Um blog do Travellerspoint

França

Martinica

sunny 27 °C
Visualizar 2019 Rota do Rum (Caribe) no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Chiquita bacana lá da Martinica. Se veste que nem casca de banana nanica. Voltamos pro início! Martinica, território ultramarino francês no sudeste do Caribe. Daqui partimos e aqui terminamos nosso cruzeiro. O processo de saída aqui vai ser simples. Tomamos café da manhã, guardamos a bagagem de mão no lugar indicado no navio e descemos pra fazer check in do voo no porto mesmo e despachar a mala que já tínhamos entregado na noite anterior. Fomos as últimas a despachar as malas. Acho que o povo já estava xingando a gente, haha. Pronto, estávamos prontas pra passear!

Martinica tem praias divinas mas infelizmente não teremos tempo hábil e já despachamos as malas. Também já entregamos a cabine e não temos mais banheiro pra tomar banho. Então vamos dar uma caminhada pela cidade mesmo. Descemos do navio e fomos em direção a uma parte mais movimentada da cidade. Martinica tem uma vibe muito legal em que pese seja território francês. Desculpem-me os franceses mas minhas experiências com seus pares não foram muito boas. Fomos andando até uma praça que parecia ser a principal de Fort-de-France. No caminho avistamos o forte que deu nome a cidade.

IMG_2702.JPGIMG_2703.JPG

Na praça a construção me lembrava um pouco os anos 60. E um pouco a parte vintage de Miami Beach. Prédios como teatro, correios e outros ficavam ali.

IMG_2675.JPGIMG_2676.JPGIMG_2665.JPGIMG_2668.JPGIMG_2664.JPGIMG_2688.JPGIMG_2666.JPGIMG_2673.JPGIMG_2663.JPGIMG_2669.JPGIMG_2671.JPG

Depois pegamos uma daquelas ruazinhas do centro. Estava bem movimentado no sábado de manhã. Mas parece que a tarde fecha. Fomos andando e procurando imãs. Chegamos a encontrar um lojista francês simpático. Essas coisas são tão raras que preciso registrar.

IMG_2677.JPGIMG_2678.JPG

A Jozi estava cansada e deixamos ela no Mac Donalds e fomos andar mais um pouco. Demos a volta e pegamos a parte do lado do mar. Estava tão gostoso o tempo. Estava quente mas ventava bastante. Até sentei um pouquinho com a Ju só pra abstrair.

NLOS5869.JPG

Mais pra frente encontramos a Jozi que tinha saído do Mac pra tirar fotos e voltamos pro Mac pra tomar uma casquinha, usar o wifi e curtir um pouco o ar condicionado. Depois fomos andando sem pressa de volta pro navio. Achamos até uma prainha no caminho aos pés do Forte.

IMG_2696.JPGIMG_2693.JPGIMG_2691.JPGIMG_2689.JPGIMG_2701.JPGIMG_2686.JPGIMG_2704.JPGIMG_2680.JPGIMG_2708.JPGIMG_2707.JPG

Voltamos pro navio e fomos almoçar. Sentamos no fundo do navio e comemos sem pressa. Eram pouco mais de 14h, tínhamos tempo. Depois só pegamos mossa bagagem de mão e sentamos no saguão do piano do navio pra esperar. Mais perto do horário trocamos de roupa e fomos pro teatro. Como saía muita gente até os voos foram marcados de forma a distribuir os passageiros já que o aeroporto era muito, mas muito, pequeno. Fomos de ônibus até o aeroporto. Assim termino mais uma viagem. Sete ilhas, cinco países, muitas risadas e muitas memórias. Dinheiro melhor investido não há.

IMG_2710.JPGIMG_2712.JPG

Viajar com amigos para uns é um desafio. Para mim saio sempre com a amizade fortalecida. Respeito o espaço de todos e todos respeitam o meu. Conheço mais ainda aquelas pessoas que hoje pra mim são como irmãs. Agradeço muito por ter tido essa oportunidade e espero ter muitas ainda. Hoje eu tô inspirada pra dizer: não espere o amanhã e viva intensamente cada dia dessa preciosa vida que nós temos!

Publicado por Akemi Nomura 12:13 Arquivado em França Comentários (0)

Guadalupe

Piratas do Caribe 1/7

sunny 28 °C
Visualizar 2019 Rota do Rum (Caribe) no mapa de viagens de Akemi Nomura.

GUADALUPE foi descoberta por Cristóvão Colombo em 1493 e é um território ultramarino francês desde 1635. Antes do domínio europeu a região se chamava Karukera, que significa “ilha das lindas águas” na língua nativa. Foi rebatizada para homenagear Santa Maria de Guadalupe de Estremadura. A agricultura é a base da economia de GUADALUPE (cana de açúcar e banana são os principais produtos), porém o setor anda em crise. O único setor a ter bons resultados é o turismo.

2145FB94-9BFE-4320-A6F7-A260721C85D7.jpegF44B22BE-23AA-4386-B04B-191732AC5CF3.jpeg

Bom dia! Eram 5h45 quando eu despertei do sono profundo. A porta da varanda estava um pouco aberta pra equilibrar a temperatura interna e pra ouvir o barulhinho do mar. Estava com muita preguiça, admito! O dia foi clareando e a Ju me ligou. Jozi estava apagada e a gente ficou com dó de acordar ela. Resolvemos andar um pouquinho pelo navio. Fomos na academia e parecia bem sossegada. Mas foi só de passagem mesmo. Depois fomos tomar café e liguei pra Jozi encontrar com a gente. Quando tomamos café (daqueles bem proteinados) nos demos conta que a Jozi não chegava. Montamos uma força tarefa pra encontrar ela, haha. Acabei encontrando Patrícia e Robinho. E a gente achava que nem ia se ver... haha. O dia estava lindo e prometia.

B758D70A-8EC3-43F7-98BF-06EBF2346D36.jpeg97735EFA-D1C1-4734-AF0B-914E6C034F6E.jpeg

Jozi recuperada saímos em busca de como chegar em Saint Anne. Vamos à informação de como chegar em Saint Anne. No porto tem táxi credenciado. Nós estávamos em quatro e cobravam 10 euros por pessoa. Caro né? Ah, cada trecho. Saímos do porto e fomos em direção à feirinha. Quem sabe né? Chegando lá quem a gente encontra? Patrícia e Robinho! Ahahaha. Demos uma olhadinha na feirinha e lojinhas, garantimos o imã de geladeira e fomos para o ponto de ônibus. O ônibus até Saint Anne custa 3 euros. Mas tem um problema, pelo caminho até o ponto a gente observou que não passava ônibus. A gente esperou um pouquinho, tentamos parar uns dois táxis e nada. Até Jozi foi falar em francês com um cara, hahaha. Aí me aparece uma van e a Jozi deu sinal. Logo em seguida chegam quem? Patrícia e Robinho! Ahahaha. Coloquei Ju e Patrícia pra negociar porque eu sou péssima. O cara queria cobrar o mesmo valor do porto. Aí não dá né? No final elas conseguiram por 5 euros por pessoa! Tá óteemoooo!!!!! AJozi conversando com um nativo em francês usando o google translator foi ótimo.

615D0B6C-CC20-45DF-99EF-53C1E130DB06.jpeg

A praia é relativamente longe. Ainda pegamos um trânsito pra chegar lá. Resumindo, descemos da van já eram 11h30. Paramos num Carrefour express que tinha lá pra comprar uns bagulhinhos e praia! Saint Anne deve ser a praia mais procurada pelos passageiros de cruzeiro. Vou contar a verdade pra vocês, a água é linda mas não é quente não. Tem que passar por um processo de adaptação. Mas tudo bem, passado o processo dá pra aproveitar legal. Tirando um menino que eu queria afogar, haha. Como chegamos mais tarde acabamos ficando menos um pouco do que gostaríamos, mas tava de boa. Se prepara que vem chuva de fotos.

198BE01E-9FF8-4E4E-BD0B-B9343AEF6136.jpeg2E8F2A94-DF5A-40A4-B8D3-F5ABCA6D195B.jpeg5E2F6A57-1659-4268-9C22-E76F6D011E22.jpegCC8D6BF5-355B-478C-8D3F-4FB827B5D6E9.jpegA85791BC-9631-4DC1-BC99-850F0FE73827.jpeg1D61A301-E4E4-415A-A480-1C8C2424DD65.jpegCC1529AF-B5B3-41E0-BFF3-1A774468F30F.jpegA73A2817-362A-4B9F-820D-34A650997CEC.jpegFDCDA512-F2F3-4B39-AAE7-D26341D02C0A.jpeg0A1E0E1D-9A46-4A16-8034-9415CD0BA976.jpeg9D355A7C-3A42-40B4-9C08-047252B78F2A.jpeg7B817461-FC89-40DE-873E-32008D8E91CB.jpeg8BB2347B-8842-4361-80C0-A77F8D4D72E5.jpeg

Eram 14h30 e levantamos acampamento. Pela distância e pelo medo de trânsito decidimos voltar às 15h. Eu começava a ficar com a cabeça enjoada. Encontramos Patrícia e Robinho que perdemos na praia, rs, e esperamos nosso motorista. Ele atrasou uns minutinhos e a gente já estava ficando tensa. Quase pegamos outra van mas ele apareceu. O caminho de volta foi sossegado. Chegando no navio fomos comer e jacuzzi!!!! Pati e Robinho estavam comendo e depois se juntaram a nós na jacuzzi. Jozi se perdeu mas estando no navio tá tudo certo, rs. Tinha uma senhorinha de 89 anos na jacuzzi com a gente. Meu exemplo! Rs. Saímos umas cinco e pouco pra ir na academia. Disciplina é disciplina, não tem meio termo. Trocamos de roupa e fomos. Estava tranquilo, seu pra fazer um cardio pra queimar o bacon, rs. Depois voltamos pra cabine pra tomar um banho.

4E993996-8F43-4217-A95A-97922E6CB972.jpegAFBBFC07-A74B-4258-9A1F-E84606C704D5.jpeg3A973880-5CE3-4F33-9953-A6C971274D5B.jpeg945F1979-DF71-4624-99FE-6F49914006EA.jpeg

As meninas, Pati e Robson foram pro teatro. Eu e mamãe fomos dar um rolê. Paramos no cassino pra perder uns euros, claro. Tomamos um gelato da Venchi que não valeu a pena. Continuamos nossa volta e fomos parar no quinto andar onde Patrícia e Robson estavam. Dali fomos pra janta. As meninas chegaram um pouco depois. Hoje eu estava com mais sono do que ontem. Fomos dormir mais cedo dessa vez! Férias cansativas, hehe.

22B04A8B-EB9C-417B-B80F-90957DDD1D9B.jpegE9A73B2B-0F50-423E-84C4-CD3EA79A1744.jpeg

PS: Guadalupe é um destino que eu voltaria. Aqui fica areserva Jacques Cousteau que parece ser divina para mergulhar. A dificuldade foi encontrar uma empresa de fácil acessora fazer isso. Uma única que eu achei que me respondeu em inglês não era tão simples assim de achar. Oportunidades devem aparecer. Eu volto sem problemas!

Publicado por Akemi Nomura 14:58 Arquivado em França Comentários (1)

Martinica - O início

Piratas do Caribe

semi-overcast 27 °C
Visualizar 2019 Rota do Rum (Caribe) no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Bom dia! Depois de uma noite chuvosa em Jundiaí acordamos pra mais um rolê. O voo parte meio dia de Guarulhos e por causa da chuva saímos 7h45. Chegamos em Guarulhos 9h. O cruzeiro da MSC foi vendido junto com um voo charter da Gol. O check in ficava no Terminal 2, asa B, primeiro portão logo na chegada. Tinha uma fila exclusiva da MSC onde eles já colocavam a etiqueta na mala que vai direto pra cabine. Praticidade! Esse roteiro exige a vacina da febre amarela então não esqueça. A Ju chegou logo depois de mim e a Jozi um pouco depois. Patrícia e Robson já tinham feito o check in e já tinham entrado. Nos encontramos no portão de embarque prontos pro Caribe!

2848BC21-85C6-468A-9255-58976D45C1EE.jpeg

São 5h45 até Fort de France. O avião é um Boeing 737-800 da Gol e saiu bem cheio. Tem wifi no avião que dá pra usar o aplicativo da Gol e ver filmes mas eu já tinha baixado uns episódios de duas séries no Netflix. A comida do voo é o clássico “chicken or pasta”. É aquele marmitão básico da chicken class, haha. A sobremesa, Gezuis, que coisa horrorosa. Doce até a alma!!!! Não curti! Agora partiu pras minhas séries pra ver se o tempo passa mais rápido.

9F4A4805-506E-47E1-8D0F-F1B7AA09D83A.jpeg

Entre um episódio de Designated Survivor e a parte final de Procurando Dory (tinha visto a primeira parte entre Vitória e São Paulo), levantei um pouco e fui visitar Patrícia e Robson lá na fileira 23. Batemos papo. Voltei pro meu lugar e comecei a ver o filme Paris XXX e veio a hora do lanchinho. Sanduíche de peito de peru ou abobrinha com requeijão. Tava bom viu?

C2221242-AD75-4DDD-9744-FE460F3E4E6F.jpeg

Terminei de ver o filme e, um pouquinho antes de terminar, eu ia dizer que não gostei. Achei que tinha mais ação e era um filme morno. A ação deve ter durado uns dois minutos no máximo. Mas na parte final eu reparei que, se eu não me engano, era história real. Aí eu meio que mudei de opinião porque o contexto da vida real é em diferente. Depois do filme joguei um pouco e logo veio o pouso. Dentro de mais uns minutos: Martinica!

21B8D2C2-144B-4E51-B9CF-A8F79D3A6D6A.png

Pedaço de França cercada de Caribe por todos os lados, a Martinica é bacana mesmo, onde existencialistas, com ou sem razão, podem se dar ao luxo de fazer o que manda seus corações. Apelidada de fleur do Caribe — Madinina, seu nome pré-colombiano, significa "ilha das flores" — a Martinica é um jardim à beira-mar.

B8AF84D9-19AE-4ADB-8F89-F94198CA7B71.jpegBF32ADE8-BF7F-4F07-AAD0-2962AF4DF7AF.jpeg

Chegamos e fomos para os ônibus. Assim que encheu o ônibus fomos pro navio. Não sei se é por ser MSC ou não ser Estados Unidos mas achei a chegada um pouco mais burocrática. Nada grave! É só ter paciência.

9C6E8C72-1563-4BB3-B159-51A17BFA3E66.jpegDA73A664-45A4-4CBB-B5B6-2E5459B6C85D

DA73A664-45A4-4CBB-B5B6-2E5459B6C85D

46735932-D250-47E9-9AD5-C2F0C36C1213.jpegTZPL2755.JPG

Chegando no navio desviei de um povo querendo me vender pacotes de bebidas. Subimos para os quartos e um tempo depois as malas chegaram. Foi bom porque trocamos de roupa e subimos pra jacuzzi. Antes demos uma parada pra comer umas coisas saudáveis, tipo, batata frita, rs. Depois entramos em banho maria na jacuzzi só pra gente. Depois de um tempo ali de bobeira a Jozi comentou: “daqui a pouco a Patrícia e o Robson passam aqui depois de terem passado pelo navio inteiro”. Dito e feito, não deu dez minutos e eles chegaram, haha. A Ju tinha ido ver se a mala dela tinha chegado e ficamos lá depois um bom tempo, tipo, duas horas, haha. Já estava cozinhando....

9EB48F8E-D0D6-4FDD-BFF0-C950CA953068.jpeg2D74958E-EA62-4C0B-B868-DE1C3D946F3D.jpegE0ED0319-5656-40A4-88E3-DD97EE3910BA.jpegOUGK6273.JPG

Hora de ir pro treinamento. O sinal tocou e fomos pra Assembly Station. Eu e mamãe fomos pra I, Ju e Jozi pra G, Patrícia e Robson não sei mas sei que estavam lá. Voltamos pra cabine pra deixar o colete e fomos jantar. O difícil foi achar o restaurante, tinha que subir no deck 7 pra descer no deck 6. Patricia e Robson já estavam lá. Nossa, depois de cozinhar na Jacuzzi estava molinha molinha. Tava todo mundo morrendo de sono! Optei pelo peixe e curti. Bem leve! O ruim desse navio é não ter água incluída. Água gente! Água! Fiquei com saudade da Royal agora! Mas tudo bem, bora pra frente. Agora o episódio engraçado foi a Ju comer o papel que envolvia o peixe, haha. Mas deu tempo dela cuspir antes de engolir, kkkkkkk. O jantar foi divertido com muita risada!

LXYG2143.JPGBQCZ3169.JPG

Saindo dali passamos por um salão com música. Eu passei! Fui resolver a internet e o cartão de crédito associado na conta. Nossa, eu tava um caco! Dali fui pro quarto dormir o sono dos justos.... Boa noite!

Publicado por Akemi Nomura 09:47 Arquivado em França Comentários (1)

Carcassonne x Porto

sunny 27 °C
Visualizar 2016 Portugal e França no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Bom dia mundo! Acordei hoje dentro das muralhas de uma das cidades medievais mais sensacionais do mundo, tem noção? Sim, fiquem dentro das muralhas. Não se preocupem em acordar cedo porque as coisas começam a funcionar às 9h apenas. A não ser que vc tenha combinado de dar uma caminhada por aí com o imperador, hahaha. Aí sim vc acorda cedo. Achei que não ia conseguir pois juntando o cansaço e a uma hora a mais de fuso em relação ao Porto ficou tenso. Além de ter ficado até tarde escrevendo o post de ontem. Mas eu consegui! Era 7 e pouco e eu acordei, tomei meu remédio e troquei de roupa. Logo depois o primo mandou mensagem pergunta do se tava de pé a caminhada. Super tava!

Não tinha quase ninguém na rua. As poucas almas que encontrávamos eu tentava ser simpática falando: "Bon Jour". E fomos dar uma volta a pé em torno da muralha. O mesmo caminho, praticamente, que a gente fez de trenzinho. O clima estava agradável pra uma caminhada. E sim, foi massa! Cerca de 40 minutos depois a gente estava na porta principal da cidade de novo.

90_D719D76FB93D80601DEBA2CE8CE2FB52.jpegD726E0FB9EDFE3404256F288C8BBFABC.jpegD732369DC2CCB178F2C333CA16C45C63.jpeg90_D755F4B2AD658A9326D12A3FA6EFFBFC.jpegD792F71ABB1B5A270B31806AE5EAE8BE.jpegD7AA08C9C63383688071EE09AD5D216F.jpegD7B3121E989662352F972881D568884D.jpegD7EAB8B9A9566670754EF39ADDD30525.jpegD7ED491C0999F251FB709975394A2CEB.jpegD7EFBB2EB996716C20ED5FE4A43713D7.jpeg180_D7F1C8B7AE13100F4EBCDFCAD568360D.jpegD8324413D3C8E42983BA47F7DF5D1FCD.jpeg90_D834D1FAF000C79CF2CF5F56163BED4D.jpegD83918FDA5055DF983F72D078EF87C3B.jpeg90_D83B6D24D40643F94A877A5D423F41FD.jpegD83E351ADDA6C98D701CBC307A99718D.jpegD84099D90BA91B04DC19DE8CDB267B7E.jpegD846B7E0D89A1F0B58E3579FA97BA080.jpegD844CC93D2FB41CE31AFBD91360C1725.jpegD842BD68CB915DAA3116557F88F886F1.jpeg
D88A02BEF61F8EB9A9B0F75F02B42112.jpeg

Curtiram? Tinha uma parte dessa caminhada que não dava pra acompanhar a muralha. Pegamos um trecho da cidade baixa. Pouquíssima gente na rua mas, também, domingo 8h e pouco da manhã... Teve uma rua que a gente passou que tinha uma feirinha meio que de quinquilharias. Pra uns seriam raridades, pra outros pode ser uma espécie de brechó, pra mim é tranqueira mesmo. Roupas, sapatos, discos, telefones velhos e muitas tranqueiras.

D86EB395E7892AC65CA62E689BE8DA3F.jpegD8767961FBE09AD9F5F63CA8813B8E46.jpegD87CE4B5E41815E1A34497A236CB7936.jpegD87F5F3E942F7780141BDBA0FC67235F.jpegD8822497EC71F46E051C420D576C6C26.jpegD884CCECDD14C7F2DD098F01F0C3F6A7.jpegD887A7E5BC3A14319570B72141EB53C5.jpeg

Voltamos pra dentro das muralhas e o movimento continuava o mesmo, quase nenhum. Exceto que no meio do caminho estava minha mãe procurando um lugar aberto dentro das muralhas pra tomar café. Não adianta, antes das 9h não se acha nada. O negócio foi esperar e quando passou das 9h saímos pra procurar algum lugar. As lojinhas começavam a abrir e num cantinho escondido achamos o Café Lucien. Parei pra olhar o que tinha e a moça veio correndo falando "bon jour". Bom, ela falava inglês tão bem quanto eu falo francês, ou seja, lascou, hahahahaha. Mas vamos lá, juntar os caquinhos de tudo que eu sei de francês, fazer uma mistura com português e espanhol e por fim colocar inglês no meio e vamos ver o que sai. Tinha um croissant saindo do forno. Essa foi fácil, era só apontar, hahahahaha. Pra beber eu resgatei o vocabulário que eu aprendi no menu do petit dejeneur de Paris. É viajando que a gente aprende. Que delícia de coissant, levinho, quentinho.... Nham nham.... Ah, e um aparte pra elogiar a atendente que se esforçou em se comunicar com a gente. Não precisa falar inglês, basta ter boa vontade... Recuperei a esperança nos franceses...

D89AABFAFD7397A5AE8B223C7B104F6B.jpegD8A4CF3BCD0EA4E532E4F9684B8CEC17.jpegD8AA8C8DE82C3D8FDD0C58E6928813A5.jpeg90_D8BA279CFB2C265A804296F70C7E71F8.jpeg

Levamos as "encomendas" de croissant pra galera do hotel. O hotel é massa mas ficar em apartamento é top demais. Se tivesse um apê legal aqui dentro... Enfim, acabou que eu fiquei pagando o café da manhã e depois fui sondar as lojinhas enquanto os dois voltaram pro hotel. Comprei o boné do João senão já viu, vou ouvir tanto, hahaha. Voltei pro hotel e a galera animou de ir no Café Lucien. Voltamos lá e já estava mais movimentado. A moça atendeu a gente com a mesma presteza de antes. Gente, anotem o nome do lugar e lembrem, se chegarem pouco depois que abre o croissant está quentinho. Sentamos ali e quem queria completar o café completou...

Bom, o tempo é curto e a Sapucaí é grande. Já eram pouco mais de 10h e o Chateau já estava aberto pra visitação. Como nosso voo saía de Toulouse às 16h30 e pra prevenir pegarmos outro congestionamento fomos logo fazer a visita pra não demorar a sair de Carcassonne. Tinha pouca gente mas deu problema no sistema de ingressos e ficamos um tempão na fila e, pra piorar, atrás de um espanhol cujo desodorante venceu faz uns dois dias. Um show de horror! O ingresso custa 8,5 euros e não tem desconto pra maior de 65 ou grupos. Talvez só grupo grande. O Chateau et Remparts é uma jóia medieval. É um museu de história e portanto não agrada a todos os públicos, mas aos fãs de história e arquitetura, vale a pena. De dentro do castelo se tem belas vistas, inacessíveis aos que visitam somente a cidadela de Carcassonne. Eu achei sensacional, mesmo a gente tendo que fazer uma visita meio que dinâmica por conta do horário. Viagem no tempo total, melhor, uma viagem nos sonhos de criança quando um mundo cor de rosa é formado por príncipes, princesas e castelos...

90_D8D67CBBF83300D9408E54454F278576.jpegD8E4B3CAB705940EFCDCD64BAD73DF92.jpegD8EB51D2F0C31FE3CF5C2AB299C1F4F1.jpegD8F5254FBDB4B69A5205462EC03DDAA5.jpegD8FC2BC1A2884469300D35C116124238.jpegD9050843A7A8F68109E89957D00EBE7E.jpegD911BEC8997E6C53D9D87A2D84F00A8A.jpegD917E236C6E8CBD2C524C4566474E423.jpeg

Cansou? Tem mais, espera só um pouquinho que eu estou terminando de baixar...

D92B7476FF43FD681567ED72A6936169.jpegD92F31930B92C6D663BEFB34EAAB6E4E.jpeg90_D931AC64D352C263E20D6AFB8E099F7D.jpegD93FF9CAAD31C29E6C048D2E04917668.jpeg90_D937430C969D16A7A055A3BA686F16C0.jpegD9430D30B016BF3B1B72BC0758CB739C.jpegD9455417E73BA356EB5B673B85494391.jpegD93CC449EF3652807A87DA269A1796BD.jpegD947EC66CB51664AD27C903342E87C72.jpegD952990ADFE2D7D32CD0E1D960E44C66.jpegD95626E5AF666D1DE02A8492A4AB65F9.jpeg90_D934A74805E2BC0F58D22D896432AE86.jpegD958873DA3029599FD62782FCABD6E26.jpeg270_D95DE4C9AB53A0556F3BBE30812F90EA.jpegD95ADE8ECF299B6098CC45D816F9FBE1.jpegD960C2A0ADD6EEC0FD10796CE8DA52F5.jpegD96382D5CA430C493EF7E44446299BA2.jpegD965B4A7C9459BBFF8FFF03F36D2A608.jpegD9688FCEC3A2F154E37D74BEA29E922F.jpeg270_D96AD45F9E989014EBAB1DAF770C84ED.jpegD96DCBE4F384A6B2A8A450BDB8C3D863.jpegD9A3AA51BBDDF1B618CF659388AC1C6E.jpeg

Ufa! Bastante né? É que eu não conseguia escolher então postei um monte mesmo, hehe. Saímos dali e fomos pro hotel (ainda bem que era tudo pertinho) recolher as coisas, fazer checkout e ir embora. Acho que senão fosse a questão da diálise e horário dos voos teria ficado em Carcassonne mais uma noite. Nem que fosse pra ficar de bobeira. A cidade é fantástica. Tirando os franceses foi tudo perfeito, hahahaha. Pegamos a estrada sentido ao aeroporto de Blagnac. Uma paradinha de despedida da cidade e pé no caminho...

D9A1E7FF0D962AEF73D7CB8E8C52A514.jpegD99FB4DBCFEA211EE642B30A8B89D664.jpegD99D4758ED3DDC94A1860A047B54A735.jpegD99AF3100B7A2CE9654EF1E54D88A04B.jpegD998E32FA6D7FA0701A8F0ED43EEF3F9.jpeg

Foi um fim de semana cansativo? Foi! Valeu a pena? Muito! Chegamos no aeroporto, pegamos nossa van em que coube todo mundo direitinho, haha, e voltamos pra casa. Hoje é o último domingo de agosto do verão português, a praia estava bombando...

D9C290BFF35053CCE3D3C7741ECE5ECC.jpegD9C51126DBA44D2C093E1F9CB7363430.jpegD9C76B13CE0A1A6A43BEC396622DC77F.jpeg

A proposta era passar no supermercado e comprar um bifão pra janta. E claro, preparar uma surpresinha pra Dona Neuza. Já que não vingou a sobremesa no restaurante lá em Carcassonne, vamos de bolinho do Pingo Doce. Já deu certo uma vez, vai dar certo de novo. Depois de algumas conversinhas no whatsapp... Surpresa!!!!!!

D9F65C9CE02AD06C1F73A32D78BBC971.jpegDA3299AADCB83FC68983D4F4CA6A9F16.jpegDA3606B90BAE58D85EE8F4C0E4031A82.jpeg90_DA3AFF92A5721E24B55F441A15EC4B41.jpegDA3DCB6CE0412A3E9DE095CFD65B54A2.jpegDA3896CFDB918E20BDD938A2039E9D61.jpeg
EDF5C63EE9F1BC6D0DA7494B96B4161F.jpeg

Teve aquela sessão de vinhos e queijos, claro. Por fim, bora jantar na mesa, todos junto, um bife acebolado... Por hoje é só pessoal!

Publicado por Akemi Nomura 23:30 Arquivado em França Comentários (0)

Carcassonne

sunny 30 °C
Visualizar 2016 Portugal e França no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Pééééé... Hoje o alarme tocou às 4h15 da manhã... Oi? Explico, hoje não é qualquer dia, hoje é aniversário da minha mãe. Hoje ela completa 70 primaveras, e não podia comemorar de outra forma do que no sul da França. Partiu Carcassonne?

775EAED8A6CD6AB9432B361FF24F735B.jpeg

Meio que fui me movimentando e acordando a casa. Muita gente pra organizar e no final deu tudo certo. Sem correria, quem ia despachar mala despachou, quem ia resolver como levar a cadeira de roda resolveu, no final faltavam 15 minutos pro embarque. Entramos tranquilos, com apoio da assistência do aeroporto pra chegar até o avião. Voamos de Easyjet e às 10 h da manhã descemos em Toulouse. Eu não entendi porque passamos por controle de passaporte se viajamos dentro de Schengen. Acredito que a França esteja em estado de alerta ainda, deve ser uma medida de controle. Assistência até o lado de fora do aeroporto e prontos pra próxima etapa. Tá certo que rolou um perdido e a gente não achava a Thrifty. E conseguir informação de francês é uó. Taí algo que os portugueses ganham longe. Chamou bastante atenção a presença de soldados do exército armados dentro do aeroporto. É, a França continua em estado de alerta. Mas, enfim, chegamos. Primeiro registro do aeroporto.

A84F1CD2EE59FD67994991BA411290D0.jpeg

Conseguimos pegar o carro. Como eram poucas malas, resolvemos alugar um carro menor, que cabiam 5+2 pessoas. Só que tinham duas malinhas e duas mochilas além de uma cadeira de rodas, haha. Ou seja, mami e Lindaura foram no "chiquieirinho" lá atrás, haha. E os demais foram meio que distribuídos nos outros bancos. Tava indo tudo bem, conseguimos fazer caber tudo e todos, o tempo de carro até Carcassonne era 1h.... Era.... No meio do caminho tinha um acidente, tinha um acidente no meio do caminho. Resultado? Cerca de 1h perdida e cansaço acumulado. Triste!

A869D24AA785D84F59E4AB01004DD4A9.jpeg180_A86C66DF07DF8D723A8C8277F6E4CC35.jpegA86F4572A93326627399EA82D9DA66A1.jpeg90_A872241AD0119E776CF37FEA4E72DEE7.jpegA87CCD4DA58C2AB59F6145CD55501A99.jpeg

Aos trancos e barrancos chegamos! Carcassonne! Ao aproximar já foi possível ver a cidade medieval, gente, que coisa mais linda! Nem chegamos ainda na cidade e eu já estava apaixonada. Papai sempre falou dessa cidade, queria muito visita-la. Eu também passei a querer. As fotos era bem atraentes. Mas chegar aqui foi mágico. Foi como chegar em alguns lugares que eu sonhava visitar, foi massa ter aquele sentimento renovado! Descemos no estacionamento fora da muralha. Não pode entrar de carro lá dentro. E fomos indo devagarzinho puxando mala, empurrando carrinho, desviando da multidão e degustando aquela paisagem! Ruelinhas movimentas, lojinhas, clima medieval!

90_A8AF96CCC4E07AD17277241DD1BD142E.jpeg180_A8B223CFDC6BCC2B22058B6EF8F66A48.jpegA8B5915CA072291796C60A76AA458B6D.jpeg90_A8B87949CBD7B03074C1653C59709853.jpeg90_A8BC328CB6E620B482D945FA66B8C228.jpegA8BFBABEB37C5843E6B77B8E5B268AD4.jpegA8C586A59804CFF0413AFD6DBDB3091F.jpegA8CA254FEEDAA1334CDFC890C6E16387.jpegA8CED1C8C67800756307E1C79383C529.jpeg
90_A9DB0384AF61EF5594651505F9AF25E2.jpeg
90_AA5A7BF5DBD1EDC10AD11907EDFFFF76.jpegAA5E5C3AA69C4E99C4220C308EE24EF6.jpegAA61C24BEE8B2197A5299E01B2B9DE89.jpeg90_AA6479C1C8C199CE453302B3BF49A6D3.jpegAA67ACD7B25BCF569EAD9DB53D91C735.jpeg90_AA991E62E12BA9B5C2DD65F2DEB115A7.jpeg

Ficamos hospedados no hotel Best Western. Foi engraçado que o Carlinhos não tava botando muita fé que o hotel era dentro da muralha, haha. Eu cheguei a pensar em ficar fora da muralha. Cheguei a reservar um hotel bem perto da entrada. Mas, na boa? Não façam isso! Num segundo de razão eu cancelei a reserva do outro hotel e fiz aqui dentro. Um pouquinho mais caro, mas perfeito! Fique dentro da muralha e não se arrependa! Em que pese seja um quatro estrelas, não tem nada de luxuoso. É um bom hotel.

A99FB1D4DAFDB2C2B64FDCBEBCAD4BD9.jpeg

Depois de desovar as coisas no hotel partimos pra tentar comer algo. Estava difícil, já eram 16h e os menus de almoço finalizavam às 14h. Achamos um cantinho que parecia bem legal, lugar bem gostoso, mas.... Comida não era boa e o atendimento.... era péssimo! Não recomendo! Chama Le Menestrel. Não perca seu tempo lá, mas, por via das dúvidas, anote a senha do wifi: cocacola, haha. Sério, eu não sei de onde francês tirou que todo mundo tem que falar francês. Hello, século XXI e, que eu saiba, inglês é mais que um idioma de um ou outro país, é o idioma universal.

180_A9BA0CF9BD07A3BC2BFD13668FAC6110.jpeg180_A9BC561790292F96472C43289CC95AE0.jpegA9BED612A25730F441B3F22222F3D9EA.jpegA9C10419AD9326B34C29BB2C4EE7AF75.jpegA9C705D3D1BD37687D2CD188DC428E32.jpegA9CB6AB4B513C5587DD7DD780F142F16.jpegA9D0701EEC8394184E3D5C449C4C4E93.jpegA9D4B351D8D7A50A0FD8D71620708F3B.jpegA9E254C3BA3D0FC00D9B1183B97139C4.jpeg

Da janela do quarto a gente via a Chateau.

AA7E2F23CB6B6DAC570EA5DEFEBF72D8.jpegAA8078D2DF312FA75344CBE21FAB89DF.jpeg

Enfim, passado meu asco com os franceses resolvemos fazer o passeio de trenzinho em volta das muralhas. Papai falava toda hora desse passeio, que a gente ia perder, blablabla. E quando ele começa é porque ele quer fazer. Se ele quer então, partiu! O passeio custava 7,5 euros por pessoa mas depois de uma "chorada" o cara cobrou seis pessoas. Dessa vez eu até agradeci em francês... Hahahaha... O passeio é bacana, dá a volta completa nas muralhas e vai contando histórias. A volta nas muralhas leva cerca de 20 a 25 minutos. Confesso que não lembro de nenhuma completa, eu estava tão encantada com a paisagem... Mas lembro do pedaço quando a fortaleza estava cercada, a princesa Carcas mandou alimentar bem os porcos e os arremessava do alto do Chateau. Ao se espatifarem no chão, o recado recebido pelos que tentavam invadir o local é que lá tinha comida e que os potenciais invasores não aguentariam esperar a escassez de comida pra conseguirem invadir o castelo. Ao se dispersarem, a princesa mandava tocar os sinos pra avisar da vitória. Daí veio a expressão que significa Carcas manda ticar o sino, ou melhor, Carcas sonne. Sacou? Era mais ou menos isso. Agora, voltando ao passeio, a vista do outro lado (que dá pra chegar a pé mas com papai é mais fácil de trenzinho), é fenomenal.

AA9BD40D9CDE703D7B9DF863E4699D0B.jpegAA9DF7F791251DA652DDD125F3D74F42.jpegAAA9FD22A55D9F53FCA93D623940A709.jpegAAB05630AA16116F334B042C5482A8A9.jpeg90_AAB5566DFDC8CFB2D2C48282BCDBD38C.jpegAABA1A8FD7C5FABF27F9342CEDBC81D0.jpeg90_AACA86A1027044BC617F5C0985B0C1BF.jpegAADDA77D9E223C611C9F7350F6B15119.jpeg
AADDA77D9E223C611C9F7350F6B15119.jpegBBF35198FD2323770338FC1F1BF8460B.jpeg90_BBF5A45DF704E452212534292E920338.jpegBBF87867E7259BDB597CADBCF45A02C1.jpegBBFA9FD90C76BB3A4B50C76D8829960A.jpegBBFCCE3C9598AA279076317AFA975C8E.jpeg270_BC2485F9F4E5EE98AD6360ECE6C935E1.jpeg
C67920CEB94A5D9FB5603309E987410B.jpeg

Papai pediu baixa do time, precisava descansar. Voltamos pro hotel e deixamos ele lá. Depois de curtir uns minutinhos de preguiça, partiu bater perna nas ruelas. Simplesmente se perder e se achar nos cantinhos da cidade que, como um todo, é uma espécie de castelo medieval, tipo o de Edimburgo. Carcassonne é hoje um dos pontos turísticos mais visitados da França. Dizem que só fica atrás da Torre Eiffel e do Mont Saint Michel. Carcassonne é uma mistura de viagem no tempo e conto de fadas. Você volta no tempo, pro período medieval. Suas muralhas estão incrivelmente preservadas. Não consigo deixar e repetir, estar em Carcassonne hoje pra mim é um sonho.

BCB8C8E301CBEB78894AB22C13F4B2DE.jpegBC38556DB0AB6946D0BFB93E5B536A47.jpegBC3F1F5894F2A8BE6FBFFC101C24368C.jpeg
BCC1D27DDC94647048107FCADE83AEDB.jpegBC5577540ADF3C97AC18932D615B38B9.jpegBC65A178D827BEC0ABEAE551ECA80282.jpegBCBD0F23EFEFDE37F8237A77033E3E72.jpegBC694096C91B2E722B98F7D58DFB21AB.jpegBC6C173FB9858AFFCB74A1FD598EEC9C.jpeg
BCAF7C13D154D5158622A4CFA78A3A5D.jpeg

Não há castelo encantado que se preze que não tenha as suas lendas. Outra lenda diz que Carcassonne justifica o seu nome com a história da dama de Carcas: quando Carlos Magno cercou a cidadela desta dama sarracena, achando-se desprovida de soldados, Carcas distribuiu pelas torres e muralhas bonecos feitos de palha, armados para combate. O estratagema resultou, e Carlos Magno levantou o cerco, desanimado com inimigo tão numeroso. Terá dito então a dama: “Sire, Carcas te sonne.” (“Senhor, Carcas vence-te”, em tradução livre). Daí o nome da cidade, que a lenda assegura que se tornou cristã, dando a dama origem à primeira linhagem de condes de Carcassonne. Lembro de uma história parecida em Ávila quando a esposa de um governante da cidade ludibriou o exército inimigo com um exército de mulheres vestidas de homens. Procura aí no blog... Seguem mais fotos aleatórias da cidade. Mais do mesmo? Talvez! Mas é um mais do mesmo muito legal!

BC6E901A0425EF665D03175997F4AB4E.jpegBC70E5AE06B6834176AC9D9CB3DD0C16.jpegBC73A758F7BA816537B9E78EE0D2FC0D.jpeglarge_BC762A5FF4EEBAC63F47A3A7ED4AF8BD.jpegBC78F2840ED67F58A5C9F24F21875D05.jpeg270_BC7B6340ABA09639423953A9DDC5CFEE.jpegBC7E15C1D10863C4322929FE062BCBF8.jpegBD05988CC4E9A1D4D44A5E0825046543.jpegBD0A29FF0B06BF2CFD20B9D50B4C8788.jpegBD10C199B53719988C22C738C703352C.jpeg

Ocorre que parece que a verdade é outra: os romanos já tinham uma fortificação na zona a que chamavam Carcasso, e os sarracenos, que se sucederam aos visigodos e não ficaram por aqui muito tempo, chamavam-lhe Carchachouna. A cidade-fortaleza foi palco de combates, cercos, destruições maciças e, por fim, expulsão dos seus habitantes, que resultou na ruína do que ainda estava de pé. Nesse caso, no meu ponto de vista, as lendas são sempre mais interessantes...

BCB429BBC951338A4F8E878A5DEA76ED.jpeg
BC806D11F6788829A371A1E8345BAA81.jpegBC830F94A04E55AA760DFDDBAE5A6CBC.jpeg
BD00DF6A0DECAD97E4FF12942EFE9B5D.jpeg

Depois de dar a volta nem sei por quanto tempo, deu pra perceber que o movimento diminuía um pouco. Diz o imperador que tinha mandaso fechar os portões da cidade, haha. Parei numa lojinha de chocolate artesanal pra levar uns mimos pra uns amigos. A galera que veio passar o dia já vazava. Ficava por aqui quem ia dormir na cidadela ou na cidade de Carcassonne. Tava todo mundo precisando de um descanso, é verdade. Combinamos de sair às 20h30 que depois foi adiado pras 21h. Irmã veio no quarto, abriu a janela (pra variar, haha) e me chamou: "venha aqui agora tirar foto do pôr do sol". Justo eu que amo pôr do sol (e tudo de maravilhoso que a natureza oferece de graça) não podia deixar de registrar...

BD3847ACF5A1E611A9BB56587F2899D3.jpegBD3ABA21B54975A47FFE613CA115B700.jpegBD3D58BFDD254FBBE8AFF59CECB924D2.jpegBD4032CEE17194E811980197B34ABFE9.jpegBD435A109CC53C7F9E757683D3ACB5FE.jpeg

E olha essa depois que o sol se pôs...

large_BD4A4E8DE3AF534E935CBBC144BE2816.jpeg

Ok, depois de um descansinho e um banhozinho (esse sim foi revigorante), já estava na hora marcada. Gente, agora uma dica, fiquem espertos com os horários dos restaurantes. Muitos fecham cedo e sair às 21h pode ser tarde se os que estiverem abertos estiverem cheios. Vai ter que ir pra boteco. Tem um que é super bem cotado no Tripadvisor mas o horário de funcionamento era das 19h30 às 21h... Vai entender.... Só que hoje é aniversário da minha mãe, então hoje é o primeiro dia que a gente janta fora. Então fomos numa Braserrie a cerca de 150m do hotel com uma nota razoável, estando em 13º no Tripadvisor. Fomos até bem atendidos pro padrão francês, os garçons falavam francês e inglês e não eram mau humoradinhos. Claro que não era um mega super top atendimento, mas tava ok. Hoje é aniversário, hoje é festa, hoje é dia de comer gostoso. Hoje eu pedi um entrecôte, nham nham. Os pratos eram bem servidos pra uma pessoa, mas hoje valia a pena comer um cada um. Estava tudo muito gostoso. E mais do que isso, mamãe estava muito feliz. Tem coisa melhor?

BD74A08B9E0F07D23A4F0B33D007C871.jpegBD776B8DE7630A9D9A3CDBD0EA60ABF5.jpegBD7BC46107A4FB4E9B5A31653F99487E.jpegBD7E00F90220F73F5D19F0F5E716A420.jpegBD8064EC9893EA91431605B5785002D7.jpegBD829D19E87A6C68F08F36B16C269BEB.jpegBD855B30F6114AE50BD4B71F677EA772.jpeg
BDB6042ED739F3344B79CD15581C0F75.jpeg

Voltamos pro hotel (ainda bem era pertinho e dentro da muralha) e nos recolhemos... Só que não. Nossos planos foram meio que frustrados, não deu pra comprar os macarrons (tava todo mundo quebrado), pedimos uma sobremesa pra cantar os parabéns mas nada do garçom trazer, mas alguma coisinha a gente tinha que fazer. E fizemos! "Hoje vai ter uma festa, bolo e guaraná muito doce pra vc, é o seu aniversário, vamos festejar os amigos receber...".

BDC8A99FE4DF433F48D84A35E7101E10.jpegBDCAE12CB520DCD995E1AE4CDB54CE35.jpegBDCD11A0AC8184ADBF41409547E32551.jpegBDCF093ED695373D970F37B56A148B3D.jpeg

Já estava tarde, mas ainda teve tempo pra uma saidinha. Pouca gente na rua, mais nos botecos. Alguns bêbados também. Mas sabe a sensação de que a cidade é sua? Fomos eu, mamãe e Carlinhos dar uma olhada nas muralhas iluminadas. Meodeos que coisa linda! Estou mega encantada com esse lugar. Certeza que Carcassonne entrou junto com Phi Phi na minha lista dos top ten. A seguir, imagens de Carcassonne by night...

270_BE21CEFF025138C3EF5FE213EE2DF966.jpeg90_BE2683A6049F87F66DABA2F45D2B9E5D.jpeg270_BE3589DAA6ABACB1011C032075E398F0.jpegBE49D7C2C49F0CAF496024F9945B97C1.jpegBE51407CFF45D6CC79D22E6939AB5FA8.jpeg270_BE54392FA5FCC881520818C3B0294F85.jpegBE588EBAA6BA196B82EB76D17A3B37F7.jpeg270_BE6F08ECA51DF9330844A74BAFCA5CFE.jpegBE780D7495CFF844DC93D3DD60CB2E5A.jpeg270_BE7B8D77A6C1F711FFD5A738270C66FF.jpegBE7EDFADE11F847590FA81DDB9182CD7.jpeg270_BE82A9130951468FE0AAACCFD8C22B8B.jpegBE8635D5A7BEA9EC2F8630C3BC9585E9.jpegBE889595DE321D0C12343C3FF5FF8A9F.jpeg180_BE8BE1CCED015CAE2D9E5A4AAF92F9EA.jpeg90_BE8EC4EEE06FC04E6A5C450739A9EB0C.jpeg90_BE9188B9E23E67E8B0721EDF764F5241.jpegBEE846A8A4ADAA89EC8E08B7B10434EC.jpegBEF194C7953E7F908B5B88557F365C1A.jpeg270_BEF8EE21C5189399970FE65FE9FD3D52.jpeg180_BF015312E643BE5C89FEF99610FB4E88.jpeg

Publicado por Akemi Nomura 01:00 Arquivado em França Comentários (0)

(Textos 1 - 5 de 7) Página [1] 2 » Próximo