Um blog do Travellerspoint

Porto Rico 2

Despacito

sunny 30 °C

Acordei às 6h30 com um falatório na janela. Era um grupo de adolescentes fazendo um treino funcional na praia. Levantei e tomei meu remédio logo antes do café. Logo cedo fomos na Walgreens aqui na frente. Não costumo ser frequentadora de farmácia não, gosto de ir em supermercado. Mas aqui perto não tem e em Porto Rico não tem Target pra me animar a pegar o carro. Comprei os chocolates na Walgreens mesmo.

1780B678-CE57-4D33-8D80-5187E757E6E0.jpeg

Depois fomos no shopping Plaza Carolina. Ali tem uma TJ Maxx e uma Best Buy. Eu nem olhei nada na TJ, tá acabando o dinheiro na carteira e o espaço na mala, haha. Depois passamos na Best Buy porque mamãe queria um airpod. Okis também comprou um. É gente, Dona Neuza tá com airpod agora. Aguenta!!!! Dali fomos para o centro velho almoçar. O dia estava Lindo.

6FCCBF0F-A4FF-41D0-92F2-ECBFDD630F85.jpeg57720252-CF41-4D77-B0A0-62161A8539F1.jpeg91E5F711-0AC5-4E12-9710-310761ABA73B.jpegCF5D1D77-9E1B-4A0B-87CD-F61D8E57608F.jpeg3E2A3321-A8F7-4FC5-AF43-E6B8D0DC597D.jpegF0CF7F98-09AE-424D-8438-C740B88F8147.jpegBE3CD293-A4B0-46BB-8FED-12337443C35B.jpeg26E83FFA-B511-40AD-A8E3-340D47729A4B.jpeg77EA9C15-5862-4CA5-9136-1C46D188E9A6.jpeg

O TripAdvisor nos indicou um restaurante na Calle Fortaleza, o Barrachina. Como ali tinha todo tipo de comida agradava todo mundo. Chegamos lá e resolvi arriscar o Mofongo. O mofongo é um prato típico porto-riquenho. É feito com banana da terra colhida verde que é frita e então fazem um purê. Tem um molho e uma proteína acompanhando. Falar a verdade? Não curti! Achei o purê muito massudo, sabe? Não sei se é assim mesmo ou a forma que foi feito que não foi legal. O meu eu pedi de mandioca e também ficou massudo. Mas, enfim, tem que experimentar.

1B672661-51DC-4CCA-AB0B-479F62FE6BB6.jpegA8D9FAE0-3B07-46D5-B496-7B4B3EFC3729.jpeg57AF761E-DF25-4A60-A497-E610D4D72F48.jpeg2A4297EC-090C-492A-84D0-A8020C47FD0D.jpegF1376F01-17BD-4B76-8974-10FD829E479A.jpeg

Dali a ideia era caminhar no centro velho. A região abrange 7 quadras que remetem à arquitetura colonial espanhola. O trânsito é meio caótico nas suas ruas estreitas. O sol não ajudava muito. Por outro lado não quero reclamar porque acho chuva pior. As ruas tem diversos bistrôs, galerias, lojas e residências coloniais com suas varandas que chamam atenção. Já vi isso em Cartagena. Passeio das princesas, palácio do governador, fortalezas, casas coloridas, simplesmente caminhe...

EB652898-5763-4739-A72C-DBFDD35FA2C7.jpeg68F4A6DE-FB15-4D94-8D8C-E06E2DE04B5B.jpeg63A4B292-F4A1-41B9-B005-6326F6894BF3.jpeg878BB66B-047B-47D1-BF72-9E6512587AAE.jpegF84043F2-68A7-49C4-AFEC-C875D44B47EF.jpegDFB75303-7D43-44E7-87D8-93765C29CD63.jpeg6F26A64A-3FF9-4121-8640-57E958662A2B.jpeg771CD4A6-FB4B-455A-9AAB-D60BC5A2E019.jpeg87842AFA-B2D0-47C9-81FB-85A3510BFF44.jpeg629B3BA3-42CF-4BE4-AAB6-0F824E90AACD.jpeg

Uma das principais atrações do centro velho, quiça de Porto Rico, é o Castillo de San Filipe Del Morro, mais conhecido como El Morro. Construída em local estratégico para proteger Porto Rico de invasões tem mais de 400 anos de história. Além de todo passado do lugar, a fortaleza proporciona uma bela vista da cidade. A entrada custa US$7. Pelo que eu entendi abrange outra fortaleza. O sol não ajudava muito pra caminhar mas por outro lado proporcionou um lindo cenário de San Juan.

E7D953FD-73CE-4EFD-856E-B80F20CA5C3C.jpeg8921E5E8-A123-4FDC-9D2A-8DB92683F7F3.jpeg8BD6A1F0-9029-4EE2-894B-F83CF5AE0ADC.jpegDFB8F5DC-C303-4B1B-B5F2-72F534AA5635.jpegD1343AEC-7F94-4307-91B0-754EAF35A24D.jpeg849E4076-782E-4539-BE57-87E6531A0B21.jpeg55462FD6-AA35-483B-AB9D-2FBEA878B507.jpegA1B8B3D1-CD47-4ABA-95DE-8793BFCEE891.jpegA795E7B2-E25B-4BE8-8348-79BE42C13185

A795E7B2-E25B-4BE8-8348-79BE42C13185

7209A9EE-EF98-4B3D-8F74-ED18E5E76C01.jpeg2C6B5468-AE28-4596-9945-802F808ECD44.jpeg

Feita a caminhada, fomos pegar o carro. Antes fizemos uma parada estratégica para comprar o imã de geladeira. Aí a ideia era fazer um drive tour pela cidade histórica.

7EC6C169-0A24-4FB9-AD1A-F2619AE4E704.jpeg873A3C20-061D-4A59-9599-4D78B593ADB0.jpegA4974A0F-11A4-4882-BAC8-6F4D501FE58C.jpeg0A880E6D-EB85-4A5A-A14F-9031107716E1.jpegA34BD4A7-35F1-442F-8CC5-2526D03180F7.jpeg4BD09674-C3E0-4BFD-A6E1-40362ED3CEEE.jpeg81B63F32-3D1D-4352-B316-DA46FF951D05.jpegF00BF6FC-06F5-4D8E-8677-0AED53ACEED4.jpeg30AD9386-2053-494D-842F-2CA18BEBA22F.jpegB28E719D-E545-4F26-88C3-48A1FDA7F998.jpegE5A24EE2-29A6-4B86-BAA3-17152255E084.jpegC576A029-9781-42D8-8D88-34BDFD45B4F2.jpeg8EEDE7A5-7A5E-4C49-9FCE-B369F43CD090.jpeg

Depois seguimos para dar uma volta em Condado. Condado é uma região nova que foi recentemente recuperada e modernizada. Condado tem um astral diferente e em alguns momentos lembra um pouco de Miami.

9F040483-10E3-4C9E-9B78-38136CFF951F.jpegAD1B3F1A-4E08-4BD0-8191-18CF56F9950A.jpegCE0C7768-16A0-4453-A613-EDBEFDFF4537.jpeg7DF1FC63-8AC8-40D5-ACD9-8734FF8BC289.jpeg

Voltamos pra casa porque ameaçava chover. Paramos aonde? Na farmácia! Primeiro CVS e depois na Walgreens. A CVS é enorme. A farmácia propriamente dita fica no fundo. É até engraçado procurar a farmácia dentro da farmácia.

Depois voltamos pro apartamento e, como o tempo ainda estava firme, rolou coragem pra dar um mergulho. Fui e trocar e ao olhar na janela do quarto tinha um drone na minha varanda... Gente, tirando as algas que andam infestando o Caribe, a água estava uma delícia! Era fim de tarde mas o mar estava quentinho. Até mamãe entrou e encarou as “ondas”. Não dava vontade de sair.

D66AFA36-E132-4CEC-895D-9E39FBFFD6DD.jpeg

Saindo de lá voltamos, tomamos banho, lavamos roupa e pronto! Fui eu e mamãe na farmácia de novo! Hahahaha... mas dessa vez fechamos a conta na farmácia. Ah, de quebra consegui fazer um cartão da CVS. Ueba!!!!

Pronto, voltamos pra casa pra jantar e curtir preguiça! Só que não.... como no porto não tem drop off tínhamos que devolver o carro hoje. Fomos abastecer antes. Ah, uma dica. Aqui você abastece primeiro e paga depois. Completamos o tanque e depois pagamos.

Depois deixamos o carro no aeroporto. O processo de retirar e devolver o carro é bem simples. Funciona da mesma forma que nos Estados Unidos. Alugamos pela Alamo. O preço valeu a pena por conta da ida ao outlet que, se fosse de Uber, sairia muito caro.

124E05EB-C2CD-4C4C-B9D2-268498351B36.jpegBEEF4B7C-1DD5-4701-9DBC-61F7D6D801D6.jpeg

No retorno voltamos de táxi. O preço é tabelado e até Carolina saiu por US$15. Tem um porém aqui, não rola Uber no aeroporto. Só taxi mesmo! Fim de dia, fim de noite!

Publicado por Akemi Nomura 02:33 Arquivado em Puerto Rico Comentários (0)

Porto Rico 1

semi-overcast 26 °C
Visualizar 2019 Caribe Holandês no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Bora começar mais uma trip? O foco dessa viagem era o ABC do Caribe (Aruba, Bonaire e Curaçao). Essa região não faz parte da rota dos furacões. Estava de boa até que me resolve passar o tal do Dorian. Dorian passou uns 6/7 dias antes em Porto Rico. Passou como tempestade tropical, categoria 1, nada grave. Mas a preocupação veio porque em 2017, a temporada mais mortal de furacões, vários passaram quase simultaneamente. Teve o Harvey, categoria 4, o Irma, categoria 5, o José, categoria 4 e o Maria, categoria 5, que destruíram muito das ilhas que estavam no caminho. Para Porto Rico o Maria foi o mais mortal. Resta então torcer para que não se forme nenhum outro.

Viemos de São Paulo para Porto Rico pela Copa. A classe executiva da Copa não é fenomenal, mas quebra galho. Fizemos conexão no Panama e pousamos em San Juan pouco depois das 22h horário local.

8D61EE3B-F728-4828-B993-034C4DB3C2F7.jpeg752DA1F6-6A50-4DA0-84EA-A9C25CD7C8C9.jpeg3B1D808A-616C-4C98-86F5-A8731971A7EC

3B1D808A-616C-4C98-86F5-A8731971A7EC

Porto Rico é estado não associado dos Estados Unidos. E sua imigração segue os mesmos trâmites de solo americano. Você passa pelo totem e preenche as informações que preenchia no antigo landing card. Coloca aa digitais e imprime o cartão. Se sair limpo passa direto. Se sair com um x tem que passar pelo controle comum. Preenchi o meu e o da mamãe e nós duas tomamos o x, haha. Pensei, deixa eu adiantar e ir pro controle logo. Passamos por uma esteira desligada e fomos pra fila que não existia ainda. Uma das diferenças pra imigração no continente é que são bem menos pessoas. O cara da imigração foi um show de simpatia. Falava comigo em inglês e espanhol. Vibrou quando a digital da mamãe passou no leitor. Depois conversou comigo sobre o incêndio na Amazônia. Perguntou pq “nosso presidente” não aceitou o dinheiro do G20. Enfim, adorei ele!!!

Aí aconteceu algo bizarro! Saí do controle e fui pegar a mala. Gente, já estávamos no saguão do aeroporto. Olhei pra trás e a porta fechou. Lascou! Gente, um aprendizado, a mala você pega ANTES de passar pelo controle de passaporte. Pedi ajuda pra um moço do aeroporto que chamou o oficial e explicou a situação. O oficial foi super simpático e deixou a gente entrar pra pegar a mala. Quando estava entrando vi Harumi e Okis trazendo nossas malas. Acabei que voltei e esperei eles lá fora pra não atrapalhar o fluxo de pessoas. O cara já foi super legal comigo. Logo logo os dois saíram com nossas malas.

Fomos ver o aluguel do carro. Já tinha reservado um SUV pra gente na Alamo. O processo de retirada é o mesmo dos EUA. Tudo super simples e prático. Pegamos uma RAV que cabiam as quatro malas tranquilo. Fomos pro apartamento porém antes paramos num supermercado pra garantir água e o café da manhã.

Chegamos no apartamento já um bagaço. Tem sempre o ritual pra aprender a entrar no prédio, local pra estacionar, como entrar no apartamento, enfim... chegamos! Um banho, um copo de água e um bom sono!

AB5FF215-60A2-4589-8167-0929CC81EE28.jpeg

Dormi já eram quase 2h da manhã, horário local, e acordei 6h30. Não enrolei muito pq senão o sono ia ficar doido. Tomei meu remédio e fui no Walgreens fazer nada. Só sondar... depois voltei pro apê e chamei mamãe pra tentar sair do prédio pra praia. Fiquei com medo de ir sozinha e não conseguir voltar, hehe. Harumi acordou e decidiu ir junto. Conseguimos passar pelos 4 portões e fomos ter o primeiro contato com o mar. A água estava fresca. Como o sol ainda se embrenhava entre as nuvens a água não estava ideal. Fomos caminhar em Isla Verde Beach.

3C5C216F-371B-4C19-9468-6379299CAB97.jpeg6FDB6542-5394-4585-B90C-CC9FB53C8392.jpeg

Isla Verde é citada como a praia mais bonita da ilha. Não é a mais bonita de Porto Rico. Esse título é da praia Flamingo, em Culebra. Pra chegar lá é meio novela então vou deixar pra outra oportunidade. Quando o sol resolveu sair a cor do mar foi mudando. E foi ficando bem bonita. Não deixou nada a desejar.

6BB3F436-082B-412F-B2AB-9F02DE889068.jpeg

O foco do dia hoje eram compras. Como hoje é sexta Harumi sugeriu ir às compras por ser mais tranquilo que fim de semana. Então resolvemos ir logo de manhã no Outlet Premium de Barceloneta. O esquema é o mesmo do de Orlando. Não é tão grande quanto mas tem bastante loja boa. Vale a pena ir até lá? Estando com disposição pra procurar vale sim. Vai preparado com cupons pra valer mais ainda. Uma dica é conversar com a pessoa no caixa. Fui na Calvin Klein e na hora de pagar eu mostrei um cupom que não valia ali. A moça muito simpática disse que tinha um outro cupom. Então além dos 70% de desconto, ganhei mais 15%. Coisa linda né? E olha que o dólar tá caro pra caramba. Mas saí bem satisfeita, ainda mais pra quem não tinha nada em mente, hehe.

6809399D-79BB-48F0-8FD7-69626C61124D.jpeg

Compras feitas, pausa no Walmart. A região que fica o outlet tem um Walmart do lado. Eu estava querendo comprar calça jeans da Levi’s pq comprei uma nos Estados Unidos que caiu muito bem. Não tinha! #xatiada. Mas abastecemos com o necessário até o dia do embarque e pronto!

Voltamos pra casa e pegamos um trânsito bem ruim viu? Chegamos no apartamento e desembarcamos as coisas. Acabou que resolvemos jantar logo. Eram umas 19h e é melhor comer mais cedo e não dormir com barriga cheia. O por do sol estava bem bonito.

EFD2D794-CAE4-4716-B885-5FB0CBB5EF5E.jpeg

Okis tava com dor de cabeça e ficou em casa e nós fomos na Ikea. Gente, pra quem gosta de Ikea Porto Rico não é o lugar. A não ser que você busque móveis ou decoração. Senão nem perca sei tempo. Nem estoque eles tem porque a demanda não justifica.

Agora, já que estávamos na rua mesmo, porque não dar uma passada em outro Walmart que é do lado? Adivinha? Achei minha calça jeans!!!! Era a única coisa que eu tinha em mente em comprar aqui, haha. Experimentei e serviu super bem. Peguei 3 e fiquei na dúvida qual levar. Perguntei pra minha irmã que resolveu o problema. Levei as três! Hahahaha

Fechou dia 1. Pegamos uma chuva mega forte no outlet e abolimos a ideia de banho de mar noturno. Já estava cansada também. Até amanhã.

Publicado por Akemi Nomura 07:40 Arquivado em Puerto Rico Comentários (0)

Martinica

sunny 27 °C
Visualizar 2019 Rota do Rum (Caribe) no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Chiquita bacana lá da Martinica. Se veste que nem casca de banana nanica. Voltamos pro início! Martinica, território ultramarino francês no sudeste do Caribe. Daqui partimos e aqui terminamos nosso cruzeiro. O processo de saída aqui vai ser simples. Tomamos café da manhã, guardamos a bagagem de mão no lugar indicado no navio e descemos pra fazer check in do voo no porto mesmo e despachar a mala que já tínhamos entregado na noite anterior. Fomos as últimas a despachar as malas. Acho que o povo já estava xingando a gente, haha. Pronto, estávamos prontas pra passear!

Martinica tem praias divinas mas infelizmente não teremos tempo hábil e já despachamos as malas. Também já entregamos a cabine e não temos mais banheiro pra tomar banho. Então vamos dar uma caminhada pela cidade mesmo. Descemos do navio e fomos em direção a uma parte mais movimentada da cidade. Martinica tem uma vibe muito legal em que pese seja território francês. Desculpem-me os franceses mas minhas experiências com seus pares não foram muito boas. Fomos andando até uma praça que parecia ser a principal de Fort-de-France. No caminho avistamos o forte que deu nome a cidade.

IMG_2702.JPGIMG_2703.JPG

Na praça a construção me lembrava um pouco os anos 60. E um pouco a parte vintage de Miami Beach. Prédios como teatro, correios e outros ficavam ali.

IMG_2675.JPGIMG_2676.JPGIMG_2665.JPGIMG_2668.JPGIMG_2664.JPGIMG_2688.JPGIMG_2666.JPGIMG_2673.JPGIMG_2663.JPGIMG_2669.JPGIMG_2671.JPG

Depois pegamos uma daquelas ruazinhas do centro. Estava bem movimentado no sábado de manhã. Mas parece que a tarde fecha. Fomos andando e procurando imãs. Chegamos a encontrar um lojista francês simpático. Essas coisas são tão raras que preciso registrar.

IMG_2677.JPGIMG_2678.JPG

A Jozi estava cansada e deixamos ela no Mac Donalds e fomos andar mais um pouco. Demos a volta e pegamos a parte do lado do mar. Estava tão gostoso o tempo. Estava quente mas ventava bastante. Até sentei um pouquinho com a Ju só pra abstrair.

NLOS5869.JPG

Mais pra frente encontramos a Jozi que tinha saído do Mac pra tirar fotos e voltamos pro Mac pra tomar uma casquinha, usar o wifi e curtir um pouco o ar condicionado. Depois fomos andando sem pressa de volta pro navio. Achamos até uma prainha no caminho aos pés do Forte.

IMG_2696.JPGIMG_2693.JPGIMG_2691.JPGIMG_2689.JPGIMG_2701.JPGIMG_2686.JPGIMG_2704.JPGIMG_2680.JPGIMG_2708.JPGIMG_2707.JPG

Voltamos pro navio e fomos almoçar. Sentamos no fundo do navio e comemos sem pressa. Eram pouco mais de 14h, tínhamos tempo. Depois só pegamos mossa bagagem de mão e sentamos no saguão do piano do navio pra esperar. Mais perto do horário trocamos de roupa e fomos pro teatro. Como saía muita gente até os voos foram marcados de forma a distribuir os passageiros já que o aeroporto era muito, mas muito, pequeno. Fomos de ônibus até o aeroporto. Assim termino mais uma viagem. Sete ilhas, cinco países, muitas risadas e muitas memórias. Dinheiro melhor investido não há.

IMG_2710.JPGIMG_2712.JPG

Viajar com amigos para uns é um desafio. Para mim saio sempre com a amizade fortalecida. Respeito o espaço de todos e todos respeitam o meu. Conheço mais ainda aquelas pessoas que hoje pra mim são como irmãs. Agradeço muito por ter tido essa oportunidade e espero ter muitas ainda. Hoje eu tô inspirada pra dizer: não espere o amanhã e viva intensamente cada dia dessa preciosa vida que nós temos!

Publicado por Akemi Nomura 12:13 Arquivado em França Comentários (0)

San Vicente e Granadinas

sunny 26 °C
Visualizar 2019 Rota do Rum (Caribe) no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Cheguei ao meu 46o país. São Vicente e Granadinas é uma elegante sucessão de cores tropicais: de águas turquesa a praias verdes ornamentadas de palmeiras e de praias brancas a recifes de corais com as cores do arco-íris. É formada por um conjunto de ilhas chamada Granadinas, irmãs menores da ilha principal São Vicente. É a terra onde os veleiros encontram as condições perfeitas para navegar. Sua posição geográfica a torna porta de entrada para essas embarcações.

E930E3D2-CD95-4321-8FBD-CC5EA6A95123.jpeg

São Vicente e Granadinas é uma monarquia parlamentarista e apesar de estar localizada na América Central, o país tem como chefe de estado a Rainha Elizabeth II, do Reino Unido. Como ela não reside por lá, quem a representa é o governador geral, Sir Frederick Ballantyne e quem controla o governo é o primeiro ministro, Ralph Gonsalves. Sua capital, Kingstown, fica na ilha de São Vicente e tem pouco mais de 17 mil habitantes. Algumas cenas “Piratas do Caribe” foram gravadas por lá, em Wallilabou Bay.

6FFE3F18-C4F0-457F-85EF-27FD6B58FF25.jpeg

Pois bem, acordei antes das 4h hoje. Dormi um pouco depois das 5h mas acordei a tempo de ir na academia. Nem chamei a Ju pois sabia que ela ia aparecer. Não deu outra. Treinamos e voltamos pra cabine pra nos arrumar e ir tomar café da manhã. Hoje estávamos sem pressa porque a parada era só 9h. Nos encontramos no final do restaurante como sempre. Conversa em dia e nós fomos pra rua. Sem muitos planos mas já com um pensamento: Bequia. Parei no informação ao turista que nos sugeriram ir pra Villa Beach. O water taxi era $15 round trip. Ir de ferry era $10 cada perna. Mas parava meio distante da praia. Acabou que optamos por ir de water taxi até Bequia que ia nos deixar na praia Princess Margareth. Nos custou a bagatela de 50 trumps mas íamos mais rápido e poderíamos aproveitar mais. Fortes emoções nos aguardavam, haha.

5C8C5A18-712F-4801-BEE6-208DB4CBA517.jpegCF4EF6A2-0EC2-44BE-BC91-7CD429E90CFE.jpeg0CBD8720-C29D-4B14-AFAB-8ACD3EC02750.jpeg7883D5D0-6D33-43B6-93F6-6D32EFF86819.jpeg

Mamãe e Jozi sentaram na lateral. Eu sentei do lado do barqueiro e Ju duas cadeiras atrás de mim. Gente, aquele barco ganhou velocidade e subia e descia. No começo era divertido mas de repente começou a cair água na gente. Era muita água. Eu olhei pra trás e a Ju estava encharcada. Tava engraçado porque todos em volta se cobrindo com toalhas e ela sem se mexer. Começou a cair muita água em mim também. Eu fiquei encharcada. A gente dava risada sem parar, fazer o quê? A melhor foi quando a Ju disse que a maior preocupação dela era o muffin, hahaha.

9311B94B-0D89-41E4-BD76-8F790FD9732C.jpeg

Cerca de 40 minutos depois chegamos na Ilha de Bequia (pronuncia “be-ku-ei”). Descemos encharcadas, rindo, mas encharcadas. Tinha um italiano muito figura. Ficou pior que a gente com a água. Ele fazia piada o tempo inteiro. Disse que nem tomou café pra chegar cedo e não perder o lugar. Acho que éramos os únicos que levamos na esportiva, rs. Enfim, fomos pra praia. São três praias indicadas em Bequia: Princess Margareth, Lower Bay e Industry Bay. Ficamos na primeira. Nossa primeira providência foi achar uma arvore para estender as toalhas e roupas encharcadas.

99CBB3FB-81FC-402B-AA2F-7B0F6023EFBC.jpegB5FB8AA4-48C0-4A11-AD96-364D92DDD764.jpeg

Vou te dizer, depois de tanta aventura, a praia é maravilhosa! Quando o sol apareceu tiramos nossas fotos e curtimos o resto do dia. Não dava pra parar de tirar fotos, mas teve uma hora que eu me obriguei a largar a maquina e só aproveitar o paraíso.

38AC5D9E-9725-45FC-84F8-8F8831A27D0A.jpeg9550EB9C-3809-4C43-A523-08845C5D7EEF.jpeg64A574A6-93EC-46CE-A453-5AC3EA8C1E57.jpeg1264CAC1-6525-496F-A525-C3F83E856F38.jpegC32F1F84-0DE2-42A2-A58B-481FDD15E1F6.jpeg6A3609EF-AC06-420B-B6CD-C10B7BCA6FF2.jpeg

Se mamãe gostou?

D68551CD-99A0-46C5-A1D6-3AEB87C95A3D.jpeg980A98C7-4C4A-4CBC-B039-D7472E9C4A10.jpeg4BDCBF05-94B8-468A-8E04-21A69710DAD4.jpeg95BED8BF-A862-4AC1-8044-6D4D26364A14.jpegA98D4102-422D-4291-8C96-5196909A5D2D.jpeg6373D4E2-CE01-491A-9084-1D371F9E434A.jpegCF66B872-7207-4F08-8713-9A1EBD2C87F8.jpeg

Que água era essa?

ABBF485D-DDF9-4C5C-8C95-795FC52AA0D9.jpeg1F825FC3-84AB-44C3-AA96-987B61D35C0C.jpeg89DB21B8-CE0B-4062-B075-3CB3C7C194B1.jpegF22842B7-FC56-484D-BC42-0F2627BB4B57.jpegA128A454-00C9-4648-8D60-5A62775905B5.jpegEE2DD3DB-DC2A-463D-8A65-A8822D4B518C.jpeg8649D189-02B0-4F56-B2AE-442C3F8DBA73.jpeg4A4DAD83-718C-48F7-A12E-9C57A83763B2.jpeg8E20CC9E-289A-4259-BD73-DA8971048073.jpeg1BACB2BF-2614-476B-BE18-4413BDCD6ACE.jpegAEE03721-D364-410D-9087-54004E9F93B0.jpeg3C900638-06F5-4E8A-9415-478E674527B1.jpeg

Um episódio engraçado que aconteceu foi quando reparamos uma senhora tirando o sutiã pra colocar a parte de cima do biquíni. De repente o marido dela vai e tira a roupa pra colocar uma bermuda de praia. O homem ficou pelado na praia gente. Eu só lembro da Ju falando: “misericórdia”. A Jozi não viu mas um tempo depois outro senhor fez a mesma coisa. Aí ela acena lá de cima dizendo que viu, haha. Estava tendo um casamento na praia.

63C05149-51D5-4560-829A-AB086806F134.jpegC0D28485-6B8B-4C81-A07E-B6C6C640EE51.jpeg

O barco ia voltar às 15h. Eram 14h e a gente já estava no barco, haha. A idéia era voltar na frente pra tentar chegar sem estar encharcada, no máximo umas gotinhas. Já colocamos nossas coisas no barco e ficamos lá esperando. Mas gente.... não tínhamos noção do que nos aguardava. Foi muito pior que a ida. Lá atrás molhava mas não batia tanto. As ondas eram enormes! Eu confesso que fiquei assustada. Aí a Jozi foi me chamar a atenção para a cara do barqueiro. Gente! Ele olhava com uma cara para cada onda que via, tipo, “pqp não vai dar...”. Ahahahaha... a gente ria da nossa desgraça. Foram 40 minutos horríveis. Quando chegamos no porto, ô Glória. Saí cambaleando... mas sobrevivemos. E olha a cor do mar no porto.

6B096AFF-98B4-4B4A-8B1F-4FF3802F1967.jpeg66474278-3310-4E65-95EC-8243E275D665.jpegADF288AF-CBD5-474E-918C-06FE251D1905.jpegC5FF0FE6-66E6-401C-BD6D-BC53D5135EDD.jpegF27E91E6-0FD7-456A-B177-56F6649CCE6B.jpeg3B47EC0D-2689-4102-AFE9-B1CC9B5C24D4.jpegA103A90C-C63E-4EE8-9BA5-9D0DB1F73EC5.jpeg01A76C7C-EDC8-49BE-B61F-C98D377A1F03.jpeg

Chegamos no quarto e fomos tomar um banho e curtir preguiça. Não fomos no teatro mas fomos jantar no restaurante. Era última noite, tínhamos que estar todos juntos. A Ju já chegou falando das costas dela. A minha lombar estava avariada também, haha. Acho que foi o jantar mais divertido. Pari chegou falando da terrível experiência no ferry. Complementamos com a nossa catastrófica experiência na lancha. Foi phoda! Mas foi motivo de riso, muito riso. Eu falei que a se a lancha virasse não ia sobrar ninguém. A Ju disse que ia sobrar o casal que foi na frente da lancha na ida, haha. Aí vem a Jozi e solta que quem iria dar entrevista no Fantástico seria o casal... até o italiano na mesa ao lado mandou a gente calar a boca de tanto que a gente ria, haha. Mandei cagar e continuei rindo, hahaha. Foi uma viagem divertida, sem dúvidas! Levo dessa viagem laços de amizade reforçados! Levo de San Vicente e Granadinas essa imagem maravilhosa!

59196F58-F22D-4765-B13A-9BEB090FE7F6.jpeg

Publicado por Akemi Nomura 17:16 Arquivado em São Vicente e Granadinas Comentários (0)

Granada

Piratas do Caribe 5/7

sunny
Visualizar 2019 Rota do Rum (Caribe) no mapa de viagens de Akemi Nomura.

Chegamos em Granada! Descoberta por Cristóvão Colombo em 1498, o arquipélago de 344 km² e 110 mil habitantes, é um refúgio ideal para quem gosta de aventura. Suas paisagens repletas de montanhas, vulcões, florestas tropicais e cachoeiras que dividem espaço com 45 praias de areias brancas e nove de areias pretas - consideradas as melhores da região - permitem ampla gama de atividades ao ar livre.

Com uma beleza de tirar o fôlego, Granada - conhecida em todo o mundo como a “Ilha das Especiarias” por sua importante produção de noz-moscada, canela, gengibre, baunilha e cravo - recebe os turistas de suas praias paradisíacas e resorts de luxo com uma variedade de paisagens, aromas e sabores que despertam os mais resistentes sentidos. Um terço da produção mundial de noz moscada vem desta ilha.

Cansada! Assim que eu acordei hoje. Sei que soa estranho por estar numa viagem no Caribe mas hoje acordei esgotada. Todos os dias tinha acordado cedo naturalmente, hoje não. O alarme tocou eu desliguei e dormi de novo. Acordei 6h15. Troquei de roupa e liguei pra Ju mas ela já devia estar na academia. Fui em seguida e encontrei ela lá. Hoje rolou só um HIIT.

Saí e fui tomar uma ducha. Subi com mamãe pra tomar café e as meninas chegaram depois. Hoje fizemos tudo bem tranquilo. Acho que saímos do navio umas 8h40. Fomos na informação do porto onde nos deram um mapa com indicação do terminal de ônibus, qual van pegar e quanto custava. Na saída do porto veio aquele assédio irritante. Tentavam nos vender transporte a $10 por pessoa sendo que a van regular custava $1. Pra um eu disse que estava bem e ele respondeu que não achava que eu estava bem. Ah vá! Tem mais, chegando no terminal o cara nos aborda e diz que a passagem custa $2. Até no terminal! Respondi que não, que a passagem era $1 e dei as costas. Ele disse “ok” e me chamou pra acompanha-lo. Antes de entrar na van eu disse que só ia pagar $1 e ele confirmou! Pronto, não deu rolo. Pedi pro motorista nos deixar na praia e deu tudo certo. Outras opções de transporte são os water taxi por $5 por pessoa ou os táxis por $15. O caminho até a praia me surpreendeu, oscilava entre “uma favela carioca” e “Mônaco”, de acordo com a Ju, rs.

935E4F8B-030D-406F-8F73-F3F435F2DFE5.jpegCF4EF6A2-0EC2-44BE-BC91-7CD429E90CFE.jpeg5C8C5A18-712F-4801-BEE6-208DB4CBA517.jpeg935E4F8B-030D-406F-8F73-F3F435F2DFE5.jpeg43C37D34-4647-435B-A6E7-D6CED0A19C6B.jpegD1AB29C1-97BF-43C8-BEAF-527B3938E1FD.jpegE930E3D2-CD95-4321-8FBD-CC5EA6A95123.jpeg

Viemos para Grand Anse Beach. É a mais bonita do País e conquista seus visitantes com serviços especiais, como passeios de barco, aluguel de cadeiras, restaurantes e lojas de artesanato. É a melhor opção pois tem estrutura e é reconhecidamente bonita. Fica a 7,7 km do porto. Como chegamos cedo a praia ainda estava relativamente vazia e a luz para as primeiras fotos estavam ótimas. Que lugar lindo!

57971517-B803-453C-9111-D848A554A7BA.jpeg8C22A44C-1728-4CC6-8E9F-06688F2358AA.jpeg0A9B8153-E5CE-4CE8-88B4-5F7445769B98.jpegC954438C-2032-4A8A-A534-DDAFB1FBCC25.jpegA9410BEC-3CB0-4A9A-8782-40344B389F7E.jpeg3DCC14F5-0296-4B2C-A95B-B24A0F94A7B6.jpeg45E01096-98A5-4C59-9339-13F4CB8CA8A5.jpegCE3053FE-E5A7-4EC9-8434-58D357FB053A.jpegA9022685-406C-4406-815A-C5BC42850D28.jpeg5F3960AC-B962-4054-ACEB-2481747CA419.jpeg8A86F5D1-3FA8-485D-8CED-21768364674A.jpeg

Fotos tiradas nos restou curtir o dia. Ali tinha um mercado onde vendiam coisas pra turistas como especiarias, itens de praias, bebidas, etc. Dei uma volta ali pra mapear o lugar e já decidi que ia comprar ali mesmo antes de voltar pro porto. Fomos estrear a água. Que água maravilhosa! Estava uma delícia! Depois de um tempo voltamos no mercado, compramos as caixinhas de especiarias, a baunilha líquida pura e outras coisinhas mais. Aproveitei pra usar o wifi. Depois era só usufruir daquele marzão.

A29A8732-050C-4AD3-9227-D343AFF25DA4.jpeg35A07608-C13D-47AB-B610-C08515CFCC4E.jpeg5C13FB50-D474-44B4-A2F8-129FF6ADA78F.jpegF8729BB8-A72C-4C82-B7C7-C22F709F072F.jpeg5D8B557F-61D8-4B64-8068-C71E67F5AF2C.jpegF3C0BE6D-3ADA-47F7-AC0D-C3130E04181B.jpeg8DB04ED2-5E49-4A9E-A616-8A19994D05D5.jpeg754A7D5C-7AF9-417A-9E88-CBDF00EE7DD3.jpeg

Umas 16h a gente pegou o water taxi de volta pro navio. Mais fácil, mais prático e a gente ficava um pouquinho mais na praia já que não precisava ir pra rua esperar a van passar. O barco encheu rápido, nem precisamos esperar muito. Uns dez a quinze minutos depois estávamos no porto. Ainda compramos uns bagulhinhos no porto antes de entrar no navio.

2F6D10FD-4519-407B-BB99-C62FFF810EBC.jpeg3DF2E94F-431E-4F91-9839-F5B3EC261355.jpegFDB4370A-99CD-43C5-B57E-50DAF5A4B23C.jpeg

A Ju entrou antes porque ela queria ir no toboágua. Eu, mamãe e Jozi largamos as coisas na cabine e fomos comer. Depois fomos pra jacuzzi relaxar. Ju chegou e ficamos lá batendo papo até começar a esfriar, aí eu e Jozi fomos pra jacuzzi interna. Ju foi tomar banho pra ir pro show e mamãe foi pra cabine. Depois das 19h eu e Jozi fomos tomar banho e saímos nós quatro juntas pra ir na recepção. Tiramos a “gorjeta”, depois eu vejo se deixo algo a mais. Depois a Ju foi pro jantar e nós três fomos jantar no buffet. Hoje o dia foi bem aproveitado, a praia foi maravilhosa, enfim, valeu muito a pena!

Publicado por Akemi Nomura 06:35 Arquivado em Granada Comentários (0)

(Textos 21 - 25 de 346) « Página 1 2 3 4 [5] 6 7 8 9 10 .. »