABD18E4E115.jpeg41AD1ECAB1DB56010C90ABF9DAB90BD1.jpeg41AF48AAFE420DE381524F1C1133597C.jpeg41B17D4DC19727FA04A47C5300F1D929.jpeg
90_41C346FBB33C4FCB3FCDB4210C01578F.jpeg
41D35551BD428512A35023B6DD5BDB96.jpeg
90_42349D4708E8B529D1E56DA458148A51.jpeg4231DFE6D516D4167A51363B0D6DFF4B.jpeg

Continuando a busca da Praça da República. Essa praça é uma espécie de coração do centro histórico. Lembrando que Viana do Castelo é uma cidade pequena tá? Lá na praça tem edifícios históricos como a Santa Casa de Misericórdia, do século XVI, o Paço do Concelho (sim, é assim que se escreve), que era a antiga prefeitura e a fonte no centro também do século XVI. Fora o ambiente agradável.

41E60279F563EC38EBAB713829D8D37E.jpeg
270_41FAC2CDFD8E23E8DB718328973DB70E.jpeg41FDD19E980177D7E7ECED0478D03443.jpeg4200C95CBF689F011041E96C5681CE30.jpeg42031BCAD11E2296EC1A8DD8BF41D2EB.jpeg42056B9901C5C1BCDAE1F1CC1A5CBE0C.jpeg4207CEF6A81B0B3EB7AE6EEB024416C3.jpeg
90_4237A277A87F8718BE5A6CD7C7CDA17B.jpeg

Santa Casa de Misericórdia

270_41F52D1B04B61A1C8284910B5E995137.jpeg

Paço do Concelho

41F2F37AE282BE28C928C31939BE03EC.jpeg

Fonte

270_41F7F3B0946244DEBDE5E0EBDDF092B7.jpeg

Saímos dali em busca do restaurante que a gente viu no Tripadvisor. Foi difícil viu? Fomos pro lado errado, tivemos que andar um "bocadinho". Quando eu achei um wifi, consegui me conectar e achar pelo google maps. Pronto! Cá estamos nós almoçando. Já eram 14h, não tínhamos muito tempo a perder porque hoje é dia de diálise. Mas no final deu pra todo mundo comer direitinho e pé no caminho...

90_423A8FD4AE259B4FCF438C3FAD31FB7E.jpeg90_423E6BA9BEC224F74D87CD37BBFBA111.jpeg90_4242B245D73EE3F2B36B8B4ACE8A9240.jpeg4245ABB99096DBAC410C28D7FE93617E.jpeg42373E0BB5D2FBACFBB5380F745DDDC5.jpeg42485519F86EEC70BCFE326E860FB841.jpeg

Chegamos em casa umas 16h30. Tempo de subir e descansar um "bocadinho" antes de levar daddy na diálise. Fomos todos juntos deixar ele lá. De lá fomos no shopping. Mas dessa vez foi pra ir pro supermercado. Eu adoro ir no supermercado. Sei lá, muitas vezes saio sem comprar nada. Mas eu adoro supermercado, entende? Rsrsrsrs... Bom, galera comprou 478 vinhos, eu comprei o chocolate do Nupei (não é Lindt, já tô avisando, haha), e até bacalhau pra levar o imperador comprou... Hahahahaha....

Bom voltamos pra casa agora deixa eu reservar um carro pra amanhã porque daqui a pouco tá na hora de buscar papai. E ele vai querer um vinhozinho com queijo quando voltar, se conheço bem.... Rsrsrsrsrs....

Pronto, deu o horário. Fomos buscar papai e na volta... Vinho e queijo! Ainda tenho que arrumar minha mochila pra amanhã, resrvar o carro e responder as várias perguntas que eu não tenho resposta, hahahaha... Até amanhã...

Publicado por Akemi Nomura 16:05 Arquivado em Portugal Comentários (1)

Vila Nova de Gaia

sunny 25 °C
Visualizar 2016 Portugal e França no mapa de viagens de Akemi Nomura.

F1BCABDF9AF770D258B4D261A120B172.jpeg

Hoje o dia amanheceu lindo!

0B159B40B5BE10AA831AB987D51F9AD0.jpeg0B182DA5FA9096933673AD83AB285544.jpeg

Estou acordando mais cedo, finalmente! Tomei meu remedinho e já levantei. Fiz minha crepioca e fiquei de boa no sofá. Hoje não é dia de diálise, então o dia é longo. Sem pressa... E como não tem diálise papai pode beber vinho, então hoje é dia de caves, ou vinícolas. Em se tratando de vinícolas o caminho é Vila Nova de Gaia. E hoje o povo estava lento. Saímos já era mais de 11h. E fomos beirando o mar, a foz do Douro até chegar na ponte D. Luis. Fizemos esse caminho no sábado, lembram?

0B237191DD516774B993244289BFFCF6.jpeg0B25EE88991D9A0E1ECA28DD2D4BBBF2.jpeg0B28594CF5C6B28B9A6468C1AAD003A6.jpeg0B2AC5BFC90ECBA5620A71EA729EB4F2.jpeg0B2D0035BA7FF4589407C381CBDB42A5.jpeg

Ali cruzamos pra Vila Nova de Gaia. Ali na beira do Douro, região conhecida como cais de Gaia, é um local bem movimentado. Além dos passeios de barcos, tem um calçadão agradável, a vista da região conhecida como Ribeira no Porto, ou melhor, a vista da cidade do Porto. Tem também a ponte Dom Luis, diversos restaurantes e várias caves. Seguimos recomendação do irmão e fomos em busca da Taylors, que fica um pouco mais no alto.

90_0B47C0250EA5FEDB1BCDACBDB31A5BA8.jpeg0B4B5ADAFBEE1BB074EA8EFB17A86FAE.jpeg0B4DDAFAD15B86F10CE9869728029CAC.jpeg0B50CC8C062417F0A44E522A9F865725.jpeg0B537CEAD499F530C358636EC8183D8F.jpeg0B56696F957D99CF41C1496B0AC421F9.jpeg

Pra quem gosta dá pra fazer diversas caves, cada dia duas ou até três (ou mais se seu pessoal acordar mais cedo). A visita deve ser meio parecida, é só pra mudar as provas de vinho no final mesmo. Conta a história do lugar, a forma de extração das uvas, de onde vem, enfim, todo o processo. A entrada do lugar custa 12 euros e não tem diferença pra acima de 65 anos.

0B62B24AF894F57E76B3F76299063FDB.jpeg0B64E2FAC8579140052FAE58100E73B1.jpeg0B672219C69663177ECEFB08B12CEAEA.jpeg270_0B69700C9B3588FB6D8325E7276EF5FE.jpeg0B6C1B54F7F81DA43ACBEE837594DB08.jpeg0B6E843ACAE127F4CED9F996ACAC8BA0.jpeg0B7138CD01901B917C804DA04915037A.jpeg0B739E7FA0385A3043BC5B1637299B0D.jpeg0B75C40EA7B64A547D6088E749363408.jpeg270_0B77F034C4BF527268FE92891DB4F0C5.jpeg0B7A7B6A9A5B5B8E3D2F18D56A607D61.jpeg0B7C9A95CCE8BE730D9ADF6AD580FAE0.jpeg0B7EFEDBEF3D105548AC9DB5933B856C.jpeg0B817EB20D3923191C477F94B98F0D21.jpeg90_0B837744BBA9C819A175F1E1B41A985E.jpeg0B8612CDA4F65EC1EAB68D0467C7A399.jpeg0B87F35494EF8D24CEFA11C45494DD0F.jpeg0B89F5A6D5254E2A2300D8DB582BEABA.jpeg90_0B974A94C9A5C2B65D619862E5BDE8EE.jpeg90_0B9B3159C67A8464D1DCDF284FD0F3AE.jpeg90_0B9F280D03E0F7BC7DE3CDB13C772D33.jpeg90_0BA2726CA5E315EFE2AE7ADC3956D0D4.jpeg180_0BA54CDB03BC435082225E98BF8D0710.jpeg0BA8135AD433F98619CABA236D31FF59.jpeg90_0BAAC829EC2AA234741231172278216F.jpeg

É uma visita relativamente rápida e no final tem um local agradável para as provas, num jardim. E lá de cima tem uma vista bem bacana da cidade. Não me perguntem o nome do vinho porque eu não faço ideia. Era um branco e um tinto sendo que eu só dei uma "bicadinha" de cada um. Hoje o dia estava super agradável. E lá do restaurante da Taylor a vista era linda. Mais do mesmo, é verdade, mas um mais do mesmo lindo

90_0BCE7B48B00D4C00D8710CFFBE4B728D.jpeg180_0BD2D24EED86D25742868022FBF74F0C.jpeg90_0BD5F2AFD1C365D911B348836A98F8D5.jpeg0BD9990DF0372DE89CC9CD2556D8378D.jpeg0BDFB4880A8D667BF7C6B46BC8CD3F45.jpeg0BE5D1A99BE0D3A315437B8BBEC11177.jpeg0BE99A2BF29299A97B5C5347EAEB804E.jpeg0BEC78520BF63FEDF87B8274C9E986E4.jpeg0BEEECD2EDF921DBB1DAC987298AB5E5.jpeg0BF181A9C28E28DA984D6A9B520D2F71.jpeg0BF3FE1DE141BCA8EBEF7B385CDA9803.jpeg0BF67E0CF81E3A29F77C2AD719AFF841.jpeg0BF8F626BACD503C93ACCB285483AF15.jpeg0BFB3A079DD6A09DE928C7E44B2C4A77.jpeg

Tinha restaurante ali, mas decidimos ir pra região do cais. Ali tinha um movimento legal. Escolhemos o restaurante pelo Tripadvisor. Tava nos top ten de Vila Nova de Gaia. Achamos o lugar, descemos a galera over 60 e irmã e Okis foram estacionar o carro. Foi hard estacionar o carro ali, viu? Mas é relativamente barato, viu? Sensação de lugar que explora o turismo e não o turista. E a região é dez pra bater perna. Dá pra ir pro Porto pela ponte Dom Luis e explorar o Ribeira. Do lado de cá, lado de Gaia, tem as várias outras caves pra explorar.

90_0C16F1A6D53D5C995A3739DAE49BDA6D.jpeg90_0C1B84D7B95950BEEB328F93F4D26719.jpeg0C2215D0C1341C2C62441A624805BDA2.jpeg0C255343DEA215D8CDF6D9A00B3C2B81.jpeg0C298342D49273EFB2276495CF6ADEBA.jpeg0C2C59BF08E5EB5AE7CA9D743DF385C2.jpeg0C2F1F7FEF7540623D4768E8287FCCDE.jpeg0C3233690E87CBFAE7968EBE6BA9D6EC.jpeg

Bom, o local escolhido foi a Taberninha do Manel. Não, você não leu errado. Não era Manoel, era Manel mesmo. Fomos atendidos ora pelo Paulo, ora pela Gorete. Super divertidos. Começamos os trabalhos com bolinho de bacalhau. Vista bacana, bolinho delicioso e, como disse o imperador, sem pressa...

90_0C4BBD9CEB09C1750470F044D3675BF8.jpeg90_0C4F1631CF5599A9459C0F4111D3422A.jpeg90_0C55328FC14777B10D8E648491D7EEF0.jpeg0C5B224DCA15E8447FF9F91360D9BE72.jpeg90_0C60AA5F0DE7B2A8DD14253E94E69A6F.jpeg0C675BEAB3F6D499981DBCF69B536D17.jpeg90_0C6B567CF3C178B0459A7C485092839A.jpeg90_0C6F51FBF086AFD5499B6BF5CBB67F80.jpeg0C743A63C46DCF63349262533E2281C6.jpeg

Depois de comer fomos caminhar com calma pelo calçadão. Uma parada rápida pra um pastel de nata e mais pra frente o povo parou pra um sorvete. Essa parte eu pulei. E não sei se foi o sorvete mas eles animaram em ir fazer um passeio de barco. Que estranho! E fomos, 50 minutinhos rio acima e rio abaixo. Outro ângulo da região...

0C99A0E8FC6C7A054F457E60906E8ED1.jpeg90_0C9C5BADBFDB271C8B505BE29BE1F362.jpeg0C93E035C39ED0AFAC6B85FADE84A66F.jpeg0CA17A4BC5A539D5BC04B5312469E9F2.jpeg0CA80213B74B071E30BC4BD772957FC5.jpeg0CAC521A9476860DE43DC4E84F5FF74E.jpeg0CAFD86EEA9B78B905063EF1B88266A7.jpeg0CB37BE0CAAEF61903131E8B26661BBD.jpeg180_0CB5EDC4D5739CBB25BBE8523D60AA51.jpeg0CB8834E0D288B17C9B60B69FB9930C8.jpeg180_0CBB00CAAA557431C093D4C94035CA7E.jpeg90_0CDD91E9DA4577868FFF61C43208FC3A.jpeg0CE7E2CBB0B5368AC4D2C6EC41149674.jpeg0CEE70A7A40652440DB66BB383E464F0.jpeg

Já eram quase 18h quando voltamos pra terra firme. Dali, foi só seguir caminho pra casa. Umas quatro horas de estacionamento deu 3,8. Pra uma região tão turística foi barato, né? Paramos no posto pra abastecer e voltamos pra casa. Ainda fui no Lidl e no Mini Preço em busca do chocolate do Nupei, mas não achei não. Frustrada! Espero achar no Continente ou Jumbo.... Veremos! Voltei e me joguei no sofá morrendo de sono. Mas relutei em dormir, senão ferrou o fuso... Mais tarde a casa voltou a estar movimentada. Comi um pouquinho de bacalhau que tinha na geladeira com salada, nada de carbo. Hoje saí um "bocadinho" fora da alimentação, digamos, adequada. O vinho com queijo foi se formando na sala e eu peguei meu cantinho pra terminar esse post. Até amanhã gente!

Publicado por Akemi Nomura 6:29 Arquivado em Portugal Comentários (0)

Porto 2

semi-overcast 18 °C
Visualizar 2016 Portugal e França no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Bom dia gente! Olha, eu desisti de fazer esse povo acordar mais cedo um pouco. Mas tudo bem, tá todo mundo de férias, td mundo quer bater papo e tomar um vinhozinho até mais tarde, então, se tá todo mundo feliz, deixe estar! Eu acordei, fiz minha crepioca e fui pra sala ficar de bobeira.

Quando estava todo mundo pronto (quase duas horas depois) esperei começar a reclamação tipo se a gente não ia sair pra me movimentar. Peguei o primeiro item do guia da Leonilde e lá fomos nós: Fundação de Serralves. Ali é tranquilo de parar pra estacionar, descemos e entramos. A entrada combinada com o parque custa 10 euros (com os devidos descontos para maiores de 65 anos). Bom, resumo da visita: me lembrem de NUNCA MAIS entrar num museu de arte contemporânea. Que bela porcaria! Não é uma crítica ao local e sim ao tipo de exposição. Desculpem aos que gostam mas pra mim dar papel e lápis pra uma criança rabiscar (é o que parecia), colocar no quadro com um nome bonito (tipo papel de cera com giz chinês, sei lá), ou então um pedaço de papel com 3 bolinhas de tinta. Teve também a foto do cara pelado abraçando um esqueleto. E o que dizer do raio x de um quadril? Pode isso produção???? Não é mau humor meu, ninguém gostou. Acho que somos todos incultos, hahahahahaha...

F09DFE85EC294FC3D2B46BCC295396D7.jpegF0A075A4A0CF904CAE0CDEE1A9DCF70D.jpegF0A2B8E5D4CE3BA5D9A7DCC9B27518D9.jpegF0A500E3996BD6CE411EDF2F8D6E3FF7.jpegF0A798FEA9B397109F74F0048393BC2D.jpegF0AA0B35AC486533284AEA8B417F3EEB.jpeg270_F0AC1A149192BC30B897483DF051D21C.jpegF0AF3B36EE7201A9322053E4514E94D2.jpegF0B1821DE493F03E4B205F09D1182F03.jpegF0B3B3D2E1ED2BCA298E7059A108038F.jpegF0B5BFE8DED2970813FF1549B06A48C9.jpeg90_F09847E9953DB38255D8170ED911CCB3.jpegF09B295AB6A4A881C87B28FDA458B6C9.jpeg

Só rindo...

270_F0BEC48793F1443D59D96CD81BFFEDBD.jpegF0C126070E33B1A7EEC71DE2BA4D5C0E.jpeg

Acho que essa foi a obra mais interessante, reparem na cor....

F0C35CEA9A55EEE39F667E1782AF0EDB.jpeg

Depois demos uma volta no jardim, estava bem frio essa manhã. O jardim era até agradável, mas nada de fenomenal. Deu pra tirar umas

F0CEB6DB048EA5B7FC2AE4FD71EB8CDB.jpegF0D14D35EEE3455838EFBF47EA08B2B1.jpeg270_F0D3B444ED31739D17EB57D0284136C1.jpeg270_F0D683C8BAF41EA03B0C5D333541EC8C.jpegF0D9A035EF5260F6FAEE1171A65448BC.jpegF0DBF2F6D3FE4BF1AF34C12405BD4BC6.jpeg
90_F0E54619F7C20840A04A2A314DE2F178.jpegF0EAAEC1E9F26C6D6B571001BBED77D2.jpegF0ECA30EF97DF034326D09A1B4E30356.jpeg

Acabou que saímos de lá mais de meio dia. Tentamos ainda ir no Museu do Vinho do Porto. Parece interessante, fica ali na região do Ribeira, mas, e pra parar ali? Ainda mais com o jumbo que a gente está? Impossível! Uma pena porque tá difícil fazer esse povo se interessar por alguma coisa e quando se interessa não dá pra parar. Enfim, paciência! E como hoje é dia de diálise papai não pode demorar pra comer. Harumi tinha uma indicação de restaurante e fomos lá. Mas chegamos lá e vimos que fecha pro almoço. Hahahahahaha... Brincadeira, ele só abre pra janta mesmo. Sacanagem com nossos patrícios... Rsrs. A opção mais prática foi comer no shopping. Sim, shopping. Na Europa comer no shopping.... Socorro! Mas tive que concordar porque realmente até achar outro lugar pra comer ia demorar muito. Acabou que quem queria fazer algo mais no shopping já resolveu. E eu apertei o fo**-** e me dei um mimo. Dá pra perceber? Uma dica: "o diabo veste Prada"... (Só pra falar a marca, hahaha).

90_F0E82C6609927C748E0ACC0571EAEC05.jpeg

Resumindo, esse foi nosso dia super produtivo, hahaha. Não fizemos nada e o que fizemos não gostamos, rsrs. A melhor coisa pra salvar o dia é exercício físico. Levamos papai pra diálise, voltei, troquei de roupa, e fomos eu, irmã e primo fazer uma caminhada. Mamita e Lindaura deram uma volta na praia e nos encontramos no final. Irmã ainda se empolgou em fazer uma série de hiit no apê. Mais tarde fui com mamita e primo buscar papai e na volta tinha uma mesinha com frios e taças pro vinho da noite...

F0F96B89FB98F9D11A9B06BD5DEC4419.jpegF0FB6A2FAACCE94B997322E39AA37E6B.jpegF0FDB6B5C4976C2B25C0DD5EAEED2097.jpeg90_F1002695DF3929F1A721F960E245929E.jpegF103DC95CCCC0B7E3BC9B424CB5EE506.jpeg

Publicado por Akemi Nomura 6:58 Arquivado em Portugal Comentários (0)

Aveiro

sunny 29 °C
Visualizar 2016 Portugal e França no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Bom dia! Hoje o dia começou devagar... Como hoje é dia sem diálise, ninguém tinha pressa, nem eu. Aí foi aquele esquema beeeeem devagar. Aos poucos foi aparecendo todo mundo lá embaixo. Irmã acordou mais devagar hoje, mas foi só piscar os olhos e já estava passando pano na cozinha, hahaha. E a cara de felicidade dela ao achar uma vassoura? Melhor, e a cara do papai meio que não acredita do nessa cena. Rindo horrores...

Acho que eram umas 11h e pouco quando saímos. Pegamos estrada no caminho de Aveiro, que fica cerca de 70km ao sul do Porto. Estivemos aqui em 2014 e gostamos bastante da cidade. Mas não tivemos tempo de conhecer a cidade, apenas almoçamos e demos uma volta rapidinho. Minhas raízes portuguesas vem de uma freguesia aqui do lado, Ílhavo. Pegamos estrada e logo logo estávamos na cidade.

A624F098BFCF2B0B12D32251DC247B26.jpegA62768C3062B979DEBC1CFA3BE35329A.jpegA6299AF400E76FD9252DFBAE22AA60FB.jpegA62B9CF60789BBB4120B60E0CB5E61B3.jpegA6223658DB95639F639DB1F3C8EDB8F0.jpeg

Aveiro é conhecida como a "Veneza" portuguesa. Entrecortada por canais, ou rías, é um destino singular em Portugal. Seu canal principal é repleto de barquinhos coloridos conhecido como moliceiro. Esses barcos carregavam moliços, que eu não faço ideia do que se trata. Não sei porque eu perguntei pra mulher... Hahahahaha...

A6428754A9A10C1F42CC0144B98402A6.jpegA644955A0B02A1220FEECE7B711788E2.jpegA646C756077452A6DD116AF84A0116A6.jpegA648F4F2E4ADA01C89EC6DA0CB755355.jpegA64B1ADAADEEF45B46BC9E189A2F9685.jpegA64D5DA9DB8EB29548BBA737AE23F7C1.jpegA63F7F1BD4D0489997A0C1BE8A0F4BC5.jpeg

Agora com a gopro cabe todo mundo na foto.

A65F363CC60CD2F00DF7E06CE43BDBCE.jpeg

Chegamos por volta de meio dia e pouco e como ninguém estava com fome decidimos fazer um passeio de moliceiro pelas rías. A cidade tem um lado antigo e outro bem moderno. A importância das salinas da região é de fácil identificação. Não espere nada parecido com Veneza. Veneza é mais clássica, Aveiro tem mais cor, mais vida. O passeio durou 45 minutos e custou 6,5 euros no pacote pra grupo.

A663F83C03D08723E4830D1D3597F30A.jpegA67C26B0E1AD541B23F29CD60CFC5B5F.jpegA67E8DA9EBD3D3ACEAE13AA34B7414E3.jpegA680CFEFFCC046CB73F4D2623F8FD729.jpegA682EF78E4207DF5B5006311F40ED347.jpegA684ED49FB023D93557E0AE8F04A80AA.jpegA687D619FD3DBB82169E46B5207396C3.jpegA689F9E7B072F3BFEAB6D8A5A726980A.jpegA68C008D0EDAB05D95B7491AA177049E.jpegA68D942307705DCFBC3162510E4CE6A0.jpegA68F8767CED980EB9A17D4FBE608E1B7.jpeg

Saindo do barquinho já podíamos começar a pensar em almoço. Bora procurar o restaurante de 2014 que a gente adorou e papai não parava de falar que gostaria de voltar? Puxei na lembrança e pronto, lá estava ele. Escondidinho na parte de trás de outros restaurantes. Chama: Legado da Ria. Na boa? Super mega master recomendo. Era o mesmo garçom que atendeu a gente dois anos atrás. E a comida? Continuava muito boa, ou melhor, deliciosa... Pedimos dois bacalhaus com nata e um que era especialidade da casa que a gente comeu da outra vez. Aprovado!

A6AF2F3393A02F88698D816E9892328F.jpeg90_A6B471379C9B5D166042E386C0B6DA84.jpeg

Bom, saindo dali o negócio era dar um voltinha ali naquelas ruazinhas. Hoje Aveiro estava até movimentada. Nada entupido, mas tinha bastante gente. O dia estava quente e na sombra até fazia um friozinho, mas nada grave. Entrei numa lojinha local e comprei dois pacotinhos de flor de sal, um pra irmã e outro pra mamita. Logo ali do lado ficava o mercado de peixe.

A6C28021055EF9B3BA0948C753AF48DC.jpegA6C4EFACBD1632CAA4ADEE304A69A78B.jpegA6C76DEDB8EC9D4671781F26DAB0CD45.jpegA6C9C553CA7FFCA2CF29ACF3C2CC40E4.jpegA6CC055ED65FC8804454D9369E22458A.jpeg

Chegamos numa pracinha e enquanto Okis e Carlinhos foram no carro colocar mais tempo no parquímetro, exploramos a região e sentamos numa "doceria" no final da praça pra tomar um cafezinho. Ali tinha um pastel de nata sem açúcar, sem glúten e sem lactose. Adivinha? Não prestava, claro. Assim, não era ruim mas também não era bom. Pegamos outro normal e eu dei uma mordidinha, admito! De repente me chega Carlinhos com duas caixas de "ovos moles". É um doce típico de Aveiro. Confesso que não me deu vontade. Nem experimentei, mas já digo que teve quem gostou e quem não gostou. Ali do outro lado tinha outro doce típico de Aveiro também, chamava tripa. Esse povo podia escolher uns nomes melhores pra esses doces, não? Só os nomes desanimam um pouco. Bom, a tal tripa era praticamente um crepe feito de uma massa borrachenta com recheio. Dei uma mordidinha porque era de chocolate, mas deu vontade não... Prefiro ficar no pastel de nata mesmo.

A6ED360FCACE3DD0A10D653633A346B0.jpegA6EF5F28DEC5C121EEFDEB83D1DB9D0F.jpegA6F165AEAB4C194340002E1156F9FC23.jpegA6F3C4D2980E7C943ABFD398C4FDD2D0.jpegA6F5F03BE8A7516497F863FFC712314D.jpegA6F83E87FDD5F1D92ABB3E121CFF81AC.jpegA6EA0334A08E6FF04451B919ADEDBC36.jpeg
A705DB6BB7699ED2DB567E30D79DAA17.jpegA708095A909C94E3515C0E10F85FE9D9.jpeg

Tripa

A6D5FF82EFF676516E858A92167FC5D9.jpeg

Ovos moles

A6DA7FCDC1F801C2643E5A74452D2C60.jpeg

Terminados os trabalhos em Aveiro, pé no caminho. Fomos indo devagarzinho até o carro. Papai animou em ir andando um pouquinho, achei bom. E fomos andando pelo região mais fofa da cidade. Confesso que tem hora que eu oreciso de tradução de português pra português. Ô louco!

large_A714141AAA267C3872ABDAEEC338380B.jpegA7160985017C64D5F6715FF6819D4ECA.jpegA71804B8C740A5C2DBBA66CD1F50582A.jpegA719E15EBFECC7849031CE8A9185A5D0.jpegA71BD14FC0489A989AA59E863A432FD9.jpegA71D845CD33399AFB63A502607885487.jpeg270_A71F76989B75AEF1E6A8A2BDBC407E09.jpegA721E2B5088D24251DB2F9F3A9A9A0D4.jpegA7243EBDA66401273D20499783BBC713.jpeg

Irmã assumiu a direção e fomos nós na direção do norte. Fizemos um car tour pelo Porto e depois de um trânsito chatinho chegamos em Matosinhos e fomos direto no supermercado Continente. Do supermercado viemos pra casa. Eram 20h ainda. Hoje não foi um dia movimentado como o tem, então calcei meu tênis, vesti minha legging, coloquei um casaquinho e vi o início da noite caminhando na praia. Fui um pouco além do Forte de São João e voltei. Foi algo entre 40 e 50 minutos em movimento. Qualquer tipo de movimento é melhor que nada, né?

Car tour pelo Porto

A72F532EF74594EF23E601476BFF5ED8.jpegA73165E9CCC7FC5245AB0366ECA59A3B.jpegA7335D2BD4083FE356120F183B7FFBAE.jpeg90_A7356B54D1F41F74F602FA70C377F717.jpegA737D4FB98F46468401A8B477F0EF5B3.jpegA739F57BE4AC0ACB42FB2CFD4BF17610.jpeg

Fim de dia em Matosinhos

A743BF970D4D4B4E14D05CF55EAAF9DB.jpeg180_A746101ED6918B6E923FD2BA345E78DF.jpegA748385FF82ACA18834AD89617A34496.jpegA74ACDC1B1BF4E8FBB87EF7953EE57FC.jpegA74DA3E3F8653F65E71994302801AECC.jpeg

Publicado por Akemi Nomura 7:22 Arquivado em Portugal Comentários (0)

(Textos 1 - 5 de 22) Página [1] 2 3 4 5 » Próximo